Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.
Cargando en…3
×
1 de 22

Reino monera

6

Compartir

Descargar para leer sin conexión

Apresentação sobre características gerais das bactérias e arqueobactérias e relações ecológicas que estes microrganismos estabelecem em seus meios.

Libros relacionados

Gratis con una prueba de 30 días de Scribd

Ver todo

Reino monera

  1. 1. REINO MONERA Bactérias e arqueobactérias Profa. Aline Miranda
  2. 2. Semelhanças entre bactérias e arqueobactérias - Microscópicas; - Unicelulares; - Formam colônias; - Procariontes; - Estruturas de locomoção: cílios, flagelos ou ausentes; - Pili: estruturas de adesão à célula hospedeira e troca de plasmídeos entre bactérias.
  3. 3. Célula procarionte
  4. 4. Célula procarionte - Ausência de membrana nuclear ou carioteca; - Ribossomos: únicas organelas citoplasmáticas; - Presença de parede celular e membrana plasmática; - Presença de plasmídeo: DNA circular presente no citoplasma, ligado à produção de substâncias de defesa pelas bactérias.
  5. 5. Diferenças entre bactérias e arqueobactérias - Composição da parede celular; - Maioria das arqueobactérias não sobrevive em ambientes oxigenados (anaeróbias); - As arqueobactérias vivem em ambientes extremos: altas temperaturas, grandes concentrações de sais e acidez elevada.
  6. 6. Arqueobactéria Halococcus salifodinae
  7. 7. Bactérias autotróficas - Cianobactérias: possuem vários pigmentos fotossintetizantes e são capazes de fixar nitrogênio.
  8. 8. Bactérias autotróficas - Bactérias quimioautotróficas: A energia utilizada para a síntese da molécula glicose não vem da luz, mas, de reações químicas de compostos inorgânicos. Ex.: Nitrobacter sp e Nitrosomonas sp.
  9. 9. Bactérias heterotróficas - Bactérias decompositoras: obtêm alimento a partir da matéria orgânica sem vida, como cadáveres ou restos de seres vivos (folhas, urina, fezes.
  10. 10. Bactérias heterotróficas - Bactérias parasitas: Obtêm alimento da matéria orgânica viva e podem causar doenças.
  11. 11. Relações ecológicas - Simbiose: ambos organismos são beneficiados, mas, um não consegue sobreviver sem o outro. Ex.: Ruminantes x bactérias que digerem celulose. Plantas x Rhizobium sp.
  12. 12. Relações ecológicas - Amensalismo: Um organismo produz substâncias danosas ao outros organismos, mas, inofensivas a ele. Ex.: Cianobactéria x peixe.
  13. 13. Relações ecológicas - Parasitismo: Um organismo é beneficiado, prejudicando o outro (visão clássica. - Rever quadro de doenças bacterianas.
  14. 14. Emprego industrial - Produção de coalhadas, iogurtes, queijos – Lactobacillus sp, Streptococcus sp. - Fabricação de vinagre – Acetobacter sp. - Produção de sacolas biodegradáveis.
  15. 15. Emprego industrial - Produção de antibiótico: Streptomyces sp. - Produção de insulina humana sintética. - Fabricação de Botox®.
  16. 16. MICROBIOTA HUMANA - Produção de substâncias importantes (Ex.: vitaminas e proteínas); - Competição com bactérias patogênicas. Obs.: O tempo de formação da microbiota humana é de um ano. Fatores associados: parto normal e amamentação.
  17. 17. Microbiota da pele ● - Aproximadamente um trilhão de bactérias; ● ● - Espécies associadas: ● Staphylococcus epidermidis, ● Staphylococcus aureus, ● Micrococcus spp. ● Distribuição da microbiota da pele de acordo com diferentes regiões do corpo humano.● S. epidermidis.
  18. 18. Microbiota da boca ● - Aproximadamente 150 milhões de bactérias por mL de saliva. ● ● - Streptococcus salivarius (98% do total de bactérias); ● ● - Streptococcus mutans (associadas com a cárie dental). ● S. salivarius.
  19. 19. Microbiota do trato respiratório superior ● - Órgãos envolvidos: Cavidade nasal, faringe e laringe. ● ● - Bactérias predominantes: Staphylococcus epidermidis e Propionibacterium acnes. ● P. acnes.
  20. 20. Microbiota intestinal ● - Aproximadamente 100 trilhões de bactérias; ● ● - Intestino grosso: 1011 bactérias por mL de fezes. ● ● - Escherichia coli, Lactobacillus spp, Bifidobacterium spp, Coprococcus spp, Bacteroides spp. ● Figura 8: Micrografia de Escherichia coli (aumento não informado).
  21. 21. Cuidado com o uso excessivo de sabonetes antimicrobianos e enxaguantes bucais! ● Esquema da seleção de microrganismos resistentes a agentes antimicrobianos.
  22. 22. Considerações finais Pôde ser percebido que as bactérias não são apenas causadoras de doenças, mas, desempenham importantes papeis no meio, tais como os de decompositoras e produtoras.

×