Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.
Receita Federal
Assessoria de Comunicação Institucional
Informação para a imprensa - 11/2/2019
NOTA À IMPRENSA
Com relação...
imprensa@receita.fazenda.gov.br
(61) 3412-2799
Próxima SlideShare
Cargando en…5
×

Nota Oficial da Receita desmente investigação a Gilmar Mendes

1.765 visualizaciones

Publicado el

A Nota Oficial da Receita mostra que houve vazamento indevido e que não cabe ao órgão investigar crimes. Gilmar Mendes é vitima do denuncismo que prospera na sociedade com a aquiescência do próprio Supremo Tribunal Federal

Publicado en: Derecho
  • Sé el primero en comentar

  • Sé el primero en recomendar esto

Nota Oficial da Receita desmente investigação a Gilmar Mendes

  1. 1. Receita Federal Assessoria de Comunicação Institucional Informação para a imprensa - 11/2/2019 NOTA À IMPRENSA Com relação às informações divulgadas na Coluna Radar, da Revista Veja, intitulada “Receita abre investigação sobre o patrimônio de Gilmar Mendes e sua mulher”, em 08 de fevereiro de 2019, a Receita Federal presta as seguintes informações: 2. A Receita Federal tem como valor fundamental a proteção intransigente dos dados dos contribuintes e não pactua com o vazamento de informações ou com ilações de prática de crimes sem provas. 3. Não há procedimento de fiscalização em desfavor dos contribuintes citados. 4. As expressões “possíveis fraudes de corrupção, lavagem de dinheiro, ocultação de patrimônio ou tráfico de influência” constantes no documento que acompanha a matéria, não estão amparadas em evidências verificadas durante o procedimento de análise preliminar, de caráter interno, que podem ou não resultar de forma motivada em abertura de procedimento de fiscalização. 5. A Fiscalização da Receita Federal atua para combater fraudes fiscais, ou seja, a investigação de outras tipologias penais não é competência primária da Receita Federal, sem prejuízo de, no curso de procedimento de fiscalização serem identificados indícios de prática em tese de outros crimes, hipótese em que deverá ser elaborada a competente Representação para Fins Penais, conforme disciplinado pela Portaria RFB nº 1.750, de 12 de novembro de 2018. 6. O dossiê onde os documentos estavam autuados, foi identificado, bem como todas as pessoas que tiveram acesso ao procedimento de tramitação restrita. 7. A identificação e a responsabilização pelo vazamento estão sob apuração em procedimento específico, conduzido pela Corregedoria da Receita Federal. Atenciosamente, Assessoria de Comunicação Institucional RFB
  2. 2. imprensa@receita.fazenda.gov.br (61) 3412-2799

×