Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.

Cerimônia de elekes

285 visualizaciones

Publicado el

saber mais a respeito sobre a religião nação ketu, quero apender e futuramente levar os meu ensinamento para os novos iaos que fazem o santo.

Publicado en: Meditación
  • Sé el primero en comentar

  • Sé el primero en recomendar esto

Cerimônia de elekes

  1. 1. CERIMÔNIA DE ELEKES (COMO ENTREGAR OS FIOS DE CONTA) Entrega-se só os 5 (cinco) principais ELEKES (fios de conta), a menos que quem o entregue seja filho de um ORISHÁ distinto a esses 5 (cinco) ORISHÁS. Faz-se OMIERÓ (preparado de ervas) de OBATALÁ. A pessoa deve ir tomar banho e lavar a cabeça com sabão da costa e ervas desse OMIERÓ de OBATALÁ e tudo isso se faz MOJUBANDO (rezando) e dando conhecimento do que está sendo feito. Uma vez terminado, coloca-se a pessoa de costas, a OJUGBONA apresenta a tigela com os ELEKES, de igual maneira, MOJUBANDO e dando conhecimento que se está fazendo um rompimento para livrar a pessoa dos OSOGBOS (negatividades). Vá-se rasgando a roupa, rompendo com as mãos. Assim que isto estiver completo e a pessoa estiver desnuda, se dá a pessoa sabão da costa e ervas e vai-se jogando OMIERÓ. Só se banha do pescoço para baixo, posto que já lhe lavamos a cabeça anteriormente. Uma vez que já se banhou a pessoa, dê-lhe uma toalha branca e que se vista de branco também. Já vestido de branco, começa-se a rezar, dando conhecimento que se está rezando por motivo de entregar os fios de conta (ELEKES). Depois disso, se ajoelha a pessoa em uma esteira e se procede a entrega dos ELEKES, mojubando cada fio de conta e falando a pessoa sobre cada um deles, para que serve e a que ORISHÁ pertence, dando-lhes uma instrução sobre o ORISHÁ e que aprendam como deve ser um ALEYÓ (devoto religioso), o que pode fazer e o que não pode fazer, enquanto se vai falando sobre tudo isso. Ifá Ni L’Órun

×