Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.

Escultura gótica

76 visualizaciones

Publicado el

Consultas e adaptações
PINTO e outros, Ideias e Imagens. Porto, Porto Editora, 2013.
NUNES, Paulo Simões, História da Cultura e das Artes, Porto, Raiz Editora, 2013.
https://pt.slideshare.net/abaj/a-escultura-gtica-12605221?qid=9e7ad5b7-4192-42f3-889f-b919bb0a56aa&v=&b=&from_search=4
https://pt.slideshare.net/carlosvieira/cultura-da-catedral-escultura-gtica?qid=9e7ad5b7-4192-42f3-889f-b919bb0a56aa&v=&b=&from_search=1
https://pt.slideshare.net/bolotinha73/mdulo-4-escultura-gtica

Publicado en: Educación
  • Sé el primero en comentar

  • Sé el primero en recomendar esto

Escultura gótica

  1. 1. M4 A Cultura da Catedral – As Cidades e Deus HISTÓRIA DA CULTURA E DAS ARTES ESCULTURA GÓTICA: A HUMANIZAÇÃO DO CÉU 1
  2. 2. M4 - A cultura da Catedral A Escultura Gótica 2 INOVAÇÕES FACE À ESCULTURA ROMÂNICA  Autonomia em relação à arquitetura  Alto relevo com maior modelação formal e escalonamento de planos  Estatuária mais abundante e ocupando diversos espaços https://bit.ly/2vhQ3UL, consultado a 23/04/2019 Baldaquino Consola
  3. 3. M4 - A cultura da Catedral A Escultura Gótica 3 INOVAÇÕES FACE À ESCULTURA ROMÂNICA  MAIOR DOMÍNIO TÉCNICO-ARTÍSTICO  Maior correção anatómica  Proporcionalidade  Pormenorização das figuras  Realismo e naturalismo nas formas, gestos e posturas  Posição em “S” estilizado  Liberdade criativa A escultura era realizada nas oficinas e depois colocada (pousada) nos seus lugares Virgem com a criança, marfim, 25 cm, final do século XIII, Museu do Louvre
  4. 4. M4 - A cultura da Catedral A Escultura Gótica 4 INOVAÇÕES FACE À ESCULTURA ROMÂNICA EXPRESSIVIDADE Maior humanização figurativa Maior individualização Rostos mais realistas Demonstração de emoções, sentimentos: sorriso, esgares de dor… https://bit.ly/2vhQ3UL, consultado a 23/04/2019
  5. 5. M4 - A cultura da Catedral A Escultura Gótica 5 INOVAÇÕES FACE À ESCULTURA ROMÂNICA  TEMAS  Morte  Escatologia (fim do mundo)  Religiosos  Manutenção: Cristo Pantocrator em Majestade e com tetramorfos, Juízo Final  Novos: Descida da Cruz, Nascimento de Cristo, Pietás, Vida da Virgem (culto mariano)  Sagrado  Histórico  Fábulas  Mundo animal e vegetal
  6. 6. M4 - A cultura da Catedral A Escultura Gótica 6 FUNÇÃO Decorativa Estética Apelativa Simbólica Catedral de Chartres, fachada ocidental
  7. 7. M4 - A cultura da Catedral A Escultura Gótica 7 FASES: GÓTICO INICIAL – SÉCULOS XII/XIII  Estátuas em nichos e baldaquinos  Formas alongadas  Tratamento do panejamento sugere inclinação  Rigidez de gestos e posições  Rostos cada vez mais individualizados, demonstravam calma e serenidade Catedral de Notre Dame de Paris, século XIII, porta central
  8. 8. M4 - A cultura da Catedral A Escultura Gótica 8 FASES: GÓTICO INICIAL – SÉCULOS XII/XIII https://bit.ly/2W7oucH
  9. 9. M4 - A cultura da Catedral A Escultura Gótica 9 FASES: GÓTICO INICIAL – SÉCULOS XII/XIII https://bit.ly/2W7oucH
  10. 10. M4 - A cultura da Catedral A Escultura Gótica 10 FASES: GÓTICO INICIAL – SÉCULOS XII/XIII https://bit.ly/2Zwlto4, , consultado a 23/04/2019 Catedral de Notre Dame de Paris, século XIII, Galeria dos Reis
  11. 11. M4 - A cultura da Catedral A Escultura Gótica 11 FASES: GÓTICO INICIAL – SÉCULOS XII/XIII Catedral de Reims – Gablete do Portal Central, Coroação da Virgem
  12. 12. M4 - A cultura da Catedral A Escultura Gótica 12 FASES: GÓTICO INICIAL – SÉCULOS XII/XIII Púlpito do Duomo de Siena, Nicala Pisano, 1265-68, mármore, 460 cm alt
  13. 13. M4 - A cultura da Catedral A Escultura Gótica 13 FASES: GÓTICO PLENO – SÉCULO XIII/XIV  Procura de uma tendência mais naturalista e realista, tanto na iconografia como no relevo e na estatuária  Maior correção anatómica  Expressão procura exprimir ternura, sensibilidade (sorrisos)  Corpos mais volumosos  Posições ligeiramente curvilíneas (em S), acentuadas pelo panejamentos com pregas em V ou U
  14. 14. M4 - A cultura da Catedral A Escultura Gótica 14 FASES: GÓTICO PLENO – SÉCULO XIII/XIV Virgem e menino da Santa Capela, XIII, marfim, Museu do Louvre https://bit.ly/2Uw13YV, consultado a 23/04/2019
  15. 15. M4 - A cultura da Catedral A Escultura Gótica 15 FASES: GÓTICO PLENO – SÉCULO XIII/XIV Virgem e menino da Santa Capela, XIII, marfim, Museu do Louvre https://bit.ly/2Uw13YV, consultado a 23/04/2019 Virgem Maria, de pé, ligeiramente curvada, estendendo uma maçã com sua mão direita, ao Menino Jesus sorridente, aparentemente com 4 ou 5 anos, de cabelos encaracolados, que parece estar bem feliz, e seguro nos braços de sua mãe. A estatueta apresenta um modelo típico de beleza do século XIII (Canon), como um rosto em forma triangular, olhos grandes em forma de amêndoas, nariz fino, com uma boca entreaberta anunciando um sorriso, mechas de cabelos ondulados escapando debaixo de um simples véu.
  16. 16. M4 - A cultura da Catedral A Escultura Gótica 16 FASES: GÓTICO PLENO – SÉCULO XIII/XIV https://bit.ly/2XGUftn, consultado a 23/04/2019 Portal central da Catedral de Reims, século XIII
  17. 17. M4 - A cultura da Catedral A Escultura Gótica 17 FASES: GÓTICO PLENO – SÉCULO XIII/XIV https://bit.ly/2XGUftn, consultado a 23/04/2019 Anunciação: Anjo sorridente Portal central da Catedral de Reims, século XIII Maria
  18. 18. M4 - A cultura da Catedral A Escultura Gótica 18 FASES: GÓTICO PLENO – SÉCULO XIII/XIV https://bit.ly/2XGUftn, consultado a 23/04/2019 Visitação: Maria Portal central da Catedral de Reims, século XIII Prima Isabel
  19. 19. M4 - A cultura da Catedral A Escultura Gótica 19 FASES: GÓTICO PLENO – SÉCULO XIV/XV Expressão procura exprimir sofrimento, dor Corpos mais magros Feridas exageradas Posições muito sinuosas, em contraposto Tratamento do panejamento acentua sinuosidade
  20. 20. M4 - A cultura da Catedral A Escultura Gótica 20 FASES: GÓTICO PLENO – SÉCULO XIV/XV Rottgen Pietá, c. 1300-25, madeira pintada https://bit.ly/2GEalOI, , consultado a 23/04/2019 Sofrimento Feridas exageradas Cristo esquelético Expressividade Estimulada pela crise económica e social Representação do homem comum, dos Santos e de Cristo em sofrimento
  21. 21. M4 - A cultura da Catedral A Escultura Gótica 21 FASES: GÓTICO PLENO – SÉCULO XIV/XV Madona de Krummau, c. 1390, Museu de Viena, 112 cm, calcário pintado https://bit.ly/2DwqN1q, consultado a 23/04/2019  Posição sinuosa  Linhas arrendondadas, sobrepostas e profundas dos panejamentos  Cor  Maior naturalismo
  22. 22. M4 - A cultura da Catedral A Escultura Gótica 22 FASES: GÓTICO PLENO – SÉCULO XIV/XV https://bit.ly/2IJJGlM
  23. 23. M4 - A cultura da Catedral A Escultura Gótica 23https://bit.ly/2W7oucH
  24. 24. M4 - A cultura da Catedral A Escultura Gótica 24 ESCULTURA TUMULAR  A partir de 1200 - vulgarização das estátuas jacentes  A partir do séc. XIII, aparece o retrato idealizado, com um leve sorriso que ilumina o rosto do defunto  Maior individualismo nas estátuas jacentes  Vulgariza-se a decoração de todo o sarcófago  Presença da morte (séc. XIV)  Surgem os Transi  Consciencialização da condição mortal  Morto aparece representado envolto num lençol ou nu, esqueleto ou cadáver em decomposição
  25. 25. M4 - A cultura da Catedral A Escultura Gótica 25 ESCULTURA TUMULAR
  26. 26. M4 - A cultura da Catedral A Escultura Gótica 26 ESCULTURA TUMULAR https://bit.ly/2IJJGlM
  27. 27. M4 - A cultura da Catedral A Escultura Gótica 27 ESCULTURA TUMULAR https://bit.ly/2IJJGlM
  28. 28. M4 - A cultura da Catedral A Escultura Gótica 28 ESCULTURA TUMULAR https://bit.ly/2IJJGlM
  29. 29. M4 - A cultura da Catedral A Escultura Gótica 29 ESCULTURA TUMULAR https://bit.ly/2IJJGlM
  30. 30. M4 - A cultura da Catedral A Escultura Gótica 30 ESCULTURA TUMULAR https://bit.ly/2IJJGlM
  31. 31. HISTÓRIA DA CULTURA E DAS ARTES A CULTURA DA CATEDRAL ESCULTURA GÓTICA 31 Professora Cristina Barcoso Lourenço maria.barcoso@agr-tc.pt historia.cultura.artes.faro@gmail.com FB: https://www.facebook.com/HCA.AETC/ Consultas e adaptações PINTO e outros, Ideias e Imagens. Porto, Porto Editora, 2013. NUNES, Paulo Simões, História da Cultura e das Artes, Porto, Raiz Editora, 2013. https://pt.slideshare.net/abaj/a-escultura-gtica-12605221?qid=9e7ad5b7-4192-42f3-889f-b919bb0a56aa&v=&b=&from_search=4 https://pt.slideshare.net/carlosvieira/cultura-da-catedral-escultura-gtica?qid=9e7ad5b7-4192-42f3-889f- b919bb0a56aa&v=&b=&from_search=1 https://pt.slideshare.net/bolotinha73/mdulo-4-escultura-gtica M4 A Cultura da Catedral – As Cidades e Deus

×