Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.

[Conferência PR 2019] Is Data the new Bacon?

46 visualizaciones

Publicado el

Leonardo Naressi - CIO da DP6, falou sobre Data na Conferência E-Commerce Brasil Paraná 2019.
Saiba mais em https://eventos.ecommercebrasil.com.br/conferencia-parana/

Publicado en: Marketing
  • Sé el primero en comentar

  • Sé el primero en recomendar esto

[Conferência PR 2019] Is Data the new Bacon?

  1. 1. DATA IS THE NEW BACON? Leo Naressi | Co-founder - DP6
  2. 2. Leo Naressi Leonardo Naressi @LeoNaressi Leo@DP6.com.br ○ Informática industrial ○ Publicidade e Propaganda ○ Data Mining e Estatística ○ Mestrado em Varejo (em curso) ○ CIO da DP6 - Consultoria de Métricas e Analytics ○ Professor FGV e ESPM ○ Presidente do comitê de métricas e dados do IAB Brasil
  3. 3. Omnichannel integration Preço ótimo / dinâmico Retira na Loja / BOPUS Atribuição e Otimização de Mídia Personalização e Individualização Customer Lifetime Value Customer Experience e Marketing Automation Chatbots / Atendimento automatizado
  4. 4. Leo Naressi Omnichannel, BOPUS, etc, etc
  5. 5. Leo Naressi Customer Experience e Marketing Automation
  6. 6. Leo Naressi Personalização e Individualização
  7. 7. Leo Naressi Que dados usar para personalizar?
  8. 8. Leo Naressi Chatbots e Atendimento automatizado
  9. 9. Leo Naressi Atribuição e otimização da aquisição https://www.e-nor.com/blog/google-analytics/why-attribution-matters-now-more-than-ever
  10. 10. Leo Naressi Customer Lifetime Value
  11. 11. Leo Naressi O que significa cada grupo de clientes? https://www.e-nor.com/data-intelligence-services/advanced-analysis/customer-lifetime-value Não-lucrativos Lucrativos Muito Lucrativos
  12. 12. Leo Naressi Mas, como faço isso? ID Cliente R F M CLV Grupo 981239 4 2 2 R$ 450 Low spender 12081258 3 4 4 R$ 2.790 High spender ... CRM + Vendas + Analytics + Data Science Match via DMP Match via Google Analytics Data Import Match via Custom Audiences
  13. 13. Leo Naressi Preço ótimo e dinâmico
  14. 14. Leo Naressi Mas o mundo é muito mais do que bacon
  15. 15. Leo Naressi Tecnologia é importante?
  16. 16. Leo Naressi Peraí, não é tudo programador/dba/técnico?
  17. 17. Leo Naressi E isso se paga? https://neilpatel.com/br/blog/como-aumentar-vendas-ao-personalizar-o-seu-site/
  18. 18. Leo Naressi DataParaná Investigamos qualitativamente possíveis desafios da cultura de dados no varejo e no marketing digital nas empresas da região.
  19. 19. Leo Naressi Quem colaborou nesse painel Rafael Roberto Dias Especialista em Estatística MadeiraMadeira Luiz Yamada Business Intelligence Mirum Agency Téo Calvo Data Scientist Grupo Boticário André Sionek Data Engineer EmCasa Thiago Borges Digital Analytics Specialist Mirum Agency Lana Wigand Marketing & Business Intelligence BCredi
  20. 20. Leo Naressi Há um consenso: o mercado ainda engatinha na maturidade de dados A perspectiva não é tão bonItinha no uso de dados. Tem muito dado, muita informação, coleta muitos eventos. Mas, ainda somos arcaicos em criar inteligência. Nada muito sofisticado, estamos caminhando com a construção de bancos analíticos (...) sem uso de técnicas avançadas de Machine Learning e Clusters. Falta entendimento do potencial do uso de dados no marketing. Quando questiono sobre jornada do consumidor e testes não respondem com assertividade.
  21. 21. Leo Naressi O desafio da integração ainda divide A impressão é que são silos ainda, algumas áreas não se envolvem por se afogarem no operacional. Onde passei, a integração entre as áreas foi estimulada nos últimos anos e a melhora foi significativa. Alinhamento com TI, produto, vendas e marketing permitiu ações com menos problemas. Hoje em dia há uma integração maior, entre on e offline. Marketing e Vendas não comunicam igual. Um quer comunicação pela qualidade, outra foca somente na aquisição. Quando precisam resolver algo entre CRM, Marketing e Vendas, acaba gerando conflitos.
  22. 22. Leo Naressi Tecnologia está disponível, mas evolução é difícil... Sim, há. Porém como a tomada de decisão não é feita por pessoal técnico qualificado, as soluções acabam sendo adquiridas sem um olhar 360 da companhia para preencher as lacunas necessárias, há muita sobreposição de ferramentas sem necessidade, sem padrão de uso e fomento dentro da companhia. Tecnologia, existe, é disponível, barato, acessível. Isso nunca foi problema em Data Science. Primeiro é um desafio de pessoas e depois vem a tecnologia. Use o Google Analytics gratuito até sofrer. Marketo, Salesforce etc são bons adendos, mas de nada adianta sem uma boa equipe. O investimento existe, mas fica uma percepção errada que a ferramenta resolve tudo. Há um gargalo na aprovação de ferramentas como GA360, BigQuery. Economizaria horas porém ainda é visto como custo e não como investimento. Tudo em nuvem, desenvolvimento dentro de casa, são diferenciais.
  23. 23. Leo Naressi O investimento em pessoas é o maior gargalo... Exige ainda muita proatividade, falta estrutura e planejamento. Desafio enorme. Não há profissional formado, tem que treinar. Misturando negócios com técnica. Não há investimento suficiente, mas colaboratividade e open-source facilitam. (...) embora haja muito candidatos para preencher as vagas, é difícil encontrar pessoal capacitado que realmente entenda o que vem a ser trabalhar com ciência de dados no mercado(...) O profissional de Marketing precisa ir mais fundo no mundo dos dados. Falta protagonismo para assumir o problema. Não adianta colocar a culpa no analytics se a campanha não está sendo otimizada. São vários fatores e necessidades. Falta responsabilidade com o todo. Existem muitos profissionais juniores, mas poucos com bastante experiência. Esses poucos são disputados e ganham bem. É preciso estimular as boas equipes com projetos desafiadores.
  24. 24. Leo Naressi Conteúdo e Educação estão disponíveis Destaque para a Especialização em Data Science da UFPR. Estão surgindo outros cursos na Aldeia, por exemplo e em outras instituições... Sim, a empresa fomenta o uso de cursos onlines e presenciais para os colaboradores, e há grande repasse entre as áreas. Não faltam opções de cursos e treinamentos. O conteúdo está na Internet, no Coursera, etc Você pode montar uma trilha de desenvolvimento de alta qualidade com o que a gente tem e focar na estratégia. Existem, mas esse profissional é auto-suficiente na maioria das vezes.
  25. 25. Leo Naressi Resumo ❏ Precisamos evoluir na maturidade do uso de dados no varejo e no marketing digital na região ❏ Integrar a prática e a comunicação entre as áreas, pois o uso moderno dos dados é multidisciplinar ❏ Explorar ao máximo as tecnologias disponíveis e evoluir o investimento quando necessário ❏ Pessoas são chave no processo e precisam de investimento e de desafios adequados ❏ Explorar educação já disponível para formação das equipes
  26. 26. Leo Naressi Recomendações finais Posicione a área de dados como uma área estratégica. Investir em oportunidades no longo prazo. Pode ser uma aposta, mas é razoável e temos bons exemplos. Trabalhem os dados que estão dentro de casa, eles valem muito! Invistam tempo e dinheiro nisso. Um intensivo e um piloto são bons caminhos iniciais. Comece a planejar sua atuação com dados. Não deixe para montar o avião quando ele já estiver voando. O desperdício de recursos e de oportunidades será grande. Não caia no conto de que ciência de dados vai realizar tudo na sua companhia. Não contrate cientista de dados antes de bons engenheiros de dados. Quando a gente olha pra dados, os dados são pessoas, e elas precisam de atenção. Não é só sobre receita, sobre resultado, é sobre pessoas.
  27. 27. Leo Naressi Acompanhem a discussão e a evolução
  28. 28. DATA IS THE NEW BACON? Leo Naressi | Co-founder - DP6

×