Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.

Educação ambiental versao-resumida

165 visualizaciones

Publicado el

Um dos objetivos da Educação Ambiental é a "Capacidade de participar ativamente, resgatando os direitos e promovendo uma nova ética capaz de conciliar a natureza e a sociedade."

Conheça outras características sobre a Educação Ambiental.

Publicado en: Educación
  • Sé el primero en comentar

  • Sé el primero en recomendar esto

Educação ambiental versao-resumida

  1. 1. EDUCAÇÃO AMBIENTAL Definições e objetivos Me. João Paulo Meira Marinho http://www.unec.com.br
  2. 2. Algumas DEFINIÇÕES “A Educação Ambiental é um processo de reconhecimento de valores e clarificação de conceitos, objetivando o desenvolvimento das habilidades e modificando as atitudes em relação ao meio, para entender e apreciar as inter-relações entre os seres humanos, suas culturas e seus biofísicos. A EA também está relacionada com a prática das tomadas de decisões e a ética que conduzem para a melhoria da qualidade de vida”. Conferência Intergovernamental de Tbilisi - 1977
  3. 3. • Responsabilidade Ambiental: Reconhecimento do ser humano como principal protagonista para determinar e garantir a manutenção do planeta
  4. 4. • Cidadania Ambiental: Capacidade de participar ativamente, resgatando os direitos e promovendo uma nova ética capaz de conciliar a natureza e a sociedade.
  5. 5. Considerações diversas sobre Educação Ambiental
  6. 6. Para que a E.A. possa atingir a conscientização esperada, ela deve buscar um novo comportamento (individual e coletivo), devendo: começar em casa, ganhar as praças e as ruas, atingir os bairros e periferias, evidenciar as peculiaridades regionais, apontando para o nacional e o global. Deve gerar conhecimento local sem perder de vista o global, precisa necessariamente revitalizar a pesquisa de campo, no sentido de uma participação pesquisam-te, que envolva pais, alunos, professores e comunidade. É um passo fundamental para a conquista da cidadania. (OLIVEIRA, 2000, p. 88)
  7. 7. Caráter Multidisciplinar É fundamental ainda considerar que devido à extensão e complexidade do tema, seja adotada uma abordagem que rompa com a tradição fragmentada e reducionista, devendo, portanto, incorporar novos métodos multidisciplinares “a educação enquanto prática dialógica que objetiva o desenvolvimento da consciência crítica pela sociedade brasileira deve estar comprometida com uma abordagem da problemática ambiental que inter-relacione os aspectos sociais, econômicos, políticos, culturais, científicos, tecnológicos, ecológicos, legais e éticos” (OLIVEIRA, 2000, p.85)
  8. 8. Educação política Também é importante dizer que a educação ambiental é ainda uma educação política, pois ela reivindica e prepara os cidadãos para exigir justiça social, cidadania, autogestão e ética nas relações sociais e com a natureza Considerando que a educação ambiental surge e se consolida num momento histórico de grandes mudanças no mundo ela tende a questionar as opções políticas atuais e o próprio conceito de educação vigente exigindo-a, por princípio, ser criativa, inovadora e crítica (REIGOTA, 2006, p.10)
  9. 9. Portanto há de se considerar nos processos de educação ambiental, que estes sejam desenvolvidos com a participação da comunidade, devendo haver um incentivo, a todo o momento, para que o indivíduo participe ativamente da resolução dos problemas existentes em sua realidade específica (Marinho, 2010, p. 70)
  10. 10. os contextos possíveis para a prática da educação ambiental são os mais variados possíveis, incluindo por exemplo: as escolas, os parques, as reservas ecológicas, as associações de bairro, os sindicatos, as universidades, os meios de comunicação de massa e outros, considerando-se em cada caso as características próprias e especificidades correspondentes
  11. 11. Segundo Reigota (2006, p. 23-24), nos parques e reservas ecológicas o enfoque é prioritariamente as espécies animais e vegetais que aí vivem e as suas interdependências. Nas associações de bairros analisam-se os problemas ambientais cotidianos e as suas possibilidades de solução. Nos sindicatos, as condições de trabalho, manuseio de produtos tóxicos, segurança e riscos são temas básicos dados. As universidades se dedicam à formação de profissionais que possam atuar nas diversas áreas do conhecimento, voltadas para o meio ambiente; entre elas as ciências mais técnicas, como a engenharia e as ciências mais reflexivas como a antropologia. Os meios de comunicação, por meio de debates, filmes, artigos enfocando os problemas ambientais, contribuem para a conscientização da população. A escola é um dos locais privilegiados para a realização da educação ambiental, desde que dê oportunidade à criatividade
  12. 12. Para CONCLUIR
  13. 13. Uma Educação Ambiental crítica aponta para transformações radicais nas relações de produção, nas relações sociais, nas relações homem-natureza,
  14. 14. na relação do homem com sua própria subjetividade, num processo de construção coletiva de uma ética, uma nova cultura, novos conhecimentos.
  15. 15. Processos esses assumidos por sujeitos indivíduos e coletivos que desvelam a necessidade da construção de novo paradigma,um novo modelo de relacionamento com a natureza e de intervenção na história. (Guimarães, 2004, p. 84)
  16. 16. BIBLIOGRAFIA CONSULTADA • CAPRA, F. O ponto de mutação. São Paulo: Cultrix, 1989. • GUIMARÃES, M. Educação ambiental: no consenso um embate? 2. ed. Campinas, SP:Papirus, 2004. (Coleção: Papirus Educação) • MARINHO, J.P.M. Gestão de Resíduos sólidos em Tangará da Serra-MT. Cuiabá, 2010. (Dissertação de Mestrado – ICHS-UFMT)
  17. 17. BIBLIOGRAFIA CONSULTADA • OLIVEIRA, E.M. Educação ambiental uma possível abordagem. 2. ed. Brasília: Ed. IBAMA, 2000. • REIGOTA, M. O que é Educação Ambiental. São Paulo: Brasiliense, 2006. (Coleção Primeiros Passos; 292)
  18. 18. BIBLIOGRAFIA CONSULTADA • WERLE, H. S.; LAZARETTI, I. e OLIVEIRA, B. de. 1995. Uma discussão preliminar da questão dos Resíduos Sólidos em Cuiabá e Várzea Grande: da Produção à Deposição. In: Revista Mato-grossense de Geografia, ano 01, n. 0, dez., Cuiabá
  19. 19. CRÉDITO DOS VÍDEOS APRESENTADOS “Nós estamos aqui: o pálido ponto azul” – Slide 4 http://www.youtube.com/watch?v=EjpSa7umAd8 “Campanha de cidadania” – Slide 27 http://www.youtube.com/watch?v=0buYiTjU3vM
  20. 20. EDUCAÇÃO AMBIENTAL Considerações e Conceitos Quer saber mais? Entre em contato e venha fazer um curso conosco!
  21. 21. EDUCAÇÃO AMBIENTAL Considerações e Conceitos © Copyright – Direitos Autorais Reservados – www.visaogeografica.com

×