Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.

Resumo geografia

35.479 visualizaciones

Publicado el

  • Sé el primero en comentar

Resumo geografia

  1. 1. A circulação da atmosfera :<br />Pressão atmosférica: é a força exercida pela atmosfera em cada unidade de superfície terrestre.<br />Exprime-se em hectopascais (hpa) ou milibares (mbr).<br />A pressão é normal quando o seu valor é igual a 1013 mbr.<br />A pressão é baixa quando é inferior a 1013 mbr.<br />A pressão é alta quando é superior a 1013 mbr.<br />A pressão atmosférica varia com a altitude, a temperatura e a humidade absoluta :<br />A pressão varia na razão inversa da altitude. A pressão diminui à medida que a altitude aumenta devido à diminuição da coluna de ar e com a progressiva rarefacção do ar o que o torna menos denso.<br />A variação da temperatura traduz-se também na variação da pressão atmosférica. Assim com o aumento da temperatura o ar aquece , dilata-se , tornando-se mais leve, menos denso e passando a exercer pouca pressão sobre a superfície da Terra. Com a diminuição da temperatura ocorre uma situação inversa, passando o ar exercer mais pressão.<br />Relativamente à humidade absoluta a pressão atmosférica varia na razão inversa já que o vapor de água é menos denso que o ar. Assim quanto maior o valor de humidade absoluta do ar menor é a pressão atmosférica.<br />Se a pressão atmosférica for superior a 1013 mbr é um centro de altas pressões ou anticiclone .<br />Se a pressão for inferior a 1013 mbr temos um centro de baixas pressões, ciclone ou depressão.<br /> <br />Regra: <br />O ar desloca-se sempre das altas para as baixas pressões. <br />O ar no centro de altas pressões desloca-se do centro para a periferia sendo um ar divergente.<br />Devido à força de Coriolis (que resulta do movimento de rotação da Terra) os ventos são normalmente desviados:<br />Para a direita no Hemisfério Norte.<br />Para a esquerda no Hemisfério Sul.<br />Origem e os estados de tempo associados dos centros barométricos:<br />Os centros barométricos podem ter origem térmica ou dinâmica e nalguns casos podem resultar de um processo termodinâmico.<br />Circulação em altitude;<br />Circulação em superfície;<br />Anticiclone<br />Ar divergente e descendente<br />Ciclone<br />Ar convergente e ascendente<br />Os anticiclone são de origem dinâmica quando:<br />Resultam de movimentos da atmosfera nomeadamente da subsidência do ar. O ar ao descer em altitude comprime-se tornando-se mais denso, o que provoca o aumento da pressão. Como surgem devido aos movimentos da atmosfera, são permanentes, ou seja, existem sempre ao longo do ano podendo no entanto sofrer algumas oscilações em latitude ou diminuírem de intensidade consoante a época do ano, uma vez que estes mecanismos acompanham o movimento anual aparente do sol.<br />Os anticiclone são de origem térmica quando:<br />Resultam do intenso arrefecimento do ar em contacto com o solo mais frio. Ao arrefecer, o ar comprime-se e torna-se mais denso, o que leva ao aumento da pressão. Assim , devido ás diferenças térmicas entre os oceanos e os continentes , formam-se com frequência sobre os continentes no inverno e sobre os oceanos no verão sendo por isso efémeros (duram pouco).<br />O ar é muito estável no centro do anticiclone. Assim, o ar seco está associado a:<br />Céu limpo;<br />Vento fraco;<br />Uma situação de calma atmosférica;<br />De noite pode formar-se orvalho e geada;<br />Se o ar for húmido pode haver nevoeiro ou neblina matinal durante o inverno.<br />Assim o estado de tempo associado a um anticiclone é “bom tempo” pois o ar é subsidente e divergente, o ar desce em altitude, comprime-se e diverge à superfície.<br />A compressão do ar provoca a redução da humidade relativa afastando o ar do ponte de saturação.<br />Os ciclones são de origem dinâmica quando :<br />Estão associados ao movimento ascendente do ar, o ar converge – ao convergir o ar é obrigado a subir (ascender). Diminuição da pressão à superfície.<br />(Nota: quando temos à superfície um centro de baixas pressões, temos em altitude um centro de altas pressões, e vice-versa.)<br />Os ciclones são de origem térmica quando:<br />Se formam devido ao intenso aquecimento do ar em contacto com as superfícies mais quentes que as envolventes. Ao aquecer o ar dilata tornando-se mais leve o que diminui a pressão. Formam-se sobre o continente no verão e nos oceanos no inverno.<br />Os ciclone estão associados a uma grande instabilidade do ar. O ar é convergente e ascendente. <br />Assim o estado de tempo associado a um ciclone é “mau tempo”, pois:<br />Temos céu muito nublado;<br />Precipitação e vento moderado ou forte.<br />A circulação geral da atmosfera:<br />

×