Processo de escolha de servidor ao cargo de diretor e à função de vice-diretor de
escola estadual de Minas Gerais - 2015
S...
Processo de escolha de servidor ao cargo de diretor e à função de vice-diretor de
escola estadual de Minas Gerais - 2015
E...
Processo de escolha de servidor ao cargo de diretor e à função de vice-diretor de
escola estadual de Minas Gerais - 2015
J...
Processo de escolha de servidor ao cargo de diretor e à função de vice-diretor de
escola estadual de Minas Gerais - 2015
I...
Processo de escolha de servidor ao cargo de diretor e à função de vice-diretor de
escola estadual de Minas Gerais - 2015
O...
Processo de escolha de servidor ao cargo de diretor e à função de vice-diretor de
escola estadual de Minas Gerais - 2015
-...
Processo de escolha de servidor ao cargo de diretor e à função de vice-diretor de
escola estadual de Minas Gerais - 2015
-...
Processo de escolha de servidor ao cargo de diretor e à função de vice-diretor de
escola estadual de Minas Gerais - 2015
F...
Processo de escolha de servidor ao cargo de diretor e à função de vice-diretor de
escola estadual de Minas Gerais - 2015
-...
Processo de escolha de servidor ao cargo de diretor e à função de vice-diretor de
escola estadual de Minas Gerais - 2015
R...
Próxima SlideShare
Cargando en…5
×

Plano de Gestão da Chapa 2 - EEPHP

351 visualizaciones

Publicado el

Plano de Gestão da Chapa 2 da EE Profa Heloísa Passos

Publicado en: Educación
0 comentarios
0 recomendaciones
Estadísticas
Notas
  • Sé el primero en comentar

  • Sé el primero en recomendar esto

Sin descargas
Visualizaciones
Visualizaciones totales
351
En SlideShare
0
De insertados
0
Número de insertados
95
Acciones
Compartido
0
Descargas
0
Comentarios
0
Recomendaciones
0
Insertados 0
No insertados

No hay notas en la diapositiva.

Plano de Gestão da Chapa 2 - EEPHP

  1. 1. Processo de escolha de servidor ao cargo de diretor e à função de vice-diretor de escola estadual de Minas Gerais - 2015 SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DE PIRAPORA ESCOLA ESTADUAL PROFESSORA HELOÍSA PASSOS NOME DO(A) CANDIDATO(A) Leonardo Ornellas Pena Alessandra Santiago T. Carvalho PLANO DE GESTÃO "O verdadeiro sentido da Educação, como o de qualquer outro processo moral, é produzir a felicidade". W. Godwin Pirapora-MG 2015
  2. 2. Processo de escolha de servidor ao cargo de diretor e à função de vice-diretor de escola estadual de Minas Gerais - 2015 Escola Estadual Professora Heloísa Passos SRE: Pirapora Município: Pirapora Identificação da chapa: Leonardo Ornellas Pena (Diretor) Alessandra Santiago T. Carvalho (Vice-diretora) Caracterização/diagnóstico da escola e comunidade escolar: Essa Escola foi criada pelo Decreto Lei nº. 7443, de 27/02/64, no governo de José de Magalhães Pinto e construída pela Secretaria de Viação, na gestão de Lúcio de Souza Cruz. Foi instalada em 08 de abril de 1964, por autorização do Secretário de Estado da Educação Aureliano Chaves de Mendonça, que designou a professora Gecy Rocha de Melo como sua diretora, cuja sessão de instalação foi presidida pela Inspetora Municipal Srtª. Maria Josefina dos Santos. Recebeu o nome de Grupo Escolar Professora Heloísa Passos em homenagem a Srtª. Heloísa Passos, grande vulto na história educacional e política, pois além de professora, foi a primeira mulher eleita vereadora e ocupou a presidência da Câmara Municipal de Pirapora, fato que repercutiu nacionalmente. A Escola Estadual Professora Heloísa Passos localiza-se no Bairro Santo Antônio - região central do Município de Pirapora. Porém, atende a alunos oriundos de outros bairros, dentre os quais o Bairro Nossa Senhora Aparecida e o Bairro Cidade Jardim, os quais são considerados de alto risco social. Grande parte dos adolescentes e jovens da Escola convive com situações de criminalidade e violência em seus bairros de origem. Essa condição social agrega uma visão, em geral, negativa dos jovens e influi na construção de sua autoestima. A maioria de nossos alunos são filhos de pessoas de classe economicamente desfavorecida, a saber: trabalhadores rurais, trabalhadores braçais, trabalhadores autônomos, comerciários, industriários, pescadores, empregadas domésticas e pessoas desempregadas. Conta com um grande número de alunos beneficiados pelo Programa do Governo Federal, o Bolsa Família. Os desafios enfrentados pela Escola, no que diz respeito às questões sociais e pedagógicas são: resgatar, para a vida estudantil, os jovens e adolescentes inseridos na marginalidade e evadidos da Instituição escolar; minimizar e/ou eliminar os efeitos negativos da criminalidade, que refletem na Escola, principalmente do tráfico de drogas, presentes no ambiente dos bairros onde estão inseridos nossos alunos; construir novos referenciais de relações interpessoais, de respeito e ética, baseados na busca por uma convivência pacífica, fraterna e respeitosa, dentro e fora da Escola; recuperação da autoestima dos alunos e funcionários; tornando o ambiente escolar um espaço com credibilidade e aceitabilidade junto à comunidade local; encontrar caminhos para favorecer a resolução dos problemas com indisciplina; melhorar as condições atuais de manejo de turma; encontrar meios para tornar a comunidade parceira da Escola.
  3. 3. Processo de escolha de servidor ao cargo de diretor e à função de vice-diretor de escola estadual de Minas Gerais - 2015 Justificativa da Candidatura: Acreditar na escola como a instituição fundamental para o pleno desenvolvimento de uma pessoa, comunidade, cidade e país é o norte que guia esta proposta. Confiar no professor como ser humano/profissional capaz de promover uma aprendizagem significativa, cultivar valores e espalhar a paz é o que impulsiona a realização deste projeto. Desejar, almejar, sonhar, crer que todo aluno merece uma boa formação, merece atenção e respeito diante das suas necessidades, e crer, sobretudo, que este aluno é capaz de aprender e tornar-se um cidadão bem-sucedido através do que construiu na escola é o que tem estimulado toda a minha vida enquanto educador, e agora, candidato ao cargo de diretor escolar. Diante do exposto, consciente de que todos os membros da comunidade escolar têm direito de participar da gestão e de seu andamento, bem como da necessidade de acompanhamento sistemático dos resultados, o que permite reconhecer o mérito de quem obtém bons resultados e as deficiências a serem sanadas, nosso objetivo é consolidar um trabalho através do qual esta escola seja capaz de assegurar uma educação de qualidade para todos, com inclusão e respeito aos direitos humanos, ao exercício da cidadania e à valorização da cultura. Pretendemos desenvolver nosso trabalho embasado em valores como: comprometimento, pois acreditamos no potencial de nossa comunidade escolar, por isso buscaremos o envolvimento de todos para o sucesso de nossos alunos; inovação, incentivando formas diversificadas para o desenvolvimento de ações que favoreçam uma aprendizagem significativa; integração escola-família-comunidade para alcançarmos efetivamente uma gestão participativa centrada no desenvolvimento do aluno buscando uma formação integral para o pleno exercício da cidadania. Diante disso, como gestores do processo educativo assumimos o compromisso de possibilitar aos nossos professores e funcionários juntamente com a equipe pedagógica uma formação continuada, por meio de grupos de estudos, nas horas atividades e/ou outros meios que se fizerem possíveis para que a escola possa ofertar aos seus alunos uma educação voltada para a transformação social, sendo esta libertadora, crítica e humanitária. Oferecendo aos educadores oportunidades de atualizar seus conhecimentos e aos educandos um conhecimento científico, político e cultural, para transformá-lo num cidadão crítico e consciente de seus direitos e deveres, preparado para enfrentar a vida e o mundo do trabalho, capaz também de interagir com o outro e com o meio ambiente de forma equilibrada.
  4. 4. Processo de escolha de servidor ao cargo de diretor e à função de vice-diretor de escola estadual de Minas Gerais - 2015 Introdução A escola está inserida em um processo de busca de identidade, em que se evidencia alto índice de evasão e repetência e baixo desempenho escolar e acreditando ser a escola um espaço privilegiado de construção do conhecimento, a mesma precisa acompanhar as transformações da sociedade e considerar as diversas formas de trabalhar o pensamento humano e em outras formas de organização e convivência, onde este espaço possa se configurar em contexto de aprendizagem para toda a comunidade que com ela se relaciona. Nesta perspectiva, é nosso propósito garantir o fortalecimento do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), relacionado com o Projeto Político Pedagógico (PPP), com o Regimento Escolar e as leis que regem a educação, visando criar condições para uma gestão democrática e participativa cujo foco seja a aprendizagem do aluno e a valorização dos trabalhadores da educação. Assim, nosso plano de trabalho na Escola será pautado nos princípios de gestão democrática, valorização dos profissionais da educação, qualidade de ensino, parceria entre a escola e a comunidade, autonomia e democratização do acesso e permanência do aluno na escola. Portanto, esse plano preocupou-se em instaurar uma forma de organização do trabalho pedagógico que supere os conflitos, buscando eliminar as relações competitivas, corporativas e autoritárias, rompendo com o paradigma de uma escola dirigida de cima para baixo, onde o papel do gestor é centralizado na parte mais alta da pirâmide do poder. A luta da nossa Escola é para a descentralização em busca da autonomia e qualidade. Neste contexto, a figura do diretor escolar cede espaço para o papel do gestor escolar, que influencia os resultados do processo de aprendizagem e da escola como um todo. O gestor da atualidade sabe delegar e capacitar uma equipe de trabalho, descentraliza questões administrativas, se responsabiliza pela liderança do processo educativo e do posicionamento da escola na comunidade e no mundo. Enfim, é capaz de criar condições para que a educação em valores humanos possa ocorrer de fato, não somente como um tema transversal recomendado pelos Parâmetros Curriculares, pelas Diretrizes Nacionais de Educação em Direitos Humanos ou pelo Plano Nacional de Educação em Direitos Humanos.
  5. 5. Processo de escolha de servidor ao cargo de diretor e à função de vice-diretor de escola estadual de Minas Gerais - 2015 Objetivo geral da gestão: Na dimensão Pedagógica: - Estabelecer práticas educativas inovadoras que levem à formação integral do aluno, conforme os objetivos constantes da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, da legislação educacional e dos documentos pedagógicos da Escola Estadual Professora Heloísa Passos; Na dimensão Administrativa-financeira: - Promover a gestão financeira da escola de forma transparente e participativa, de acordo com os princípios da autonomia, propiciando uma maior participação das instâncias nas tomadas de decisões referentes à aplicação de recursos; Na dimensão Gestão de Pessoas: - Promover um ambiente onde as relações interpessoais sejam regidas pela ética e respeito propiciando um clima de trabalho agradável e um bom relacionamento entre todos. Objetivos específicos da gestão: Na Dimensão pedagógica: - Promover uma educação de qualidade, reconhecida pelos órgãos oficiais e comunidade adjacente, através da elevação de dois pontos percentuais no desempenho desta unidade escolar no IDEB; - Consolidar a real democratização do ensino por meio do acesso e permanência do aluno na escola, através da redução da reprovação por infrequência; - Assegurar o atendimento da educação integral vinculada ao ensino-aprendizagem garantindo a permanência de 100% dos alunos matriculados; - Oportunizar aos educandos o acesso ao uso da informática como prática social além de instrumento facilitador e enriquecedor da aprendizagem através da implementação de atendimento no laboratório de informática; - Possibilitar o uso pedagógico das novas tecnologias de informação e de comunicação, na ação docente através de oficina de criação de blogs educacionais; - Apoiar o professor na elaboração de estratégias, visando atender as especificidades de seus alunos; - Subsidiar a elaboração e execução de projetos, comprometendo-se com o desenvolvimento intelectual, com a ampliação do horizonte cultural e a formação permanente dos docentes;
  6. 6. Processo de escolha de servidor ao cargo de diretor e à função de vice-diretor de escola estadual de Minas Gerais - 2015 - Possibilitar uma formação pedagógica e social, de forma que o aluno possa atuar como cidadão consciente e responsável: pautado por princípios da ética democrática - dignidade, respeito mútuo, justiça, participação, responsabilidade, diálogo, solidariedade e vida saudável; - Organizar passeios e visitas: ecológicos, culturais, no sentido de pôr em prática o aprendizado de sala de aula. - Capacitar docentes através de palestras, dinâmicas de grupo, troca de experiências, além de estimulá-los a estar sempre em busca de novos conhecimentos e refletir sobre a prática letiva; - Implantar projetos: Prevenção de Acidentes, Meio ambiente e Conservação do Patrimônio; - Promover atividades recreativas, esportivas e culturais de integração entre a comunidade da escola e também de outras escolas; - Organizar planos de trabalho conjuntos, interdisciplinares, de forma articulada, com real impacto nas aprendizagens dos alunos; - Planejar e realizar coletivamente Círculos de palestras e/ou estudos do ECA, Lei Federal nº11.340 (Lei Maria da Penha), Código de Defesa do Consumidor, Métodos anticoncepcionais, Aborto, Planejamento Familiar, Orientações Nutricionais e Esportivas, Prevenção ao uso de Drogas Lícitas e Ilícitas, Lei Nº 10639 (História e Cultura Afro-Brasileira), entre outras, para alunos e comunidade; - Revitalizar o terreno da escola para torna-lo utilizável pela comunidade; - Dar prosseguimento com o curso Normal técnico em Educação Infantil que não prepara apenas para uma boa qualificação profissional, mas, sobretudo, para a formação de um verdadeiro cidadão crítico e consciente dos grandes desafios impostos pela sociedade na atualidade; - Formação técnica pautada na resolução pertinente promovendo profissional capacitado às exigências do mercado de trabalho, bem como às da vida que incorpora na sua formação, o amor, a solidariedade e o respeito; Na Dimensão administrativa – financeira: - Propiciar um ambiente educacional adequado à convivência pedagógica promovendo melhorias das condições físicas e administrativas da escola; - Otimizar a utilização dos recursos financeiros, de forma transparente, com a participação efetiva da comunidade escolar utilizando os recursos de acordo com as necessidades pedagógicas e administrativas, conforme legislação vigente;
  7. 7. Processo de escolha de servidor ao cargo de diretor e à função de vice-diretor de escola estadual de Minas Gerais - 2015 - Adquirir recursos materiais didático-pedagógicos para o desenvolvimento das habilidades e competências curriculares; - Instalar quadro-branco em todas as salas de aula; - Aplicar os recursos financeiros recebidos através da SEE e PDE, efetuando os gastos de acordo com os procedimentos legais; - Assegurar a autonomia da instituição escolar através dos recursos financeiros possibilitando condições para suprir as necessidades e prioridades conforme deliberação do Colegiado Escolar e Caixa Escolar; - Buscar fontes alternativas de recursos para manter o bom funcionamento da escola; - Controlar e registrar de forma transparente os gastos efetuados pela escola, para conhecimento de toda a comunidade escolar através de painel e blog da escola; - Oferecer recurso próprio como: EVA, Tesoura, colas, cartolinas, tintas e outros matérias pedagógicos para que o aluno tenha menos gasto com trabalhos escolares; - Parceria entre Instituições privadas como troca de experiências e valorização dos trabalhos efetuados na aprendizagem do estágio supervisionado; Na Dimensão Gestão de Pessoas: - Valorizar os profissionais da escola, adotando medidas que auxiliem seu desempenho profissional; - Construção de um Colegiado Escolar atuante e independente; - Buscar parcerias com entidades, órgãos governamentais, instituições diversas visando o aprimoramento profissional; - Envolver todos os segmentos na construção social do conhecimento e na definição do projeto pedagógico da escola através de reuniões com pais e/ou responsáveis nos plantões pedagógicos, culminâncias de projetos e evento pedagógicos abertos à comunidade, visando maior participação nas decisões coletivas, assumindo o papel de corresponsáveis no processo educativo; - Promover dinâmicas entre os segmentos, mediando conflitos e favorecendo a organização, em um clima de compromisso ético e solidário; - Estabelecer e aprimorar múltiplos canais de comunicação entre a escola e a família, a saber: comunicação eletrônica (via e-mail e site), comunicação telefônica, comunicação impressa e atendimento presencial.
  8. 8. Processo de escolha de servidor ao cargo de diretor e à função de vice-diretor de escola estadual de Minas Gerais - 2015 Formas De Operacionalização Pretendemos, de acordo com os princípios explicitados na justificativa e na introdução deste trabalho, pautar nossas ações na democratização, na gestão participativa, contando com a colaboração do corpo docente, discente e da comunidade escolar, inclusive no que diz respeito à administração dos recursos financeiros, promovendo, portanto, a efetiva transparência na prestação de contas e na tomada de decisões. - Junto com a equipe escolar e os órgãos do colegiado realizar um diagnóstico da escola, analisando as necessidades de melhoria do PDE;  - Definir junto com a equipe, a missão, a visão e os valores da escola, as prioridades e metas a serem alcançadas, em consonância com as políticas e diretrizes da SEE; - Acompanhar e avaliar os indicadores de desempenho estabelecidos no PDE, na escola e pela secretaria de Educação, analisando os resultados alcançados e desenvolvendo estratégias adequadas para superar os desafios que se apresentam; - Identificar a necessidade de formação continuada dos educadores, fomentando oportunidades de capacitação, formação em serviço, intercâmbio de experiências e disseminação de métodos e procedimentos de ensino; - Promover projetos educativos e viabilizar parcerias e trocas de experiências com instituições especializadas para aperfeiçoar métodos científicos, técnicas pedagógicas e somar esforços para a melhoria da qualidade do ensino; - Acompanhar e avaliar os resultados das atividades pedagógicas, recomendando técnicas, metodologias e práticas docentes para a correção dos problemas observados; - Ter uma visão clara da escola enquanto sistema formador e disseminador de valores éticos, colocando-se como modelo e exemplo. Fortalecendo o espírito da equipe para o desenvolvimento do trabalho integrado e para as tomadas de decisões mantendo bom relacionamento e compromisso; - Incentivar o desenvolvimento técnico, cientifico e pedagógico da equipe, visando a formação de agentes habilitados a transformar a própria realidade na busca do bem comum; - Praticar uma liderança baseada no desenvolvimento da comunidade escolar nos processos de tomada de decisão, com responsabilização pelos resultados e práticas de reconhecimento, respeito mútuo e postura profissional; - Conhecer a situação sociocultural dos estudantes, familiares, o ambiente em que vivem, desenvolvendo estratégias para potencializar os impactos positivos da escola e da aprendizagem nas suas vidas;
  9. 9. Processo de escolha de servidor ao cargo de diretor e à função de vice-diretor de escola estadual de Minas Gerais - 2015 - Realizar encontros e reuniões com educadores e familiares envolvendo-os nos processos e utilizando linguagem e técnicas de comunicação apropriadas; - Fortalecer a atuação do Conselho Escolar na perspectiva da Gestão Participativa. E envolver a comunidade escolar na elaboração e revisões do Regimento Escolar; - Estimular e integrar os membros da comunidade escolar através das informações educacionais de interesse coletivo veiculadas no Centro de Referência Virtual; - Analisar evidências e informações, surgidas em conflitos, mediando com as partes envolvidas, tomando decisões, utilizando técnicas de negociação e o consenso; - Utilizar e estimular a comunidade escolar a utilizar os recursos tecnológicos e as TICs nas atividades administrativas e educacionais da escola. Mantendo os laboratórios de informática ativos, operantes e abertos a utilização por servidores e estudantes; - Mobilizar a equipe para manter o SIMADE alimentado, responsabilizando-se pela inserção em tempo hábil e pela fidedignidade dos dados fornecidos, assim como pelo gerenciamento dessas informações; - Gerenciar a manutenção de limpeza da instituição e sinalizar os espaços, proporcionando a boa funcionalidade. Mantendo condições regulares de funcionamento, providenciando consertos e pequenas manutenções e solicitar realização de serviços de maior porte; - Supervisionar a distribuição da merenda escolar para os estudantes, garantindo condições sanitárias e higiênicas de manuseio de alimentos e controle de estoque; - Supervisionar as atividades da Secretaria da Escolar, respeitando a legislação, as normas da SEE, atendendo ao público e fornecendo suas demandas com agilidade; - Fortalecer a Política de Educação em Direitos Humanos do Estado, assegurando e estimulando a formação docente, a elaboração do plano de aula concernente aos eixos e ações propostas nas Diretrizes Curriculares da Educação em Direitos Humanos; - Assegurar a implementação da legislação que trata da questão ético-racial e da cultura afro-descendente no âmbito escolar.
  10. 10. Processo de escolha de servidor ao cargo de diretor e à função de vice-diretor de escola estadual de Minas Gerais - 2015 REFERÊNCIAS: BRASIL. Comitê Nacional de Educação em Direitos Humanos. Plano Nacional de Educação em Direitos Humanos. Brasília: Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República-Ministério da Educação-Ministério da Justiça, 2007. BRASIL. Estatuto da Criança e do Adolescente. Lei Federal n.º 8069, de 13 de julho de 1990. Índice elaborado por Edson Seda. Curitiba: Governo do Estado do Paraná, 1994. BRASIL. Ministério da Educação. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei n.° 9.395/96. Brasília: 1996. CHALITA, Gabriel. Educação: a solução está no afeto. 13ª ed. rev. e atual. São Paulo: Editora Gente, 2004. FUNDESCOLA. Como elaborar o plano de desenvolvimento da escola. Brasília: MEC, 1999. INEP-MEC. Indicadores da Qualidade na Educação. São Paulo: Ação Educativa, 2004.

×