Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.
Próximo SlideShare
MediQuest 10 jaar - Nacht van de Transparantie - Sturen op gezondheidswinst
Siguiente
Descargar para leer sin conexión y ver en pantalla completa.

Compartir

As famílias do Bairro - Lopes de Penafiel

Descargar para leer sin conexión

As famílias do Bairro - Lopes de Penafiel

Audiolibros relacionados

Gratis con una prueba de 30 días de Scribd

Ver todo

As famílias do Bairro - Lopes de Penafiel

  1. 1. AS FAMÍLIAS DO BAIRRO «Alberto Lopes Antão, conhecido em Aveiro por Lopes de Penafiel pelo facto de ser natural da terra com o mesmo nome, principiou a sua vida profissional como alfaiate e mais tarde tornou-se feirante em todo o distrito de Aveiro. Inicialmente vendia, sobretudo, tecido a metro e mais tarde passou também a vender confeções. Apercebendo-se que tinha muitos clientes fidelizados, sinal da qualidade do seu produto e da seriedade do trabalho que fazia, resolveu abrir o primeiro estabelecimento em Águeda só com roupa de homem e criança. Mais tarde, abriu um outro espaço em Aveiro, na Rua dos Combatente da Grande Guerra n.º 12, que se tornou no armazém geral dos vários negócios e onde também vivia com os seus seis filhos. Para dar assistência à casa comercial era necessário ter um alfaiate, sobretudo para fazer os fatos por medida, as samarras e os capotes alentejanos, os produtos mais requisitados na altura, pelo que resolveu trazer de Penafiel várias famílias às quais arranjou empregos e casas para viverem. O negócio prosperou de tal maneira que fundou a Casa Paris, na Avenida Lourenço Peixinho, com roupa para homem e senhora. A casa teve atividade até há alguns anos.» «A concorrência nas feiras era muito intensa e Alberto Lopes tinha de encontrar alguns truques para atrair a clientela. Certo dia, numa feira da região, iniciando o ‘leilão’ do seu produto, sentiu que os clientes não lhe prestavam a atenção desejada por ser permanentemente interrompido pelo barulho ensurdecedor dos altifalantes da concorrência. Estando com o seu carro e uma camioneta de cabine fechada, deu ordens para que os seus colaboradores se afastassem com a camioneta no sentido de um largo um pouco mais afastado do centro da feira e começassema gritar e a agitar a sineta. Tal movimento provocou um grande alvoroço na feira com o povo a deslocar-se todo nessa direção. Aproveitando a ocasião, Lopes de Penafiel logo ali chegou no seu carro, iniciando a sua venda sem perturbação dos concorrentes e com um sucesso notável.» «Para além do seu espírito empreendedor, tinha um apurado sentido literário que usava com mestria na promoção dos seus negócios» LOPES DE PENAFIEL Textos da autoria de Artur Lopes (filho de Alberto Lopes Antão também conhecido por Lopes de Penafiel)
  • PlanningwithCommunities

    Jun. 16, 2016

As famílias do Bairro - Lopes de Penafiel

Vistas

Total de vistas

182

En Slideshare

0

De embebidos

0

Número de embebidos

2

Acciones

Descargas

1

Compartidos

0

Comentarios

0

Me gusta

1

×