Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.

Tapete da Criação

45 visualizaciones

Publicado el

4º caso prático do módulo 3 de HCA

Publicado en: Educación
  • Sé el primero en comentar

  • Sé el primero en recomendar esto

Tapete da Criação

  1. 1. Guião de Trabalho 5 HISTÓRIA DA CULTURA E DAS ARTES 10º ano – Curso Artes Visuais Profª Cristina Barcoso Lourenço MÓDULO 3 A CULTURA DO MOSTEIRO CASO PRÁTICO 4 - Tapís de la creació ou Tapete de Girona (c. 1096-1101), Museu da Catedral de Girona. FICHA Título: Tapete da criação Autor: desconhecido Data: c. 1096-1101 Técnica: bordado em lã Dimensão: 3,65X4,67 m Estilo: românico Tema: religião – criação do mundo Localização: Tesouro da Catedral de Girona, Espanha DADOS HISTÓRICOS É um importante bordado românico. Desconhece-se onde foi feito e qual a sua função inicial, embora se estime que possa ter coberto a parede de uma abside ou de um baldaquino. É possível que tenha sido encomendado depois da consagração da Catedral de Girona em 1037. Pensa-se que teria 12 metros de altura Em 1952 foi restaurado, especialmente a faixa esquerda, e em 1961 foi colocado no museu da Catedral de Girona, onde ainda permanece. TEMA Estão representadas cenas da criação da Terra e do Homem, como surge narrado no Génesis (livro da criação – Penta- teuco, Antigo Testamento). É um dos poucos bordados de temática religiosa que se conservam do românico. A obra mostra um complexo programa de iconografia que tem como enfoque principal a imagem de Cristo, retratado jovem, e que surge no círculo central. Os outros elementos principais são: o ciclo da criação, incluídos no círculo maior; a história da Cruz, que ocupa o fragmento horizontal da zona inferior, o Calendário com os meses, e os quatro ventos. DESCRIÇÃO FORMAL E PLÁSTICA O Tapete da Criação é um fragmento de um bordado feito com fios de lã sobre uma base de linho. As lãs foram tingidas com tintas naturais. A composição é estruturada a partir de dois círculos concêntricos, ins- critos num retângulo. O maior dos círculos é dividido em oito setores de tamanhos irregulares, separados por linhas brancas e finas que convergem no pequeno círculo. O círculo é o símbolo do universo e do infinito. Assim, o Tapete está organizado visualmente com um sistema de círculos concêntricos, quadrados e triângulos. Todas as formas ge- ométricas estão proporcionadas e todas rodeiam e dependem do cír- culo central e interior, onde está representado o Cristo Pantocrator e Cosmocrator. A relação formal entre estes elementos simboliza a har- monia total entre o Criador e tudo o que o rodeia, ou seja, a sua Cria- ção. Esta estrutura mostra o reflexo da mentalidade cristã-medieval que crê num Deus único a quem tudo está subordinado. As bordas laterais e superior do tapete fecham a composição por meio de uma série de compartimentos quadrados e alinhados. As personagens são tratadas com intencionalidade. As figuras são to- talmente planas, delimitadas por linhas grossas, que as fazem diferenciar-se de um fundo monocromático e sem pro- fundidade, sobre os quais alguns pequenos detalhes paisagísticos se destacam. Na tapeçaria encontra-se assim a repre- sentação bidimensional das cenas. Cromaticamente, há uma predominância do vermelho, branco, azul, cinza, verde e amarelo puro, sem misturas tonais. A obra reflete estilisticamente as artes figurativas românicas: figuras desproporcionadas e algo hieráticas; nu não procu- ra a realidade anatómica ou a idealização da beleza corporal mas o programa iconográfico cristão de representação da Tapete de Girona, Vídeo: Filmoteca Espanhola Tapete de Girona, Thinglink: Descrição Eva criada a partir de costela de Adão
  2. 2. mensagem; rostos são inexpressivos; objetos representam-se sem volume; não há gradação de cores, usando-se linhas grossas e escuras para os contornos das figuras. No centro da roda surge o Criador do universo, personificado na figura românica de Cristo Pantocrator. No círculo em seu torno está a expressão latina: Dixitque Deus fiat lux et facta est lux (E Deus disse: "Haja luz e aluz se fez") (Génesis 1,3). Legenda: 1. Um círculo escuro, representando a terra "sem forma e vazia" (Génesis 1,2) assinala a criação do Universo. 2. A escuridão cobrindo a face das profundezas (Génesis 1,2), representada por um anjo sobre o espaço escuro. 3. O Espírito de Deus pairando sobre o abismo, representado como uma pomba que paira sobre o espaço das águas (Génesis 1,2). Alude à Criação do céu e da terra e do espírito de Deus que desliza pelas águas. 4. "E Deus diz 'Que haja luz'" (Génesis 1,3), aqui retratado como um anjo que traz luz ao mundo - a palavra lati- na Lux (luz) está acima do anjo. Trata-se da criação da luz. 5. Deus divide a luz da escuridão, chamando à luz Dia e a escuridão, Noite (Génesis 1,4-5). O sol é retratado à es- querda como um homem usando uma coroa de luz, e a lua é representada por uma mulher. Trata-se da separa- ção da terra e do mar, a criação da vegetação, do sol e da lua, dos astros. 6. A criação e a solidão de Adão que procura entre os animais um que seja igual a si. 7. Criação dos animais, pássaros e peixes do mundo (Génesis 2,19-20). 8. Finalmente, quando chegamos ao final da roda, vê-se Eva a ser tirada da costela de Adão (Génesis 2,21-22). As imagens, da borda externa, começando no seu canto superior esquerdo (da esquerda para a direita), represen- tam Geon, ou terra, seguido de Caim, Verão, Outono, Annus ou Ano, Inverno, Primavera e Abel. No lado esquerdo, começando logo abaixo de Geon, estão os meses: Iunius (junho), Maius (maio), Aprilis (abril) e Marcius (março). No canto inferior esquerdo está Dies Solis, o Sol, representando o primeiro dia da semana, domingo. Do lado direito os outros meses, mas apenas Iulius (julho), Augustus (agosto) ainda estão lá. No canto inferior direito está Dies Lunae, a Lua, representando o segundo dia da semana, segunda-feira. Olhando para a borda interna ao redor da roda estão os quatro ventos. A linha inferior provavelmente continha uma narrativa da Paixão de Cristo. 3 4 5 6 7 8 1 2
  3. 3. Desenho da distribuição dos temas Proposta iconográfica de Federico Revilla In https://bit.ly/2SVYA98, consultado a 09/03/2019 ATIVIDADES Lê, observa e visualiza as animações multimédia (thinglink e vídeo). Responde às questões. 1. Identifica o tema do Tapete da Criação. 2. Indica as possibilidades da função do Tapete da Criação. 3. Descreve iconograficamente o Tapete da Criação. 4. Explica como o Tapete da Criação estava ao serviço do programa pedagógico cristão. 5. Justifica estilisticamente o Tapete da Criação como uma obra de linguagem românica. Se quiseres saber mais procura informação sobre um outro Tapete célebre, com uma narrativa e linguagem soberbas e de temática diferente: a TAPEÇARIA DE BAYEUX, com 70 metros de comprimento por meio metro de altura. Bibliografia https://ca.wikipedia.org/wiki/Tap%C3%ADs_de_la_Creaci%C3%B3 https://umbrasileironaespanha.wordpress.com/tag/catedral-de-girona/ https://www.ecclesia.org.br/biblioteca/iconografia/arte-crista-tapecaria-da-criacao.html chrome-extension://oemmndcbldboiebfnladdacbdfmadadm/http://gacetahispanica.com/wp- content/uploads/2013/12/6-Avile%CC%81s.pdf http://algargosarte.blogspot.com/2014/09/el-tapiz-de-la-creacion-de-la-catedral.html Modelo de Cristo: jovem, imberbe, hierático, cosmocrator, apolíneo. Cristo aparece como arquiteto criador. O livro tem o texto SCS DS (santus Deus) Animação da Tapeçaria de Bayeux

×