Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.

Vida religiosa e gestao de escolas

27 visualizaciones

Publicado el

Apresentação destinada a provinciais e conselheiros(as), que tem a missão de Animação e Governo de Instituições da Vida Consagrada na área da educação fundamental

Publicado en: Educación
  • Sé el primero en comentar

  • Sé el primero en recomendar esto

Vida religiosa e gestao de escolas

  1. 1. VIDA RELIGIOSA E GESTÃO DE ESCOLAS Princípios e perspectivas Ir. Afonso Murad
  2. 2. Um contexto desafiador para nossas Escolas
  3. 3. Sociedade Escola Vida Religiosa
  4. 4. Alguns fatores na sociedade • Diminuição da taxa de natalidade • Concentração da riqueza. • Aumento da pobreza e da exclusão social. • Exigências crescentes do governo • Aumento da concorrência das corporações • Deslocamento nas cidades • Pluralismo religioso • Mudanças culturais e tecnológicas rápidas • Questões de gênero • Intolerância política e religiosa
  5. 5. Alguns fatores na escola • Redução do número de alunos. • Dificuldade em se manter economicamente. • Infância e adolescência mergulhadas na cultura virtual, em super-conexão. • Internet: muita informação e conhecimento disperso. • Ensino-aprendizagem (aula expositiva) -> desinteresse e apatia. • Formação deficiente dos professores e técnicos. • Novos modelos de família. • Muitos não católicos. • Confusão das atribuições: escola – núcleo familiar. • Pouco protagonismo dos alunos • A escola reproduz a ilusão de sucesso do mercado
  6. 6. Alguns fatores na Vida Religiosa • Envelhecimento • Saídas no grupo de “meia idade” • Crise vocacional • Fechamento de comunidades inseridas • Volta às escolas • Conflito: modelo caseiro x profissionalismo • Crescente protagonismo dos leigos. Perplexidade
  7. 7. Diante desse quadro desafiador e complexo, como nos sentimos?
  8. 8. Théodore Géricault – A jangada de Medusa
  9. 9. Princípios básicos •Fidelidade criativa ao carisma • Revitalização da Escola no novo contexto
  10. 10. Fidelidade criativa ao carisma • Se o(a) fundador(a) estive aqui, onde e como organizaria nossas comunidades, presenças e obras? • Um discernimento difícil, doloroso e necessário. • Fechar, redimensionar, abrir. • Manter ou criar comunidades de referência (qualidade de vida, leveza, espiritualidade encarnada, presença missionária junto aos pobres e necessitados). • Atuar junto com outros institutos (comunidades e iniciativas intercongregacionais e interinstitucionais)
  11. 11. Para que existe a Escola Católica? Educar Evangelizar Formar cidadãos
  12. 12. A escola católica visa: •Promover processos de ensino-aprendizagem significativos e com resultados (qualidade acadêmica). •Vivenciar valores cristãos e anunciar Jesus Cristo. •Manter um espaço sadio de convivência intergeracional. •Exercitar para a cidadania (civil e ecológica) •Propiciar o diálogo fé-ciência-vida. Assim, viabilizar a continuidade da instituição e o sustento de seus membros.
  13. 13. Perspectivas em duas grandes chaves •Atualizar o carisma para o nosso tempo •Sair na frente, com desapego e ousadia
  14. 14. Identificar e responder aos Sinais dos Tempos Eles serão nossos diferenciais
  15. 15. Ecologia e consciência planetária • Somos filhos/as da Terra e responsáveis para que ela continue habitável. • Conhecer e vivenciar a proposta da Laudato Si. - Gestão ambiental na escola - Educação para a sustentabilidade - Práticas pessoais e ações comunitárias de cuidado com a Casa Comum
  16. 16. Gestão e animação • Munir-se de informações, conhecimentos e critérios para tomar as decisões. • Estudar, ler, discutir com o seu conselho. • Cercar-se de pessoas com expertise nos assuntos. • Adotar critérios múltiplos para seleção de pessoas que ocupam cargos estratégicos (direção, coordenação, pastoral) • Acompanhar espiritualmente. • Fazer avaliação de desempenho.
  17. 17. Solidariedade e cidadania • Promover iniciativas de voluntariado e missão com adultos e alunos(as). • Divulgá-las, para que se multipliquem. • Como podemos ajudar as organizações existentes? Como elas podem nos ajudar? (cooperação)
  18. 18. Cuidar de si para melhor servir • Brilho no olhar -> Encantamento com a vida • Cultivo da gratuidade • Autoconhecimento • Cultivo da intimidade com Deus (espiritualidade) • Enriquecimento do capital cultural Aprendente (discípula) e missionário/a

×