• Compartir
  • Enviar por correo
  • Insertar
  • Me gusta
  • Guardar
  • Contenido privado
Soluções dos exercícios sobre silogismos categóricos
 

Soluções dos exercícios sobre silogismos categóricos

on

  • 1,502 reproducciones

 

Estadísticas

reproducciones

reproducciones totales
1,502
reproducciones en SlideShare
1,022
reproducciones incrustadas
480

Actions

Me gusta
0
Descargas
33
Comentarios
0

2 insertados 480

http://isabelamd.wordpress.com 479
http://www.google.com.br 1

Accesibilidad

Categorias

Detalles de carga

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Derechos de uso

© Todos los derechos reservados

Report content

Marcada como inapropiada Marcar como inapropiada
Marcar como inapropiada

Seleccione la razón para marcar esta presentación como inapropiada.

Cancelar
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Tu mensaje aparecerá aquí
    Processing...
Publicar comentario
Edite su comentario

    Soluções dos exercícios sobre silogismos categóricos Soluções dos exercícios sobre silogismos categóricos Presentation Transcript

    • SOLUÇÕES
    • 1. a) R: Termo médio: portugueses Termo maior: cidadãos patriotas Termo menor: amantes de feijoada
    • 1. b) R: Termo médio: Mamíferos Termo menor: Animais Termo maior: Vertebrados
    • 2. A) Forma-padrão do silogismo: Premissa Maior - Todos os racistas são nazis. Premissa menor - Nenhum comunista é nazi. Conclusão - Logo, nenhum comunista é racista.
    • 2. a) Silogismo Válido porque obedece a todas as regras. Senão vejamos. Quanto aos termos: Tem 3 termos: Termo Menor (comunista), termo médio (nazi) e termo maior (racista); Termo Médio (nazi) não aparece na conclusão); Os termos Menor (comunista) e maior (racista) não aumentam de extensão na conclusão, ou seja, o termo Menor é universal quer na premissa menor (sujeito de uma proposição universal – Tipo E) quer na conclusão (sujeito de uma proposição universal –
    • 2. a) Tipo E), e o termo Maior (racista) é universal na premissa maior (sujeito de uma proposição universal – Tipo A) e universal na conclusão (predicado de uma proposição negativa – Tipo E); Termo Médio (nazi) aparece distribuído na premissa menor (predicado de uma proposição negativa – Tipo E). Quanto às proposições: Se uma premissa é negativa, a conclusão também tem de ser negativa. Ora, a premissa menor é negativa (Tipo E – Universal Negativa) , e a conclusão também é (Tipo E – Universal Negativa).
    • 2. a) As outras regras (de duas premissas particulares ou negativas não se extrai conclusão; se uma premissa é particular, a conclusão também é particular) não se aplicam a este silogismo, uma vez que não há duas premissas particulares ou negativas, tal como não há uma premissa particular.
    • 2. B) Forma-padrão do silogismo: Premissa maior – Nenhum submarino nuclear é vaso comercial. Premissa menor – Todos os submarinos nucleares são barcos de guerra. Conclusão – Logo, nenhum barco de guerra é vaso comercial.
    • 2. b) Silogismo Inválido porque não obedece a uma regra quanto aos termos: o termo menor ( barco de guerra) aumenta de extensão na conclusão (sujeito de uma proposição Universal – Tipo E). E surge na premissa menor como particular dado que é o predicado de uma proposição afirmativa (Tipo A).
    • 2. C) Forma-padrão do silogismo: Premissa Maior - Todos os exercícios físicos são desportos. Premissa Menor - Alguns exercícios físicos não são actividades perigosas. Conclusão - Logo, algumas actividades perigosas não são desportos.
    • 2. c) Silogismo inválido porque não obedece a uma regra quanto aos termos, nomeadamente a regra que diz que os termos menor e maior não podem aumentar de extensão na conclusão e, neste caso, o termo maior (desportos) ocorre como universal na conclusão (predicado de uma proposição negativa – Tipo O – Particular Negativa) e particular na premissa maior (predicado de uma proposição afirmativa – Tipo A –Universal Afirmativa).
    • 2. d) Forma-Padrão do Silogismo: 1. Algumas boas pessoas são simpáticas. 2. Nenhum egoísta é boa pessoa. 3. Logo, nenhum egoísta é simpático.
    • 2. d) Silogismo Inválido porque viola duas regras, uma quanto aos termos, o termo maior (simpáticos) aumenta de extensão na conclusão (universal – predicado de uma prop. negativa), e na premissa maior surge como particular (predicado de uma prop. Afirmativa), e uma quanto às proposições, nomeadamente a que diz que a conclusão deve seguir a parte mais fraca, isto é, se uma das premissas é particular (1. Tipo I) então a conclusão tem de ser também particular, o que não acontece (Tipo E – UN).
    • 2. e) Forma-Padrão do Silogismo: 1. Alguns M são P. 2. Alguns M são S. 3. Logo, alguns S são P.
    • 2. e) Silogismo Inválido porque viola duas regras, uma quanto aos termos, o termo médio (M) não está distribuído nas premissas, isto é, é particular nas duas premissas ( Sujeito de proposições particulares – Tipo I), e uma quanto às proposições, nomeadamente a que diz que de duas premissas particulares não se extrai conclusão, e neste caso, temos duas premissas particulares (ambas tipo I _ particular Afirmativa) e extraiu-se uma conclusão (Tipo I).
    • 2. g) Forma-Padrão do Silogismo: 1. Todos os homens são seres mortais. 2. Alguns tubarões são seres mortais. 3. Logo, todos os tubarões são homens.
    • 2. e) Silogismo Inválido porque viola três regras, duas quanto aos termos, o termo médio (seres mortais) não está distribuído nas premissas, isto é, é particular nas duas premissas ( Predicado de proposições afirmativas – Tipo A e Tipo I), e a regra que diz que os termos menor ou maior não podem aumentar de extensão na conclusão e, neste caso, o termo menor (tubarões) é universal na conclusão (sujeito de uma proposição universal –Tipo A) e particular na premissa menor (sujeito de uma proposição particular – Tipo I). E uma quanto às proposições, nomeadamente a regra que diz que se uma premissa é particular (premissa menor é do Tipo I – Particular afirmativa), então a conclusão tem de ser particular e neste caso, é universal (Tipo A – universal Afirmativa).