Se ha denunciado esta presentación.
Se está descargando tu SlideShare. ×

Alegoria da Caverna 11

Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Cargando en…3
×

Eche un vistazo a continuación

1 de 53 Anuncio

Alegoria da Caverna 11

Descargar para leer sin conexión

Série de interpretações sobre a "Alegoria da Caverna", de Platão, realizada pelas minhas alunas e alunos de Filosofia da Educação, do curso de Pedagogia da Faculdade Sumaré, São Paulo, capital.

Série de interpretações sobre a "Alegoria da Caverna", de Platão, realizada pelas minhas alunas e alunos de Filosofia da Educação, do curso de Pedagogia da Faculdade Sumaré, São Paulo, capital.

Anuncio
Anuncio

Más Contenido Relacionado

Presentaciones para usted (19)

Anuncio

Similares a Alegoria da Caverna 11 (20)

Anuncio

Más reciente (20)

Alegoria da Caverna 11

  1. 1. APRESENTA
  2. 2. Baseada na obra de Platão “A alegoria da Caverna”
  3. 3. Em uma escola, as crianças se preparavam para o inicio das aulas...
  4. 4. Esta é a sala de aula das pequenas crianças...
  5. 5. Era uma sala de aula com crianças tristes e muito sérias para a idade delas.
  6. 6. Esta é a Sra. Cida, uma professora muito rígida e severa. Bom dia, senhoritas. Bom dia, Sra. Cida.
  7. 7. Agora que estão todas sentadas em seus lugares e em silêncio, peguem seus cadernos , pois iremos começar a aula.
  8. 8. Quero que prestem muita atenção, pois esta será matéria de prova. Não quero ninguém olhando para o lado e muito menos me fazendo perguntas .
  9. 9. Copiem conforme está no quadro . Eu não quero ver garrancho nos cadernos .
  10. 10. Enquanto isto, em outra sala de aula da mesma escola, as coisas eram bem diferentes . Vamos todas formar a roda da conversa!!! Hoje, prô, eu posso começar a contar a minha história. Essa aí só quer se aparecer... Oba! mais tarde vamos cantar!!!
  11. 11. Na outra sala, a aula continuava da mesma forma... Todas repetindo comigo... B – O Bo – B – U Bu
  12. 12. ...Porém, uma aluna não conseguia se concentrar na aula, pois os sons que ela ouvia da outra sala de aula deixavam-na muito curiosa. Atirei o pau no gato-to Mas o gato to Não morreu-reu-reu ... Quer ver a foca ficar feliz É por a bola no seu nariz... Parabéns! Hoje vocês estão com vontade de aprender!!!
  13. 13. Nossa! Como estas crianças estão alegres! De quem será essa voz doce que ouço? Do que será que elas estão brincando?
  14. 14. Acorda menina, parece que está no mundo da lua! Olhe este caderno que coisa mais feia! Comecem a prestar a atenção, pois eu não estou aqui de brincadeira.
  15. 15. Leiam em voz alta e prestem muita atenção!
  16. 16. Ba Be Bi Bo Bu...
  17. 17. Novamente, vocês estão de brincadeira.
  18. 18. Bu. Não quero mais ficar aqui. Preciso dar um jeito de ver o que está acontecendo lá fora.
  19. 19. Professora, com licença, posso ir ao banheiro?
  20. 20. Agora, não é hora! Eu estou apertada! Vá, mas volte rápido. A senhora é que pensa!!!! Sim, senhora.
  21. 21. Agora eu vou ver de onde vem aqueles sons que eu ouço da minha sala.
  22. 22. Acho que vem daqui!
  23. 23. Esta deve ser a dona da voz doce que eu ouço.
  24. 24. Olha! Aqui tudo é mais bonito!!!
  25. 25. As coisas que tem nessa sala são mais coloridas e mais legais.
  26. 26. Olha as crianças estão brincando com a professora! Agora nós vamos sentar e cada uma pode escolher a atividade que quer fazer!!!!
  27. 27. Parabéns!Está muito bonito!!!! Deixa eu ajudar você? Deixo! Que legal! Elas sentam juntas e podem conversar.
  28. 28. Olá amiguinha meu nome é prô Fernanda. E o seu? Meu no-nome é é Libian! O que elas estão fazendo? Elas estão aprendendo!!!
  29. 29. Mas como? Não é assim que nós aprendemos na minha sala . Pois aqui as crianças aprendem enquanto brincam.
  30. 30. Venha Libian. Sente-se aqui e venha aprender com elas. Mas eu posso?
  31. 31. Claro que sim. Aqui todos podem fazer como se sentirem mais a vontade . Mas aqui não tem o ba be bi bo bu! E nem a cartilha.
  32. 32. Aqui você escolhe como quer aprender o assunto do dia. Você pode escolher o material . Mas assim é melhor para aprender!!!!
  33. 33. Posso chamar minha professora e minhas amigas para ver sua aula? Claro que sim será um prazer tê-las conosco.
  34. 34. E lá se foi nossa amiguinha para sua sala para contar a novidade para a professora...
  35. 35. No caminho de volta para sala ia pensando... Como é legal aquela sala de aula!!! A professora é muito boazinha!!! Não vejo a hora de contar a novidade para minha professora e para a classe.
  36. 36. Ao entrar na sala... Menina, onde você estava? Por que esta demora toda? Sente-se logo. Sra. Cida, eu preciso lhe falar algo!
  37. 37. Fale logo. Não tenho tempo a perder. É que neste corredor existe uma sala com outra professora, e lá todos aprendem de um jeito diferente. Hã! E a professora nos convidou para ir ver como elas aprendem brincando.
  38. 38. Oba!!! Legal!! Nós podemos ir Sra. Cida? A classe toda se agitou...
  39. 39. Silêncio! E prestem muita atenção!!! Ninguém vai a lugar algum. Isso não existe, pois ninguém aprende com brincadeiras.
  40. 40. Quanto a senhorita, o que fez foi muito errado. Não podia sair da sala e depois vir dizendo para todos aqui que como eu ensino está errado. Onde já se viu? Aprender brincando... Agora vai receber o devido castigo por ter desobedecido.
  41. 41. Fique aí de castigo para aprender que não pode tumultuar a sala.
  42. 42. E vocês de cabeça baixa, senão irão copiar cinqüenta vezes que não podem desobedecer a professora.
  43. 43. 40 anos depois....
  44. 44. Sentem-se todas, agora!
  45. 45. Copiando com a letra bonita sem garrancho.
  46. 46. Não vou avisar novamente.
  47. 47. Agora lendo em voz alta. B-E Be B-I Bi...
  48. 48. Melhore esta letra senão vai copiar cinqüenta vezes a mesma coisa.
  49. 49. Mocinha, repita a leitura.
  50. 50. Quanto à senhorita silêncio ou vou colocá-la de castigo.
  51. 51. ...Teorias e objetos novos têm o "poder" de causar medo e reprovação. Expor as pessoas a coisas que não são do seu cotidiano e não condizem com a realidade vivida por elas atraem o sentimento de reprovação. Muitos são os exemplos na historia, grandes cientistas, que em sua época, após grandes descobertas, foram tratados como louco e até mortos. Isso faz com que as pessoas não acreditem nas mudanças e continuem vivendo sempre pelo que lhe foi “imposto”, achando que tudo aquilo é que era verdade ...
  52. 52. FIM
  53. 53. <ul><li>Personagens </li></ul><ul><li>Maria Aparecida B. Machado </li></ul><ul><li>Fernanda S.V.S. Nicolai </li></ul><ul><li>Silvanilce Maria da Silva </li></ul><ul><li>Libian Rossi </li></ul><ul><li>Luciana Guimarães </li></ul><ul><li>Escritoras </li></ul><ul><li>Silvia Gomes Pinhata RA 0710584 </li></ul><ul><li>Maria Aparecida B. Machado RA 0710036 </li></ul><ul><li>Fernanda S.V.S. Nicolai RA 0710890 </li></ul><ul><li>Silvanilce Maria da Silva RA 0711166 </li></ul><ul><li>Libian Rossi RA 0710582 </li></ul><ul><li>Luciana Guimarães RA 0711163 </li></ul><ul><li>Vanessa Fidelli RA </li></ul><ul><li>Designer Artístico </li></ul><ul><li>Silvia Gomes Pinhata </li></ul><ul><li>Supervisão Geral </li></ul><ul><li>DONIZETE SOARES </li></ul>

×