Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.

Plano de Captação de Recursos

3.571 visualizaciones

Publicado el

Apresentação realizada pelo diretor executivo da ABCR, no dia 06 de setembro de 2016, em Brasília, em evento organizado pela Rede Entre Nós.

  • Sé el primero en comentar

Plano de Captação de Recursos

  1. 1. Plano de Captação de Recursos João Paulo Vergueiro abcr@captadores.org.br
  2. 2. João Paulo Vergueiro  Administrador público e mestre em administração; e bacharel em direito;  Coordenador do Grupo de Excelência de Administração do Terceiro Setor, do Conselho Regional de Administração de São Paulo – GEATS/CRA-SP;  Professor de Responsabilidade Social Corporativa da FECAP;  Diretor Executivo da ABCR - Associação Brasileira de Captadores de Recursos.
  3. 3. Captação de Recursos
  4. 4. Captação de Recursos  É o processo de garantir doações, como dinheiro ou outros recursos, a partir da contribuição voluntária de indivíduos, empresas, fundações, governos, etc.;  Captação de recursos é fundamental para a sustentabilidade financeira das organizações da sociedade civil;  As organizações têm que ser tão boas em captar como o são em seus projetos.
  5. 5. para fins públicos recursos públicospara fins privados recursos privados recursos privados para fins públicos O Financiamento da Sociedade Civil
  6. 6. PRINCÍPIOS
  7. 7. O Pedido
  8. 8. Relacionamento
  9. 9. Institucional
  10. 10. Diversificação
  11. 11. Transparência
  12. 12. Todo Munda Capta
  13. 13. Resumindo os Princípios Pedido Relacionamento Institucional Diversificação Transparência Todo mundo capta P R I D T T
  14. 14. REQUISITOS
  15. 15. Planejamento – Plano de Captação
  16. 16. Equipe e Liderança
  17. 17. Comunicação
  18. 18. Infra-estrutura permanente
  19. 19. Investimento
  20. 20. Resumindo os Requisitos Planejamento Equipe Comunicação Infra-estrutura permanente Investimento P E C I I
  21. 21. Ecossistema da Captação
  22. 22. O Captador / Mobilizador / Profissional de Desenvolvimento Institucional  Profissão única das organizações da sociedade civil: o especialista no pedido da doação;  Criada pela necessidade das próprias organizações, e não por motivos acadêmicos ou jurídicos: não há regulamentação legal;  Profissão mundial: fundraiser.
  23. 23. PLANEJAMENTO
  24. 24. Planejamento  Processo desenvolvido para o alcance de uma situação futura desejada, de um modo mais eficiente, eficaz e efetivo, e com a melhor concentração de esforços e recursos pela organização. (Oliveira, 2007).
  25. 25. Planejamento não é  Planejamento é um processo, e não é previsão, projeção, predição ou resolução de problemas: ◦ Previsão é a tentativa de antecipar eventos futuros; ◦ Projeção é a busca de igualar o futuro ao presente ◦ Predição é a falta de controle sobre o futuro; ◦ Resolução de problemas é um ponto imediato.
  26. 26. Planejamento Estratégico  Processo administrativo que proporciona sustentação metodológica para se estabelecer a melhor direção a ser seguida pela organização, visando ao otimizado grau de interação com os fatores externos – não controláveis – e atuando de forma inovadora e diferenciada. (Oliveira, 2007).
  27. 27. Planejamento Estratégico  Com o planejamento estratégico é possível se identificar de forma racional a razão de existir da organização (a sua missão), onde ela quer chegar em alguns anos (a visão) e como vai fazer para chegar lá (efetivamente - aqui está o planejamento).
  28. 28. Resultados do Planejamento  Direcionamento de esforços para os resultados comuns, que sejam de interesse de todos os envolvidos no processo;  Consolidação do entendimento, por todos os membros da organização, da visão, da missão, dos propósitos, da postura estratégica, dos objetivos gerais, dos desafios, das metas, das estratégias, das políticas e dos projetos da organização;  Estabelecimento de uma agenda de trabalho por um período de tempo que permita à organização trabalhar levando em conta as prioridades estabelecidas e as exceções justificadas.
  29. 29. Fases do Planejamento  análise do ambiente (diagnóstico estratégico);  estabelecimento da diretriz organizacional;  formulação da estratégia;  implementação da estratégia;  controle estratégico.
  30. 30. PLANO DE CAPTAÇÃO
  31. 31. A Meta
  32. 32. Plano de Captação  Documento que consolida a estratégia de receita da organização;  Possibilita que a organização faça a escolha certa sobre: • O que pedir; • A quem pedir; • Como pedir.
  33. 33. Por que um Plano de Captação?  Garante que a organização leve em consideração os recursos humanos e financeiros necessários para as atividades de captação;  Ajuda a fazer projeções sobre os resultados financeiros esperados e a ver se esses resultados cobrem o que é necessário para a organização.
  34. 34. Influenciadores no Plano  Receita operacional da organização;  Incremento do capital;  Planta física e estrutura da organização;  História anterior de relacionamento com doadores e oportunidades para expansão da doação;  Como a captação contribui o avanço da missão da organização.
  35. 35. O é preciso saber?  Experiências prévias da organização pedindo e recebendo doações;  Os resultados das atividades de prospecção e pesquisa de doadores;  O potencial de doação – inclusive “upgrade”e aquisição;  Recursos disponíveis (equipe, voluntários, espaço, equipamentos, materiais, orçamento, etc).
  36. 36. Quem deve se envolver?  Tanto a equipe como voluntários devem participar da elaboração do plano de captação – inclusive membros do conselho, diretores, etc.;  É fundamental criar um ambiente de “apropriação” do plano, de partencimento do plano e dos seus resultados.
  37. 37. Componentes do Plano  Metas de captação;  Estratégias para alcançar as metas;  Análise do potencial da organização;  Plano de ação e cronograma para cada estratégia;  Indicacação dos responsáveis pelas estratégias;  Necessidades de marketing para cada estratégia;  Orçamento e financiamento para cada estrátegia.
  38. 38. Resultado  Um plano operacional escrito, que cobre o mesmo período do planejamento estratégico da organização e que deve ser acompanhando e revisado anualmente.
  39. 39. Um bom Plano deve proporcionar  Receita básica anual;  Fundos específicos para programas especiais, prédios, e outras demandas físicas;  Doações planejadas para possibilitar um colchão financeiro no futuro
  40. 40. E a sua organização, está preparada para ter sucesso na captação de recursos? www.captadores.org.br – abcr@captadores.org.br
  41. 41. MÃOS NA MASSA!
  42. 42. ETAPA 1 – Definindo sua organização www.captadores.org.br – abcr@captadores.org.br
  43. 43. ETAPA 2 – Qual o orçamento da sua organização para 2017? www.captadores.org.br – abcr@captadores.org.br
  44. 44. ETAPA 3 – Quais os potenciais doadores para sua organização? www.captadores.org.br – abcr@captadores.org.br
  45. 45. FONTES
  46. 46. Indivíduos www.captadores.org.br – abcr@captadores.org.br
  47. 47. Empresas www.captadores.org.br – abcr@captadores.org.br
  48. 48. Governo www.captadores.org.br – abcr@captadores.org.br
  49. 49. Organizações da Sociedade Civil www.captadores.org.br – abcr@captadores.org.br
  50. 50. Outras  Embaixadas;  Venda de produtos ou serviços;  Igrejas;  Etc. www.captadores.org.br – abcr@captadores.org.br
  51. 51. ETAPA 4 – Quais as técnicas que sua organização vai escolher? www.captadores.org.br – abcr@captadores.org.br
  52. 52. Campanha Capital Eventos Licenciamento Venda de Produtos e Serviços Espaço Publicitário Show e Jantar Beneficente Rifa Projetos Patrocínio Projetos de Pesquisa Fundos Patrimoniais Doação Única Doação Regular Programa de Afiliação Indivíduos -- Pessoa Física -- Grandes Doadores Institucionais -- Empresas -- Institutos e Fundações -- Igreja -- Captação Internacional -- Governo Geração de Renda -- Público em Geral Leilão Bazar Produtos e Serviços Programa de Captação
  53. 53. ETAPA 5 – Análise final e juntando tudo www.captadores.org.br – abcr@captadores.org.br
  54. 54. Resultado Final! www.captadores.org.br – abcr@captadores.org.br
  55. 55. COMO INCENTIVAR A DOAÇÃO?
  56. 56. www.diadedoar.org.br
  57. 57. ONDE APRENDER?
  58. 58. A ABCR  A Associação Brasileira de Captadores de Recursos, promove a profissão, apoia os captadores e dissemina conteúdo de relevância na área;  Divulgamos editais, artigos e notícias, realizamos eventos, palestras, encontros, etc;  Enviamos um boletim semanal gratuito para todo o país (alcance mais de 22 mil pessoas);  Todo mundo pode se associar! www.captadores.org.br
  59. 59. Videodicas
  60. 60. Festival ABCR www.festivalabcr.org.br
  61. 61. Escola Aberta do Terceiro Setor http://escolaaberta3setor.org.br/
  62. 62. Plano de Captação de Recursos João Paulo Vergueiro abcr@captadores.org.br

×