Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.

Comunicado Conab

  • Sé el primero en comentar

  • Sé el primero en recomendar esto

Comunicado Conab

  1. 1. TÍTULO 67 – NORMAS ESPECÍFICAS DE LEITE – SAFRA 2010/2011 (*) COMUNICADO CONAB/MOC N.º 017, DE 01/07/2010 1) UNIDADES DA FEDERAÇÃO AMPARADAS: todas. 2) PRODUTOS AMPARADOS: leite em pó (integral e desnatado), leite longa vida, queijo, manteiga, leite condensado e doce de leite. 3) NATUREZA DAS OPERAÇÕES/BENEFICIÁRIOS: EGF para produtores e cooperativas de produtores rurais, beneficiadores, indústrias e cooperativas de produtores rurais que beneficiem o produto. 4) ACONDICIONAMENTO: de acordo com a legislação em vigor. 5) EGF: observar o TÍTULO 05, e ainda: a) período de contratação: 1.º/07/2010 a 30/06/2011, todos os estados; b) recursos: b.1) origem: recursos controlados no Manual de Crédito Rural – MCR, Capítulo 4 – Finalidades Especiais, Seção 1 – Empréstimo do Governo Federal – EGF; b.2) limites de recursos: reportar ao MCR, Capítulo 4 – Finalidades Especiais, Seção 1 – EGF, especialmente do subitem 9 ao 19; c) exigências prévias: c.1) registro junto ao Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal – DIPOA, da Secretaria de Defesa Agropecuária – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, como estabelecimento produtor de derivados de leite; c.2) comprovante de que o estabelecimento foi inspecionado e aprovado pelo órgão representativo do DIPOA no Estado; c.3) comprovante de que o produto objeto do penhor está inscrito no Serviço de Inspeção Federal (SIF/DIPOA/MAPA) e obedece ao Regulamento de Inspeção Industrial sobre Produtos de Origem Animal – RIISPOA, do DIPOA/MAPA; c.4) comprovação da compra de leite in natura, diretamente dos produtores/cooperativas de produtores, por preço líquido igual ou superior ao Preço Mínimo, adquirido à vista, por meio de relação com o nome dos produtores beneficiados e seus respectivos números de inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas – CPF e o número da Nota Fiscal referente a cada transação; d) prazo: deverá ser observado o disposto no subitem 24, da Seção 1 – Empréstimo do Governo Federal – EGF, Capítulo 4 – Finalidades Especiais, do MCR; e) substituição da garantia: obrigatória antes do vencimento da validade do produto, por outro produto amparado nessa norma, ou por título representativo da venda do produto; f) valor do financiamento: com base no Preço Mínimo fixado na Portaria MAPA n.º 507, de 10/07/2009, publicada no DOU de 13/07/2009, multiplicar a quantidade objeto do financiamento pelo Preço Mínimo discriminado na tabela abaixo, acrescendo o valor da embalagem, previsto no TÍTULO 07, se for o caso. PREÇO DE REFERÊNCIA PARA O FINANCIAMENTO DO EGF/SOB – Em R$/kg (*) GRUPO I: GRUPO II: GRUPO III: PRODUTO Regiões Sul, Sudeste e Nordeste DF, GO e MS Região Norte e MT Leite em pó 7,61 7,44 6,91 Leite longa vida 1,40 1,40 1,36 Queijo 9,18 9,00 8,37 Leite condensado 3,19 3,17 3,06 Manteiga 7,83 7,59 7,00 Doce de leite 1,77 1,71 1,54 (*) O beneficiário deve comprovar o pagamento pelo leite in natura aos produtores e/ou cooperativas de produtores de, pelo menos, o preço mínimo do produto: Grupo I: R$ 0,54 /litro, Grupo II: R$ 0,52 /litro e Grupo III: R$ 0,47 /litro. 1

×