Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.

Filosofia 03 - Helenismo

28 visualizaciones

Publicado el

HELENISMO, FILOSOFIA, HISTÓRIA DA FILOSOFIA, EPICURO, EPICURISMO, NEOPLATONISMO, CÍNICOS, CINISMO, ESTOICISMO, ESTOICOS, ALEXANDRE O GRANDE, EUCLIDES, EURECA, ARQUIMEDES, CIÊNCIA HELENICA, GEOCENTRISMO E HELIOCENTRISMO.

Publicado en: Educación
  • Sé el primero en comentar

Filosofia 03 - Helenismo

  1. 1. Após os principais nomes da filosofia da idade antiga, houve uma reviravolta mundial, uma nova era na humanidade. Através das lutas contra os persas (e a vitória) junto com diversas outras conquistas, Alexandre Magno (356-323 a.C.) uniu diversos reinos (Macedônia, Síria e Egito). Junto com essas conquistas, houve a predominância da língua e cultura grega e esse período ficou conhecido como helenismo. Sua característica marcante era o desaparecimento das fronteiras entre os países e suas culturas criando uma mistura de conceitos, filosofias e ciências. ColinFarrel interpretando “Alexandre” de Oliver Stone (2004)
  2. 2. Em varios lugares por onde passava Alexandre deixava uma cidade de nome Alexandria. De modo geral, o helenismo foi a concretização de um ideal de Alexandre: o de levar e difundir (espalhar) a cultura grega aos territórios que conquistava. Foi naquele período que as ciências particulares tiveram seu primeiro e grande desenvolvimento, bem como as Filosofia Individuais. Foi o tempo de Euclides e Arquimedes; do Cinismo, Ceticismo, Epicurismo, e Estoicismo. O helenismo marcou um período de transição entre a O poder Grego e o domínio e apogeu de Roma.
  3. 3. A antiga Biblioteca de Alexandria, no Egito, foi a maior biblioteca do mundo antigo. Ela floresceu sob o patrocínio da dinastia ptolemaica e existiu até a no ano de 48, quando foi totalmente (ou quase) destruída por um incêndio provocado por Júlio César. De acordo com Plutarco (46 d.C.–120) , o incêndio se espalhou para as docas e daí à biblioteca. Parte dela ainda resistiu até ser destruída em 385 foi destruída completamente pelos Cristãos. Os poucos pergaminhos salvos como escritos de Platão e Aristóteles chegaram as mãos dos Árabes mais tarde.
  4. 4. MELHORESEUSCONHECIMENTOS.... PROCURE NA INTERNET, LIVROS, DOCUMENTARIOS, INFORMAÇOES E TEORIAS SOBRE A BIBLIOTECA DE ALEXANDRIA E ENTENDA UM POUCO MAIS SOBRE A IMPORTANCIA DELA PARA A HISTÓRIA HUMANA E A FILOSOFIA.
  5. 5. Os cínicos eram extremamente céticos (não acreditavam) a respeito de posses. Sua linha filosófica regia que você só será realmente feliz se não depender de nada material para ser feliz. O cínico de maior importância foi Diógenes que vivia em um barril e só possuía uma túnica, um cajado e um embornal de pão. Cínico vem do termo grego kynikos, que significa “como um cão”, apelido este dado pelos atenienses à Diógenes. Os cínicos eram extremamente céticos a respeito de posses. Sua linha filosófica regia que você só será realmente feliz se não depender de nada material para ser feliz. O cínico de maior importância foi Diógenes que vivia em um barril e só possuía uma túnica,um cajado e um embornal de pão.
  6. 6. "Sou uma criatura do mundo (cosmos), e não de um estado ou uma cidade (polis) particular” Diógenes Com este pensamento Diógenes cunhou o termo “cosmopolita”
  7. 7. "Alexandre, o Grande, que ao encontrar Diógenes teria perguntado o que poderia fazer por ele. Mas Diógenes, olhando para a Alexandre, disse: "Não me tires o que não me podes dar!" (Resumindo“Saia da frente do meu sol")
  8. 8. Alexandre o Grande e Diógenes
  9. 9. PESQUISE: O pensamento de Diógenes cunhou o termo “cosmopolita”. Mostre ao professor para visto Valor 5 pontos Sou uma criatura do mundo (cosmos), e não de um estado ou uma cidade (polis) particular“. Pesquise o significado do termo COSMOPOLITA.
  10. 10. Para o Céticos quase tudo em que um povo acredita em determinado lugar parece haver gente em outro lugar que acredita no oposto. E em geral os argumentos são bons em ambos os lados. Tudo o que podemos fazer é tomar as coisas pelo que nos parecem: mas as aparências são notoriamente frustrantes, por isso nunca devemos assumir a verdade de uma explicação em vez de qualquer outra. o que implica numa condição intelectual de dúvida permanente e na admissão da incapacidade de compreensão de fenômenos metafísicos, religiosos ou mesmo da realidade. OLHA A PARADA AI NA SUA FRENTE PIRRO!! SÃO DOIS VELHOS!! A VERDADE É RELATIVA, PARA MIM PARECEM DOIS HOMENS SENTADOS.
  11. 11. Pirro de Élis ( 365-270 a. C.)
  12. 12. Para os epicuristas o objetivo da vida era obter dos sentidos o máximo de satisfação possível. O prazer era o bem supremo e a dor era o mal supremo assim seus objetivos eram desenvolver uma filosofia de vida que afastasse toda e qualquer forma de dor ou sofrimento. Para seu fundador(Epicuro), o resultado prazeroso de uma ação deve apenas ser ponderado se tiver relação com efeitos colaterais eventuais ou possíveis prazeres maiores, mais duradouros e mais intensos no futuro. Numa época em que todas as formas de vida públicaeram imprevisíveis e altamente perigosas, ele ensinava as pessoas a buscar a felicidade e a realização em suas vidas privadas. “Vida incógnita” era uma de suas máximas. Para Epicuro, a felicidade é alcançadapor duas vias, sãoelas:  aponia, que significaa ausênciade dor no corpo;  ataraxia, ausênciade perturbaçãonaalma.
  13. 13. Epicuro ( c.341-270 a. C.) Sobre o Medo da Morte: “A morte na da é para nós” Sobre o medo dos deuses: “Nada temos a esperar e nada a temer” Sobre a Existência: “Goza a vida enquanto tens”
  14. 14. Os estóicos diziam que as pessoas eram partes de uma mesmarazão universal, ou “logos”. Issocaminhou para a ideia de um direito universalmente válido ou “direito natural”. Esse direito valia para todas as pessoas (escravos, senhores, comerciante, negros, brancos e etc). Também negavam que o homem era feito de corpo e alma. Para eles tudo era uma coisa só, a natureza. Eles criaram o conceito do humanismo através de Cícero (106-43 a.C.) e Sêneca (4 a.C – 65 d.C.). Seus membros ocupavam cargos importantes e tiveram grande atuação no helenismo e na posterior culturaromana.
  15. 15. Os estoicos também eram a favor do homem aceitar as leis da natureza por completo em suas vidas. Para eles tudo acontece como tem que acontecer e não adiantava muito lutar contra uma enfermidade ou resistir a algo bom porque estava no destino das pessoas esses acontecimentos, quer quisessem ou não. Então tudo que tinham que fazer era esperar e lidar com a máxima naturalidade possível frente aos acontecimentos que surgiam uma vez que tudo já está escrito pelos deuses. Más é fácil agir comcalma e naturalidade?
  16. 16. VAMOS FILOSOFAR AGORA.... Usando a ideia grega de fatalismo, os Estoicos acreditavam que o melhor a se fazer é agir naturalmente diante dos problemas da vida já que nosso destino já está traçado. Você acha simples agir naturalmente diante de algumas situações? Por que?
  17. 17. Pesquiseo significadodo termo DIREITO POSITIVO e DIREITO NATURAL Depois pense e escreva em um breve texto se direito Natural e positivo são os mesmose qual a relação dos dois PESQUISE:
  18. 18. Os cínicos, os estóicos e os epicureus tiveram como ponto de partida os ensinamentos de Sócrates, mas a corrente filosófica do helenismo mais importante e atuante foi o neoplatonismo (baseado nas teorias de Platão como sugere o nome). Seu representante mais ilustre foi Plotino (205-270 d.C.) . Para Plotino, havia somente duas realidades: de um lado a luz divina (chamado por ele de Uno ou Deus) e do outro lado havia a ausência total dessa luz ou as trevas. que trouxe para Roma a doutrina da salvação, concorrente do cristianismovigentenaquela época eposteriormente veio a ser uma forteinfluência para a própria doutrina cristã.
  19. 19. É importante citar que trevas para Plotino era a ausência total de algo e não algo em si. Também Plotino citava que as formas da natureza possuem um reflexo do Uno, mesmo que tênue “UMA SENTELHA DE DEUS”. Segundo os neoplatônicos, o homem possui uma alma incompleta que anseia por retornar a sua morada original. Quando você experimenta essa sensação de retorno é como se perder em si mesmo ou perder-se naquilo que constitui sua alma. Serial algo como se você fosse uma gota d’água e quando tem essa experiência é momento que você chega ao oceano dando a você a sensação de estar completo. Você é o oceano e o oceano é você.
  20. 20. Na Matemática do Helenismo sobressaíram Euclides e Arquimedes, que desenvolveram a Geometria. Euclides utilizou a Geometria nos seus estudos de Física. A Física (mecânica) mereceu também atenção especial por parte de Arquimedes, tornando possível a invenção de novas armas de ataque e defesa. a Astronomia destacaram-se Aristarco e Hipátia de Alexandria na tentativa de medir o diâmetro da Terra e as distâncias do nosso planeta ao Sol e à Lua. Aristarco lançou a hipótese heliocêntrica, istoé, ade que a terrae os planetas giravamemtornodo Sol, que não foi aceitana época.
  21. 21. Arquimedes (287-212 a.C.) "Deem-me um ponto de apoio e moverei a Terra."
  22. 22. Invençõesde Arquimedes
  23. 23. Euclides(360-295a.C.) "Pai da Geometria".
  24. 24. Aristarco de Samos (310-230 a.C) Aristarco de Samos é o primeiro estudioso que propõe o modelo heliocêntrico do Sistema Solar, colocando o Sol, e não a Terra, no centro do universo conhecido.
  25. 25. O astrônomo grego Cláudio Ptolomeu, no século II d.C., concebeu um modelo Geocêntrico mais simples e eficiente para explicar o movimento dos corpos celestes. Este modelo foi o mais aceito desde a Antiguidade e defendido pela Igreja Católica até a Idade Média. Cláudio Ptolomeu (90 – 168 D.C)
  26. 26. O Helenismo posteriormente veio a ser uma forte influência para a própria doutrina cristã: dos Cínicos tiraram a ideia de humildade e desapego material, dos Estóicos a ideia de uma Providência divina e racional, que governa todas as coisas e o homem; e a noção de que a perfeição humana depende de abandonar todos os apetites, impulsos e desejos corporais ou carnais. E dos Neoplatônicos a separação entre material-corporal e espiritual- incorporal; a separação entre o Deus-Uno e o mundo material e diversificado. Mas rejeitaram as ideias de verdades relativas do Cetiscismo e a busca da felicidade do Epicurismo. Também tomaram como verdade a Ideia da Terra como centro de tudo de Ptolomeu. Assim o Helenismo ajudou a criar a fé cristã, que se espalhou e se tornou uma das maiores doutrinas do mundo.
  27. 27. VAMOSFILOSOFARAGORA... VIMOS ALGUAMS DAS IDEIAS DO PERIODO HELENICO DA FILOSOFIA. AGORA VAMOS ENTENDER PORQUE ELAS SÃO TÃO IMPORTANTES PARA NOSSA CULTURA CRISTÃ OCIDENTAL. JÁ CONSEGUE ENTENDER QUE MUITAS DAS IDEIAS QUE TEMOS HOJE FORAM INSPIRADAS EM IDEIAS DO PASSADO DA HUMANIDADE? CONSEGUE ENCONTRAR ALGUMAS IDEIAS E CONCEITOS QUE PODEM TER SIDO INSPIRADOS PELAS IDEIAS DOS ANTIGOS FILOSOFOS GREGOS DESDE PLATÃO ATÉ OS HELENICOS? TENTE REFLETIR E ESCREVER UM POUCO.... Entregue com nome e serie ao professor.
  28. 28. MELHORE SEUS CONHECIMENTOS.... VEJA OS FILMES CIDADE DAS SOMBRAS E AGORA E ENTENDA MELHOR O MUNDO ROMANO E O NASCIMENTO DA RELIGIÃO CRISTÃ

×