Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.

Ferramentas do Planejamento

462 visualizaciones

Publicado el

Planejamento de Propaganda

Publicado en: Marketing
  • Sé el primero en comentar

Ferramentas do Planejamento

  1. 1. Ferramentas do Planejamento Prof.º Gabriel Ferraciolli
  2. 2. 5w2H
  3. 3. É uma metodologia cuja base são as respostas por sete perguntas essenciais. Com estas respostas em mãos, você terá um mapa de atividades que vai te ajudar a seguir todos os passos relativos a um projeto, de forma a tornar a execução muito mais clara e efetiva. Conceito
  4. 4. Aplicação no planejamento estratégico para tornar uma empresa mais lucrativa; na manutenção de máquinas de uma indústria; na definição de um processo de recrutamento e seleção de pessoal; no aumento da carteira de seus clientes.
  5. 5. Estrutura 5 W What (o que será feito?) Why (por que será feito?) Where (onde será feito?) When (quando?) Who (por quem será feito?) 2H How (como será feito?) How much (quanto vai custar?)
  6. 6. PESQUISA: ETNOGRÁFICA / NETNOGRÁFICA
  7. 7. Conceito A etnografia pressupõe que o pesquisador entre no ambiente do público analisado, sem esquecer da sua visão de mundo e, principalmente, dos seus preconceitos. O pesquisador acaba aprendendo como essas pessoas enxergam o mundo, quais seus gostos, manias e, principalmente, suas preferências no mercado em questão. “o que define a etnografia é o esforço intelectual para fazer uma descrição densa que procura compreender o significado do que é dito ou feito. Procura os ‘fatos profundos’ e tem como objetivo entender a lógica informal da vida real”. (LUCIANA AGUIAR)
  8. 8. Estudo de Caso METODOLOGIA Realizada durante 11 dias corridos (16 a 27 de dezembro de 2009), com 50 donas-de-casa com Internet em domicílio, de 25 a 49 anos, residentes em São Paulo e com renda familiar de até 10 salários mínimos, ou seja, nível sócio-econômico C. Essa faixa de renda foi escolhida porque as famílias nesse patamar foram as que mais impulsionaram o crescimento da Internet, desde 2003, quando eram 2.165 domicílios até 2008, com 8.775 domicílios conectados, segundo Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD 2008), do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).
  9. 9. Estudo de Caso
  10. 10. Etnografia Digital É a adaptação de uma metodologia de pesquisa de observação interativa já bastante utilizada no ambiente offline para o meio Internet. Todas as mulheres que participaram da pesquisa tiveram seus acessos à rede monitorados por uma ferramenta e interagiram diariamente com os pesquisadores, por meio de questionários e chats. Em resumo, a pesquisa extraiu informações importantes decorrentes da análise da navegação e mostrou como as mulheres de baixa renda se relacionam com a Web nos dias de hoje.
  11. 11. MINDSET O termo mindset é de difícil tradução, já que seu significado varia de acordo com o contexto em que a palavra está inserida. A palavra mind significa mente, entendimento, pensamento, gosto, desejo; e a palavra set pode ser traduzida por: ajustar, combinar, adaptar, desenvolver, dispor.
  12. 12. MINDSET O que está em jogo em cada situação da vida. É o contexto e sua influência nas escolhas que fazemos. Por exemplo: quando uma pessoa está em uma festa à noite, seu mindset provavelmente é o de beber, divertir-se, paquerar e dançar. Já em um almoço de negócios, o mindset é o de causar uma boa impressão, vestir-se bem etc.
  13. 13. Execução
  14. 14. Conceito Execução não é o que fazemos. Execução, vista do topo, é como fazemos o que fazemos. Execução é a forma de coordenar os três processos-chave de qualquer negócio: o processo de pessoas, a estratégia e o plano operacional.
  15. 15. 1 Execução é um processo sistemático. Poucas empresas têm processos consistentes de gestão. Algumas são boas na gestão da estratégia, algumas são boas na gestão das pessoas, algumas são boas na gestão da rotina. Poucas têm os três processos bons. Pouquíssimas têm os três bons e sincronizados entre si.
  16. 16. 2 Execução requer atribuições específicas de responsabilidade. Sabe aquela história de cachorro de dois donos? Pois é… Poucos ainda trabalham bem com objetivos SMART e responsabilidades claras e específicas. A maior parte não tem nem boas descrições de função!
  17. 17. 3 Nosso planejamento é tão bom quanto às hipóteses que o sustentam. Se as hipóteses estiverem erradas, provavelmente nosso plano será ruim. A questão é: como checamos nossas hipóteses? Elas estão mesmo em contato com a realidade?
  18. 18. 4 Um bom plano é aquele que conseguimos implantar, com os recursos e estrutura que temos no momento. Planos mirabolantes acima da capacidade de execução da organização geram apenas frustração e desperdício de energia. E de credibilidade.
  19. 19. 5 A estratégia tem que levar em conta as pessoas e a rotina operacional. O futuro não pode brigar com o presente. É no presente que temos que operar e construir o futuro, ao mesmo tempo. Só que isto requer trade offs – às vezes, teremos que abrir mão de algo em nome de outro algo…
  20. 20. 6 O principal desafio da execução é a sincronização dos projetos e dos processos operacionais. E isto não acontece por sorte. Tem que ser pensado e repensado, com disciplina, frequência e método. O objetivo é, sempre, maximizar o uso dos recursos disponíveis, na execução da estratégia.
  21. 21. 7 Pessoas respondem a incentivos. Se quisermos que elas executem bem, elas têm que ser recompensadas por executar bem. Não adianta querer bons resultados no médio e longo prazo se o sistema de remuneração premia o curtíssimo prazo.
  22. 22. 8 Como num ciclo de PDCA*, nossa estratégia e sua execução tem que estar sempre em cheque, com flexibilidade e agilidade para ajustes. A conjuntura muda rapidamente e nós também temos que ser rápidos em mudar. Sem nos perdermos. *É uma ferramenta de gestão que tem como objetivo promover a melhoria contínua dos processos por meio de um circuito de quatro ações: planejar (plan), fazer (do), checar (check) e agir (act).
  23. 23. S.M.A.R.T.
  24. 24. S(específico)MART Quer dizer que sua meta obrigatoriamente tem que ter especificidade naquilo que se quer atingir, com números e dados. Exemplo: aumentar vendas anuais em 20%. Ou, ainda, atingir faturamento médio mensal de R$ 100.000. Outro exemplo: reduzir despesas operacionais em 10%. Jamais poderemos escrever metas de forma ampla como “crescer em vendas”. A falta de números específicos, que estejam formalmente escritos e compartilhados com os colaboradores, impede que se tracem planos também específicos para o tamanho do desafio em questão e, consequentemente, as metas não serão mensuradas e atingidas.
  25. 25. SM(mensurável)ART Isso quer dizer que, para toda meta escrita, é preciso determinar o indicador pelo qual iremos verificar sua evolução todos os meses e também a fonte oficial de medição deste indicador. Retornando ao exemplo de vendas: o indicador seria o valor real de faturamento apurado todos os meses, cuja fonte deve ser o sistema que a empresa utiliza para faturar seus produtos ou serviços.
  26. 26. SMA(alcançável)RT Significa dizer que metas precisam ser ousadas, porém dentro de uma realidade possível. Do contrário, isso vai provocar desmotivação e desistência precoce entre a equipe. Para estabelecer metas de vendas, por exemplo, não se pode arbitrariamente definir uma meta de dobrar ou triplicar de um ano para o outro se o mercado não acompanha esse crescimento. Essa análise deve ser feita pelo acompanhamento do próprio histórico de crescimento de vendas da empresa nos últimos anos e análise de crescimento do seu mercado e concorrentes, além de dados da economia, de forma bem customizada para cada tipo de negócio.
  27. 27. SMAR(relevante)T As metas desdobradas para cada pessoa nos mais variados níveis precisam de alguma forma colaborar na mesma direção dos objetivos estratégicos, cada um dentro do seu escopo de trabalho. Imagine por exemplo como estabelecer uma meta para o estagiário que no fim das contas será importante para atingir a meta de vendas da empresa. Ele poderia ter como meta a entrega de uma relatório mensal de visitas à concorrência, onde preenche uma série de itens que servirão de base para a equipe de vendas implementar melhorias na sua atuação.
  28. 28. SMART(tempo) Quer dizer que toda meta precisa de um prazo definido. Não podem existir metas com datas em aberto, do contrário elas serão sempre despriorizadas dentro da rotina de trabalho.

×