PROF. Geane Poteriko
Colégio Estadual Arthur de Azevedo
COMO TRABALHAR COM ALUNOS
COM DIFICULDADES DE
APRENDIZAGEM POR MEI...
TECNOLOGIAS
TECNOLOGIAS
- Proposta de utilização do software educativo ToonDoo
como uma ferramenta que pode ser usada para facilitar a
escrita e a...
- Pesquisa de Campo com a modalidade Estudo de Caso
Clínico, em uma perspectiva exploratória e diagnóstica,
realizada com ...
 Ensinar é uma tarefa que impõe desafios
diários e variados ao educador.
 Do mesmo modo, ensinar uma criança com
qualque...
 Neste contexto, considerando que o
professor tem um papel fundamental no
processo de aprendizagem de seus alunos,
torna-...
 As queixas de pais e professores sobre
alunos que não conseguem manter a atenção
nas atividades que realizam vêm
aumenta...
 Alunos que não conseguem manter a
atenção nas atividades que realizam
 Tem-se ampliada a procura por inovações para que
a construção do conhecimento se torne mais
atraente para o aluno, assim...
 De acordo com Bonadio e Mori (2013), com
relação aos alunos diagnosticados com TDAH,
é necessário promover um ambiente
d...
 ... a maneira como o professor desenvolve a atividade é
fundamental para manter a estabilidade da concentração de
seus a...
 Há necessidade da
utilização de “ações
práticas”, tarefas novas e
diferenciadas que
possibilitem aumentar o
interesse e ...
 Nossos estudantes estão
habituados ao contexto em
que a tecnologia
computadorizada é
predominante, por isso
trazer esta ...
 O TDAH é apontado como um dos maiores problemas
que afetam a sala de aula. A preocupação se evidencia
tendo em vista que...
 Além disso, geralmente a proposta educacional
da escola prevê um único tipo de enquadramento
dos alunos no processo peda...
 A pessoa com TDAH
demonstra um nível
inadequado de atenção em
relação ao esperado para
sua idade, o que leva a
distúrbio...
 Conforme afirma Argollo (2003), o TDAH
caracteriza-se como uma perturbação
neurobiológica inata transmitida em grande pa...
 Júnior (2015) - O TDAH é o transtorno mental
caracterizado por sintomas de
desatenção/desorganização,
hiperatividade e i...
 TDAH com predomínio de desatenção (20 a
30% dos casos); TDAH com predomínio de
hiperatividade/ impulsividade (até 15% do...
 a) Deixa de prestar atenção a detalhes ou comete erros por
descuido em atividades escolares, de trabalho ou outras; b)
T...
 e) Tem dificuldades para organizar tarefas e atividades;
f) Evita, antipatiza ou reluta a se envolver em tarefas
que exi...
Prof. Geane Poteriko/2016
REFORÇO POSITIVO
TECNOLOGIAS
 Utilizar recursos diferenciados é proporcionar uma maior
motivação e inclusão dos alunos em recursos digitais.
Com o uso...
 Atualmente, diversas fontes de pesquisa comprovam
os benefícios do tratamento medicamentoso
adequado para portadores de ...
 O papel do professor é sempre buscar
inovações pertinentes e que desafiem os
alunos a irem além de suas dificuldades.
 ...
 Apesar de serem ainda recursos muito
discutidos e desafiadores, fazem com que os
alunos tornem-se pesquisadores e constr...
 Dartora mostra que:
 Trabalhar com as TICs já é uma inovação. Agora,
possibilitar que alunos com TDAH se desenvolvam
at...
 Não seria realmente através das
TICs que se encontrarão recursos
realmente significativos para
embasar a prática pedagóg...
 TICs = Recursos significativos
para a prática pedagógica
Prof. Geane Poteriko/2016
 Editor de história em quadrinhos ToonDoo
Prof. Geane Poteriko/2016
Prof. Geane Poteriko/2016
 A primeira etapa da
pesquisa consistiu
no levantamento da
quantidade de
alunos com Déficit
de ...
Prof. Geane Poteriko/2016
 Segundo o levantamento, nas turmas de 6º a 9º anos há 27
alunos com laudo de TDAH que fazem us...
Prof. Geane Poteriko/2016
 Na segunda etapa foram utilizados instrumentos de coleta de
dados de questionário diagnóstico ...
Prof. Geane Poteriko/2016
 Arquivo da Pesquisa:
(GRÁFICOS)
Disponível no link:
 http://pt.slideshare.net/gepoteriko/grfi...
Prof. Geane Poteriko/2016
 Coleta de dados
Prof. Geane Poteriko/2016
Foram entrevistados um total de 24 alunos
nos dias 10/12/2015 e 11/12/2015
Prof. Geane Poteriko/2016
 Com relação aos recursos midiáticos que os alunos têm acesso
em seu dia a dia, a grande maiori...
Prof. Geane Poteriko/2016
 QUESTIONÁRIO DIAGNÓSTICO
(Dados levantados na Pesquisa)
Disponível no link:
 http://pt.slides...
Prof. Geane Poteriko/2016
0
5
10
15
20
Recursos Midiáticos
a) Televisão
b) Rádio
c) Computador com
internet
d) Computador ...
Prof. Geane Poteriko/2016
 A pesquisa confirmou que a maioria dos entrevistados (71%)
utiliza a internet para acessar jog...
Prof. Geane Poteriko/2016
 A terceira etapa da pesquisa foi o estudo de caso
clínico, para o qual foram selecionados pela...
Prof. Geane Poteriko/2016
 TABELA
 Planejamento do trabalho
Disponível no link:
 http://pt.slideshare.net/gepoteriko/ta...
Prof. Geane Poteriko/2016
Alunos:
Guilherme Henrique Camargo dos Santos – 6º C
Rian Farias – 9º B – DEZEMBRO/2015
Prof. Geane Poteriko/2016
SOFTWARE VIRTUAL TOONDOO
www.toondoo.com
Guilherme Henrique Camargo dos Santos – 6º C
Prof. Geane Poteriko/2016
Guilherme Henrique Camargo dos Santos – 6º C
Prof. Geane Poteriko/2016
Rian Farias – 9º B
Prof. Geane Poteriko/2016
Rian Farias – 9º B
Rian Farias – 9º B
Prof. Geane Poteriko/2016
Prof. Geane Poteriko/2016
 De acordo com a ABDA - Associação
Brasileira de Déficit de Atenção,
os profissionais de educaç...
Prof. Geane Poteriko/2016
 É irrefutável a necessidade de
promover mudanças na prática
escolar, mediadas pelos recursos
t...
Prof. Geane Poteriko/2016
O uso de recursos
midiáticos coloca de lado
as aulas tradicionais,
revelando-se
um recurso moti...
 É propósito da Educação Inclusiva
propiciar os mais variados recursos
para facilitar a aprendizagem de alunos
portadores...
http://gepoteriko.pbworks.com
 Prof. Geane Poteriko
Replanejamento 2016   - Tecnologias x TDAH - Slides
Replanejamento 2016   - Tecnologias x TDAH - Slides
Replanejamento 2016   - Tecnologias x TDAH - Slides
Replanejamento 2016   - Tecnologias x TDAH - Slides
Replanejamento 2016   - Tecnologias x TDAH - Slides
Replanejamento 2016   - Tecnologias x TDAH - Slides
Replanejamento 2016   - Tecnologias x TDAH - Slides
Replanejamento 2016   - Tecnologias x TDAH - Slides
Próxima SlideShare
Cargando en…5
×

Replanejamento 2016 - Tecnologias x TDAH - Slides

988 visualizaciones

Publicado el

SLIDES DE APRESENTAÇÃO DA PESQUISA DE CAMPO SOBRE TDAH X TECNOLOGIAS - Referente ao Artigo de conclusão do curso de Pós Graduação em Neuropsicopedagogia Clínica

- Pesquisa de campo/estudo de caso sobre o uso de recursos tecnológicos com alunos TDAH.

Título: O USO DO “TOONDOO” COMO FERRAMENTA DE ENSINO PARA ALUNOS COM DÉFICT DE ATENÇÃO
APLICAÇÃO: Colégio Estadual Arthur de Azevedo - 2015/2016

OBJETIVO: Proposta de utilização do software educativo ToonDoo como uma ferramenta que pode ser usada para facilitar a escrita e a leitura de alunos com Déficit de Atenção. A partir da aplicação de atividades propostas e por meio da produção de histórias em quadrinhos, o presente trabalho busca apresentar uma análise de resultados que pretendem mostrar como a utilização de novas metodologias pode aumentar a concentração, proporcionar uma melhor compreensão dos conteúdos, assim como motivar o interesse nas atividades realizadas em sala de aula.

PÚBLICO ALVO: Alunos com Déficit de Atenção, turmas do Ensino Fundamental do Colégio Estadual Arthur de Azevedo, no município de São João do Ivaí, Paraná.

CONCLUSÃO: Os resultados da presente pesquisa apontam a relevância da história em quadrinhos (HQ), com ajuda da utilização de recursos tecnológicos, na produção textual de alunos com dificuldades de aprendizagem.

Palavras-chave: História em Quadrinhos, Softwares Educativos, Transtorno de Déficit de Atenção / Hiperatividade (TDAH), Aprendizagem, Leitura e escrita.

Publicado en: Educación
  • Sé el primero en comentar

Replanejamento 2016 - Tecnologias x TDAH - Slides

  1. 1. PROF. Geane Poteriko Colégio Estadual Arthur de Azevedo COMO TRABALHAR COM ALUNOS COM DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM POR MEIO DAS TECNOLOGIAS?
  2. 2. TECNOLOGIAS
  3. 3. TECNOLOGIAS
  4. 4. - Proposta de utilização do software educativo ToonDoo como uma ferramenta que pode ser usada para facilitar a escrita e a leitura de alunos com Déficit de Atenção. - A partir da aplicação de atividades e por meio da produção de HQs, o trabalho apresenta uma análise de resultados que mostram como o uso de novas metodologias pode aumentar a concentração, proporcionar uma melhor compreensão dos conteúdos, assim como motivar o interesse nas atividades realizadas em sala de aula. Prof. Geane Poteriko/2016
  5. 5. - Pesquisa de Campo com a modalidade Estudo de Caso Clínico, em uma perspectiva exploratória e diagnóstica, realizada com alunos diagnosticados com Déficit de Atenção de turmas do Ensino Fundamental do Colégio Estadual Arthur de Azevedo, no município de São João do Ivaí, Paraná. - Os resultados da pesquisa apontam a relevância da história em quadrinhos (HQ), com ajuda da utilização de recursos tecnológicos, na produção textual de alunos com dificuldades de aprendizagem. Prof. Geane Poteriko/2016
  6. 6.  Ensinar é uma tarefa que impõe desafios diários e variados ao educador.  Do mesmo modo, ensinar uma criança com qualquer dificuldade ou transtorno de aprendizagem pode ser considerado ainda mais desafiador, pois as adversidades frequentemente afetam o processo de aprendizado. Prof. Geane Poteriko/2016
  7. 7.  Neste contexto, considerando que o professor tem um papel fundamental no processo de aprendizagem de seus alunos, torna-se extremamente importante que este profissional busque alternativas motivadoras e novas ferramentas que possam ampliar as possibilidades de aprendizagem dos alunos, com ou sem qualquer dificuldade. Prof. Geane Poteriko/2016
  8. 8.  As queixas de pais e professores sobre alunos que não conseguem manter a atenção nas atividades que realizam vêm aumentando de forma considerável.  Segundo a ABDA - Associação Brasileira de Déficit de Atenção, o TDAH atinge de 3 a 5% das crianças em idade escolar e é responsável pelo maior número de repetências nas escolas (ABDA, 2015). Prof. Geane Poteriko/2016
  9. 9.  Alunos que não conseguem manter a atenção nas atividades que realizam
  10. 10.  Tem-se ampliada a procura por inovações para que a construção do conhecimento se torne mais atraente para o aluno, assim como mais produtiva para o professor. Trabalhar com crianças que possuem instabilidade de atenção e dificuldades na aprendizagem é, devido ao contexto e à necessidade da ampliação da motivação, um incentivo a mais para que professores utilizem os recursos tecnológicos. Prof. Geane Poteriko/2016
  11. 11.  De acordo com Bonadio e Mori (2013), com relação aos alunos diagnosticados com TDAH, é necessário promover um ambiente diferenciado em sala de aula: Prof. Geane Poteriko/2016
  12. 12.  ... a maneira como o professor desenvolve a atividade é fundamental para manter a estabilidade da concentração de seus alunos. As atividades podem revelar-se em ações práticas capazes de favorecer os objetos de atenção, ou seja, a manipulação de objetos e sua utilização ampliam as impressões sobre estes e ajudam a manter o interesse e a atenção. Ao conhecer esta especificidade da atenção (estabilidade), o professor pode ampliar suas aulas, acrescentando a elas a manipulação de objetos como apoio às explicações e que provoquem interesse na criança, condição primordial para prender a atenção. A atividade mental também se faz importante, o professor pode planejar novas tarefas e atividades diferenciadas, o que tornará mais fácil manter o aluno concentrado.  (BONADIO e MORI, 2013, p. 152) Prof. Geane Poteriko/2016
  13. 13.  Há necessidade da utilização de “ações práticas”, tarefas novas e diferenciadas que possibilitem aumentar o interesse e auxiliar o aluno a manter-se concentrado na atividade desenvolvida, o que é um desafio para as crianças e adolescentes que possuem Déficit de Atenção. Prof. Geane Poteriko/2016
  14. 14.  Nossos estudantes estão habituados ao contexto em que a tecnologia computadorizada é predominante, por isso trazer esta realidade para o ambiente escolar pode ser uma opção viável para despertar o interesse pelos conteúdos trabalhados, por meio do uso de ferramentas tecnológicas. Prof. Geane Poteriko/2016
  15. 15.  O TDAH é apontado como um dos maiores problemas que afetam a sala de aula. A preocupação se evidencia tendo em vista que, muitas vezes, os educadores não estão preparados para lidar com os alunos diagnosticados e agem de forma equivocada, ou mesmo não utilizam estratégias pedagógicas diferenciadas para trabalhar com alunos portadores deste transtorno. Prof. Geane Poteriko/2016
  16. 16.  Além disso, geralmente a proposta educacional da escola prevê um único tipo de enquadramento dos alunos no processo pedagógico. Em virtude de não se adequarem ao padrão pedagógico convencional, é comum alunos com TDAH reagirem negativamente ao que é proposto, passando a ser vistos como possuidores de comportamentos desajustados.  (REIS; CAMARGO, 2006). Prof. Geane Poteriko/2016
  17. 17.  A pessoa com TDAH demonstra um nível inadequado de atenção em relação ao esperado para sua idade, o que leva a distúrbios motores, perceptivos cognitivos e comportamentais, e no âmbito escolar este quadro pode se tornar mais agravante. Prof. Geane Poteriko/2016
  18. 18.  Conforme afirma Argollo (2003), o TDAH caracteriza-se como uma perturbação neurobiológica inata transmitida em grande parte geneticamente que afeta de forma variada e persistente a vida dos que a apresentam.  De acordo com Barkley (2002), é um transtorno no desenvolvimento do autocontrole, marcado por déficits referentes aos períodos de atenção, ao manejo de impulsos e ao nível de atividade. Prof. Geane Poteriko/2016
  19. 19.  Júnior (2015) - O TDAH é o transtorno mental caracterizado por sintomas de desatenção/desorganização, hiperatividade e impulsividade.  É considerado um transtorno neurocomportamental, através do qual o indivíduo passa a apresentar problemas de comportamento a partir de uma disfunção cerebral e aparece de três maneiras: Prof. Geane Poteriko/2016
  20. 20.  TDAH com predomínio de desatenção (20 a 30% dos casos); TDAH com predomínio de hiperatividade/ impulsividade (até 15% dos casos) e TDAH com sintomas combinados (50 a 75% dos casos)  (JÚNIOR, 2015, p. 23).
  21. 21.  a) Deixa de prestar atenção a detalhes ou comete erros por descuido em atividades escolares, de trabalho ou outras; b) Tem dificuldades para manter a atenção em tarefas ou atividades lúdicas; c) Parece não escutar quando lhe dirigem a palavra; d) Não segue instruções e não termina seus deveres escolares, tarefas domésticas ou deveres profissionais (não devido a comportamento de oposição ou incapacidade de compreender instruções); Prof. Geane Poteriko/2016
  22. 22.  e) Tem dificuldades para organizar tarefas e atividades; f) Evita, antipatiza ou reluta a se envolver em tarefas que exijam esforço mental constante; g) Perde coisas necessárias para tarefas ou atividades; h) É facilmente distraído por estímulos alheios à tarefa; i) Apresenta esquecimento em atividades diárias  (BENCZIK, 2010, p. 58). Prof. Geane Poteriko/2016
  23. 23. Prof. Geane Poteriko/2016
  24. 24. REFORÇO POSITIVO
  25. 25. TECNOLOGIAS
  26. 26.  Utilizar recursos diferenciados é proporcionar uma maior motivação e inclusão dos alunos em recursos digitais. Com o uso do computador e através do site de criação de história em quadrinhos ToonDoo, pode-se propiciar aos alunos momentos para a expressão de ideias na produção textual, despertado a atenção e criatividade a fim de superar dificuldades de atenção. Prof. Geane Poteriko/2016
  27. 27.  Atualmente, diversas fontes de pesquisa comprovam os benefícios do tratamento medicamentoso adequado para portadores de TDAH. Porém, mesmo com o auxílio dos medicamentos, a resposta dessas crianças e adolescentes não costuma ser plenamente satisfatória sem o trabalho de orientação que modifica o ambiente familiar e escolar.  (JÚNIOR, 2015, p. 41) Prof. Geane Poteriko/2016
  28. 28.  O papel do professor é sempre buscar inovações pertinentes e que desafiem os alunos a irem além de suas dificuldades.  É necessário que professores busquem adaptar seus planejamentos, incluindo atividades lúdicas e prazerosas. Os recursos tecnológicos vêm se destacando como ferramentas de auxílio aos professores, despertando cada vez mais a atenção de todas as crianças. Prof. Geane Poteriko/2016
  29. 29.  Apesar de serem ainda recursos muito discutidos e desafiadores, fazem com que os alunos tornem-se pesquisadores e construtores de conhecimento. Prof. Geane Poteriko/2016
  30. 30.  Dartora mostra que:  Trabalhar com as TICs já é uma inovação. Agora, possibilitar que alunos com TDAH se desenvolvam através delas, faz com que o desafio e o resultado sejam ainda maiores. A educação não pode mais concentrar sua base em ensinos tradicionais, e sim deve ir muito além das paredes escolares. Rever a prática docente, o papel do professor, e ressignificar os conteúdos a fim de obter resultados positivos, principalmente com alunos com dificuldades de aprendizagem são dados a serem questionados.  (DARTORA, 2012, p. 4) Prof. Geane Poteriko/2016
  31. 31.  Não seria realmente através das TICs que se encontrarão recursos realmente significativos para embasar a prática pedagógica?  Fica a inquietação sobre esta possível revisão de prática e conceitos construídos e internalizados pelos docentes. Necessita-se da desacomodação e desequilíbrio causado pelas TICs para que mudanças aconteçam no processo de ensino e aprendizagem de alunos com TDAH. (DARTORA, 2012, p. 5). Prof. Geane Poteriko/2016
  32. 32.  TICs = Recursos significativos para a prática pedagógica Prof. Geane Poteriko/2016
  33. 33.  Editor de história em quadrinhos ToonDoo Prof. Geane Poteriko/2016
  34. 34. Prof. Geane Poteriko/2016  A primeira etapa da pesquisa consistiu no levantamento da quantidade de alunos com Déficit de Atenção.
  35. 35. Prof. Geane Poteriko/2016  Segundo o levantamento, nas turmas de 6º a 9º anos há 27 alunos com laudo de TDAH que fazem uso do medicamento Ritalina. Destes, apenas 5 são meninas, sendo a maioria meninos, no total 22 alunos.  Nem todos apresentam Avaliação Psicopedagógica e o devido acompanhamento: 16 alunos, o que corresponde ao percentual de 67%, possui apenas um atestado médico com laudo de TDAH mas em seus registros não constam a avaliação do psicopedagogo e os relatórios de acompanhamento e intervenção pedagógica. Tais dados são alarmantes uma vez que o tratamento do TDAH não se limita apenas às consultas médicas e remédios.
  36. 36. Prof. Geane Poteriko/2016  Na segunda etapa foram utilizados instrumentos de coleta de dados de questionário diagnóstico sobre o perfil dos alunos com Déficit de Atenção do referido colégio, suas preferências de leitura e a relação com os recursos tecnológicos.  Buscou-se reconhecer a influência ou o impacto que as histórias em quadrinhos podem proporcionar no âmbito escolar para o público alvo. Assim, foram entrevistados um total de 24 alunos nos dias 10/12/2015 e 11/12/2015, sendo que o questionário foi aplicado nos períodos manhã e tarde, com acompanhamento de uma pedagoga.
  37. 37. Prof. Geane Poteriko/2016  Arquivo da Pesquisa: (GRÁFICOS) Disponível no link:  http://pt.slideshare.net/gepoteriko/grficos- pesquisa-de-campo-sobre-tdah-x-tecnologias
  38. 38. Prof. Geane Poteriko/2016  Coleta de dados
  39. 39. Prof. Geane Poteriko/2016 Foram entrevistados um total de 24 alunos nos dias 10/12/2015 e 11/12/2015
  40. 40. Prof. Geane Poteriko/2016  Com relação aos recursos midiáticos que os alunos têm acesso em seu dia a dia, a grande maioria dos alunos, 80%, afirmou que o recurso mais utilizado é o celular com acesso a internet, e em seguida a televisão, com 75%. O computador com acesso a internet é utilizado por 67% dos alunos entrevistados. Outro recurso tradicional, como o rádio (38%), também está presente na rotina dos estudantes, embora em menor incidência.  Nenhum aluno declarou ter celular ou computador sem acesso a internet, o que comprova a presença marcante da internet na vida dos adolescentes.
  41. 41. Prof. Geane Poteriko/2016  QUESTIONÁRIO DIAGNÓSTICO (Dados levantados na Pesquisa) Disponível no link:  http://pt.slideshare.net/gepoteriko/questionrio- diagnstico-dados-levantados
  42. 42. Prof. Geane Poteriko/2016 0 5 10 15 20 Recursos Midiáticos a) Televisão b) Rádio c) Computador com internet d) Computador sem internet e) Celular com internet f) Celular sem internet
  43. 43. Prof. Geane Poteriko/2016  A pesquisa confirmou que a maioria dos entrevistados (71%) utiliza a internet para acessar jogos e também redes sociais (67%). Além destes tipos de informação, 54% dos alunos afirmou acessar vídeos e apenas 29% usam os recursos midiáticos como fonte para a busca de notícias. Já 12% dos entrevistados navega em sites diversos e o menor percentual foi direcionado para a leitura de histórias em quadrinhos e charges virtualmente: apenas 4% dos alunos. 21% declarou usar os recursos midiáticos para outros fins. Percebe-se que para os alunos, pincipalmente aos que têm TDAH, é importante a utilização desses recursos, os quais já fazem parte do cotidiano.
  44. 44. Prof. Geane Poteriko/2016  A terceira etapa da pesquisa foi o estudo de caso clínico, para o qual foram selecionados pela equipe escolar dois dos alunos entrevistados, com TDAH, para aplicação do trabalho pedagógico.  O objetivo desta etapa foi consolidado na utilização de metodologia de ensino com tecnologias em benefício da aprendizagem destes alunos com Déficit de Atenção, focando a realização de produção textual através da utilização do site do aplicativo online ToonDoo.
  45. 45. Prof. Geane Poteriko/2016  TABELA  Planejamento do trabalho Disponível no link:  http://pt.slideshare.net/gepoteriko/tabela- planejamento-do-trabalho
  46. 46. Prof. Geane Poteriko/2016 Alunos: Guilherme Henrique Camargo dos Santos – 6º C Rian Farias – 9º B – DEZEMBRO/2015
  47. 47. Prof. Geane Poteriko/2016 SOFTWARE VIRTUAL TOONDOO www.toondoo.com
  48. 48. Guilherme Henrique Camargo dos Santos – 6º C Prof. Geane Poteriko/2016
  49. 49. Guilherme Henrique Camargo dos Santos – 6º C Prof. Geane Poteriko/2016
  50. 50. Rian Farias – 9º B Prof. Geane Poteriko/2016
  51. 51. Rian Farias – 9º B Rian Farias – 9º B Prof. Geane Poteriko/2016
  52. 52. Prof. Geane Poteriko/2016  De acordo com a ABDA - Associação Brasileira de Déficit de Atenção, os profissionais de educação precisam atuar “conscientes das diferenças existentes entre alunos e visando, sempre, promover estratégias, métodos e tecnologias capazes de promover a integração de todos sem distinção” (ABDA, 2016, p. 4).
  53. 53. Prof. Geane Poteriko/2016  É irrefutável a necessidade de promover mudanças na prática escolar, mediadas pelos recursos tecnológicos, que podem propiciar um ambiente de aprendizagem favorável, principalmente aos alunos que apresentam transtornos de aprendizagem como o TDAH.
  54. 54. Prof. Geane Poteriko/2016 O uso de recursos midiáticos coloca de lado as aulas tradicionais, revelando-se um recurso motivador, que desperta a atenção, proporciona autonomia e torna o aprendizado
  55. 55.  É propósito da Educação Inclusiva propiciar os mais variados recursos para facilitar a aprendizagem de alunos portadores de transtornos da aprendizagem, como o TDAH. Prof. Geane Poteriko/2016
  56. 56. http://gepoteriko.pbworks.com  Prof. Geane Poteriko

×