Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.
Um novo movimento litúrgico e a reforma de Bento XVI
 
 
 
 
A celebração do mistério de Deus é regulada pela autoridade da Igreja, que vem de Cristo pelos Apóstolos, que reflete por ...
<ul><li>última grande reforma: Concílio Vaticano II (1962-1965).  </li></ul><ul><li>No campo da liturgia, o Concílio propô...
<ul><li>falso conceito de liberdade  </li></ul><ul><li>adaptação  </li></ul><ul><li>relativização da norma  </li></ul><ul>...
<ul><li>“ O primeiro modo de favorecer a participação do povo de Deus no rito sagrado é a condigna celebração do mesmo; a ...
<ul><li>Trabalho prudente e exemplo </li></ul><ul><li>Resgatar sinais litúrgicos da grande tradição da Igreja </li></ul>
<ul><li>Trabalho prudente e exemplo </li></ul><ul><li>Resgatar sinais litúrgicos da grande tradição da Igreja </li></ul>
<ul><li>Trabalho prudente e exemplo </li></ul><ul><li>Resgatar sinais litúrgicos da grande tradição da Igreja </li></ul>
<ul><li>Trabalho prudente e exemplo </li></ul><ul><li>Resgatar sinais litúrgicos da grande tradição da Igreja </li></ul>
 
<ul><li>Sugestões </li></ul>
<ul><li>Missal Romano, principalmente a Instrução Geral para o Missal Romano (IGMR), facilmente encontrada na  internet,  ...
<ul><li>O modo da distribuição da Sagrada Comunhão </li></ul><ul><li>Quem está à frente dá o exemplo </li></ul><ul><li>Eli...
<ul><li>Sem comentários </li></ul><ul><li>Abaixar o volume </li></ul><ul><li>Despoluir o visual </li></ul><ul><li>Investir...
<ul><li>Melhorar o canto litúrgico </li></ul><ul><li>Presbitério livre </li></ul><ul><li>Favorecer a piedade Eucarística <...
<ul><li>Márcio Carvalho da Silva </li></ul><ul><li>[email_address] </li></ul><ul><li>acaminhoteologia.blogspot.com </li></ul>
Próxima SlideShare
Cargando en…5
×

Deus de volta ao centro: um novo movimento litúrgico e a reforma de Bento XVI

2.597 visualizaciones

Publicado el

A frequência dos católicos nas celebrações litúrgicas, especialmente a Missa dominical, gera perguntas sobre a qualidade destas celebrações e o reflexo que têm na vida de fé. As notas características da Igreja devem estar presentes também na liturgia. A celebração do mistério de Deus é regulada pela autoridade da Igreja, que vem de Cristo pelos Apóstolos, que reflete por todo o mundo a unidade da fé que professamos. Combater o relativismo doutrinário e litúrgico passa pela observância das normas, o esforço por celebrar bela e dignamente os sagrados mistérios. O Concílio Vaticano II, responsável pela maior reforma litúrgica da história da Igreja, sofreu de uma má aplicação, não só na liturgia, mas principalmente neste campo. O principal motivo apontado é um falso conceito de liberdade e a ignorância. Formou-se uma mentalidade de que a adaptação é mais importante que a norma, chegando a suprimi-la. O Papa Bento XVI tem provocado um novo movimento litúrgico e realizando a reforma da reforma não a toque de decretos, como poderia fazer, mas através do trabalho prudente e do exemplo. Propomos uma série de passos, das mais simples e mais urgentes até as mais trabalhosas, para revalorizar a sacralidade e a beleza da liturgia, colocando Deus de volta ao centro da celebração do mistério cristão.

Publicado en: Meditación
  • Sé el primero en comentar

Deus de volta ao centro: um novo movimento litúrgico e a reforma de Bento XVI

  1. 1. Um novo movimento litúrgico e a reforma de Bento XVI
  2. 6. A celebração do mistério de Deus é regulada pela autoridade da Igreja, que vem de Cristo pelos Apóstolos, que reflete por todo o mundo a unidade da fé que professamos.
  3. 7. <ul><li>última grande reforma: Concílio Vaticano II (1962-1965). </li></ul><ul><li>No campo da liturgia, o Concílio propôs, através da Constituição Sacrosanctum Concilium , os seguintes princípios: </li></ul><ul><ul><li>os fiéis devem participar plena, consciente e ativamente das celebrações litúrgicas; </li></ul></ul><ul><ul><li>revalorizar a Sagrada Escritura. </li></ul></ul>
  4. 8. <ul><li>falso conceito de liberdade </li></ul><ul><li>adaptação </li></ul><ul><li>relativização da norma </li></ul><ul><li>participação ativa = ativismo </li></ul>
  5. 9. <ul><li>“ O primeiro modo de favorecer a participação do povo de Deus no rito sagrado é a condigna celebração do mesmo; a arte da celebração é a melhor condição para a participação ativa. Aquela resulta da fiel obediência às normas litúrgicas na sua integridade, pois é precisamente este modo de celebrar que, há dois mil anos, garante a vida de fé de todos os crentes, chamados a viver a celebração enquanto povo de Deus, sacerdócio real, nação santa” </li></ul>
  6. 10. <ul><li>Trabalho prudente e exemplo </li></ul><ul><li>Resgatar sinais litúrgicos da grande tradição da Igreja </li></ul>
  7. 11. <ul><li>Trabalho prudente e exemplo </li></ul><ul><li>Resgatar sinais litúrgicos da grande tradição da Igreja </li></ul>
  8. 12. <ul><li>Trabalho prudente e exemplo </li></ul><ul><li>Resgatar sinais litúrgicos da grande tradição da Igreja </li></ul>
  9. 13. <ul><li>Trabalho prudente e exemplo </li></ul><ul><li>Resgatar sinais litúrgicos da grande tradição da Igreja </li></ul>
  10. 15. <ul><li>Sugestões </li></ul>
  11. 16. <ul><li>Missal Romano, principalmente a Instrução Geral para o Missal Romano (IGMR), facilmente encontrada na internet, e em todas as sacristias; </li></ul><ul><li>Instrução Redemptionis Sacramentum da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, disponível na internet ; </li></ul><ul><li>Constituição Conciliar Sacrosanctum Concilium , disponível na internet ; </li></ul><ul><li>para os demais sacramentos, seus respectivos Rituais </li></ul>
  12. 17. <ul><li>O modo da distribuição da Sagrada Comunhão </li></ul><ul><li>Quem está à frente dá o exemplo </li></ul><ul><li>Eliminar todo elemento não-litúrgico </li></ul>
  13. 18. <ul><li>Sem comentários </li></ul><ul><li>Abaixar o volume </li></ul><ul><li>Despoluir o visual </li></ul><ul><li>Investir na Beleza </li></ul><ul><li>Silêncio! </li></ul><ul><li>Celebrar a Missa, não um tema ou intenção </li></ul>
  14. 19. <ul><li>Melhorar o canto litúrgico </li></ul><ul><li>Presbitério livre </li></ul><ul><li>Favorecer a piedade Eucarística </li></ul><ul><li>Incentivar a Reconciliação </li></ul><ul><li>Acertar a homilia </li></ul><ul><li>Voltar Cristo para o centro </li></ul><ul><li>Todos voltados para Deus </li></ul>
  15. 20. <ul><li>Márcio Carvalho da Silva </li></ul><ul><li>[email_address] </li></ul><ul><li>acaminhoteologia.blogspot.com </li></ul>

×