Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.
MINAS GERAIS – DE DESTINO VIRTUAL PARA DESTINO REAL
A ções para melhoria da infraestrutura turística e oferta de serviços e informações de qualidade com foco no atendimento a...
Ações para melhoria da infraestrutura turística e oferta de serviços e informações de qualidade com foco no atendimento ao...
Elaboração e produção e mapas, guias e programações em diversos idiomas dos principais roteiros do Estado. Adequação de lo...
APROVEITANDO AO MÁXIMO OS JOGOS PARA VISITAS ALÉM DOS ESTÁDIOS
Fortalecer a oferta de entretenimento  Implantação do Memorial Esportivo do Mineirão Revitalização de espaços públicos de ...
Crescimento dos setores durante o evento na Alemanha  (de 09 a 23 de junho de 2006) Hotel e alimentação: 29% Indústria de ...
DESTINOS INDUTORES
Destinos Indutores Ampliação da infraestrutura necessária das cidades, com o devido aproveitamento posterior pela comunida...
Destinos Indutores Ferramenta para prefeitos e gestores públicos estaduais traçarem políticas públicas. Mtur padrão intern...
Possuir hotel de 4 ou 5 estrelas – Padrão Internacional – com no mínimo 60 apartamentos e academia bem estruturada Possuir...
PROMOÇÃO COM LEGADO ECONÔMICO E SÓCIO CULTURAL
Promover a imagem do Estado de Minas Gerais no contexto Nacional e Internacional Construção de branding internacional: Apl...
Promover a imagem do Estado de Minas Gerais no contexto Nacional e Internacional O Megaevento como espetáculo:  Esta será ...
Obrigada! ÉRICA CAMPOS DRUMOND Secretária de Estado de Turismo de Minas Gerais [email_address]
Salão mineiro copa 2014 salão mineiro
Próxima SlideShare
Cargando en…5
×

Salão mineiro copa 2014 salão mineiro

681 visualizaciones

Publicado el

Publicado en: Educación
  • Sé el primero en comentar

  • Sé el primero en recomendar esto

Salão mineiro copa 2014 salão mineiro

  1. 1. MINAS GERAIS – DE DESTINO VIRTUAL PARA DESTINO REAL
  2. 2. A ções para melhoria da infraestrutura turística e oferta de serviços e informações de qualidade com foco no atendimento ao turista. Ampliação do Decola Minas – captação de novos vôos internacionais Implantar um novo terminal rodoviário em Belo Horizonte. (Gameleira, Terreno Praça da Estação, Atual Rodoviária) Ampliação do Expominas e fortalecimento da agenda internacional da capital mineira. Novos hotéis e modernização dos atuais. Adequar legislação de serviços turísticos para a Copa de 2014. Exemplo: Vans Intermunicipais.
  3. 3. Ações para melhoria da infraestrutura turística e oferta de serviços e informações de qualidade com foco no atendimento ao turista. Capacitação para atendimento ao turista: Hoje - 7 mil profissionais capacitados pela Setur Integração de todas as entidades e instituições para trabalho conjunto (alimentação fora do lar, transportes, receptivos, etc). Importância da participação das Universidades, por meio de pesquisas e monitoramento de projetos que contribuam para as cidades. Envolvimento e inserção da comunidade no trabalho. Ex: trabalhos sociais, artesanato, etc, gerando como ganhos de legado o entusiasmo, a confiança e auto-estima.
  4. 4. Elaboração e produção e mapas, guias e programações em diversos idiomas dos principais roteiros do Estado. Adequação de locais para atendimento ao turista, com implantação de ATM (caixas eletrônicos) Portal Ações para melhoria da infraestrutura turística e oferta de serviços e informações de qualidade com foco no atendimento ao turista.
  5. 5. APROVEITANDO AO MÁXIMO OS JOGOS PARA VISITAS ALÉM DOS ESTÁDIOS
  6. 6. Fortalecer a oferta de entretenimento Implantação do Memorial Esportivo do Mineirão Revitalização de espaços públicos de utilização turística. Ex: Mercado Central, Circuito Cultural Praça da Liberdade. Centro de Tradições Culturais de Minas Gerais. Criação de roteiros inovadores e competitivos no interior do Estado, visando ampliar a oferta e estender a permanência do turista lembrando dos intervalos dos jogos. Inclusão dos roteiros nos catálogos das operadoras credenciadas pela FIFA Programa Minas Recebe
  7. 7. Crescimento dos setores durante o evento na Alemanha (de 09 a 23 de junho de 2006) Hotel e alimentação: 29% Indústria de Alimentação: 24% Companhias Aéreas: 52% Companhias de Seguro: 29% Áudio-Visual e Mídia: 25% Publicidade: 18%
  8. 8. DESTINOS INDUTORES
  9. 9. Destinos Indutores Ampliação da infraestrutura necessária das cidades, com o devido aproveitamento posterior pela comunidade. Desenvolvimento econômico para municípios e região. Estudo anual de competitividade – questionário com mais de 600 perguntas.
  10. 10. Destinos Indutores Ferramenta para prefeitos e gestores públicos estaduais traçarem políticas públicas. Mtur padrão internacional: Belo Horizonte, Diamantina, Tiradentes, Ouro Preto, São João Del Rei. Setur: Padrão Nacional: Araxá, Caeté, Camanducaia, Capitólio, Caxambu, Juiz de Fora, Maria da Fé, Poços de Caldas, Santana do Riacho, São Lourenço e Sete Lagoas. Em 2010, a Setur selecionou também os seguintes destinos indutores: Uberlândia, Ipatinga, Itabira, Brumadinho, Governador Valadares e Montes Claros.
  11. 11. Possuir hotel de 4 ou 5 estrelas – Padrão Internacional – com no mínimo 60 apartamentos e academia bem estruturada Possuir campo de treinamento a no máximo 20 min de distância do hotel. Pista de jatinho a no máximo 60 min de distância do hotel A escolha depende, exclusivamente, dos técnicos das Seleções e os destinos começarão a serem avaliados a partir de 2011. Pré-Requisitos para Base Camps
  12. 12. PROMOÇÃO COM LEGADO ECONÔMICO E SÓCIO CULTURAL
  13. 13. Promover a imagem do Estado de Minas Gerais no contexto Nacional e Internacional Construção de branding internacional: Aplicação do City Branding é construção do posicionamento estratégico do Estado. A reconstrução de um lugar implica na elaboração de um bom destino turístico e de um bom lugar para se viver Ações de Relações Públicas e imprensa estrangeira. Implementação de uma campanha para divulgação do Estado de Minas Gerais nos mercados estratégicos internacionais. Participação nas maiores e mais representativas feiras internacionais do setor e eventos específicos da Copa – Casa Brasil ( ex: África do Sul 2010)
  14. 14. Promover a imagem do Estado de Minas Gerais no contexto Nacional e Internacional O Megaevento como espetáculo: Esta será a grande oportunidade de Minas Gerais chamar atenção do mundo em um curto espaço de tempo, mostrando seu povo, sua arquitetura e sua cultura. Ex. da Alemanha: 32 Times 64 Jogos 3 milhões de espectadores em 12 estádios 18 milhões de espectadores nas festas dos torcedores nas 12 cidades anfitriãs
  15. 15. Obrigada! ÉRICA CAMPOS DRUMOND Secretária de Estado de Turismo de Minas Gerais [email_address]

×