Publicidad
Publicidad

Más contenido relacionado

Publicidad

ARTIGO.pptx

  1. ARTIGO é a palavra que, vindo antes de um substantivo, indica se ele está sendo empregado de maneira definida ou indefinida. Ele também indica o gênero (feminino ou masculino) e o número (plural ou singular) dos substantivos.
  2. Artigos definidos Os artigos definidos indicam que um ser é específico por já ter sido citado ou por ser de conhecimento mútuo dos interlocutores. Os artigos definidos são variáveis em gênero (masculino ou feminino) e em número (singular ou plural).
  3. Exemplos A lição que aprendi hoje foi simples. Ele passeava sempre com o cachorro dele. Escolhi as pinturas para você. Os convidados virão à nossa festa.
  4. Artigos indefinidos Por sua vez, os artigos indefinidos servem para indicar que ocorre uma generalização ou que é a primeira ocorrência do representante de determinada espécie, ainda não sendo de conhecimento mútuo dos interlocutores, visto ser a primeira vez em que aparece no discurso. Os artigos indefinidos também são variáveis em gênero e número.
  5. Exemplos Uma lição que aprendi hoje foi simples. Ele passeava sempre com um cachorro. Escolhi umas pinturas para você. Uns convidados virão à nossa festa.
  6. Artigos, leitura e produção de textos O uso apropriado dos artigos definidos e indefinidos permite não apenas evitar problemas com o gênero e o número de determinados substantivos, mas principalmente explorar detalhes de significação bastante expressivos. Em geral, informações novas, nos textos, são introduzidas por pronomes indefinidos e, posteriormente, retomadas pelos definidos. Assim, o referente determinado pelo artigo definido passa a fazer parte de um conjunto argumentativo que mantém a coesão dos textos. Além disso, a sutileza de muitas modificações de significados transmitidas pelos artigos faz com que sejam frequentemente usados pelos escritores em seus textos literários.
  7. O artigo costuma anteceder o substantivo para fazer referência a ele, podendo indicar que se trata de um ser já conhecido do interlocutor (no caso dos artigos definidos) ou que se trata de um representante não específico da espécie (no caso dos artigos indefinidos). Assim, os artigos não funcionam sozinhos no enunciado, estando sempre acompanhados de outro substantivo.
  8. 01. Os artigos sempre devem concordar com o substantivo em gênero (masculino e feminino) e número (singular e plural). Exemplos: o garoto - os garotos. a menina - as meninas. um mês - uns meses. uma mesa – umas mesas.
  9. 02. Contração de artigos com preposições Os artigos podem juntar-se a algumas preposições, formando uma única palavra contraída. Vejamos na tabela a seguir como essa contração ocorre:
  10. 03. De acordo com sua posição na frase, os artigos podem transformar qualquer tipo de palavra em substantivo, independentemente de sua classe gramatical. Exemplos: O andar de Elisa é muito sensual. (neste caso, o verbo “andar” foi transformado em substantivo). O vermelho de seus olhos indicou sua tristeza. (neste caso, o adjetivo “vermelho” foi transformado em substantivo).
  11. 04. Os artigos definidos podem ser empregados com o intuito de indicar um conjunto de seres ou uma espécie inteira. Dessa forma, o artigo é empregado no singular, entretanto, faz referência a uma pluralidade de seres. Exemplos: A alma é imortal. (refere-se ao conjunto de almas). A goiaba é muito rica em vitamina C. (faz referência a todas as goiabas).
  12. 05. Na construção das frases a utilização dos artigos indefinidos deve ser moderada, de modo que o excesso de seu uso no texto provoca um “inchaço” ou uma “redundância” desnecessária, tornando-o, deselegante e “pesado”. Exemplos: Ter (uma) boa educação é fundamental. São detentores de (um) bom conhecimento.
  13. 06. Para uma adequada coesão textual, antes de pronome de sentido indefinido, utiliza-se as palavras como “tal, certo (a), outro (a)”. Exemplos: Encontrei (uma) certa medalha na cômoda. Natália não encontrou (um) outro casaco.
  14. 07. O artigo indefinido é usado como recurso expressivo para reforçar enunciados exclamativos. Exemplos: Foi um presente te encontrar! A festa estava uma delícia!
  15. 08. Artigo definido antes de partes do corpo ou de palavras que determinam parentesco pode indicar posse. Por exemplo: Enquanto ela chorava, o avô tentava consolá-la. Eu não sei onde estou com a cabeça.
  16. 09. Artigo indefinido antes de numeral pode indicar valor aproximado devido à sua natureza de generalização. Mais comum na linguagem informal, esse recurso substitui expressões como “aproximadamente”, “em média” e “por volta de” pelos artigos indefinidos. Por exemplo: Faltavam umas duas horas antes de começar o baile. Há uns 20 quilômetros pela frente até chegarmos lá.
  17. 10. É obrigatório o uso de artigo definido entre o numeral ambos e o substantivo a que ele se refere. Exemplo: Ambos os filhos organizaram o aniversário dos pais.
  18. 11. Usa-se o artigo definido com o adjetivo no grau superlativo. Exemplo: Resolvi os mais difíceis problemas.
  19. 12. artigo definido pode, ou não, ser usado depois do pronome indefinido todo. Quando o artigo é utilizado, a ideia é de totalidade, quando é omitido, o sentido é de qualquer. Exemplos: Aos domingos leio todo o jornal. (totalidade) Todo jornal traz noticiário político. (qualquer jornal)
  20.  Não é aceitável o uso do artigo depois do pronome relativo cujo e suas flexões. Ex.: Comprei uma planta cujas plantas são raras.  Não se usa artigo antes da palavra casa (no sentido de lar, moradia) e terra (sentido de chão firme), a menos que venham especificadas. Ex.: Eles estavam em casa. Eles estavam na casa dos amigos.  Não se emprega artigo antes de pronomes de tratamento, com exceção de senhor(a), senhorita e dona: Ex.: Vossa Excelência estará presente na festa.
  21. A palavra ‘um’ é numeral do 3º quadrinho porque especifica a quantidade de caramelo que o personagem está oferecendo à Susanita; 2. No 2º quadrinho trata-se de artigo indefido, por o garoto pede para Susanita pegar qualquer caramelo.
  22. Como explicamos, o artigo refere-se sempre a um substantivo ou a uma palavra por ele substantivada. A função sintática exercida pelo artigo é sempre adjunto adnominal do substantivo a que se refere.
  23. ,
Publicidad