Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.

TENENTISMO - Professor Menezes

6.627 visualizaciones

Publicado el

  • Sé el primero en comentar

TENENTISMO - Professor Menezes

  1. 1. TENENTISMO Professor Menezes
  2. 2. PRESIDENTES DA REPÚBLICA, ... DURANTE A REPÚBLICA VELHA
  3. 3. ESSES HOMENS SE REVOLTARAM CONTRA O GOVERNO E CONTRA A FORMA REPUBLICANA CONDUZIDA PELOS FAZENDEIROS ... OS TENENTES SONHAVAM COM UM BRASIL MODERNO ! Eles se revoltaram em 1922 contra o governo da República Velha, ... Contra a república liderada pelos fazendeiros
  4. 4. Do Tenentismo ao Estado Novo – Memórias de um soldado
  5. 5. VOTO DE CABRESTO - o voto era depositado em favor do candidato indicado pelo coronel (fazendeiro)
  6. 6. A Revolta dos 18 do Forte de Copacabana ocorreu em 5 de julho de 1922, na cidade do Rio de Janeiro, então capital do Brasil. Foi a primeira revolta do movimento tenentista, no contexto da República Velha brasileira. Foi feita por 17 militares e 1 civil que reivindicavam o fim das oligarquias do poder. A Revolta do Forte de Copacabana, também conhecida como Revolta dos dezoito do Forte, foi a primeira do Movimento Tenentista durante a República Velha. O levante ocorrido em julho de 1922, na cidade do Rio de Janeiro, capital federal na ocasião, teve como motivação buscar a queda da República Velha, cujas características oligárquicas atreladas ao latifúndio e ao poderio dos fazendeiros, se opunham ao ideal democrático vislumbrado por setores das forças armadas, em especial de baixa patente como tenentes, sargentos, cabos e soldados
  7. 7. Como foi o movimento (acontecimentos) Embora o movimento tivesse sido planejado em várias unidades militares, somente o Forte de Copacabana e a Escola Militar se levantaram no dia 5 de julho de 1922. O forte foi bombardeado e a rendição dos rebeldes foi exigida. O tenente Siqueira Campos e um grupo de militares rebeldes pegaram armas e marcharam pelas ruas em direção ao Palácio do Catete (sede do governo federal na época). Durante a marcha alguns militares desistiram, ficando apenas 17 que receberam o apoio na rua de um civil, totalizando 18. Os rebeldes foram cercados pela tropa do Governo Federal. Após forte tiroteio em frente ao posto 3 da praia de Copacabana, somente Siqueira Campos e Eduardo Gomes sobreviveram e foram presos. Os outros dezesseis integrantes do movimento foram mortos no combate.
  8. 8. O legado Embora não tenham conseguido atingir seus objetivos, os rebeldes da Revolta dos 18 do Forte de Copacabana conseguiu estabelecer um importante marco na luta contra o domínio das oligarquias no poder. Esta revolta inspirou outros movimentos tenentistas no país como, por exemplo, a Coluna Prestes e a Revolta Paulista de 1924.
  9. 9. O Tenentismo chega ao seu apogeu com a Revolução de 1930, quando ascende ao Poder o presidente Getúlio Vargas.

×