Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.

2019, data limite

43 visualizaciones

Publicado el

Mensagem espírita

Publicado en: Meditación
  • Sé el primero en comentar

  • Sé el primero en recomendar esto

2019, data limite

  1. 1. Estamos em 2019, que é o ano do momento, da discussão. Temos observado, no Movimento Espírita, um exagero nas discussões sobre supostas “Datas- limites” para uma transição espiritual mais drásticas na Terra. Há uma corrente fazendo alarde de que nós estamos na data limite. Pelo menos é uma das datas que uma das correntes muito ligada ao Chico Xavier defende. Tais “profecias” têm sido narradas sem uma contextualização mais bem consolidada do ponto de vista espiritista. De fato, tanto do ponto de vista do relato da opinião do Chico propriamente considerada, como do ponto de vista do estudo doutrinário, uma postulação de certo modo “dogmática” (sem uma explicação mais racional, condizente com a lógica do pensamento espírita) tem sido apresentada, gerando muita "preocupação", principalmente por parte dos novos adeptos do Espiritismo.
  2. 2. E, da forma como eles têm sido narrados, não parecem estar sendo muito produtivos para o crescimento doutrinário do Movimento Espírita. Chegam a lembrar a preocupação dos mais antigos que diziam: "Mil passará; dois mil não chegará!". Ou até daqueles autores espirituais que diziam que teríamos uma catástrofe em 1999. Ou mesmo dos que previram um "caos eletrônico" de proporções apocalípticas com o famigerado "Bug do Milênio". Segundo, Chico, a data limite está sendo contada desde 1969, quando o homem pela primeira vez pisou na Lua, superando os seus próprios domínios e, portanto, ele já teria condições de se tornar uma ameaça para o seu próprio sistema planetário. Não haveriam mais limites para a ganância e o poder das pessoas. Por isso teríamos apenas 50 anos para nos reajustarmos. Essa data limite prevê acontecimentos impactantes para este ano.
  3. 3. Alcançaremos as soluções para todos os problemas de ordem social: a pobreza e fome estarão extintas. Teremos a descoberta de todas as doenças do corpo físico pela manipulação genética nos avanços da medicina. O homem terá total acesso à informação e a cultura será generalizada. Também os nossos irmãos de outros planetas mais evoluídos terão a permissão expressa de Jesus para se apresentarem abertamente, colaborando conosco em novas tecnologias, inimagináveis no nosso atual estágio científico. Enfim, estaríamos diante de um mundo novo. Chico Xavier teria relatado as suas previsões para dois amigos, que escreveram o livro 2019, O Ápice da Transição Planetária - revelações de Chico Xavier. Em 1986, após um jantar na casa do médium, numa conversa informal, ele revelou o que o futuro nos reservava. O fim de tudo isso será a terceira guerra mundial, a qual o mundo não suportaria.
  4. 4. Mas, ela pode não acontecer. Por outro lado, se a guerra for inevitável, a Terra pagará com diversos desastres naturais; grandes catástrofes, como terremotos, e gigantescos tsunamis cobririam as cidades. No meio desse caos, diversos países sumiriam do mapa. Porém, isso não será capaz de dizimar a população mundial. O Brasil, por exemplo, seria um dos menos atingidos com esses desastres naturais. Porém, diante do estrago causado em outros países, os sobreviventes irão migrar para cá, e a ocupação por estrangeiros ocorrerá da seguinte forma: o nosso país será dividido em quatro nações distintas. Somente uma quarta parte do nosso território continuará conosco, e aos brasileiros restarão apenas os estados do sudeste, somados ao estado de Goiás e ao Distrito Federal.
  5. 5. Os norte-americanos, canadenses e mexicanos ocuparão os estados da região norte do país, em sintonia com a Colômbia e a Venezuela. Os europeus virão ocupar os estados da região sul, unidos ao Uruguai, Argentina e ao Chile. Os asiáticos virão ocupar o centro-oeste, com o Paraguai, a Bolívia e o Peru. E, por fim, os estados do nordeste brasileiro serão ocupados pelos russos e povos eslavos. O futuro da Terra dependerá do que os homens decidirem. Baseado em todas essas previsões, a data limite de Chico Xavier seria uma forma de conscientizar as pessoas que a paz é o caminho mais eficaz. Ninguém sabe se o Chico falou ou não falou dessa data limite. Já começa por aí. Não tem gravação, não tem documentação. Alguém falou que teve uma conversa com o Chico, e que ele disse; isto não prova nada.
  6. 6. Mas o fato é que as coisas acabam ganhando vida no Movimento Espírita, e dito pelo Chico, tem força; porque ele foi divinizado. Isto é uma postura equivocada perante o pensamento kardecista. Kardec não divinizava médium nenhum. Kardec não considerava nem médium nem espírito reveladores a priori. Ele tinha um sistema de checagem mínima. Durante anos, sem sucesso, muitos tem tentado prever quando será esse fim do mundo. No meu tempo de criança, se comentava que o mundo acabaria no ano 2.000. O ano 2.000 passou, e o mundo não acabou. Depois, em 2.010, começaram a falar na tal Profecia Maia, o Calendário que, para muitos, marcava o fim do mundo, exatamente, para o dia 21 de dezembro de 2.012, o tão falado 21/12/12. Falou- se, também, em “Nova Era” e outras fantasias, sem qualquer respaldo confiável.
  7. 7. Deixando de lado essa previsão, surgiu, depois, nova teoria apocalíptica, mais interessante, dando conta que o verdadeiro fim do Calendário Maia seria em 15 de maio de 2.015, já, que, a data de 21/12/12 estava errada em sua interpretação. Apesar da profecia Maia, o mundo não acabou. O mundo continuou em seu lugar. Nesse contexto, surgiu um livro; “Não será em 2.012”. Este tema passou a ser tratado como profecia de Chico Xavier, marcando a data limite para 2.019. Dando continuidade às especulações com números, buscamos no livro Brasil, coração do mundo, pátria do Evangelho, do Espírito Humberto de Campos, uma passagem em que o Espírito Ismael, responsável pela evangelização do Brasil, no início do século XIX, reúne no espaço responsáveis por essa tarefa de evangelização, e esclarece a todos sobre os seus elevados objetivos.
  8. 8. - Irmãos, expôs ele, o século atual, como sabeis, vai ser assinalado pelo advento do Consolador à face da Terra. Nestes cem anos se efetuarão os grandes movimentos preparatórios dos outros cem anos que hão de vir. Ele está falando do século atual e do século em que ele fez essa reunião. Disse, que nesse tempo surgiria o Consolador. E quem é o Consolador? Para os espíritas, é o Espiritismo, que surge com a Codificação, a partir de 1.857. Nesse período de 1,857 até 1.957, cem anos, foi uma preparação para os outros cem anos seguintes, ou seja, até 2.057. Daí, podemos entender, que a data final marcada pelo Espírito Ismael é 2.057. Apocalipse ou data limite. Seria em 2.019 ou 2.057? Falou-se também no dia 23 de setembro de 2.017.
  9. 9. Uma das teorias que ganhava força nas redes sociais, afirmava que haveria uma explosão na sequência de uma colisão de um asteroide com a Terra. Um planeta de outro sistema solar chamado Nibiru (planeta X, planeta vermelho, entre outros nomes) seria visível na Terra exatamente nesta data. E ele se chocaria com o nosso orbe. Estava na moda no final do século XX, nos anos 90. O Espírito Ramatis, em seu livro “Mensagem do astral”, previu a verticalização do eixo terrestre. A Terra inclinada em mais ou menos 23°. Isso seria catastrófico e, claro que nada disso aconteceu. Essas previsões seriam mais um modismo sem respaldo doutrinário? Temos observado um certo exagero nas discussões sobre supostas “datas-limites” para uma transição espiritual mais drásticas na Terra.
  10. 10. É importante que nós tenhamos em mente que todas essas chamadas profecias tratam de temas pertinentes ao presente de seus autores, e eles não estavam fazendo profecias. Nós temos que ter cuidado com o tom apocalíptico com que grande parte das pessoas vem se manifestando. Até, porque, até hoje a Humanidade, permanece intacta. O Espiritismo surgiu apresentando-se como a fé raciocinada. Se a fé é raciocinada, temos que analisar todos os fatos com o uso da razão. Então, não é por que Chico Xavier disse, que nós temos que assinar em baixo, cegamente, sem analisar. Kardec sempre foi muito comedido em relação às chamadas profecias e fez uma análise cuidadosa do assunto em A Gênese, no tópico Os Milagres e as Predições segundo o Espiritismo.
  11. 11. Faz-se necessário o cuidado usado pelo Codificador para analisar tais relatos sobre profecias, elaborados sem maiores explicações. Allan Kardec explicou ainda, com muita clareza, essa questão, comentando que até os previsores mais considerados, tais como Nostradamus, têm informações questionáveis ou que podem ser interpretadas de formas diferentes. Sem desvalorizar as previsões do futuro, o Codificador recomendou-nos muito cuidado para que não as hipervalorizássemos. Ainda em A Gênese, em seu capítulo XVIII, são chegados os tempos, Kardec diz que grandes acontecimentos se vão dar para a regeneração da Humanidade. Mas o que é que compreendemos com essa afirmação?
  12. 12. Será que apenas vemos nela as catástrofes, os flagelos, as tormentas incontroláveis da Natureza? De fato, não podemos ignorar que mudanças estão ocorrendo e vão continuar ocorrendo no planeta, para transformá-lo de um mundo de provas em mundo de regeneração, com Espíritos mais voltados para o bem, e este momento de transição é um terreno fértil para a aparição de falsos profetas. Para nós, espíritas, fica muito claro pelos ensinos da Codificação que estamos em permanente processo de evolução, crescendo, em busca da felicidade, e não temos qualquer motivo para deixarmos que o medo ou a ignorância nos domine. Jesus nos alerta, segundo Mateus (24-36), que somente o Pai sabe o dia e a hora em que fatos importantes para a Humanidade devem acontecer.
  13. 13. O Cristo não teria dedicado tanto do Seu amor e de Seus ensinamentos para que depois nos visse submergir entre escombros de um mundo terminal. Ampliando o nosso conhecimento, melhorando a nossa compreensão dos fatos e dos fenômenos, afastamos o medo, que é causado pelas notícias incorretas, veiculadas pelos místicos de plantão, que se aproveitam da credulidade e da ingenuidade de algumas pessoas para espalharem pânico. Este texto poderá representar um marco definitivo acerca do tão temido, comentado e dramatizado evento, que, segundo dizem, está prestes a ser realizado. Recomendamos que, depois dessa data, olhem para fora de suas janelas e se perguntem: o que mudou? O conteúdo deste PPS pode não ser o que você acredita. Porém, nós trabalhamos para mostrar às pessoas alternativas de conhecimento,
  14. 14. ... independente da sua crença ser X ou Y. Respeitamos a sua liberdade de acreditar no que quiser. Muita Paz! Visite o meu Blog: http://espiritual-espiritual.blogspot.com.br A serviço da Doutrina Espírita; com estudos comentados, cujo objetivo é levar as pessoas a uma reflexão sobre a vida. Leia Kardec! Estude Kardec! Pratique Kardec! Divulgue Kardec!

×