Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.
Raças Bovinas: Caracu, Gir,
Guzerá e Sindi.
Grupo: Edilane, João
Gabriel, Luiza, Márcio, Iago.
Universidade Presidente Ant...
INTRODUÇÃO
Fonte: Frisch, 2002.
INTRODUÇÃO
Bos tauros indicus Bos tauros tauros
1 Presença de cupim colocado sobre a
cernelha.
1 Sem cupim, às vezes com f...
CARACU
Fonte: www.google.com/images.
CARACU
• Raça européia (Bos tauros tauros);
• Originada no Brasil, sendo descendente das
raças Transtagana, Minhota e Alen...
CARACU
• Pelagem amarelada, variando de tonalidade;
• Estrutura longilínea;
• Linha de dorso plana;
• Cascos claros, averm...
Figura 1 Touro da raça Caracu.
Figura 2 Vaca da raça Caracu.
Fonte: www.google.com/images.
Fonte: www.google.com/images.
CARACU
• Rústica;
• Sexualmente, é um pouco tardio;
• As fêmeas apresentam grandes índices de
fertilidade, facilidade no p...
CARACU
• Manso e dócil;
• Menor exigência alimentar, pois tem grande
capacidade de digerir fibras grosseiras;
• Dependendo...
CARACU
• Resiste ao calor, tem muita facilidade de
locomoção, cascos que resistem tanto a solos
duros como a solos encharc...
CARACU
• Peso médio das vacas está em torno de 550 a
650 quilos;
• A fêmea consegue produzir até 2,1 mil quilos
de leite p...
CARACU
• Alta fertilidade, uma vez que são colocadas
para cruzar a partir dos 14/15 meses,
podendo gerar bezerros até os 2...
GIR
Fonte: www.google.com/images.
GIR
• Originária da Índia, do sul da península de
Kathiawar em Bombaim;
• Bos taurus indicus;
• Constituiu durante várias ...
GIR
• Pelagem de cor vermelha e amarela em
combinações típicas: gargantilha, chitada,
rosilha ou moura;
• A pele é a carac...
GIR
• Perfil craniano ultra-convexo e a base do
chifre para trás;
• Barbela desenvolvida;
• Orelhas longas e terminam em u...
Figura 3 Touro da raça Gir.
Figura 4 Vaca da raça Gir.
Fonte: www.google.com/images.
Fonte: www.google.com/images.
GIR
• Extremamente dócil;
• Aptidões para o leite e carne; sendo que
possui uma linhagem para a produção de
leite;
• Chega...
GIR
• Das raças indianas, a Gir é a que apresenta os
menores pesos ao nascer; o bezerro é
pequeno, mas muito resistente;
•...
GIR
• Quando adulto, atinge cerca de 500kg nas
fêmeas e 800kg nos machos;
• O prepúcio muito baixo, que favorece o
apareci...
GUZERÁ
Fonte: www.google.com/images.
GUZERÁ
• Originado da Índia; do norte da península de
Kathiawar;
• É uma das maiores raças indianas;
• Caracteriza-se por ...
GUZERÁ
• Pelagem variando do cinza claro ao cinza
escuro;
• Chifres em forma de lira;
• Pelos curtos e pele escura;
Figura 5 Touro da raça Guzerá.
Figura 6 Vaca da raça Guzerá.
Fonte: www.google.com/images.
Fonte: www.google.com/images.
GUZERÁ
• A raça Guzerá é a raça zebuína de maior
rusticidade às intempéries climáticas;
• Adaptabilidade a condições ambie...
GUZERÁ
• Tolerância a insetos e resistência a várias
doenças;
• Habilidade maternal, especialmente em
cruzamentos com as r...
GUZERÁ
• Em idade adulta podem atingir 1.300 kg e 950
kg, machos e fêmeas respectivamente;
• As fêmeas atingem produções d...
GUZERÁ
• Touros Guzerá são utilizados para consertar os
úberes pendulosos e as tetas de tamanho
exagerado das vacas leitei...
GUZERÁ
• No teste de rendimento de carcaça e
conversão alimentar, realizado pela ABCZ com
a participação de todas as raças...
GUZERÁ
• de GMD, após a adaptação, de 1,239 kg/dia;
Raça
Ração
Consumida
Ganho
Total (kg)
Conversão
Alimentar
Nelore e Nel...
SINDI
Fonte: www.google.com/images.
SINDI
• Oriundo do Paquistão, de uma região
desértica chamada de Kohistan localizada na
província Sindi;
• Raça zebuína;
•...
SINDI
• Animal de estatura pequena;
• Pelagem vermelha em suas tonalidades;
• Pele preta ou escura, solta, fina e flexível...
SINDI
• Chifres curtos e de diâmetro média, nos
machos e nas fêmeas tem tamanho médio.
Saindo para os lados, ligeiramente ...
SINDI
• Olhos pretos ou escuros em formato elíptico com
cílios pretos;
• Focinho preto e largo, com narinas dilatadas e
af...
Fonte: www.google.com/images.
Fonte: www.google.com/images.
Figura 7 Vacas da raça Sindi.
Figura 8 Touro da raça Sindi.
SINDI
• Rústico;
• Temperamento dócil;
• Dupla aptidão;
• Boa eficiência reprodutiva;
• Boa capacidade de produção de leit...
SINDI
• Excelente adaptabilidade às condições
adversas de clima e de manejo,
principalmente alimentar;
• Precocidade sexua...
SINDI
• As vacas pesam em média 500 kg;
• Os touros pesam em média 950 kg;
• A produção leiteira é de 11 kg/dia,
3.300Kg/l...
CONSIDERAÇÕES FINAIS
• As raças abordadas têm boa adaptação as
características climáticas brasileira, em função
da sua rus...
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
• http://www.sindi.org.br/portal/index.php/noticias/194
• http://www.milkpoint.com.br/radar-tec...
O
BR
IG
A
D
O
Próxima SlideShare
Cargando en…5
×

Raças bovinas caracu-gir-guzerá-sindi

4.087 visualizaciones

Publicado el

Informaçoes sobre as raças bovinas caracu, gir, guzerá e sindi.

Publicado en: Educación
  • Sé el primero en comentar

Raças bovinas caracu-gir-guzerá-sindi

  1. 1. Raças Bovinas: Caracu, Gir, Guzerá e Sindi. Grupo: Edilane, João Gabriel, Luiza, Márcio, Iago. Universidade Presidente Antônio Carlos Faculdade de Ciências da Saúde Medicina Veterinária Bovideocultura
  2. 2. INTRODUÇÃO Fonte: Frisch, 2002.
  3. 3. INTRODUÇÃO Bos tauros indicus Bos tauros tauros 1 Presença de cupim colocado sobre a cernelha. 1 Sem cupim, às vezes com formação mais acentuada de cangote nos machos. 2 Cabeça relativamente comprida estreita. 2 Pequena, curta, larga entre os olhos. 3 Membros mais compridos, cobertura muscular por vezes menos definida. 3 Mais curtos, musculatura mais aparente. 4 Cauda comprida e fina, vassoura bem destacada. 4 Curta e grossa, vassoura mais densa. 5 Aparelho digestivo de menor volume. 5 Aparelho digestivo de maior volume.
  4. 4. CARACU Fonte: www.google.com/images.
  5. 5. CARACU • Raça européia (Bos tauros tauros); • Originada no Brasil, sendo descendente das raças Transtagana, Minhota e Alentejana; • Adaptada às condições tropicais;
  6. 6. CARACU • Pelagem amarelada, variando de tonalidade; • Estrutura longilínea; • Linha de dorso plana; • Cascos claros, avermelhados ou rajados; • Couro é de espessura média, macio e solto;
  7. 7. Figura 1 Touro da raça Caracu. Figura 2 Vaca da raça Caracu. Fonte: www.google.com/images. Fonte: www.google.com/images.
  8. 8. CARACU • Rústica; • Sexualmente, é um pouco tardio; • As fêmeas apresentam grandes índices de fertilidade, facilidade no parto, boa produção de leite de qualidade, e boa conformação de tetos e excelente habilidade materna;
  9. 9. CARACU • Manso e dócil; • Menor exigência alimentar, pois tem grande capacidade de digerir fibras grosseiras; • Dependendo da alimentação, o animal rende entre 52% e 54% equivalente carcaça; • Resistente a parasitas;
  10. 10. CARACU • Resiste ao calor, tem muita facilidade de locomoção, cascos que resistem tanto a solos duros como a solos encharcados; • Produz leite e carne e é adequado para tração, mas deixa muito a desejar quando comparado a raças especializadas;
  11. 11. CARACU • Peso médio das vacas está em torno de 550 a 650 quilos; • A fêmea consegue produzir até 2,1 mil quilos de leite por lactação, com 5% de gordura, em regime de pasto com pequena suplementação;
  12. 12. CARACU • Alta fertilidade, uma vez que são colocadas para cruzar a partir dos 14/15 meses, podendo gerar bezerros até os 21 anos no máximo; • Touros pesam ao redor de 1.000 quilos, podendo chegar a 1.200 kg;
  13. 13. GIR Fonte: www.google.com/images.
  14. 14. GIR • Originária da Índia, do sul da península de Kathiawar em Bombaim; • Bos taurus indicus; • Constituiu durante várias décadas o grupamento étnico mais numeroso e mais valorizado dentro do rebanho Zebuíno brasileiro;
  15. 15. GIR • Pelagem de cor vermelha e amarela em combinações típicas: gargantilha, chitada, rosilha ou moura; • A pele é a característica do zebu, solta, fina, flexível e de pigmentação preta ou escura;
  16. 16. GIR • Perfil craniano ultra-convexo e a base do chifre para trás; • Barbela desenvolvida; • Orelhas longas e terminam em uma ponta;
  17. 17. Figura 3 Touro da raça Gir. Figura 4 Vaca da raça Gir. Fonte: www.google.com/images. Fonte: www.google.com/images.
  18. 18. GIR • Extremamente dócil; • Aptidões para o leite e carne; sendo que possui uma linhagem para a produção de leite; • Chega a produzir acima de 4.000 litros de leite por lactação; • Muito utilizada em cruzamentos com a raça Holandesa que dão origem a uma nova raça chamada Girolanda;
  19. 19. GIR • Das raças indianas, a Gir é a que apresenta os menores pesos ao nascer; o bezerro é pequeno, mas muito resistente; • Às vezes encontra dificuldade em mamar devido ao diâmetro exagerado das tetas;
  20. 20. GIR • Quando adulto, atinge cerca de 500kg nas fêmeas e 800kg nos machos; • O prepúcio muito baixo, que favorece o aparecimento de feridas, podendo inutilizar o reprodutor;
  21. 21. GUZERÁ Fonte: www.google.com/images.
  22. 22. GUZERÁ • Originado da Índia; do norte da península de Kathiawar; • É uma das maiores raças indianas; • Caracteriza-se por ser uma raça produtora de carne, mas também se mostra bem adaptado como gado de trabalho e de leite;
  23. 23. GUZERÁ • Pelagem variando do cinza claro ao cinza escuro; • Chifres em forma de lira; • Pelos curtos e pele escura;
  24. 24. Figura 5 Touro da raça Guzerá. Figura 6 Vaca da raça Guzerá. Fonte: www.google.com/images. Fonte: www.google.com/images.
  25. 25. GUZERÁ • A raça Guzerá é a raça zebuína de maior rusticidade às intempéries climáticas; • Adaptabilidade a condições ambientais tropicais e sub-tropicais;
  26. 26. GUZERÁ • Tolerância a insetos e resistência a várias doenças; • Habilidade maternal, especialmente em cruzamentos com as raças taurinas; • O gado é dócil sem problemas de temperamento e é fértil sob condições adversas;
  27. 27. GUZERÁ • Em idade adulta podem atingir 1.300 kg e 950 kg, machos e fêmeas respectivamente; • As fêmeas atingem produções de leite próximas de 10.000 kg/leite/lactação; • Ligamentos do úbere são fortes;
  28. 28. GUZERÁ • Touros Guzerá são utilizados para consertar os úberes pendulosos e as tetas de tamanho exagerado das vacas leiteiras comuns; • Existem linhagens especializadas em carne ou em leite, bem como rebanhos que selecionam para as duas funções;
  29. 29. GUZERÁ • No teste de rendimento de carcaça e conversão alimentar, realizado pela ABCZ com a participação de todas as raças zebuínas, o Guzerá ficou com o primeiro lugar nas duas características avaliadas;
  30. 30. GUZERÁ • de GMD, após a adaptação, de 1,239 kg/dia; Raça Ração Consumida Ganho Total (kg) Conversão Alimentar Nelore e Nel. V. Mocha 1.435,5 174,0 8,25 Gir 1.527,5 182,0 8,39 Guzerá 1.664,4 210,0 7,93 Indubrasil 1.618,0 173,0 9,35 Fonte: www.guzerait.com.
  31. 31. SINDI Fonte: www.google.com/images.
  32. 32. SINDI • Oriundo do Paquistão, de uma região desértica chamada de Kohistan localizada na província Sindi; • Raça zebuína; • Clima semi-árido; • Animal ideal para regiões tropicais do Brasil;
  33. 33. SINDI • Animal de estatura pequena; • Pelagem vermelha em suas tonalidades; • Pele preta ou escura, solta, fina e flexível; • Orelhas de tamanho médio, largas e um pouco pendentes com borda inferior com ligeira reentrância;
  34. 34. SINDI • Chifres curtos e de diâmetro média, nos machos e nas fêmeas tem tamanho médio. Saindo para os lados, ligeiramente para trás e para cima;
  35. 35. SINDI • Olhos pretos ou escuros em formato elíptico com cílios pretos; • Focinho preto e largo, com narinas dilatadas e afastadas; • Prepúcio recolhido; • Cabeça curta, de tamanho médio e bem proporcionada; • Cascos pretos, bem conformados e resistentes;
  36. 36. Fonte: www.google.com/images. Fonte: www.google.com/images. Figura 7 Vacas da raça Sindi. Figura 8 Touro da raça Sindi.
  37. 37. SINDI • Rústico; • Temperamento dócil; • Dupla aptidão; • Boa eficiência reprodutiva; • Boa capacidade de produção de leite, tanto em quantidade como em qualidade; • Apresenta precocidade em terminação de carcaça;
  38. 38. SINDI • Excelente adaptabilidade às condições adversas de clima e de manejo, principalmente alimentar; • Precocidade sexual; • Boa habilidade materna; • Alta conversão alimentar;
  39. 39. SINDI • As vacas pesam em média 500 kg; • Os touros pesam em média 950 kg; • A produção leiteira é de 11 kg/dia, 3.300Kg/lactação, com teor de 5,57% de gordura; • Boa eficiência reprodutiva;
  40. 40. CONSIDERAÇÕES FINAIS • As raças abordadas têm boa adaptação as características climáticas brasileira, em função da sua rusticidade e origem; • Apesar de a raça caracu ser europeia possui rusticidade e boa adaptação ao Brasil uma vez que foi selecionada em nosso país; • Apresentam dupla aptidão; • São rentáveis e menos exigentes em termos nutricionais.
  41. 41. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS • http://www.sindi.org.br/portal/index.php/noticias/194 • http://www.milkpoint.com.br/radar-tecnico/sistemaproducao/mudancas- climaticas-a-escolha-certa-da-raca-e-do-sistema-de-criacao-garante-o aumento-na-producao-leiteira-49720n.aspx • www.sindicastilho.com.br/userfiles/files/A%2520EPOP%25C3%2589IA%2520D O%2520ZEBU%2520.doc+&cd=7&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br • http/:WWW.abccaracu.com.br • Guia de Raças de Bovinos Medicina Veterinária- Criadores De Bovinos Do Exterior A Classificação Das Raças Européias Segundo O EAAP - Animal Genetic Data Bank European Association for Animal Production Disponível em : <http://br.viarural.com/animais/a-bovinos/exteriorbovinos/default.htm >acesso 13/08/2013 • BARROS J.A., 2009. Disponível <http://girbrasilartigos.blogspot.com.br/2009/07/gir-dupla aptidao.html>Acesso:13/08/2013. • http/:www.abcz.com.br
  42. 42. O BR IG A D O

×