Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.

Tireoide ( Anatomia Veterinária)

4.248 visualizaciones

Publicado el

Trabalho sobre a tireoide

Publicado en: Salud y medicina
  • Sé el primero en comentar

Tireoide ( Anatomia Veterinária)

  1. 1. DISCENTES: ALANA DRIELY ALAN PEREIRA JACQUELINE GOMES VANESSA LIBERATO
  2. 2. DESENVOLVIMENTO DA GLÂNDULA TIREOIDE: • Do grego, thyreos, escudo; eidos, forma; • Desenvolve-se como uma invaginação endodérmica mediana na base da língua; • O ducto tireoglosso conecta a glândula em desenvolvimento ao forame cego na parte posterior da língua, seu ponto de origem; • O ducto tireoglosso desaparece completamente, deixando a glândula tireoide se desenvolver sem ducto.
  3. 3. • O ducto tireoglosso desaparece completamente, deixando a glândula tireoide se desenvolver sem ducto. • A glândula tireoide consiste em dois lobos conectados por uma estreita faixa de tecido tireoidiano chamada istmo.
  4. 4. Organização Histológica: • Cada lobo da tireoide consiste em numerosos folículos • No interior desses folículos é encontrado um material denominado coloide; • Ao redor do folículo, encontra-se uma camada de células, denominadas Células Foliculares, que produzem os hormônios T3 e T4 • Ao redor das células foliculares encontram-se as células Parafoliculares ou Células C, que produzem calcitonina;
  5. 5. Localização • Nos animais domésticos, está situada junto aos primeiros anéis traqueais, um pouco mais profundamente, na região cervical • Possui dois lobos esquerdo e direito conectados caudalmente por uma faixa de tecido conjuntivo denominada istmo – Exceto Su
  6. 6. Características Anatômicas Gerais • É revestido por cápsula fibrosa • A posição, peso e tamanho do istmo variam entre as espécies. • Liga-se à cartilagem cricóide e anéis traqueais por tecido conjuntivo denso.
  7. 7. Vascularização • Suprimento sanguíneo da tireoide – Ramos da A. Carótida Comum – A. tireóidea Caudal e Cranial • V. Tireóidea Cranial e Média – V. Jugular Interna • Exceto: Eq
  8. 8. Inervação • É autônoma • Fibras Simpáticas - Gânglio Cervical Cranial • Fibras Parassimpáticas - N. Laríngeo Cranial e Caudal
  9. 9. Glândula Tireoide - Cão • Lobos ovais o longos, dorso lateralmente posicionados sobre a traqueia • Na altura do 5º até o 8º anel traqueal
  10. 10. Glândula Tireoide – Gato • Os lobos em forma de fusos planos • Ao nível dos primeiros 7 a 10 anéis • Na maioria das vezes unidos por um istmo de 1 a 2mm
  11. 11. Glândula Tireoide - Bovino • Superfície do órgão lobulada • Lobos triangulares achatados, ligados por um istmo • Cor pálida no adulto e vermelho escuro no bezerro • Aproximadamente 8cm de comprimento
  12. 12. Glândula Tireoide - Equino • Lobos do tamanho de ameixa, situam-se lateralmente à traqueia • Grande consistência e cor marrom – escura • 2º e 3º anéis traqueais
  13. 13. Glândula Tireoide - Suíno • É uniforme, posiciona-se ventralmente à traqueia • Margem cranial alcança a cartilagem tireoide e sua extremidade caudal geralmente chega à entrada da cavidade torácica • Superfície lobulada – Lobos irregulares • Formato triangular ou quadrado • Lobos unidos pelo istmo com cerca de 1cm, caudalmente ao anel traqueal.
  14. 14. Hormônios da Tireoide • Lançados diretamente no sangue • A tireoide produz 3 hormônios: T3, T4 e Calcitonina. • T3 (triiodotironina) e T4 (tetraiodotironina) – Regula o metabolismo • Calcitonina – Regula a taxa de Cálcio no sangue

×