Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.

Salas de aula do futuro: o conceito, o motivo e um exemplo

5.703 visualizaciones

Publicado el

Salas de aula do futuro: apresentação do conceito, o motivo e um exemplo

Publicado en: Educación

Salas de aula do futuro: o conceito, o motivo e um exemplo

  1. 1. Salas de aula do futuro, para o futuro e com futuro! Neuza Pedro , IE - Ulisboa
  2. 2. 1. O conceito 2. O motivo 3. Um exemplo
  3. 3. 1. O conceito de “sala de aula do futuro”
  4. 4. O conceito de ‘Future Classroom’ (sala de aula do futuro) foi criado em 2011, no âmbito do Projeto iTEC sob coordenação da European Schoolnet, com o propósito de desenhar uma nova proposta de organização do espaço e das práticas de sala da aula. Para representar esta visão inovadora da sala de aula optou-se por um termo simples e atrativo para professores, alunos, pais, comunicação social, decisores político e sociedade em geral.
  5. 5. Salas de aula do futuro porque ‘Futuro’ significa o momento imediatamente a seguinte ao da enunciação… … o tempo que está por vir … o que está para ser! … existência que se há de seguir à atual. … o que se perspetiva em horizonte. … o que se encontra para a frente de… … o que é considerado em termos de avanço ou desenvolvimento. … ser promissor /propulsor de…
  6. 6. Portanto, porque não chamar-lhes ‘Sala de aula do futuro’ ?
  7. 7. Se de facto a Educação não se faz de ‘presente(s)’.
  8. 8. #2. O motivo: os alunos
  9. 9. Os alunos de hoje são magnificamente diferentes. São filhos de uma era tecnológica.
  10. 10. E as teorias que orientam a atividade educativa em sala de aula são de uma era pré-tecnológica.
  11. 11. As teorias da aprendizagem e desenvolvimento humano foram formuladas quando ainda não era possível ver o cérebro humano em funcionamento.
  12. 12. O que significa isto para a escola?
  13. 13. Há necessidade de educar para… Linearidade | Não-Linearidade Monotarefa | Múltiplas tarefas Conteúdos | Estabelecimento de relações Repetição e memorização | Resol. problemas + Criatividade Procura da resolução | Reconhecim. múltiplos caminhos Desenvolvida fora do contexto real | Altamente contextualizada Elevada planificação | Adaptação ao ambiente/momento Abordagem previamente concebida | Abordagem emergente Comunicação síncrona | Comunicação assíncrona Tecnologia da informação | Tecnologia de interacção CMS/LMS | Software social PLE Escrita Manual | Digitação
  14. 14. Mas em que espaços ?
  15. 15. #3 Um exemplo
  16. 16. Velhos espaços… … velhas dinâmicas!
  17. 17. Novos espaços… … as mesmas dinâmicas!
  18. 18. Future Teacher E-ducation Lab http://ftelab.ie.ulisboa.pt
  19. 19. Quais os modelos de base assumidos para o FTE-Lab ?
  20. 20. Learning Space Performance Rating System (Felix & Brown, 2011) SIN conceptual model stimulation, individuality and naturalness (Barret, Davies, Zhang, Moffat & Kobbacy, 2013) TPACK Model (Mishra & Koehler, 2006)
  21. 21. • Estrutura modular e organização espacial promotora de variadas dinâmicas de atividade • Uma multiplicidade de ferramentas tecnológicas e mobiliário flexível • Preocupações com a qualidade do ambiente, em particular com temperatura, luminosidade e acústica • integração relacional com a organização e os objetivos institucionais O FTE-Lab tem assim:
  22. 22. Em educação temos que acarinhar as ideias brilhantes
  23. 23. Temos que investir tanto tempo a acarinhá-las como passamos a apontar- lhes defeitos e a identificar-lhe barreiras.
  24. 24. Há que não as deixar esmorecer ou perder o brilho.
  25. 25. Imensamente grata ! nspedro@ie.ulisboa.pt

×