Se ha denunciado esta presentación.
Se está descargando tu SlideShare. ×
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Cargando en…3
×

Eche un vistazo a continuación

1 de 34 Anuncio

Feedbacks - V1

Descargar para leer sin conexión

Apresentação dedicada para gestores, times e equipes que desejam aprender e praticar técnicas de Feedback, a importância do feedback e como podemos utilizar.

Material aberto e grátis desde que mantenham a originalidade e referências sobre o autor.

Apresentação dedicada para gestores, times e equipes que desejam aprender e praticar técnicas de Feedback, a importância do feedback e como podemos utilizar.

Material aberto e grátis desde que mantenham a originalidade e referências sobre o autor.

Anuncio
Anuncio

Más Contenido Relacionado

Similares a Feedbacks - V1 (20)

Más de Eduardo Bregaida (20)

Anuncio

Más reciente (20)

Feedbacks - V1

  1. 1. Eduardo Bregaida eduardo.bregaida@sciensa.com R. Augusta, 2840 Cerqueira César, São Paulo www.sciensa.com.br SCIENSA | Treinamentos Feedbacks
  2. 2. O que veremos? ● Conceitos ● Importância ● Dicas ● Técnicas ○ Briefing e Debriefing ○ WRAP ○ CANVAS ○ 360º ○ 1:1 ○ Retrospectivas ○ Celebration Grid ○ Usuários Beta ● Considerações Finais ● Dúvidas ● Agradecimentos
  3. 3. Conceitos
  4. 4. - Feedback vem do inglês, representa uma junção de feed (alimentar) e back (de volta), ou seja, realimentar, dar resposta a uma atitude, comportamento, processo, etc. - É uma ferramenta de comunicação feita entre duas ou mais pessoas, na qual uma pessoa, empresa ou processo será avaliada pelos demais - Busca melhorar, evoluir aquele ou aquilo que está sendo avaliado, aumentar o desempenho, fazer descobertas que não foram vistas antes. Conceitos
  5. 5. Importância Feedbacks são importantes
  6. 6. - Ajudam o time, pessoa ou empresa a seguir em frente - Dá o senso de pertencimento e propósito - Aumenta a performance, o crescimento e a satisfação - Impulsiona a mudança e a inovação - Evita a sobrecarga e a desmotivação - Demonstra a preocupação com aquele que receberá o feedback - É uma ferramenta para ajudar e não para denegrir Importância
  7. 7. Dicas
  8. 8. - Para quem vai dar o Feedback - Feedback não é avaliação para punição, é uma ajuda para o crescimento do profissional - Se prepare - Seja organizado - Mantenha a linha de ideia e o foco - Seja específico, transparente e se baseie em dados - Busque exemplos e fatos concretos que possa explorar - Não perca a proporção entre positivos e negativos - Não dê feedbacks sanduíches (Positivo, negativo, positivo) sem uma orientação no final - Não faça feedbacks por terceiros sem provas concretas - Dê atenção a sua expressão corporal - Não diga coisas como: “Ouvi dizer”, “me falaram”, “todo mundo acha”, diga apenas o que você vê - Tenha empatia - Dê feedbacks constantes e incentive o feedback entre pares Dicas
  9. 9. - Para quem vai receber o Feedback - Ouça sem interromper - Estimule o outro a falar mais detalhes - Pense com calma antes de dar uma resposta - Saiba que você terá uma tendência de se sentir atacado mesmo não sendo - Seja educado - Agradeça o feedback e o tempo dedicado para sua melhoria - Lembre-se que o feedback é para sua evolução Dicas
  10. 10. Técnicas
  11. 11. Briefing e Debriefing
  12. 12. - Surgiu na Segunda Guerra Mundial e utilizada ainda hoje no meio aeronáutico e militar - É uma ferramenta para potencializar a aprendizagem através da experiência - Antes de iniciar uma atividade faça o Briefing - Mostre com clareza a pessoa ou ao time o objetivo da missão - Avalie o entendimento do indivíduo ou time e veja se realmente a missão foi entendida - Após a avaliação e o entendimento inicie a missão - Ao final da missão faça o Debriefing - É feito um retrospecto do que foi realizado VS negociado (Briefing) - É composto de perguntas como - Como foi a missão? - O que acha que fez bem e o que fez de errado? - Por que isso ocorreu? - Conforme as respostas surgem são explicados os erros e acertos - Após a avaliação do todo é encerrado recebendo as orientações e recomendações a serem seguidas para evitar ou prevenir erros no futuro. Briefing e Debriefing
  13. 13. WRAP
  14. 14. - Gestor descreva seu contexto - Descreva seu trabalho - Fale resumidamente do ambiente que se encontra - Seu estado de espírito - Suas suposições - Liste suas observações - Descreva apenas fatos e experiências - Coisas que observou sobre o trabalho e comportamento - Não dê opiniões sobre o que é certo e errado - Expresse suas emoções - Expresse o que sentiu, isso gera empatia - Ordene por valor - Coloque as observações mais importantes no topo e as menos importantes para baixo - Termine com sugestões - Encerre o feedback com sugestões úteis para a melhora do profissional - Embrulhe ou enrole o Wrap - Se o ambiente é remoto, faça-o por escrito, por e-mail ou via call - Não se esqueça, o melhor feedback é o face a face WRAP
  15. 15. CANVAS
  16. 16. - Novato - Não possui conhecimento e experiência, é iniciante no tema - Aprendiz - Possui pequeno conhecimento e pouca habilidade, está dando os primeiros passos no tema e está aprendendo - Praticante - Possui um bom conhecimento sobre o tema, está praticando sem maiores problemas, obtendo bons resultados - Profissional - Possui um bom conhecimento e habilidades sobre o tema, também toma a frente dos problemas para resolvê-los - Professor - Domina o tema, é um expert, destaca-se por ensinar outras pessoas e é uma referência para a equipe - Líder - Consegue combinar conhecimentos para melhorar ainda mais seu trabalho, além de ser um líder natural para esse tema - Mestre - Cria novos conhecimentos sobre o assunto, domina totalmente sua execução e é uma inspiração para a equipe CANVAS - Classificação
  17. 17. - Crie o Feedback CANVAS - Defina os papéis - Facilitador (Este não opinará) - Pessoa que receberá o feedback - Convidados (Farão as observações junto com a pessoa, deverão estar com no mínimo 3, máximo 7 pessoas) - Competência - Será colocado nesse quadrante o papel que a pessoa desempenha no time - Atividades - Os participantes da sessão decidirão quais habilidades específicas que aquela pessoa desempenha ou deveria desempenhar - No quadrante dos Níveis - A pessoa que está recebendo o feedback colocará os colantes circulares na área em cinza abaixo dos níveis - Os demais (exceto o Facilitador) colocarão suas opiniões na linha abaixo da cinza - Após todos colocarem suas notas cada participante falará o motivo da nota atribuída - Na última parte as pessoas colocarão Post Its os Pontos Positivos, os Pontos Negativos e Ações de Melhoria, cada item é feito com escrita do Post It e comentário a respeito do escrito - A pessoa que recebe o feedback não pode se manifestar durante a execução da atividade - Deverá nesse momento refletir os motivos argumentados pelos demais - Pode pedir para que os participantes explicarem melhor o que colocaram - Por fim, a pessoa que recebe o feedback pode se expressar e falar o que achou da experiência e agradecer a participação de todos CANVAS - Execução
  18. 18. CANVAS - Exemplo Executado
  19. 19. 360º
  20. 20. - Definir as competências que deverão ser avaliadas - Compor a mesa de avaliadores - Time ou pessoas que trabalharam com o avaliado - Auto-avaliação - O avaliado faz uma avaliação de si mesmo, destacando pontos fortes e fracos de suas competências - Avaliação do Gestor - Gestor avalia o desempenho de cada competência - Avaliação dos pares - Os avaliadores indicados recebem a solicitação e podem optar por avaliar ou não as competências do avaliado O gestor atua quase como um coach nessa fase, orientando o colaborador no desenvolvimento de suas competências 360º
  21. 21. 1:1
  22. 22. - Quebre o gelo perguntando sobre a pessoa - Crie empatia - Pergunte como ela prefere receber o feedback - Pergunte se ela acha que recebe feedbacks o suficiente - Pergunte se há alguma situação que a incomode - Pergunte que habilidades ela gostaria de evoluir - Questione sobre como poderia ajudar na evolução e no processo para ela crescer - Questione se ela necessita de mais ajuda ou coaching - Questione como você poderia ajudá-la mais e facilitar o trabalho - Questione se ela se sente confortável e gosta do seu estilo de gestão - Questione se há algo que os gestores anteriores dela faziam que gostaria que você fizesse - Questione o que ela mais gosta do estilo da sua gestão - Questione se você deveria mudar em algo ou o que deve continuar fazer que ela aprecia - Pergunte se existe algo na relação de vocês que possa melhorar 1:1 podem ser de maneira formal em uma sala da empresa ou informal em cafeterias, lanchonetes e afins de uma forma descontraída gerando empatia do liderado, mostre que você quer ajudá-lo a crescer. 1:1
  23. 23. Retrospectivas
  24. 24. - As retrospectivas são uma forma de feedback para a melhoria dos processos - É dividido em 3 colunas - O que foi bom? - O que foi ruim? - Ações para melhorar - Os membros do time preenchem os cards para cada uma das colunas - Esses cards são lidos e comentados - São gerada ações para melhorar Pode ser realizado para melhoria do processo, da empresa como um todo ou mesmo do próprio time. Retrospectivas
  25. 25. Celebration Grid
  26. 26. - Ferramenta simples, leve e prática na qual podemos avaliar e melhorar o todo - Ajuda a ver claramente algo que provavelmente esteja escondido ou embaralhado na nossa mente e nos ajuda a encontrar formas de sair do caminho comum - A primeira coluna ponto são pesquisadas as “boas práticas”, isso é, um conjunto de práticas para as tarefas do dia-a-dia - São avaliadas o que está andando com sucesso e também se houve falha com essas “boas práticas” - Como são práticas comumente usadas o aprendizado é baixo ou não existe uma vez que já temos ideia do resultado final - A segunda coluna avalia os experimentos, as PoCs ou testes - Nesse momento avalia-se os sucessos e falhas, porém independente do resultado experimentos geram grandes aprendizados - A terceira coluna seria das “más práticas”, ou seja, caminhos que sabemos que acarretará em falhas - Da mesma maneira da primeira coluna, são momentos que podemos ter sorte em obter um resultado bom, assim como obtermos o resultado ruim (já esperado por tomar um caminha ruim na resolução daquele problema) - Como já sabemos que rumamos por uma prática que não deveríamos o resultado também gera um baixo ou nenhum aprendizado, seria o oposta da primeira coluna - Com essa ferramenta podemos avaliar nossas soluções e escolhas e avaliar os caminhos do que devemos ou não fazer Celebration Grid - Conceito
  27. 27. - As pessoas do time avaliarão cada situação enfrentada durante o desenvolvimento de tarefas ou features - Preencherão as colunas e linhas de onde cada situação se encaixa - São discutidas as situações para um entendimento de cada situação - O resultado será: - O que está indo bem ou quais práticas estão funcionando - O que não se deve fazer ou quais práticas devemos melhorar ou não executar - E o mais importante, dos experimentos quais os resultados? O que foi aprendido? O que funcionou? O que não funcionou e qual o aprendizado obtido daquele experimento que não foi muito bom? - Isso gera muito valor pois conseguimos avaliar tudo ao nosso redor e melhorar, ouvindo a opinião de todos os participantes e trabalhando como uma unidade. Celebration Grid - Aplicação
  28. 28. Celebration Grid - Resultado
  29. 29. Usuários Beta
  30. 30. - Podemos utilizar feedbacks de grupos de usuários para avaliar um determinado produto - É reunido um grupo de pessoas a quem o produto se destina - Estas pessoas utilizam o produto - São recolhidas as ideias, reclamações, elogios e opiniões sobre o produto Com esse tipo de feedback podemos avaliar se o produto criado está aderente e atendendo ao público desejado, assim como ter insumos para melhorias e evoluções ou no pior dos cenários a descontinuidade daquele produto Usuários Beta
  31. 31. Considerações Finais
  32. 32. Dúvidas
  33. 33. Agradecimentos Obrigado
  34. 34. #vamosjuntos Agradecimentos

×