Inferência e subentendido.ppt

PROFESSOR VICTOR ALAN
Compreensão Textual
Prof. VICTOR ALAN
Prof. VICTOR ALAN
Prof. VICTOR ALAN
Prof. VICTOR ALAN
Prof. VICTOR ALAN
Prof. VICTOR ALAN
Nem tudo no texto está claro! Quando lemos um texto não podemos ficar
atentos apenas às informações explícitas (aquelas que estão claras, estão
escritas). Para uma completa interpretação, temos que prestar atenção ao que
está nas entrelinhas.
Prof. VICTOR ALAN
Inferência
Um dos fatores de coerência é a operação pela qual, utilizando seu
conhecimento de mundo, o receptor de um texto estabelece uma
relação entre dois elementos: um explícito e outro implícito. Se
assim não fosse, nossos textos teriam de ser excessivamente longos
para poder explicitar tudo o que queremos comunicar. Todo texto
assemelha-se a um iceberg.
Prof. VICTOR ALAN
Um dos aspectos mais intrigantes da leitura de um texto é a
verificação de que ele pode dizer o que parece não estar dizendo: além
das informações explicitamente enunciadas, existem outras que ficam
implícitas: subtendidas ou pressupostas.
O que são pressupostos? São aquelas ideias não expressas de
maneira explícita, mas que o leitor pode perceber a partir de certas
palavras ou expressões contidas na frase.
Prof. VICTOR ALAN
* Não constitui o objeto da mensagem, mas é desencadeada pela
formulação do texto, independentemente da situação de comunicação.
PRESSUPOSIÇÃO
*INFERÊNCIA PRAGMÁTICA (NÃO EXPLICITAMENTE POSTA)
* OS PRESSUPOSTOS SÃO CONTEÚDOS IMPLÍCITOS QUE DECORREM
NECESSARIAMENTE DE UMA PALAVRA OU EXPRESSÃO (UM MARCADOR
LINGUÍSTICO) PRESENTE NO ATO DE FALA PRODUZIDO.
Prof. VICTOR ALAN
certos advérbios - Os resultados da pesquisa ainda não chegaram até
nós.
(Pressuposto - Os resultados já deviam ter chegado ou Os resultados
vão chegar mais tarde.)
certos verbos - O caso do contrabando tornou-se público.
(Pressuposto - O caso não era público.)
Os pressupostos são marcados por:
Prof. VICTOR ALAN
adjetivos - Os partidos radicais acabarão com a democracia no
Brasil.
(Pressuposto - Existem partidos radicais no Brasil.)
orações adjetivas - Os candidatos a prefeito, que só querem
defender seus interesses, não pensam no povo.
(Pressuposto - Todos os candidatos a prefeito têm interesses
individuais.)
Prof. VICTOR ALAN
Os subentendidos são as insinuações escondidas por trás de uma
afirmação. Quando uma pessoa com um cigarro na mão pergunta: Você tem
fogo?, acharia muito estranho se você dissesse: Tenho e não lhe acendesse o
cigarro. Na verdade, por trás da pergunta subentende-se Acenda-me o cigarro,
por favor.
O subentendido difere do pressuposto num aspecto importante: o
pressuposto é um dado posto como indiscutível para o falante e para o ouvinte,
não é para ser contestado; o subentendido é de responsabilidade do ouvinte,
pois o falante ao subentender, esconde-se por trás do sentido literal das palavras
e pode dizer que não estava querendo dizer o que o ouvinte compreendeu.
Prof. VICTOR ALAN
Leia com atenção a tira a seguir:
Prof. VICTOR ALAN
a) Para que a tira seja realmente compreendida, há uma informação
escondida por trás do nome da tartaruga. O fato de Mafalda chamar
a tartaruga de “Burocracia” implica uma informação fundamental
relacionada a esse modo de administração dos negócios e serviços
públicos. Qual é essa informação?
b) No contexto, o que se pode compreender dos quadrinhos de 2 a 5?
Prof. VICTOR ALAN
O QUE ESTÁ PRESSUPOSTO?
Prof. VICTOR ALAN
O QUE ESTÁ SUBENTENDIDO?
Prof. VICTOR ALAN
Agora, analisemos mais detalhadamente
algumas charges, identificando as informações
implícitas em cada uma, classificando-as em
pressuposto ou subentendido.
Prof. VICTOR ALAN
Prof. VICTOR ALAN
Prof. VICTOR ALAN
Prof. VICTOR ALAN
Identifique os pressupostos nas frases abaixo fazendo como no
modelo.
Prof. VICTOR ALAN
a. Os resultados da pesquisa ainda não chegaram até nós.
b. O caso da corrupção tornou-se público.
c. João conseguiu fechar a porta.
d. Ela adoeceu de novo.
e. Capital da Líbia volta a ser bombardeada.
f. Estado do Rio registra primeiro caso de Dengue tipo 4.
g. Para Ronaldinho Gaúcho, proposta do Flamengo foi a melhor.
h. Botafogo ainda não definiu treinador.
i. Vasco busca título inédito na Copa do Brasil.
Prof. VICTOR ALAN
a. Maria ganhou outro notebook!
b. Você gostaria de ir ao cinema comigo qualquer dia?
c. “E você é simpático.”
d. Se eu tivesse a senha do wifi daqui, conseguia ver meu e-mail.
e. Ninguém é obrigado a ficar aqui.
f. - Aceita uma bebida? - Não, obrigada.
Analise os subentendidos, colocando cada frase em pelo
menos dois contextos específicos.
1 de 24

Recomendados

Inferências - pressuposto e subentendido por
Inferências - pressuposto e subentendidoInferências - pressuposto e subentendido
Inferências - pressuposto e subentendidoAna Lúcia Moura Neves
33.1K vistas15 diapositivas
pressupostoesubentendido- colegio impacto.pptx por
pressupostoesubentendido- colegio impacto.pptxpressupostoesubentendido- colegio impacto.pptx
pressupostoesubentendido- colegio impacto.pptxNilo de Castro
30 vistas15 diapositivas
Parágrafo argumentativo & dissertação por
Parágrafo argumentativo & dissertaçãoParágrafo argumentativo & dissertação
Parágrafo argumentativo & dissertaçãoma.no.el.ne.ves
1.7K vistas25 diapositivas
Curiosidades Lingüíticas IV PontuaçãO por
Curiosidades Lingüíticas IV PontuaçãOCuriosidades Lingüíticas IV PontuaçãO
Curiosidades Lingüíticas IV PontuaçãOGrupo VAHALI
1.9K vistas42 diapositivas
Dissertação esquema básico 2014 por
Dissertação esquema básico 2014Dissertação esquema básico 2014
Dissertação esquema básico 2014Karin Cristine
1K vistas30 diapositivas
Aula3 carlos por
Aula3 carlosAula3 carlos
Aula3 carlosCarlos Nunes
670 vistas10 diapositivas

Más contenido relacionado

Similar a Inferência e subentendido.ppt

O poder da introdução na dissertação por
O poder da introdução na  dissertaçãoO poder da introdução na  dissertação
O poder da introdução na dissertaçãoADRIANA BORDINHÃO VICIOLI
2.1K vistas22 diapositivas
Redação para o Enem por
Redação para o Enem Redação para o Enem
Redação para o Enem jovemsenador
1.8K vistas31 diapositivas
DissertaçãO por
DissertaçãODissertaçãO
DissertaçãOilk Sala4
11.3K vistas64 diapositivas
TEORIAS SOCIAIS.ppt por
TEORIAS SOCIAIS.pptTEORIAS SOCIAIS.ppt
TEORIAS SOCIAIS.pptPedroMestreVillavice1
2 vistas19 diapositivas
Pressupostos e subentendidos.pptx por
Pressupostos e subentendidos.pptxPressupostos e subentendidos.pptx
Pressupostos e subentendidos.pptxCamiloEsteluti1
33 vistas14 diapositivas
2014 a prova_1_fase por
2014 a prova_1_fase2014 a prova_1_fase
2014 a prova_1_faseLuis De Sousa Rodrigues
751 vistas8 diapositivas

Similar a Inferência e subentendido.ppt(14)

Redação para o Enem por jovemsenador
Redação para o Enem Redação para o Enem
Redação para o Enem
jovemsenador1.8K vistas
DissertaçãO por ilk Sala4
DissertaçãODissertaçãO
DissertaçãO
ilk Sala411.3K vistas
Argumentos falaciosos por João Vieira
Argumentos falaciososArgumentos falaciosos
Argumentos falaciosos
João Vieira2.9K vistas
Pesquisa Medialogue O caso Toffoli e 7 lições para enfrentar crises digitais ... por Medialogue Digital
Pesquisa Medialogue O caso Toffoli e 7 lições para enfrentar crises digitais ...Pesquisa Medialogue O caso Toffoli e 7 lições para enfrentar crises digitais ...
Pesquisa Medialogue O caso Toffoli e 7 lições para enfrentar crises digitais ...
Medialogue Digital99 vistas
Case e-Sergipe por Igor Prado
Case e-SergipeCase e-Sergipe
Case e-Sergipe
Igor Prado306 vistas
Aula 6- 9º LI - Car insurance Linking words and Facts or Opinions.pptx por ClaudireneSoaresdeMo
Aula 6- 9º LI - Car insurance  Linking words and Facts or Opinions.pptxAula 6- 9º LI - Car insurance  Linking words and Facts or Opinions.pptx
Aula 6- 9º LI - Car insurance Linking words and Facts or Opinions.pptx
Texto argumentativo dissertação escolar..ppt por ALEXANDRELIZ1
Texto argumentativo dissertação escolar..pptTexto argumentativo dissertação escolar..ppt
Texto argumentativo dissertação escolar..ppt
ALEXANDRELIZ18 vistas

Más de Caroline Assis

verbos_de_comando.pdf por
verbos_de_comando.pdfverbos_de_comando.pdf
verbos_de_comando.pdfCaroline Assis
3 vistas1 diapositiva
Matriz_LP_3o_ano_EM.pdf por
Matriz_LP_3o_ano_EM.pdfMatriz_LP_3o_ano_EM.pdf
Matriz_LP_3o_ano_EM.pdfCaroline Assis
2 vistas2 diapositivas
Matriz_Mat_8a_serie.pdf por
Matriz_Mat_8a_serie.pdfMatriz_Mat_8a_serie.pdf
Matriz_Mat_8a_serie.pdfCaroline Assis
3 vistas3 diapositivas
Matriz_Mat_3o_ano_EM_PROF.pdf por
Matriz_Mat_3o_ano_EM_PROF.pdfMatriz_Mat_3o_ano_EM_PROF.pdf
Matriz_Mat_3o_ano_EM_PROF.pdfCaroline Assis
4 vistas3 diapositivas
Matriz_LP_8a_serie_EF.pdf por
Matriz_LP_8a_serie_EF.pdfMatriz_LP_8a_serie_EF.pdf
Matriz_LP_8a_serie_EF.pdfCaroline Assis
2 vistas2 diapositivas
Defeitos textuais.pptx por
Defeitos textuais.pptxDefeitos textuais.pptx
Defeitos textuais.pptxCaroline Assis
45 vistas54 diapositivas

Más de Caroline Assis(20)

Elementos da Comunicação e Funções da linguagem.pptx por Caroline Assis
Elementos da Comunicação e Funções da linguagem.pptxElementos da Comunicação e Funções da linguagem.pptx
Elementos da Comunicação e Funções da linguagem.pptx
Caroline Assis46 vistas
Gêneros Carta aberta - carta do leitor.pptx por Caroline Assis
Gêneros Carta aberta - carta do leitor.pptxGêneros Carta aberta - carta do leitor.pptx
Gêneros Carta aberta - carta do leitor.pptx
Caroline Assis196 vistas
Diferentes formas de tratar uma informação.pptx por Caroline Assis
Diferentes formas de tratar uma informação.pptxDiferentes formas de tratar uma informação.pptx
Diferentes formas de tratar uma informação.pptx
Caroline Assis15 vistas
Gênero Charge e Cartum.pptx por Caroline Assis
Gênero Charge e Cartum.pptxGênero Charge e Cartum.pptx
Gênero Charge e Cartum.pptx
Caroline Assis147 vistas
Finalidade discursiva dos textos.pptx por Caroline Assis
Finalidade discursiva dos textos.pptxFinalidade discursiva dos textos.pptx
Finalidade discursiva dos textos.pptx
Caroline Assis171 vistas
AULA 18- CONCORDÂNCIA VERBAL I - Sujeito simples.ppt por Caroline Assis
AULA 18- CONCORDÂNCIA VERBAL I - Sujeito simples.pptAULA 18- CONCORDÂNCIA VERBAL I - Sujeito simples.ppt
AULA 18- CONCORDÂNCIA VERBAL I - Sujeito simples.ppt
Caroline Assis2 vistas
AULA 23- REGÊNCIA VERBAL II.ppt por Caroline Assis
AULA 23- REGÊNCIA VERBAL II.pptAULA 23- REGÊNCIA VERBAL II.ppt
AULA 23- REGÊNCIA VERBAL II.ppt
Caroline Assis20 vistas
AULA 19- CONCORDÂNCIA VERBAL II - Sujeito composto.ppt por Caroline Assis
AULA 19- CONCORDÂNCIA VERBAL II - Sujeito composto.pptAULA 19- CONCORDÂNCIA VERBAL II - Sujeito composto.ppt
AULA 19- CONCORDÂNCIA VERBAL II - Sujeito composto.ppt
Caroline Assis8 vistas

Inferência e subentendido.ppt

  • 7. Prof. VICTOR ALAN Nem tudo no texto está claro! Quando lemos um texto não podemos ficar atentos apenas às informações explícitas (aquelas que estão claras, estão escritas). Para uma completa interpretação, temos que prestar atenção ao que está nas entrelinhas.
  • 8. Prof. VICTOR ALAN Inferência Um dos fatores de coerência é a operação pela qual, utilizando seu conhecimento de mundo, o receptor de um texto estabelece uma relação entre dois elementos: um explícito e outro implícito. Se assim não fosse, nossos textos teriam de ser excessivamente longos para poder explicitar tudo o que queremos comunicar. Todo texto assemelha-se a um iceberg.
  • 9. Prof. VICTOR ALAN Um dos aspectos mais intrigantes da leitura de um texto é a verificação de que ele pode dizer o que parece não estar dizendo: além das informações explicitamente enunciadas, existem outras que ficam implícitas: subtendidas ou pressupostas. O que são pressupostos? São aquelas ideias não expressas de maneira explícita, mas que o leitor pode perceber a partir de certas palavras ou expressões contidas na frase.
  • 10. Prof. VICTOR ALAN * Não constitui o objeto da mensagem, mas é desencadeada pela formulação do texto, independentemente da situação de comunicação. PRESSUPOSIÇÃO *INFERÊNCIA PRAGMÁTICA (NÃO EXPLICITAMENTE POSTA) * OS PRESSUPOSTOS SÃO CONTEÚDOS IMPLÍCITOS QUE DECORREM NECESSARIAMENTE DE UMA PALAVRA OU EXPRESSÃO (UM MARCADOR LINGUÍSTICO) PRESENTE NO ATO DE FALA PRODUZIDO.
  • 11. Prof. VICTOR ALAN certos advérbios - Os resultados da pesquisa ainda não chegaram até nós. (Pressuposto - Os resultados já deviam ter chegado ou Os resultados vão chegar mais tarde.) certos verbos - O caso do contrabando tornou-se público. (Pressuposto - O caso não era público.) Os pressupostos são marcados por:
  • 12. Prof. VICTOR ALAN adjetivos - Os partidos radicais acabarão com a democracia no Brasil. (Pressuposto - Existem partidos radicais no Brasil.) orações adjetivas - Os candidatos a prefeito, que só querem defender seus interesses, não pensam no povo. (Pressuposto - Todos os candidatos a prefeito têm interesses individuais.)
  • 13. Prof. VICTOR ALAN Os subentendidos são as insinuações escondidas por trás de uma afirmação. Quando uma pessoa com um cigarro na mão pergunta: Você tem fogo?, acharia muito estranho se você dissesse: Tenho e não lhe acendesse o cigarro. Na verdade, por trás da pergunta subentende-se Acenda-me o cigarro, por favor. O subentendido difere do pressuposto num aspecto importante: o pressuposto é um dado posto como indiscutível para o falante e para o ouvinte, não é para ser contestado; o subentendido é de responsabilidade do ouvinte, pois o falante ao subentender, esconde-se por trás do sentido literal das palavras e pode dizer que não estava querendo dizer o que o ouvinte compreendeu.
  • 14. Prof. VICTOR ALAN Leia com atenção a tira a seguir:
  • 15. Prof. VICTOR ALAN a) Para que a tira seja realmente compreendida, há uma informação escondida por trás do nome da tartaruga. O fato de Mafalda chamar a tartaruga de “Burocracia” implica uma informação fundamental relacionada a esse modo de administração dos negócios e serviços públicos. Qual é essa informação? b) No contexto, o que se pode compreender dos quadrinhos de 2 a 5?
  • 16. Prof. VICTOR ALAN O QUE ESTÁ PRESSUPOSTO?
  • 17. Prof. VICTOR ALAN O QUE ESTÁ SUBENTENDIDO?
  • 18. Prof. VICTOR ALAN Agora, analisemos mais detalhadamente algumas charges, identificando as informações implícitas em cada uma, classificando-as em pressuposto ou subentendido.
  • 22. Prof. VICTOR ALAN Identifique os pressupostos nas frases abaixo fazendo como no modelo.
  • 23. Prof. VICTOR ALAN a. Os resultados da pesquisa ainda não chegaram até nós. b. O caso da corrupção tornou-se público. c. João conseguiu fechar a porta. d. Ela adoeceu de novo. e. Capital da Líbia volta a ser bombardeada. f. Estado do Rio registra primeiro caso de Dengue tipo 4. g. Para Ronaldinho Gaúcho, proposta do Flamengo foi a melhor. h. Botafogo ainda não definiu treinador. i. Vasco busca título inédito na Copa do Brasil.
  • 24. Prof. VICTOR ALAN a. Maria ganhou outro notebook! b. Você gostaria de ir ao cinema comigo qualquer dia? c. “E você é simpático.” d. Se eu tivesse a senha do wifi daqui, conseguia ver meu e-mail. e. Ninguém é obrigado a ficar aqui. f. - Aceita uma bebida? - Não, obrigada. Analise os subentendidos, colocando cada frase em pelo menos dois contextos específicos.