Se ha denunciado esta presentación.

Cordel pela Educação: prosa com o presidente

0

Compartir

Cargando en…3
×
1 de 7
1 de 7

Más Contenido Relacionado

Libros relacionados

Gratis con una prueba de 14 días de Scribd

Ver todo

Audiolibros relacionados

Gratis con una prueba de 14 días de Scribd

Ver todo

Cordel pela Educação: prosa com o presidente

  1. 1. Somos, seu presidente Estudantes de Salvador Pedimos que tire um tempo Para ouvir nosso clamor Recebemos umas notícias Que a barriga chega gela Quié que há, Vossa Excelência, Por trás de tanta querela? No meio de tudo isso, Desconfiamos meio cabreiras Que há gente ambiciosa E muito interesseira
  2. 2. Afinal, seu presidente O que deve vir primeiro: Esperança e futuro pro povo, Ou ricos com mais dinheiro? Educar é labor diário Difícil e duro, mas com alegria Que tal dar aos professores Formação e autonomia? Não nos faltam força e vontade Mas condições, ninguém propicia Roubaram prestígio da gente Em nome da mais valia Lutamos por um futuro Que seja diferente Com políticos engajados No respeito à nossa gente
  3. 3. Aprender a ler e escrever Ê trem bonito e necessário! Ajuda a gente a crescer E cura coração machucado Alfabetizar exige estudo, Paciência e dedicação Cada estudante é um mundo Que precisa de atenção Ser humano é bicho complexo Tem tanta variação! Dificuldades têm que ser lidas Com contextualização Até tem utilidade O tal do método fônico Mas tá muito ultrapassado Defender que seja o único.
  4. 4. Nadalim, seu secretário É cheio de fórmulas prontas Que não têm serventia A criança a quem tudo falta Com tanta gente séria Pesquisando sobre o assunto Não acredita, Bolsonaro, Merecermos alguém astuto? É preciso pensar a língua, Sistematizar o que se aprende Ludicidade é de muita ajuda! Acredite, seu presidente. Não se trata de mero código Nossa língua é mais complexa Não vê que as dicas do moço Nunca vão dar conta dela?!
  5. 5. Trouxemos, chefe de Estado Com respeito e pudor Questões que têm causado Tensão e muita dor Pesquisa e educação Nunca foram prioridades De um grupo que governa Com ganância e vaidade Em respeito ao povo sofrido Que (certo ou não) o elegeu Torcemos que leve a cabo Coisas que nem prometeu As crianças de baixa renda Também merecem futuro Têm que ser prioridade E não interesses escusos
  6. 6. Vamos ficando por aqui Mas não se iluda, seu presidente Exigimos atitudes Que revertam esse presente Não estamos de brincadeira Nossa história é de luta A política em democracia É um terreno de disputas Nossa causa é a mais nobre Disso jamais duvidamos À luta, professores não fogem Nem frente a um poder tirano.

×