Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.

A teologia e a diversidade religiosa brasileira

31 visualizaciones

Publicado el

Reflexão apresentada no Congresso da Teologia da Faculdade Boas Novas, em Manaus. Destaque: Diversidade religiosa no Brasil, níveis de pertença, Igrejas e religiões, posições teológicas frente à questão, Diálogo e anúncio

Publicado en: Meditación
  • Sé el primero en comentar

  • Sé el primero en recomendar esto

A teologia e a diversidade religiosa brasileira

  1. 1. DESAFIOS E PERSPECTIVAS DA TEOLOGIA ACERCA DA DIVERSIDADE RELIGIOSA BRASILEIRA Prof. Afonso Murad – FAJE (Belo Horizonte) afonsomurad.com
  2. 2. O tema no contexto da Faculdade •Missão: Contribuir por meio da educação superior com a formação integral de homens e mulheres e com o desenvolvimento sustentável da Amazônia •Valores: Formação Cidadã; Compromisso com a justiça, a solidariedade, a verdade e a fé; Preservação de princípios e valores éticos em todas as dimensões humanas; Respeito as diferenças de credo; Defesa aos direitos humanos; Pluralidade de ideias e concepções pedagógicas;
  3. 3. O curso de ciências teológicas •o curso busca construir instrumentos para a reflexão teológica que propiciem a ação pastoral nas comunidades religiosas, bem como analisar os fundamentos bíblico-teológicos e sistemático a luz do contexto social atual. •O egresso em teologia deverá compreender em sua base de formação elementos constituintes do fenômeno humano e religioso, sob a perspectiva teológica
  4. 4. A diversidade religiosa no Brasil
  5. 5. Diversidade religiosa •Na pessoa: dupla pertença, mistura de elementos de várias crenças, história de trânsito religioso. •Na família: pessoas de várias igrejas e religiões convivendo, com ou sem conflito. •No ambiente de trabalho •Nas escolas e universidades •Na sociedade civil e política
  6. 6. Igrejas no horizonte cristão •Igrejas cristãs: diversas na confessionalidade. •Quem somos: católicos, evangélicos pentecostais, protestantes históricos, neopentecostais (ou Igrejas do mercado), ortodoxos. •Congregamos em diferentes igrejas e professamos a mesma fé: Jesus salvador, Deus- trindade, Bíblia como livro revelado, batismo, esperança na vida eterna.
  7. 7. Religiões pós-cristãs •Mórmons •Testemunhas de Jeová
  8. 8. Religiões não cristãs •Religiões dos Povos originários (indígenas) •Candomblé •Umbanda •Espiritismo Kardecista •Judaísmo •Religiões de origem asiática: budismo, hinduísmo, islamismo, Harekrisna •Novas religiões sincréticas (ex: santo daime) e esoterismo
  9. 9. Há também uma pertença difusa Ou religiosidade sem religião
  10. 10. Diversidade religiosa •Muitas igrejas cristãs (maioria da população) •Várias religiões •Pessoas com dupla pertença •Trânsito religioso •Um número pequeno (mas crescente) de indiferentes.
  11. 11. Uma distinção conceitual Igrejas Religiões
  12. 12. Os problemas •Insegurança: qual é o caminho melhor? •Confusão: o que é certo ou errado (do ponto de vista ético? •Relativismo: “é tudo igual” •Intolerância religiosa: “os outros estão condenados”. “Eu não os suporto”. “Vamos acabar com eles”.
  13. 13. Posições teológicas Exclusivismo Inclusivismo Pluralismo cristão
  14. 14. A multiplicação dos preconceitos •“Todos os evangélicos são fundamentalistas”. •“Os católicos são idólatras que adoram imagens” •“O ecumenismo é um perigo, pois nivela todas as religiões” •“As religiões afro-brasileiras e indígena são do demônio” •“Os outros vão para o inferno, onde a alma deles vai queimar eternamente”
  15. 15. Tenho irmãos, tenho irmãs aos milhões Em outras religiões Pensamos diferente Oramos diferente Louvamos diferente Mas numa coisa nós somos iguais Buscamos o mesmo Deus Amamos o mesmo Pai Queremos o mesmo céu Choramos os mesmos "ais" Tenho irmãos, tenho irmãs aos milhões Em outras religiões Falamos diferente Cantamos diferente Pregamos diferente Mas numa coisa nós somos iguais Buscamos o mesmo amor Queremos a mesma luz Sofremos a mesma dor Levamos a mesma cruz Um dia talvez quem sabe Descobriremos que somos iguais Irmão vai ouvir irmão E todos se abraçarão. Nos braços do mesmo Deus Nos ombros do mesmo Pai. (Pe. Zezinho)
  16. 16. Três atitudes básicas Convicção Respeito Aprendizagem recíproca
  17. 17. Diálogo e anúncio •Diálogo sem anúncio: pode levar à indiferença •Anúncio sem diálogo: pode ser uma forma de dominação
  18. 18. Alguns princípios cristãos para lidar com a diversidade religiosa •Cremos que Jesus Cristo é o salvador. •As igrejas cristãs sentem o chamado divino para comunicar “as Boas Novas”. •Acolhemos que Deus quer comunicar sua graça a todos os homens e mulheres. •As outras religiões, em graus diferentes, podem ser um caminho de salvação. •Precisamos cultivar valores comuns, que nos unem nas diferenças.
  19. 19. As três vias do diálogo interreligioso Amor solidário Espiritualidade Aprofundamento doutrinal
  20. 20. Alguns exemplos de iniciativas comuns •Fóruns inter-religiosos pela paz •Movimentos ecológicos •Grupos de mulheres
  21. 21. Como vencer o preconceito? •Conhecer as pessoas e não somente as instituições. Ouvir as experiências delas e contar as suas. •Ler sobre as religiões, na dupla perspectiva: desde nossa fé, a partir delas mesmas •Perceber os pontos comuns e as diferenças. •Evitar a intolerância. •Orar pelas pessoas. Pedir a Jesus um coração aberto para nós e os outros.
  22. 22. O conhecimento traz liberdade
  23. 23. O ensino da teologia na diversidade cristã •Em âmbito cristão: ir ao núcleo das nossas convicções. •Conhecer a patrística cristã oriental e ocidental, tentativa de dialogar com o seu tempo. •Ter acesso aos grande teólogos protestantes europeus, como Karl Barth, J. Moltmann, Tillich*, W. Pannemberg. •Participar de Congressos de Teologia interinstitucionais. •Conhecer o trabalho de biblistas de várias correntes teológicas.
  24. 24. O ensino da teologia na diversidade religiosa •Em cada tema da teologia sistemática, estudar como é compreendido nas outras religiões. •Estudar as história e a atualidade das principais religiões na nossa realidade local, a partir delas mesmas.
  25. 25. O desafio do diálogo inter-religioso com os povos originários na Amazônia

×