Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.

Moisés - Uma Fé que Vê o Invisível

mensagem

  • Sé el primero en comentar

  • Sé el primero en recomendar esto

Moisés - Uma Fé que Vê o Invisível

  1. 1. “Pela fé deixou o Egito, não temendo a ira do rei; porque ficou firme, como vendo o invisível.” (Hebreus 11.27)
  2. 2. “Pela fé Moisés, recém-nascido, foi escondido durante três meses por seus pais, pois estes viram que ele não era uma criança comum, e não temeram o decreto do rei. Pela fé Moisés, já adulto, recusou ser chamado filho da filha do faraó,...
  3. 3. ... preferindo ser maltratado com o povo de Deus a desfrutar os prazeres do pecado durante algum tempo. Por amor de Cristo, considerou a desonra riqueza maior do que os tesouros do Egito, porque contemplava a sua recompensa...
  4. 4. ... Pela fé saiu do Egito, não temendo a ira do rei, e perseverou, porque via aquele que é invisível. Pela fé celebrou a Páscoa e fez a aspersão do sangue, para que o destruidor não tocasse nos filhos mais velhos dos israelitas...
  5. 5. ... Pela fé o povo atravessou o mar Vermelho como em terra seca; mas, quando os egípcios tentaram fazê-lo, morreram afogados.” (Hebreus 11.23-29)
  6. 6. A definição de fé no livro de Hebreus é sempre desafiadora: "Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não veem" (Hebreus 11.1). Como podemos ter certeza sobre o que não vemos? Mas é exatamente assim que Moisés é ilustrado no verso: " porque ficou firme, como vendo o invisível." (v. 27). Numa época em que não havia futuro para os meninos hebreus, os pais de Moisés, Anrão e Joquebede, viam as coisas de forma diferente e olhavam adiante. Os pais de Moisés não aceitaram a decretação da morte do filho. Não se intimidaram com as ameaças do rei. Mas, com fé, traçaram um plano para poupar a sua vida e esse filho foi levantado por Deus para ser o libertador do povo.
  7. 7. Seus pais o colocaram num cesto de vime nas águas do Rio Nilo e, então, a filha do Faraó o encontrou e o adotou como filho. Moisés cresceu no palácio de Faraó e era considerado um príncipe, um homem de autoridade, mas ao descobrir as suas raízes e o Deus do seu povo, tomou uma importante decisão: recusou ser chamado de filho da filha de Faraó, renunciando as riquezas e honras do Egito, a fim de lutar pela libertação do seu povo.
  8. 8. A saída do Egito foi algo maravilhoso, mas ao mesmo tempo muito trabalhoso para Moisés e os seus “discípulos”. Tirar quase 3 milhões de pessoas e tentar mudar a sua mentalidade de escravos, mostrando-lhes que Deus lhes levaria para uma terra onde manava leite e mel, só mesmo através de uma fé capaz de ver o invisível. Um pai de família não sai do seu trabalho sabendo que tem aos seus cuidados uma esposa e filhos se não for debaixo de uma direção clara de Deus. Ele não toma decisões importantes se não tiver uma resposta certa do Senhor. A Bíblia diz o seguinte:
  9. 9. “O homem mortal faz planos elaborados para a vida, mas é o Eterno que tem a última palavra.” (Provérbios 16.1 AM)
  10. 10. Moisés tinha uma direção clara da parte de Deus para sair do Egito. Ele acreditava que Deus estava com ele e com o seu povo por toda a jornada pelo deserto, uma jornada que durou 40 anos. Deus sempre deu prova da Sua presença, os alimentando, cuidando das suas vestes, protegendo-os com a coluna de nuvem de dia com a coluna de fogo à noite. Moisés tinha uma fé que via o invisível e sabia que Deus era suficientemente capaz de fazer tudo aquilo que Ele havia prometido. Ele sabia que Deus não os abandonaria, que Deus não os deixaria. Moisés tinha uma fé que o fazia crer que Deus cumpriria de forma extraordinária cada uma de suas promessas. Isso é ter uma fé que vê o invisível.
  11. 11. Moisés tinha uma direção clara da parte de Deus para sair do Egito. Ele acreditava que Deus estava com ele e com o seu povo por toda a jornada pelo deserto, uma jornada que durou 40 anos. Deus sempre deu prova da Sua presença, os alimentando, cuidando das suas vestes, protegendo-os com a coluna de nuvem de dia com a coluna de fogo à noite. Moisés tinha uma fé que via o invisível e sabia que Deus era suficientemente capaz de fazer tudo aquilo que Ele havia prometido. Ele sabia que Deus não os abandonaria, que Deus não os deixaria. Moisés tinha uma fé que o fazia crer que Deus cumpriria de forma extraordinária cada uma de suas promessas. Isso é ter uma fé que vê o invisível.
  12. 12. “Uma fé que vê o invisível não se move pelas circunstâncias, mas pelas promessas de Deus.”
  13. 13. Desenvolvimento: Deus tem promessas para minha vida e para sua vida. Mas somente aqueles que têm uma fé que vê o invisível é que já podem ter um vislumbre do cumprimento dessas promessas, mesmo que as circunstâncias ao seu redor conspirem contra essa realidade. Assim como Moisés, precisamos desenvolver uma fé que vê o invisível porque sabemos que Deus é suficientemente capaz de fazer tudo aquilo que Ele prometeu e que Ele está cuidando dos mínimos detalhes da nossa vida.
  14. 14. À semelhança de Moisés e do povo hebreu, Deus não se esqueceu de nós! Sendo assim, o que podemos aprender com Moisés sobre uma fé que vê o invisível?
  15. 15. Uma fé que vê o invisível... 1. Recusa o que é APARENTE para viver o que é ETERNO
  16. 16. “Pela fé Moisés, já adulto, recusou os privilégios da casa real egípcia. Preferiu a vida dura com o povo de Deus, em vez de se entregar à vida fácil de pecados com os opressores...
  17. 17. ... Ele preferiu o sofrimento no arraial do Messias à riqueza dos egípcios, porque enxergava adiante, antecipando a recompensa.” (Hebreus 11.24-26 AM)
  18. 18. A fé dos pais de Moisés tornou sua por experiência: Moisés recusou ser filho da filha de Faraó, preferiu sofrer com o povo de Deus e abandonou o Egito. Numa época em que não havia futuro fora da corte real do Egito, Moisés, pela fé, via as coisas de forma diferente. Pela fé, Moisés viu que, a longo prazo, o futuro estava com o povo de Deus e o reino de Cristo. Ele recusou o que era apenas aparente para viver o que era eterno, buscou seus objetivos espirituais, ainda que essa busca tenha resultado em escárnio, insulto, desgraça e sofrimento.
  19. 19. Moisés escolheu ir da abundância para a pobreza; preferiu a trajetória do sofrimento com o povo de Deus às glórias do Egito; preferiu ser maltratado junto com o povo de Deus a usufruir de prazeres transitórios; considerou a vergonha de Cristo como uma riqueza maior que os tesouros do Egito, porque tinha uma fé que via o invisível e já contemplava sua recompensa. Muitas vezes não somos capazes de viver uma fé que vê o invisível porque não deixamos as coisas deste mundo pelas coisas eternas. Não queremos abrir mãos dos nossos prazeres, luxos e pecados para enxergar, pela fé, aquilo que Deus tem reservado para nós.
  20. 20. Enquanto muitos hebreus murmuravam no deserto, Moisés, pela fé, já via o povo de Deus na Terra Prometida. Essa percepção só foi possível porque ele decidiu recusar o que era aparente para viver o que era eterno.
  21. 21. Uma fé que vê o invisível... 2. Crê que a PRESENÇA de Deus é SUFICIENTE
  22. 22. “Disse Moisés ao Senhor: Tu me ordenaste: ‘Conduza este povo’, mas não me permites saber quem enviarás comigo. Disseste: ‘Eu o conheço pelo nome e de você tenho me agradado’. Se me vês com agrado,...
  23. 23. ... revela-me os teus propósitos, para que eu te conheça e continue sendo aceito por ti. Lembra-te de que esta nação é o teu povo. Respondeu o Senhor: Eu mesmo o acompanharei, e lhe darei descanso." (Êxodo 33.12-14)
  24. 24. Houve um dia em que a presença de Deus foi embora do arraial de Israel. Então, Moisés pediu a Deus que não o deixasse, pois a sua presença era o que lhe dava descanso. E, pela fé, Moisés creu que a presença de Deus era suficiente para continuar a caminhada com o povo até à Terra Prometida. Se havia alguém inteligente e com muita capacidade intelectual no meio do povo, este alguém era Moisés, porque ele foi educado para ser o próximo faraó com o que havia de melhor no Egito. No entanto, ele não se firmou na sua sabedoria humana.
  25. 25. Moisés sabia que se Deus não fosse com ele naquela jornada, não adiantaria a boa vontade, lutas ou objetivos. Ele tinha plena certeza de que a presença de Deus valia muito mais do que sua proteção, sua provisão e suas bênçãos. A fé que vê o invisível crê que a presença de Deus é suficiente na caminhada da vida. Com ela há proteção, cuidado, provisão e todas as coisas que você precisa para cumprir os propósitos de Deus sobre a sua vida. A Bíblia toda faz menção de um Deus que faz questão de estar presente na vida dos seus filhos, e Ele não abre mão disso!
  26. 26. Quantas pessoas estão sem um rumo, sem direção, andando pelos desertos desta vida? Quantos estão preocupados somente com comida? Quantos estão pensando se vão ou ficam? Quantos vivem em uma insegurança diária? Faça como Moisés: creia que a presença de Deus é suficiente para você! Sobre essa presença, a Bíblia diz:
  27. 27. “Não fui eu que ordenei a você? Seja forte e corajoso! Não se apavore nem desanime, pois o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar." (Josué 1.9)
  28. 28. “Por isso não tema, pois estou com você; não tenha medo, pois sou o seu Deus. Eu o fortalecerei e o ajudarei; eu o segurarei com a minha mão direita vitoriosa.” (Isaías 41.10)
  29. 29. "Nunca o deixarei, nunca o abandonarei." (Hebreus 13.5)
  30. 30. “... O Senhor, o seu Deus, vai com vocês; nunca os deixará, nunca os abandonará.” (Deuteronômio 31.6)
  31. 31. Uma fé que vê o invisível... 3. Vence os OBSTÁCULOS na DIREÇÃO e no PODER de Deus
  32. 32. “Pela fé o povo atravessou o mar Vermelho como em terra seca; mas, quando os egípcios tentaram fazê-lo, morreram afogados.” (Hebreus 11.29)
  33. 33. Logo que saíram do Egito, o faraó e seus exércitos encurralaram o povo de Israel entre o mar e as montanhas. Eles estavam num beco sem saída, porém, Moisés clamou a Deus, que lhes abriu um caminho no meio do mar, e eles passaram salvos e seguros. Tudo isso aconteceu na direção e no poder de Deus. A fé que vê o invisível não morre diante das dificuldades e dos obstáculos que a vida nos impõe. A fé que vê o invisível avança na direção e no poder de Deus mesmo quando temos o mar à nossa frente e os exércitos inimigos às nossas costas.
  34. 34. Só conseguimos vencer as lutas desta vida mediante a fé. É impossível tentar vencer as dificuldades e os obstáculos do viver com a nossa própria força, com o nosso próprio saber, com nossas próprias habilidades. Precisamos de Deus, da sua direção e do seu poder. Talvez você já tentado vencer sem Deus e o resultado final foi frustração, cansaço, decepção e depressão. Deus conhece nossa estrutura, sabe que somos pó, que temos fraquezas. Mas, assim como o apóstolo Paulo, precisamos entender que o Seu poder se aperfeiçoa na nossa fraqueza. Quando somos fracos, então, somos fortes.
  35. 35. A fé que vê o invisível é aquela que vence todas as adversidades na direção e no poder de Deus. É aquela fé que entende que tudo está no controle de Deus, que Ele é soberano e que Ele é poderoso para fazer muito mais além do que pedimos ou pensamos. Moisés tinha uma fé que via o invisível porque vencia seus obstáculos na direção e no poder de Deus.
  36. 36. Conclusão: A fé torna o invisível real. Creia que Deus está presente na sua vida e tudo vai acabar bem. Assim como Moisés, tenha uma fé que seja capaz de ver o invisível mesmo que as circunstâncias à sua volta não sejam favoráveis, mesmo que o tempo seja de medo, dor, sofrimento, angústia, perda, luto ou enfermidade. Preste atenção nesta linda expressão bíblica a respeito da fé de Moisés:
  37. 37. “Desde então, não surgiu nenhum profeta igual a Moisés em Israel, a quem o Eterno conhecesse face a face.” (Deuteronômio 34.10 AM)
  38. 38. Aceite o desafio de viver pela fé em Deus, uma fé capaz de ver o invisível, uma fé que não se move pelas circunstâncias, uma fé que recusa os prazeres deste mundo, uma fé que reconhece que a presença de Deus é suficiente, uma fé que vence todas as coisas na direção e no poder de Deus. Uma fé que vê o invisível... 1. Recusa o que é APARENTE para viver o que é ETERNO 2. Crê que a PRESENÇA de Deus é SUFICIENTE 3. Vence os OBSTÁCULOS na DIREÇÃO e no PODER de Deus

×