Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.

Oleg Sentsov

194 visualizaciones

Publicado el

Prémio Sakharov 2018.

Publicado en: Educación
  • Inicia sesión para ver los comentarios

  • Sé el primero en recomendar esto

Oleg Sentsov

  1. 1. O realizador ucraniano Oleg Sentsov é o vencedor deste ano do Prémio Sakharov do Parlamento Europeu para a Liberdade de Pensamento. A cerimónia da entrega do prémio vai realizar-se no dia 12 de Dezembro, em Estrasburgo.
  2. 2. Oleg Sentsov foi o escolhido, a 25 de Outubro, de uma lista de três finalistas pelos líderes dos grupos políticos do PE. Ao anunciar o laureado deste ano, o Presidente do Parlamento Europeu, AntonioTajani, disse: Através de sua coragem e determinação, colocando sua vida em perigo, o cineasta Oleg Sentsov tornou-se um símbolo da luta pela libertação dos prisioneiros políticos mantidos na Rússia e em todo o mundo. Ao atribuir-lhe o Prémio Sakharov, o Parlamento Europeu manifesta a sua solidariedade para com ele e para com a sua causa. Pedimos que ele seja libertado imediatamente. A sua luta lembra-nos que é nosso dever defender os direitos humanos em todos os lugares do mundo e em todas as circunstâncias.
  3. 3. Oleg Sentsov é um cineasta ucraniano, condenado a 20 anos de prisão por “planear atos terroristas” contra o domínio “de facto” russo na Crimeia. A Amnistia Internacional descreveu o processo judicial como “um julgamento injusto perante um tribunal militar”. Sentsov tornou-se um símbolo para os cerca de 70 cidadãos ucranianos ilegalmente presos e condenados a longas penas de prisão pelas forças de ocupação russas na península da Crimeia. O realizador esteve em greve de fome desde meados de maio deste ano até 6 de outubro, data em que decidiu terminar essa forma de protesto por ameaça de ser alimentado à força.
  4. 4. O Prémio Sakharov para a Liberdade de Pensamento, baptizado assim em honra do dissidente e cientista russo Andrei Sakharov, foi estabelecido em Dezembro de 1985 pelo Parlamento Europeu como meio para homenagear pessoas ou organizações que dedicam as suas vidas ou acções à defesa dos Direitos Humanos e à liberdade.
  5. 5. Este prémio é oferecido todos os anos e entregue no dia 10 de Dezembro, o dia em que se assinou a Declaração Universal dos Direitos Humanos das Nações Unidas. Os candidatos são nomeados pelos eurodeputados e os grupos políticos do Parlamento Europeu. Da lista de candidatos, a comissão de Assuntos Externos selecciona três "finalistas". Os presidentes dos grupos políticos (a Conferência de Presidentes) posteriormente seleccionam um ou mais galardoados. O prémio é formalmente entregue pelo presidente do Parlamento Europeu durante a sessão plenária de Dezembro. O condecorado recebe um certificado e um cheque de 50.000€.

×