Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.

Condiloma acuminado

Aprentação sobre as diversas formas de condiloma acuminado e sua conduta.

  • Inicia sesión para ver los comentarios

  • Sé el primero en recomendar esto

Condiloma acuminado

  1. 1. Condiloma acuminado Aluna: Isadora Souza Ribeiro Preceptora: Dra. Márcia Pucci Green Etapa: 9 Curso de Medicina da Universidade de Franca 1º semestre de 2018
  2. 2. Conceitoe agente etiológico  “Cavalo de crista”, “crista de galo” ou “verruga venérea”;  QC: lesões verrucoides;  Infecção por HPV (+ tipos 6 e 11). 12/03/2018 CONDILOMA ACUMINADO 2
  3. 3. Características clínicas  Verruga genital;  Papulose genital. 12/03/2018 CONDILOMA ACUMINADO 3
  4. 4. Diagnóstico  Condiloma vulvar e perianal:  Típico: clínico + genitoscopia;  Atípico: biópsia com exame histopatológico. 12/03/2018 CONDILOMA ACUMINADO 4
  5. 5. Diagnóstico Condiloma perianal 12/03/2018 CONDILOMA ACUMINADO 5
  6. 6. Diagnóstico  Condilomas cervicais, vaginais, uretrais e intra-anais:  Confirmar por histológico;  ≠: angioquetatomas, ceratites seborreicas, acrocordon, molusco contagioso, sífilis secundária, papilose labial fisiológica 12/03/2018 CONDILOMA ACUMINADO 6
  7. 7. Diagnóstico Condiloma uretral Condiloma intra- anal Condiloma vaginal Condiloma cervical 12/03/2018 CONDILOMA ACUMINADO 7
  8. 8. Diagnóstico  Condilomas penianos:  Clínico. 12/03/2018 CONDILOMA ACUMINADO 8
  9. 9. Diagnóstico 12/03/2018 CONDILOMA ACUMINADO 9
  10. 10. Diagnóstico  Condilomas orais:  Confirmar por histológico. 12/03/2018 CONDILOMA ACUMINADO 10
  11. 11. Diagnóstico 12/03/2018 CONDILOMA ACUMINADO 11
  12. 12. Tratamento  • Verrugas vulvares: • Resina de podofilina 10 a 25%: aplicar < 0,5 ml em área < 10 cm², semanalmente (lavar 1-4h após); • Ácido tricloroacético 80-90%: aplicar semanalmente SN. Se atingir região sã, lavar com sabão líquido; • Remoção cirúrgica; • Laser; • Cirurgia de alta frequência; • Imiquimod 5%: aplicar ao deitar 3x/semana por até 16 semanas (lavar 6-10h após); • Podofilox 0,5% solução ou gel: aplicar < 0,5 ml em área < 10 cm², 2x/dia por 3 dias, com 4 dias de repouso. Repetir até 4x SN. 12/03/2018 CONDILOMA ACUMINADO 12
  13. 13. Tratamento  Verrugas vaginais e de meato uretral:  Ácido tricloroacético 80-90%;  Remoção cirúrgica, cirurgia de alta frequência e laser: só situações especiais.  Verrugas cervicais:  Antes descartar lesão intraepitelial escamosa de alto grau;  Tratamento destrutivo: criocirurgia, eletrocoagulação, vaporização a laser, ácido tricloroacético 80-90%;  Cirurgia de alta frequência e laser. 12/03/2018 CONDILOMA ACUMINADO 13
  14. 14. Tratamento  Verrugas orais:  Podofilina a 25%: aplicar na lesão e remover após 4h, repetir até 5 dias;  Ácido tricloroacético 40-80%;  Remoção cirúrgica ou laser.  Verrugas penianas:  Podofilina a 10-25%;  Podofilotoxina 0,15% creme;  5-fluorouracil (5-FU);  Métodos destrutivos;  Imunomodulação e terapia antiviral. 12/03/2018 CONDILOMA ACUMINADO 14
  15. 15. Tratamento (situações especiais)  Pacientes imunodeprimidas:  Persistência das lesões com respostas terapêuticas mais pobres;  Imiquimod: boas respostas e pouco efeito colateral.  Gestantes e nutrizes:  Ácido tricloroacético;  Tratamentos físicos : eletrocautério, cirurgia de alta frequência ou remoção cirúrgica.  Parceiros:  DST -> encaminhar para especialista para avaliação. 12/03/2018 CONDILOMA ACUMINADO 15
  16. 16. Tratamento (atenção!)  Sem tratamento verrugas podem regredir, permanecer inalteradas ou aumentar em tamanho ou nº;  Nenhum tratamento é superior aos demais;  < 10 verrugas genitais, cobrindo área de 0,5 a 1 cm² respondem a maioria das modalidades de tratamento;  Mudar modalidade terapêutica:  Sem melhora após 3 cursos de uma terapia;  Não há cura macroscópica após 6 cursos. 12/03/2018 CONDILOMA ACUMINADO 16
  17. 17. Prevenção  Vacinas quadrivalentes em pré-púberes e jovens;  Uso de camisinha (Condom);  Restringir nº de parceiros sexuais;  Tratamento de coinfecções: Chlamydia trachomatis, Neisseria gonorrhoeae, Herpes vírus, HIV, Trichomonas vaginalis;  Controle de doenças metabólicas e imunossupressoras: DM, transplantes, LES. 12/03/2018 CONDILOMA ACUMINADO 17
  18. 18. Referências bibliográficas 1. FEBRASGO. Manual de Orientação em Doenças Infectocontagiosas. 2010. 2. Brás F, Sardinha R, Pacheco A. Modalidades terapêuticas no tratamento dos condilomas acuminados. Acta Obstet Ginecol Port [internet]; 2015 [citado em 11 Mar 2018]; 9 (5):383-392. Disponível em: http://www.fspog.com/fotos/editor2/07- 2015_4_ar_14-00104.pdf 3. Zerati MF, et al. Urologia Fundamental. São Paulo: Planmark; 2010. 4. Sarmento KJ, et al. Condiloma acuminado como manifestação oral do HPV. Pôster IV Congresso Triológico de Otorrinolaringologia; 2005. 12/03/2018 CONDILOMA ACUMINADO 18
  19. 19. 12/03/2018 CONDILOMA ACUMINADO 19 Obrigada!

×