“Como oferecer um FLV de mais qualidade ao consumidor –
              Rastreabilidade e Resíduos”
                  24 de ...
“Como oferecer um FLV de mais
Setor supermercadista                             qualidade ao consumidor –
                ...
“Como oferecer um FLV de mais
Setor supermercadista                               qualidade ao consumidor –
              ...
“Como oferecer um FLV de mais
                  qualidade ao consumidor –
                 Rastreabilidade e Resíduos”



...
“Como oferecer um FLV de mais
                                 qualidade ao consumidor –
                                R...
“Como oferecer um FLV de mais
                     qualidade ao consumidor –
                    Rastreabilidade e Resíduo...
“Como oferecer um FLV de mais
                                            qualidade ao consumidor –
                      ...
PROBLEMAS RELACIONADOS A PRODUTOR:

                                         •APLICAÇÃO DE DOSES ACIMA PERMITIDO
         ...
“Como oferecer um FLV de mais
                                                qualidade ao consumidor –
                  ...
“Como oferecer um FLV de mais
Histórico                                             qualidade ao consumidor –
            ...
“Como oferecer um FLV de mais
                    qualidade ao consumidor –
                   Rastreabilidade e Resíduos”...
“Como oferecer um FLV de mais
Relatório do PARA                                  qualidade ao consumidor –
               ...
“Como oferecer um FLV de mais
                   qualidade ao consumidor –
                  Rastreabilidade e Resíduos”

...
“Como oferecer um FLV de mais
                                          qualidade ao consumidor –
                        ...
“Como oferecer um FLV de mais
                    qualidade ao consumidor –
                   Rastreabilidade e Resíduos”...
“Como oferecer um FLV de mais
                                          qualidade ao consumidor –
                        ...
“Como oferecer um FLV de mais
Ações da Apras                             qualidade ao consumidor –
                       ...
Obrigado!
Próxima SlideShare
Cargando en…5
×

ForumRastreabilidade e Residuos

806 visualizaciones

Publicado el

“Como oferecer um FLV de mais qualidade ao consumidor –Rastreabilidade e Resíduos”

Publicado en: Educación, Deportes, Motor
  • Sé el primero en comentar

  • Sé el primero en recomendar esto

ForumRastreabilidade e Residuos

  1. 1. “Como oferecer um FLV de mais qualidade ao consumidor – Rastreabilidade e Resíduos” 24 de junho de 2010 às 15h
  2. 2. “Como oferecer um FLV de mais Setor supermercadista qualidade ao consumidor – Rastreabilidade e Resíduos” • 2.778 lojas no Paraná; • 85% das vendas de alimentos; • 40% das vendas de frutas, legumes e verduras (FLV); • 30 milhões/mês em atendimento ao consumidor (tíquetes); • 5° setor em reclamações no DPDC (Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor); • Grande concorrência (04 maiores redes respondem por 40% das vendas)
  3. 3. “Como oferecer um FLV de mais Setor supermercadista qualidade ao consumidor – Rastreabilidade e Resíduos” Gerentes de supermercado se preocupam em cumprir a Lei: •Produto impróprio para consumo: inúmeras ações e condenações por venda. • Recordista em Leis criando obrigações para o setor; • Constantemente oficiados ou notificados pelo Ministério Público;
  4. 4. “Como oferecer um FLV de mais qualidade ao consumidor – Rastreabilidade e Resíduos” Qual a visão da sua Instituição sobre a rastreabilidade e o controle de agrotóxicos no FLV?
  5. 5. “Como oferecer um FLV de mais qualidade ao consumidor – Rastreabilidade e Resíduos” Nosso objetivo desde 2003: “Oferecer um FLV com mais qualidade ao consumidor” e o caminho é a “Rastreabilidade e Controle de Resíduos”.
  6. 6. “Como oferecer um FLV de mais qualidade ao consumidor – Rastreabilidade e Resíduos” Quais são os impedimentos operacionais e políticos que dificultam este trabalho e o seu controle?
  7. 7. “Como oferecer um FLV de mais qualidade ao consumidor – Rastreabilidade e Resíduos” •Prioridade política • Aceitar premissas para ter foco: • Se o agrotóxico é legal pode ser usado; • Se o LMR foi estabelecido, aceitamos como verdade; • Hoje: sem agrotóxico não haverá produção de alimentos ou esta não será economicamente viável (revista Ciência e Saúde Coletiva); • Produto convencional no supermercado é a indústria que vende e o FLV a granel é exposto. •Quantidade de produtores envolvidos • Abranger toda a comercialização
  8. 8. PROBLEMAS RELACIONADOS A PRODUTOR: •APLICAÇÃO DE DOSES ACIMA PERMITIDO •NÃO RESPEITAR PRAZO DE CARÊNCIA •APLICAR PRODUTOS PROIBIDOS TERCEIRO OU •FALTA DE REGISTRO DE AGROTÓXICO PARA PRAGA AGRICULTOR •60.000 PEQUENOS PRODUTORES PR LACEN •MINISTÉRIO DA AGRICULTURA X SAÚDE (ANVISAXEMATER) •LMR BR X CODEX ALIMENTARIUS ANVISA LMR DITIOCARBAMATO : VISA PARANA – 1 mg/kg •ANVISA – 2 mg/kg - EMBRAPA/ABPM/CODEX – 3 mg/kg VENDA •REAVALIAÇAO DE REGISTRO DE AGROTÓXICOS COM ERROS AGROTÓXICO •AUDITAR EXPERIMENTOS DA INDUSTRIA DE AGROTOXICOS RESULTADO FLV EXAME GRANDES DISTRIBUIDOR PRODUTOR AGRONÔMO SUPERM. FLV FLV FLV ViSa COLHE AMOSTRAS FLV PROBLEMAS RELACIONADOS À VENDA: AÇÕES EM ANDAMENTO: •APENAS 20% DA VENDA DE FLV TEM AMOSTRA •PARA (PROGRAMA DE ANÁLISE DE RESÍDUOS DE •IDENTIFICADO PRODUTO NÃO CONFORME AGROTÓXICOS em ALIMENTOS) – AÇÃO DE SUPERMERCADO SUSPENDE A COMPRA. COMO SUPERMERCADISTAS E DISTRIBUIDORES EVITAR QUE O RESTO DA PRODUÇÃO SEJA VENDIDA ROTULAGEM E EMBALAGEM (RASTREABILIDADE) PARA OS DEMAIS VAREJOS. •PAS (PROGRAMA ALIMENTO SAUDÁVEL) •COMO EVITAR QUE OUTROS PRODUTORES VENDAM A PRODUÇÃO NÃO CONFORME ATRAVÉS •PIF (PROGRAMA INTEGRADO DE FRUTAS) DE OUTRO PRODUTOR •GRUPOS TECNICOS DE ORIENTAÇÃO DO PARA •SUPERMERCADOS PASSARÃO A EXIGIR LAUDO E •FISCALIZAÇÃO DO RECEITUÁRIO PELO CREA COMPRARÃO SÓ DE GRANDES PRODUTORES.
  9. 9. “Como oferecer um FLV de mais qualidade ao consumidor – Rastreabilidade e Resíduos” CADEIA DE DISTRIBUIÇÃO DE FLV SUPERMERCADO INTERMEDIÁRIO PRODUTOR FEIRAS LIVRES MERCEARIA PARANÁ FORA DO PR QUITANDA CEASA RESTAURANTES COZINHAS INDUSTRIAIS
  10. 10. “Como oferecer um FLV de mais Histórico qualidade ao consumidor – Rastreabilidade e Resíduos” 2002 – INC 09/2002 2003 – PARA e reuniões: MP, Supermercados e Ceasa 2003 – Proposta de Ajustamento de conduta para Supermercados – PARINHA. 2003 e 2004 – 20 reuniões de toda a cadeia na Apras para definir a “Campanha Paranaense de Rotulagem e Embalagem” 2004 e 2005 – 1800 colaboradores treinados em supermercados. 2005/2006 – Apras leva o problema para o Conesa. 2005 e 2006 – 15 reuniões para definir o Plano Integrado de Redução de Agrotóxicos/ Plano de Segurança Alimentar na Horticultura. 2007 – Apras leva o problema para o Conesa. 2007 – Conesa ativa comissão de Agrotóxicos. 2009 – Entidades refazem plano de ação “Rastreabilidade – Aonde nascem os alímentos?” 21/06/2010 - Apras leva o problema para o Conesa. 24/06/2010 – Fórum “Como oferecer um FLV de mais qualidade ao Consumidor – Rastreabilidade e Resíduos” – 42º reunião
  11. 11. “Como oferecer um FLV de mais qualidade ao consumidor – Rastreabilidade e Resíduos” Como viabilizar politicamente a rastreabilidade e o controle da contaminação das FLV?
  12. 12. “Como oferecer um FLV de mais Relatório do PARA qualidade ao consumidor – Rastreabilidade e Resíduos” 100% das amostras são rastreadas até os atacadistas e aproximadamente 50% até o produtor. Amostras 2002 2008 Acima do LMR 13% 0,8% Resíduos não autorizados 16% 13% 29,0% 13,8% Em 2009, o PARA apontou 29% de amostras no BR contra 13,8% no PR em 2008.
  13. 13. “Como oferecer um FLV de mais qualidade ao consumidor – Rastreabilidade e Resíduos” Que preocupações têm sua instituição com os riscos oferecidos ao consumidor?
  14. 14. “Como oferecer um FLV de mais qualidade ao consumidor – Rastreabilidade e Resíduos” • Oferecer um produto de mais qualidade ao consumidor; • Risco pela ingestão contínua de resíduos; • Risco de o consumidor reduzir dieta FLV por medo da qualidade dos produtos.
  15. 15. “Como oferecer um FLV de mais qualidade ao consumidor – Rastreabilidade e Resíduos” Que medidas ainda precisam ser tomadas para que a rastreabilidade e o controle da contaminação dos alimentos tenha maior êxito?
  16. 16. “Como oferecer um FLV de mais qualidade ao consumidor – Rastreabilidade e Resíduos” Objetivos da cadeia para a rastreabilidade e controle de agrotóxicos: • Prioridade política; • É bom para o consumidor e para os bons varejistas, atacadistas e produtores de FLV; • Aceitar premissas para ter foco – buscando soluções e não culpados; • Abranger os demais comerciantes, que respondem por 80% da venda de FLV; •Amostras do PARA deve ser representativa da distribuição. • Todos os gestores da cadeia devem ter preocupação no cumprimento da lei.
  17. 17. “Como oferecer um FLV de mais Ações da Apras qualidade ao consumidor – Rastreabilidade e Resíduos” • Orientar para que todas as gôndolas de FLV nos supermercados tenham o rotulo do produto; • Curso de rotulagem e boas práticas de manipulação para frutas, legumes e verduras; • Orientar o consumidor sobre diferenças (orgânicos, hidropônicos, PIF, marcas, risco do agrotóxico, controles de qualidade) através do site e usando lojas; • Informar supermercadistas sobre produtores que reincidiram em amostras contaminadas, desde que sejamos oficialmente notificados pela Visa; • Estudar a possibilidade de estender para o Paraná o trabalho de rastreabilidade da Abras, com projeto piloto no Grupo Pão de Açúcar.
  18. 18. Obrigado!

×