Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.

Projeto "Com o Bullying Não Se Brinca"

26.532 visualizaciones

Publicado el

Apresentação no Power Point do trabalho final da disciplina de Didática, no semestre 2012.1
Alunas:Dalva de Carvalho Resende,
Janaína Caetano Ferreira, Lais de Souza Rajo, Luciene Albernaz Dias e Shayenne Schneider.

Publicado en: Educación
  • Sé el primero en comentar

Projeto "Com o Bullying Não Se Brinca"

  1. 1. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE EDUCAÇÃO E HUMANIDADES FACULDADE DE EDUCAÇÃO PEDAGOGIADisciplina: Didática Grupo:Docentes: Edméa Oliveira dos Santos Dalva de Carvalho Resende-2012.2.04883.11 Aline Weber Janaína Caetano Ferreira 2007.2.05587.11 Lais de Souza Rajo-2012.2.04921.11 Luciene Albernaz Dias-2010.2.04869.11 2012.1 Shayenne Schneider-2010.2.04810.11
  2. 2. • Introdução: O Projeto “Com o bullying não se brinca” propõe atividades e um planejamento parasaber lidar com o bullying. Este problema é tão antigo quanto a própria escola, mas sórecentemente seu nome passou a ser difundido por aqui no Brasil.• Bullying, palavra de origem inglesa, qualifica atitudes de violência física e/ou psicológica,intencionais e repetitivas; ele tem sido considerado como um poderoso processo de controlesocial. A vitimização pode ser considerada como um processo que ocorre na esfera coletiva,como um fenômeno social, em que a violência dos agressores é reforçada através dainteração social entre os membros do grupo. O agressor tem sido considerado como umindivíduo procurando poder e liderança dentro do grupo de iguais.• O grupo de vítimas/agressores apresenta os maiores números de problemas de conduta,problemas na escola, problemas com o grupo de iguais, sintomas psicossomáticos epsicológicos, maiores encaminhamentos aos serviços psiquiátricos e uma maiorprobabilidade de persistência no seu envolvimento em bullying.• É possível identificar alguns fatores de risco que podem estar associados à ocorrência dobullying, como fatores da personalidade, autoestima, dificuldades nas relações sociais, servitimizado na escola ou fora dela, violência na escola ou fora dela, violência nacomunidade, desajustes familiares, práticas educativas parentais, contexto escolar,alienação escolar, violência na mídia e percepção do problema.
  3. 3. Problemática:• O Projeto Com o Bullying não se brinca, surgiu à partirdas discussões em sala por parte dos alunos quecompõem a classe do 5º ano do ensino fundamental eleram notícias de um menino de 12 anos que se jogou do5º andar do Colégio de São Bento sob suspeita de servítima de bullying.• Diante desta situação que começou a se espalhar pelocolégio, dos equívocos e dúvidas sobre o termo “bullying”e suas implicações na sociedade contemporânea, houve anecessidade de se esclarecer à classe e a comunidadeescolar os comportamentos que levam à prática dobullying.
  4. 4. Justificativa:• Observando a inquietação da classe diante da notíciade um menino de 12 anos, estudante do Colégio SãoBento e que se jogou da janela do 5º andar do mesmono dia 28 de setembro de 2012, tendo a possibilidadede ter sido vítima de bullying e a falta deesclarecimento da turma acerca do tema, a equiperesolveu trabalhá-lo com toda a escola, a se estenderpara a comunidade escolar.
  5. 5. Público Alvo:•Alunos integrantes do 5º ano do primeirosegmento do ensino fundamental de umaescola de classe média localizada no Centro doRio de Janeiro. 
  6. 6. Duração:• O projeto terá a duração de umsemestre, sendo trabalhado nosmeses de agosto, setembro,outubro, novembro e dezembro.
  7. 7. Objetivos do Projeto:• Junto à turma, mobilizar e entender asconseqüências acarretadas pelo bullying;• Gerar uma reflexão sobre as atividadestrabalhadas levando a certeza de que obullying não deve ser praticado, visto que, épreciso respeitar as diferenças.
  8. 8. Objetivo Geral:• Conhecer e valorizar as diferenças étnicas,socioeconômicas, culturais, de gênero e credo, erespeitá-las.Objetivos específicos:  • Gerar a compreensão de que a diversidade cultural deve serrefletida e respeitada;• Estimular no aluno o ato reflexivo através das discussões emaula;• Ajudá-los a refletir sobre o impacto do bullying na sociedade;• Reconhecer o sentido do valor humano.
  9. 9. Metodologia:• O projeto será desenvolvido através de umaabordagem interdisciplinar por acreditarmosque o conhecimento científico se constrói demodo sistêmico, através de inter-relaçõesdisciplinares que produzem uma ciênciaunificada.
  10. 10. Conteúdo/ Seqüência Didática: Atividade 1: Eu e vocêsObjetivo de aprendizagem:• Identificar e compreender semelhanças e diferenças físicas existentes entre nós,sensibilizando os alunos para a questão do respeito à diversidade;• Levar pequenos espelhos e orientar os alunos a se observarem, registrandolivremente o que estão vendo;• Depois conversar com o grupo sobre os detalhes identificados em seus rostos e pedirpara procurarem similaridades e diferenças;•Propor o desenvolvimento de dois cartazes sendo um para semelhanças e outropara as diferenças;• A atividade corresponde a uma aula do mês de agosto; • Recursos ou materiais didáticos: espelhos, cartolina, folhas para anotações, lápis, borracha, caneta hidrocor.
  11. 11. Atividade 2: GêmeosObjetivo de aprendizagem:• Ampliar a reflexão sobre as diferenças físicas entre cada um;• Apresentar aos alunos fichas com ilustrações de possíveis irmãos gêmeos queapresentam pequenas diferenças;• Mostrar as imagens aos alunos e incentivá-los a observar os detalhes paradescobrir quais são as peculiaridades;• A atividade corresponde a uma aula do mês de agosto;• Recursos e material didático: fichas co os irmãos gêmeos.
  12. 12. Atividade 3: Pesquisando sobre o bullyingObjetivo da aprendizagem:• Identificar o que é bullying, suas características e riscos que apresenta aosagressores e aos agredidos;• Dividir a turma em grupos para que parte da turma vá ao laboratório deinformática e a outra metade à biblioteca para que façam uma pesquisa sobre obullying, anotando o que julgar importante;• Montar um texto coletivo em sala com as informações coletadas;• A atividade corresponde a duas aulas do mês de agosto;• Recursos e materiais didáticos: laboratório de informática , blocos e l acesso ainternet, biblioteca com livros sobre o assunto, bloco e lápis para anotações e odesenvolvimento do texto coletivo.
  13. 13. Atividade 4: Projeto SPIO & EducaçãoObjetivo da aprendizagem:• Conversar sobre bullying com profissionais da área de psicologia e pedagogia;• Aproveitando o Projeto SPIO & Educação que formou um grupo de discussão eintervenção “Conversando sobre Bullying” com encontros semanais realizados aossábados de 06 a 27 de outubro de 2012 no Méier de 8h às 10h;• Levar os alunos aos encontros semanais para se interar no assunto, debaterem esanarem suas dúvidas;• A atividade e sua discussão corresponde quatro sábados do mês de agosto e aduas aulas do mês de setembro;• Recursos e materiais didáticos: ônibus para levar e trazer os alunos das reuniõescom o grupo de discussão, gravador.
  14. 14. Atividade 5: Dinâmica de grupoObjetivo da aprendizagem:•Fazer com que os alunos se coloquem no lugar de quem sofre com gozações,apelidos e agressões;• Cada estudante receberá um adesivo com um apelido escrito que será colocadonas costas de outro aluno. O aluno em questão não saberá qual é seu rótulo, maspassa a ser tratado pelos amigos como tal;• Após 15 minutos todos são chamados a discutir o que vivenciaram;• A professora irá reunir todos os alunos para relatar como se sentiram, aopraticarem e sofrerem agressões, sem preciso que todos que se sentirem a vontaderelatem a experiência vivenciada;• Tal atividade temos o intuito de fazer com que eles pensam duas, três vezes antesde praticar alguma agressão contra um colega;• A atividade corresponde a uma aula do mês de setembro;• Recursos e materiais didáticos: cartela de adesivos, hidrocor.
  15. 15. Atividade 6: Jornal “5º ano Informa”Objetivo da aprendizagem:•Desenvolver nos alunos locução verbal, senso investigativo, análise crítica, leitura dedados estatísticos, sensibilidade nas relações interpessoais;• Organizar um jornal semanal com os alunos e dividi-los em quatro grupos sendo: Grupo 1: Responsável pelas entrevistas; Grupo 2: Responsável pelas notícias; Grupo 3: Responsável pela edição e impressão do jornal; Grupo 4: Responsável pela edição online do jornal;• A atividade corresponde a duas aulas semanais dos meses de setembro, outubro,novembro e dezembro para confecção e circulação do jornal;• Recursos e materiais didáticos: laboratório de informática com acesso a internet,impressora, bloco de rascunho, caneta.
  16. 16. Atividade 7: Exibição do filme “Bang, Bang!Você morreu”Objetivo da aprendizagem:• Esclarecer que a brincadeira que muitas vezes parece nociva sob o ponto de vista dequem a faz, na verdade gera conseqüências no indivíduo que é a vítima;• No auditório da escola, convidar alunos, funcionários e comunidade escolar a assistirao filme com duração média de 93 minutos;• Passar o filme em três horários: manhã, tarde e noite para aderir o maior número depessoas possível;• Aos alunos, solicitar um relatório contendo suas impressões sobre o filme;• A atividade corresponde a um dia do mês de outubro e uma aula posterior para aprodução do relatório;• Recursos e materiais didáticos: auditório, DVD, projetor, bloco de anotações e canetapara o relatório dos alunos.
  17. 17. Atividade 8: Culminância “Bullying em Cena”Objetivo da Aprendizagem:• Sensibilizar os alunos, com a vivência nas encenações, para o fato de que o bullyingnão é uma iniciativa legal e que pode trazer muitos transtornos psicológicos e sociaispara as suas vítimas;• Construir com os alunos roteiros de teatro para que eles apresentem esquetes sobrea temática do Bullying. Contrastando as personagens dos agressores e das vítimas, épossível gerar uma reflexão por parte dos alunos sobre até que ponto umabrincadeira pode virar bullying;• A atividade visa gerar um respeito maior entre os alunos;• A atividade corresponde a 4 aulas dos meses de outubro, novembro e dezembropara elaboração das esquetes, escolha da esquete a ser encenada, correção do texto,ensaios e um dia do mês de dezembro para a apresentação;• Recursos e materiais didáticos: auditório, roupas e acessórios paraencenações, sala de informática com impressora para confecçãoe impressão das esquetes. 
  18. 18. Avaliação•A avaliação será realizada ao longo do projeto à partir dointeresse e desenvolvimento das atividades de formacooperativa e respeitosa;• Os relatórios, anotações, o jornal semanal e a esqueteentrarão como parte da avaliação de forma a compor a notados alunos;• Sendo assim:a.Participação, presença, interesse na realização das atividadespropostas: 20%;b.Relatórios, discussões e debates: 20%;c.Jornal semanal e apresentação da esquete: 60%.
  19. 19. Considerações Finais• O grupo considera que a prevenção do bullying nas escolas é a melhorsolução para tal problema de caráter mundial e que gera conseqüênciasdrásticas aos indivíduos envolvidos podendo chegar a sociedade;• Para tanto a conscientização é o melhor caminho e os professore sefuncionários como um todo devem estar por dentro do assunto, saberidentificar atitudes que realmente se caracterizam como bullying deforma que a escola possa sanar o problema quando este não pode serprevenido antecipadamente. 
  20. 20. Bibliografia Barboza, Ana Beatriz.(2010). Bullying- Mentes perigosas nas escolasCantini, N. (2004). Problematizando o bullying para a realidade brasileira. Tese de Doutorado, Pontifícia Universidade Católica deCampinas, Campinas, São Paulo.Projetos escolares – Especial Folclore, ano 7, nº 33. Online editora.SANTOS, Edméa Oliveira dos. Ideias sobre currículo, caminhos e descaminhos de um labirinto. Revista FAEEBA – educação eContemporaneidade, Salvador, v.13, nº 22, p. 417-430, jul/dez., 2004.MOÇO, Anderson. Tudo o que você sempre quis saber sobre projetos. Disponível em www.novaescola.org.br, abril de 2011.Parâmetros Curriculares Nacionais, Pluralidade Cultural. Secretaria de Educação Fundamental, Brasília: MEC/SEF, 1997.http://odia.ig.com.br/portal/rio/pol%C3%ADcia-vai-ouvir-colegas-de-menino-que-caiu-no-s%C3%A3o-bento-1.500099. Acessado em03 de outubro de 2012.http://oglobo.globo.com/rio/ancelmo/posts/2012/10/08/para-policia-civil-menino-se-jogou-do-colegio-sao-bento-469290.asp.Acessado em 03 de outubro de 2012.http://noticias.r7.com/rio-de-janeiro/noticias/monitora-viu-menino-se-jogar-de-predio-do-colegio-sao-bento-disse-delegado-20121002.html. Acessado em 03 de outubro de 2012.http://revistaescola.abril.com.br/crianca-e-adolescente/comportamento/bullying-escola-494973.shtml. Acessado em 03 de outubro de2012. 

×