Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.

MOBILIDADE 2017 - Como a conectividade móvel transforma uma comunidade

Palestra com Eduardo Lyra, Fundador da Gerando Falcões

  • Inicia sesión para ver los comentarios

  • Sé el primero en recomendar esto

MOBILIDADE 2017 - Como a conectividade móvel transforma uma comunidade

  1. 1. GERANDO FALCÕES AS REDES SOCIAIS E OUTRAS PLATAFORMAS DIGITAIS, EM SINERGIA COM A MOBILIDADE DOS SMARTPHONES, TEM VIABILIZADO A APROXIMAÇÃO DE PESSOAS COM IDEIAS E MOTIVAÇÕES EM COMUM. A partir daí movimentos sociais e ONGs tem organizado iniciativas cada vez mais eficazes para dar voz àqueles que vivem em condições mínimas de desenvolvimento pessoal. E, principalmente, tem sido cada vez mais possível mostrar que estas pessoas tem condições de contribuírem com a sociedade se tiverem oportunidades de estudo e emprego.
  2. 2. Cada um dos pontos mostra uma casa onde há um morador utilizando um smartphone conectado à Internet. O foco do mapa está nas localidades: •  Itaim Paulista •  Poá •  Itaquaquecetuba e •  Ferraz de Vasconcelos O SMARTPHONE ESTÁ PRESENTE NAS COMUNIDADES MAIS CARENTES?
  3. 3. PROXIMIDADES DE COMUNIDADES CARENTES (Analisamos o comportamento de 500 pessoas no periodo de 3 meses) Geo behavior •  Pessoas que moram nas proximidades das comunidades, usam com muita frequência trens, ônibus e metros •  Aos finais de semana frequentam igrejas e como entretenimento frequentam pizzarias e praças publicas Estabelecimentos mais frequentados: App behavior
  4. 4. Notamos um contraste no comportamento das pessoas que moram dentro das comunidades: •  Diferente do que vimos acima, a proporção de pessoas que trabalham em locais fixos é menor, estamos falando de 21% . •  Percebemos uma alta frequência em bares e praças públicas e um acesso muito restrito a apps de banco e e- commerce. •  O Assai Atacadista aparece como principal empregador. MORADORES DE COMUNIDADES CARENTES (Analisamos o comportamento de 14 pessoas no periodo de 3 meses) SEMANA FINAIS DE SEMANA

×