21/07/2015
1
UNIVERSIDADE DA REGIÃO DA CAMPANHA
CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE
TECIDO MUSCULAR
Profª Regina Pereira Reiniger
...
21/07/2015
2
Fonte: Gartner e Hiatt, 2007
Organização
Fonte: Junqueira & Carneiro 2004
Fonte: Gartner e Hiatt, 2007
Fonte:...
21/07/2015
3
Músculo Estriado Esquelético x 40
Fibras Longas com Estriações Transversais
MIOFIBRILA
Fonte: Junqueira & Car...
21/07/2015
4
21/07/2015
5
Fonte: Junqueira & Carneiro 2004
MOLÉCULA DE MIOSINA
Local de ligação da actina e
onde ocorre a hidrólise de
...
21/07/2015
6
Músculo Relaxado – ATP liga-se a cabeça da miosina.
Hidrólise – ADP - Pi
Cabeça da miosina Actina
Complexo tr...
21/07/2015
7
A cabeça da miosina fica fortemente ligada a actina.
Para que a miosina se dissocie é necessário que o ATP se...
21/07/2015
8
Fonte: Junqueira & Carneiro 2004
Fonte: Junqueira & Carneiro 2004
Seta – discos intercalares
Fonte: Junqueira...
21/07/2015
9
Fonte: Junqueira & Carneiro 2004
Músculo Liso – camada circular x 40
Camada Circular
Camada
Longitudinal
Font...
Próxima SlideShare
Cargando en…5
×

Tecido muscular

359 visualizaciones

Publicado el

SLIDES

Publicado en: Ciencias
0 comentarios
0 recomendaciones
Estadísticas
Notas
  • Sé el primero en comentar

  • Sé el primero en recomendar esto

Sin descargas
Visualizaciones
Visualizaciones totales
359
En SlideShare
0
De insertados
0
Número de insertados
4
Acciones
Compartido
0
Descargas
5
Comentarios
0
Recomendaciones
0
Insertados 0
No insertados

No hay notas en la diapositiva.

Tecido muscular

  1. 1. 21/07/2015 1 UNIVERSIDADE DA REGIÃO DA CAMPANHA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE TECIDO MUSCULAR Profª Regina Pereira Reiniger Os músculos são responsáveis pelos movimentos corporais. Os músculos são responsáveis pelos movimentos corporais. Denominações especiais: -Membrana – Sarcolema -Citoplasma – Sarcoplasma -R. Endoplasmático- R. Sarcoplasmático -Mitocôndrias - Sarcossomas MÚSCULO ESTRIADO ESQUELÉTICO - Formado por feixes de células muito longas, cilíndricas, multinucleadas. Fonte: Junqueira & Carneiro 2004 MÚSCULO ESTRIADO CARDÍACO Formado por células alongadas e ramificadas, unidas por discos intercalares. Fonte: Junqueira & Carneiro 2004 MÚSCULO LISO Formado por aglomerados de células fusiformes que não possuem estrias transversais. Fonte: Junqueira & Carneiro 2004
  2. 2. 21/07/2015 2 Fonte: Gartner e Hiatt, 2007 Organização Fonte: Junqueira & Carneiro 2004 Fonte: Gartner e Hiatt, 2007 Fonte: Junqueira & Carneiro 2004 Fonte: Junqueira & Carneiro 2004 Fonte: Junqueira & Carneiro 2004
  3. 3. 21/07/2015 3 Músculo Estriado Esquelético x 40 Fibras Longas com Estriações Transversais MIOFIBRILA Fonte: Junqueira & Carneiro 2004
  4. 4. 21/07/2015 4
  5. 5. 21/07/2015 5 Fonte: Junqueira & Carneiro 2004 MOLÉCULA DE MIOSINA Local de ligação da actina e onde ocorre a hidrólise de ATP Filamento formado por 2 subunidades em forma de hélice Flexível Porção lisa – Proteína M ACTINA Filamento duplo de actina Complexo Troponina Tropomiosina
  6. 6. 21/07/2015 6 Músculo Relaxado – ATP liga-se a cabeça da miosina. Hidrólise – ADP - Pi Cabeça da miosina Actina Complexo troponina tropomiosina O complexo Troponina Tropomiosina interpõem-se entre as moléculas impedindo a interação entre a miosina e a actina. A contração se inicia com a liberação de Ca do retículo e a elevação deste íon no sarcoplasma. O Ca se liga no complexo troponina  promovendo o deslocamento do filamento de tropomiosina permitindo a interação entre a actina e miosina
  7. 7. 21/07/2015 7 A cabeça da miosina fica fortemente ligada a actina. Para que a miosina se dissocie é necessário que o ATP se ligue novamente a ela para iniciar um novo ciclo. Início de um novo ciclo. A contração muscular se inicia pela combinação de Ca com a subunidade TnC da troponina, o que expõe o local ativo da actina que se combina som a miosina. A cabeça da miosina liga-se a actina e o ATP se decompõe em ADP e energia, produzindo o movimento da cabeça da miosina. Em consequência dessa modificação da miosina, o filamento fino desliza sobre o filamento grosso. Esse processo se repete muitas vezes em um ciclo de contração. Contração Muscular https://www.youtube.com/watch?v=cIY22fO9A6o vídeo 1 https://www.youtube.com/watch?v=Klq_6JaTBBs vídeo 2 https://www.youtube.com/watch?v=mcw6WDuU6Ww vídeo 3 Fonte: Junqueira & Carneiro 2004
  8. 8. 21/07/2015 8 Fonte: Junqueira & Carneiro 2004 Fonte: Junqueira & Carneiro 2004 Seta – discos intercalares Fonte: Junqueira & Carneiro 2004 Músculo Estriado Cardíaco x 40 Fibras Ramificadas e unidas por discos intercalares Contração da musculatura lisa Este músculo não está sujeito ao controle voluntário. Contrai-se por : -Estiramento local das fibras, -Impulsos nervosos originados dos nervos autônomos; -Estimulação hormonal Músculo Liso Fonte: Junqueira & Carneiro 2004
  9. 9. 21/07/2015 9 Fonte: Junqueira & Carneiro 2004 Músculo Liso – camada circular x 40 Camada Circular Camada Longitudinal Fonte: Junqueira & Carneiro 2004

×