Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.
A COCA-COLA E UM MUNDO SUSTENTÁVEL
Autoria: Karina Stefânia, Luiza Gismondi, Naiana Torido, Paulo Diego, Sara Andrade,
Thi...
ambiental, líder mundial na produção de bebidas industriais e que tem apresentado um
grande aumento nas iniciativas sociai...
METODOLOGIA
Trabalho desenvolvido através de pesquisa com dados secundários. A realização da
pesquisa documental utilizou ...
alcançar o desenvolvimento humano, de uma maneira segura, igualitária, prudente,
inclusiva. Uma empresa sustentável, por c...
vez que, por natureza, o pilar econômico é intrinsecamente ligado aos pilares sociais e
ambientais.
De acordo com Gomes (2...
Cola fazia seu primeiro patrocínio, no programa “Um milhão de Melodias”. Nesta em
época em 1950, foi criado o slogan “Isto...
A Coca-Cola e um mundo melhor
Preocupados com um mundo melhor a Coca Colaincentiva vários projetos, muitos
merecem ser men...
dietética amplamente consumida nas décadas de 1960 e 1970, o que permitia o consumo
dessa bebida por pessoas que não podia...
Programa de Valorização do Joveme a sustentabilidade
Responsabilidade Social integra a filosofia da Coca-Cola nos mais de ...
Como funciona: O PVJ seleciona jovens de escolas públicas com dificuldades de
aprendizado e alta probabilidade de abandona...
O lançamento da Crystal Eco teve o apoio de entidades como o Instituto Akatu, SOS
Mata Atlântica e o Conselho Empresarial ...
individuais e promovendo ações de mobilização que auxiliam na melhoria da qualidade
de vida e na conservação ambiental.
De...
Próxima SlideShare
Cargando en…5
×

Sustentabilidade e Responsabilidade Social

7.342 visualizaciones

Publicado el

Este trabalho apresenta uma análise da empresa Coca - Cola sobre os conceitos de sustentabilidade e responsabilidade social. Verificando se a empresa apresenta ações sustentáveis.

Publicado en: Educación
  • Sé el primero en comentar

Sustentabilidade e Responsabilidade Social

  1. 1. A COCA-COLA E UM MUNDO SUSTENTÁVEL Autoria: Karina Stefânia, Luiza Gismondi, Naiana Torido, Paulo Diego, Sara Andrade, Thiago Modafferi. RESUMO Este trabalho apresenta uma análise sobre o conceito de sustentabilidade e responsabilidade social baseando-se no tripé formado pelo fator ambiental, social e econômico. A política corporativa da Coca- Cola possui princípios voltados para questões sociais e ambientais, para que o crescimento da empresa no país aconteça de forma responsável e consciente através de projetos desenvolvidos, além dos esforços onde acontece a maior diferença, como a gestão de recursos hídricos, proteção climática e embalagens sustentáveis. Palavras-Chaves: Sustentabilidade; Responsabilidade Social; Coca-Cola; Ambiental. 1 – INTRODUÇÃO O conceito de Sustentabilidade tenta conciliar a questão econômica com a ambiental e social, adotando o principio básico da continuidade, ou seja, nada pode ser sustentável se não for continuo, mas esse princípio gera várias discussões sobre o significado e as consequências dessa ideia. A partir dessa afirmativa começam a surgir iniciativas para concebê-la e materializá-la no contexto das organizações empresariais, pregando um modelo de mudança social que rege pela integração entre as dimensões econômica, humana e ambiental, com o propósito de prestar atendimento, de forma equilibrada, às pessoas, ao planeta e ao lucro, medindo o valor que geram ou que destroem para a sociedade. A proliferação dessa ideia começa a ganhar força nos discursos empresariais, o que se pode constatar na intensa busca das empresas em apresentar relatórios que enfatizem iniciativas em prol da sustentabilidade, bem como pelo alto investimento em marketing que remetem às ações sociais e ambientalmente responsáveis. Mas, apesar de as organizações terem adotado tal discurso ostensivamente, o que nem sempre condiz com as ações que elas desenvolvem internamente, ainda há um imenso desafio para incorporá-lo no universo empresarial, pois quando se trata de sustentabilidade, um fenômeno comum é o da existência de empresas em que coexistem características mistas. Baseado nessas informações será analisado a empresa Coca- Cola no âmbito de sustentabilidade e Responsabilidade Social, uma empresa reconhecida como uma das melhores empresas para se trabalhar no Brasil e referência em responsabilidade Social e
  2. 2. ambiental, líder mundial na produção de bebidas industriais e que tem apresentado um grande aumento nas iniciativas sociais,ambientais e econômicas. OBJETIVO GERAL ● Analisar a empresa Coca – Cola, sob o âmbito da sustentabilidade e da responsabilidade social. OBJETIVOS ESPECIFICOS ● Levantar as ações da Coca – Cola que contribuem para um mundo melhor; ● Diagnosticar os motivos que levam a Coca – Cola a ser responsável socialmente; ● Analisar a relação entre um projeto social desenvolvido pelaCoca – Cola e sua contribuição para a sustentabilidade; ● Analisar um produto da Coca – Cola sobre os aspectos da sustentabilidade e da responsabilidade social; JUSTIFICATIVA A escolha deste tema se justifica em mostrar ações que a empresa Coca-Cola desenvolve em contribuição para um mundo melhor, através da reciclagem que faz tanta diferença no meio ambiente, dada a ausência de políticas públicas ao mesmo tempo em que a abordagem de sustentabilidade e responsabilidade social faz parte de tantos marketings das empresas. Tal pesquisa é importante para mostrar como um projeto social desenvolvido pela empresa vale como incentivo a educação, fazendo com que os jovens não abandonem as escolas e se preocupem com a importância da reciclagem como um recurso importante para a contribuição da preservação do meio ambiente. O presente trabalho mostra que através de um novo produto da empresa Coca-Cola a Água Crystal, possui a embalagem econômica que é totalmente reciclável e sustentável. Este produto juntamente com o projeto “Reciclou Ganhou” atua como motivador a reciclagem na conscientização da população em geral. Assim justificamos a importância dos projetos e ações da empresa Coca-Cola em razão ao marketing apresentado pela mesma em propagandas e assim comprovaremos se a empresa é Sustentável e Responsável Socialmente.
  3. 3. METODOLOGIA Trabalho desenvolvido através de pesquisa com dados secundários. A realização da pesquisa documental utilizou as seguintes fontes de informação: material específico da empresa estudada, pesquisa bibliográfica que abordam o tema especificado e em artigos científicos. 2 - DESENVOLVIMENTO REFERENCIAL TEÓRICO De acordo com Camargo (2003) desenvolvimento sustentável é um processo de transformação no qual a exploração dos recursos, a direção dos investimentos, a orientação do desenvolvimento tecnológico e a mudança institucional se harmonizam e reforçam o potencial presente e futuro, a fim de atender às necessidades e aspirações humanas, suas ideias são reafirmadas por Jacobi (1997), que diz que o desenvolvimento sustentável satisfaz as necessidades tanto do presente quanto do futuro, preservando a qualidade de vida e bem estar da sociedade, tanto nos dias de hoje quanto nos dias futuros. Mas esse conceito leva a algumas contradições: ao mesmo tempo em que cria limites ao modo de vida, de forma que seja respeitado o meio ambiente, existe a cobrança do crescimento ou maior desenvolvimento para atender as necessidades humanas. Bellen (2005) aponta que, no século XX a humanidade presenciou um aumento significativo no desenvolvimento tecnológico, que, por sua vez, aumentou a expectativa de vida do ser humano e ao mesmo tempo sua capacidade de autodestruição. A demanda por matéria prima e energia ficou cada vez maior para atender as necessidades da sociedade. Contudo, o crescimento é inevitável, mas é importante ter uma estrutura para suportá-lo e supri-lo. Na medida em que recicla-se mais, conscientiza e entende a necessidade de se consumir menos. Portanto, a partir desse principio Carlos de Abreu (2007) destaca a importância das empresas estarem trabalhando com projetos sustentáveis, pois se multiplicados e espalhados por diversos lugares, trazem bem estar para muitas populações que antes viviam em lugares degradados. Portanto mediante os vários conceitos de sustentabilidade, o mais amplo apoia-se na integração de questões sociais, ambientais e econômicas, constituindo o tripé conhecido como triplebottomline, (Figura 1). Tal conceito pode se verificar de acordo com Hart e Milstein (2004), que destacam desenvolvimento sustentável como um processo para
  4. 4. alcançar o desenvolvimento humano, de uma maneira segura, igualitária, prudente, inclusiva. Uma empresa sustentável, por conseguinte, é aquela que contribui para o desenvolvimento sustentável ao gerar, simultaneamente, benefícios econômicos, sociais e ambientais, conhecidos como os três pilares sustentáveis. Fonte: www.copesul.com.br De acordo com Iudícibuset al. (2000, p. 31), o Balanço Social procura demonstrar o grau de responsabilidade social assumido pela empresa, prestando contas à sociedade através dos recursos naturais, humanos e com direito de utilizar dos benefícios da sociedade através do patrimônio público.È interessante relacionar desenvolvimento sustentável com políticas públicas e macroeconômicas analisando as ações de uma organização empresarial. O Estado embora pouco preocupado com mudanças sustentáveis, concede incentivos fiscais e obrigam empresas participantes de licitações a terem projetos de sustentabilidade. O que favorece, cada vez mais, a necessidade das organizações se enquadrarem no quesito. De acordo com Freire & Rebouças (2001, p. 69), o balanço Social demonstra um conjunto de eventos sociais da empresa, permitindo que os agentes econômicos visualizem suas ações beneficentes em programas sociais para os funcionários, sindicatos, governo e cidadania. De acordo com Monaghanet al., (2003) neste conceito as empresas não são focadas apenas no valor econômico que produzem, mas também nos valores ambientais e sociais que produzem ou destroem. Neste sentido, muitas empresas falham em não reconhecer que o sucesso financeiro não é igual ao sucesso econômico, e que as suas escolhas econômicas são críticas para a realização de resultados social e ambiental, uma
  5. 5. vez que, por natureza, o pilar econômico é intrinsecamente ligado aos pilares sociais e ambientais. De acordo com Gomes (2005), essencialmente, a ideia do tripé da sustentabilidade é que as empresas obtenham sua licença para operar não somente satisfazendo os seus acionistas através de lucros e dividendos (tripé econômico), mas pela satisfação simultânea de outros, ou seja, da sociedade (empregados, comunidades, clientes e outros), através do melhor desempenho nos tripés ambiental e social. Em termos estratégicos, esse modelo propõe que através de um bom gerenciamento do seu desempenho e dos seus impactos econômicos, ambientais e sociais, as empresas aumentam o seu valor a curto e em longo prazo, bem como criam maiores oportunidades e reduzem riscos. De acordo com Coral (2002), na área empresarial a preocupação com a sustentabilidade tem aumentado, e o objetivo fundamental de qualquer empresa é obter o maior retorno possível sobre o capital investido. Para tanto, utiliza-se de ferramentas disponíveis para estar à frente dos concorrentes, obtendo maiores margens e fatias de mercado. No entanto, com as mudanças em sentido global, além dos fatores econômicos e estruturais, outros começam a fazer parte da responsabilidade das empresas, que são as questões do meio ambiente natural e as questões sociais. Para que as organizações possam contribuir para a sustentabilidade devem modificar seus processos produtivos, quando for necessário, para se tornarem ecologicamente sustentáveis. A adoção do conceito de valor compartilhado e o foco na sustentabilidade são estratégicos para a Coca-Cola Brasil, pois garante o desenvolvimento sustentável nos negócios e um futuro melhor para os seus associados e consumidores. A Coca Cola Nascida em Atlanta, Geórgia nos Estados Unidos em 1886, a Coca Cola chegou ao Brasil informalmente, em 1941 por Pernambuco. A produção começou em Recife na fábrica de água mineral Santa Clara, mas logo se espalhou pela capital pernambucana com mini fábricas. A primeira fábrica mesmo foi instalada no Rio de Janeiro que era a capital brasileira na época. Mesmo com avanços tecnológicos, não foi fácil levar os consumidores a experimentarem a Coca Cola, e mais difícil ainda era criar o hábito da bebida gelado, coisa incomum naquele tempo. Por ser um produto novo, ele era bastante recusado, mas com toda propaganda e técnica as vendas acabaram sendo vitoriosas, fazendo cada dia mais que consumidores se rendessem a bebida. Já em 1948 a Coca
  6. 6. Cola fazia seu primeiro patrocínio, no programa “Um milhão de Melodias”. Nesta em época em 1950, foi criado o slogan “Isto faz bem” tema da Coca Cola por 14 anos, que destacava o sabor refrescante do refrigerante e as transformações políticas e culturais do país. Já em 1960 a Coca Cola lançou as garrafas médias. No ano de 1970 e com ele o Post Mix que permitia que os consumidores pudessem beber sua coca feita na hora e geladinha e era servida em copos, podia se encontrar Post Mix em clubes, cinemas, estádios, e etc. Neste mesmo ano a Coca Cola teve uma de suas grandes campanhas publicitárias “Isto que é”, em 1979 foi a vez da “Mais vida” e “Abra um sorriso”. Em 1980 a Coca Cola revolucionou a historia, lançando o refrigerante em lata, o primeiro de uma série de lançamentos pioneiros feitos pela empresa. Em 1988 a Coca Cola vem com mais uma novidade a embalagem oneway (descartáveis). Depois a tampa de rosca que permitia guardar os refrigerantesdeitados na geladeira. Em 1990aCoca Cola já embalada por um novo slogan, “Emoção pra valer” colocou no mercado as embalagens de dois litros e a de 1,25 litros. E em seguida lançou a lata de alumínio que era reciclável. E não parou por ai em pouco tempo depois lançou a garrafa superfamília que era retornável de 1,5 litros. Em 2001, foi lançado a campanha “Gostoso é viver” que está até os dias de hoje, o que motivou a ser relançado as garrafinhas de vidro tamanho 237m, trazendo o gosto de beber uma coca na sua antiga e charmosa embalagem. A Coca lançou no Brasil um processo de diversificação lançando bebidas não carbonatadas, como água mineral, chá gelado, sucos a base de frutas. Hoje em dia quando falamos em Coca Cola estamos falando de mais de 39 fábricas operadas por mais de 16 grupos empresarias commais de 25 mil funcionários, e uma frota de mais de 10 mil veículos, responsáveis pelo abastecimento de mais de 1 milhão de pontos de vendas no país. A coca cola apresenta no Brasil em 2013 um mercado duopólio e tem um faturamento de 90% do setor e mais de 80% na participação do mercado sendo que os outros 20% do mercado é formado por pequenas corporações atendendo apenas suas regiões. Através de anos, o mercado brasileiro de bebidas vem se desenvolvendo impulsionado por fatores externos e internos, além de características que influenciam significantemente este mercado, onde estemercado é composto pelo consumidor. A distribuição de participação por marca indica uma presença muito forte das empresas Coca-Cola e seus vários produtos, a empresa Schincariol e o grupo AMBEV.
  7. 7. A Coca-Cola e um mundo melhor Preocupados com um mundo melhor a Coca Colaincentiva vários projetos, muitos merecem ser mencionados. Um muito importante é o Nurture (Nutrir), que começou na África. O programa ensina aos agricultores a aumentar o rendimento da sua colheita. Explica como utilizar uma técnica especial, de irrigação por gotejamento, e a nutrir o solo de forma adequada. Graças a esses expedientes, reduziu o número de frutos descartados. Boa parte deles não atendia ao padrão de qualidade exigido para a produção dos sucos. No passado, de cada três mangas transportadas, duas iam para o lixo porque esse processo ocorria de forma precária, ou porque elas apodreciam no caminho. Hoje, aceita-se cerca de 90% dos produtos cultivados de acordo com a orientação. Há alguns anos, reproduziu-se o projeto Nutrir com sucesso no Haiti. O país estava devastado por um terremoto e as pessoas precisavam de ajuda para restabelecer suas vidas e suas comunidades. Outro programa ao qual percebemos a preocupação da empresa com o mundo é o Rain – ReplenishAfricaInitiative (Iniciativa para Reabastecer a África, em tradução livre). A Companhia estabeleceu a meta de garantir o acesso à água potável a 2 milhões de africanos. E está bem perto de atingir esse objetivo. Trabalhando em parceria com as comunidades locais e providenciamos os tubos, recipientes e toda a infraestrutura necessária, além de ensinar como limpar os vasilhames, a fim de evitar a contaminação da água. Na América Latina, o projeto mais expansivo é o Coletivo. Além de apoiar cooperativas e oferecer cursos profissionalizantes, promove oportunidades de inclusão e geração de renda. Dentro dele, há um programa voltado para as mulheres, que ensina como abrir e manter um negócio. As mulheres aprendem a produzir peças com material reciclado e a comercializar sua produção. O Coletivo também capacita jovens para atuar no mercado de varejo eosprepara para conseguir o primeiro emprego. Seus participantes demonstram confiança no futuro. Coca-Cola: uma empresa responsável socialmente? A sustentabilidade faz parte da empresa desde a sua criação, estando sempre atentos às oportunidades de negócio, mas conscientes dos recursos usados e das necessidades dos clientes. Alguns acontecimentos ao longo da história evidenciam os motivos que levaram a empresa a ser responsável socialmente. Em 1914, estabeleceu uma parceria formal com a Cruz Vermelha dos Estados Unidos que persiste até hoje, foia primeira organização no mundo a incluir uma mulher no seu Conselho Administrativo, LettiePateWhitehead, na década de 1930. Lançou em 1963 a TAB, uma Coca-Cola
  8. 8. dietética amplamente consumida nas décadas de 1960 e 1970, o que permitia o consumo dessa bebida por pessoas que não podiam consumir o produto normal. Práticas sustentáveis são algo comum para a organização, onde ressaltam que a sustentabilidade é vista como uma jornada em que empresa, governo e sociedade civil precisam trabalhar juntos. O sistema Coca-Cola Brasil respeita o ser humano, a sociedade, o meio ambiente, a cultura e a diversidade. Esta conduta responsável traduz-se na maneira com que trata seus mais de 28 mil associados, no impacto positivo gerado pela empresa na economia em nível nacional, nos mais de R$ 2 bilhões pagos em impostos, na implantação de processos produtivos que conduzam àexcelência ambiental, entre outras atitudes.Colaborando para a preservação do meio ambiente, controlando a poluição, gerando empregos e apoiando instituições e projetos sociais nas comunidades onde atua, a Coca-Cola busca a ecoeficiência, ao mesmo tempo em que exerce e promove a cidadania. Convicta de que a Responsabilidade Empresarial deve refletir-se no relacionamento com o mercado e com a comunidade, a Coca-Cola transmite a seus fornecedores, por meio de um manual de princípios de conduta, boa parte das práticas que adota baseadas na noção do respeito. A empresa exige que os fornecedores obedeçam às leis e sigam padrões similares aos seus em todos os países em que opera. Alguns destaques dos Princípios de Conduta para Fornecedores: -Trabalho Infantil e Trabalho Escravo: A Coca-Cola não tolera mão-de-obra infantil, não admite trabalhos forçados e não trabalha com fornecedores que adotem este tipo de prática. - Práticas Ambientais: Os fornecedores da Coca-Cola devem conduzir seus negócios de maneira a proteger e preservar o meio ambiente, respeitando a legislação específica. - Saúde e Segurança: Os fornecedores devem oferecer aos seus empregadoscondições de trabalho dignas, de acordocom a legislação local.A empresa Coca Cola vem sempre apoiando projetos de responsabilidade social, pois se preocupa com as comunidades, e também com o meio ambiente, para a Coca isso é mais que uma obrigação com a sociedade, garante a integridade das operações, certificando a qualidade com as bebidas, e acima de tudo ratificando a responsabilidade por tudo que fazem.
  9. 9. Programa de Valorização do Joveme a sustentabilidade Responsabilidade Social integra a filosofia da Coca-Cola nos mais de 200 países onde atua.Desde 1942, quando inaugurou sua primeira fábrica no Brasil, a Coca-Cola conduz seus negócios comprometidos com o desenvolvimento econômico e social do país. Em abril de 1999, foi fundado o Instituto Coca-Cola para a Educação, com o objetivo de promover a inclusão social por meio de programas educacionais. Nesse mesmo ano, foi lançado o pioneiro Programa Coca-Cola de Valorização do Jovem, onde podemos verificar a evolução apresentada através de dados estatísticos e do gráfico abaixo: Dados de evasão escolar com Programa de valorização do jovem Ano taxa de evasão 1999 2,00 Taxa de evasão 2000 2,4 2001 2,4 Média 1,5 2002 1,9 Erro padrão 0,256196 2003 2,1 Mediana 1,9 2004 2,1 Modo 2,4 2005 0,7 Desvio padrão 0,849706 2006 1,6 Variância da amostra 0,722 2007 0,9 Curtose -1,09798 2008 0 Assimetria -0,6682 2009 0,4 Intervalo 2,4 Mínimo 0 Máximo 2,4 Soma 16,5 Contagem 11 Gráfico de evasão Fonte: http://www.institutococacola.org.br/projeto-educacao.htm
  10. 10. Como funciona: O PVJ seleciona jovens de escolas públicas com dificuldades de aprendizado e alta probabilidade de abandonar os estudos, transformando-os em monitores de classe, para elevar seu senso de responsabilidade. Com a supervisão de professores, o jovem selecionado atende a um grupo de três alunos mais novos, durante uma hora por dia, em sala de aula. E participa ainda de visitas guiadas a empresas, palestras e programas culturais para que possa abrir os olhos e enxergar novos horizontes. Consciente do seu papel de empresa cidadã responsável, a Coca-Cola Brasil ampliou o espectro de atuação e os investimentos em seu Instituto. Sob a nova denominação de Instituto Coca-Cola Brasil, programas foram incorporados contemplando os três pilares que atualmente concentram as ações de Responsabilidade Social do sistema Coca-Cola: educação, meio ambiente e estímulo à vida saudável.Para atestar e comprovar todo o seu investimento e o que tem sido investido em responsabilidade social a empresa disponibiliza seu balanço Social confeccionado e assinado por contadores, que por sua vez tem responsabilidade no processo de sustentabilidade como qualquer outro profissional ou cidadão. Água Crystal, um produto sustentável Uma conquista recente da empresa foi o lançamento de um produto sustentável, a Água Crystal além de conter os dois pilares de sustentabilidade, ela conta também com o terceiro pilar, o de responsabilidade social. Aliar hidratação e bem estar à sustentabilidade, foi pensando assim que a Crystal, marca de águas da Coca-Cola Brasil, decidiu lançar no festival SWU, que acontece em novembro, em Paulínia (SP), a garrafa Crystal Eco. A garrafa Eco, também chamada de crushable, é produzida através do processo de sopro convencional, mas com pré-formas com base diferenciada, de modo que a distribuição e estrutura da garrafa garantam performance mecânica. Para simbolizar mais este avanço tecnológico na sustentabilidade das embalagens, a Crystal convida os consumidores a torcerem as embalagens após o consumo, o que reduz em 37% o volume das garrafas e facilita transporte e armazenagem das garrafas 100% recicláveis. Ao mesmo tempo, a nova garrafa de Crystal também utiliza a tecnologia PlantBottle, na qual até 30% da matéria tem origem no etanol da cana de açúcar, e não no petróleo, reduzindo em cerca de 20% as emissões de dióxido de carbono.
  11. 11. O lançamento da Crystal Eco teve o apoio de entidades como o Instituto Akatu, SOS Mata Atlântica e o Conselho Empresarial Brasileiro para o desenvolvimento sustentável, um dos projetos de responsabilidade social da Água Crystal é o “Reciclou, Ganhou”, um projeto que tem como objetivo acelerar a cada ano a expansão de cooperativas apoiadas, o refinamento do modelo de gestão do fenômeno a maior geração do valor com as redes cooperativas e a conscientização de que lixo é renda. 3 –CONCLUSÃO O trabalho desenvolvido a partir de conceitos de pesquisas bibliográficas e de materiais específicos da empresa estudada conduziu à conclusão de que a Sustentabilidade e a Responsabilidade Social são conceitos fundamentais que devem ser incorporados à estratégia das organizações para que atinjam os seus objetivos em um horizonte de médio e longo prazo. Evidenciou-se que a sustentabilidade é uma estratégia para criar e conservar valor para as empresas e para a sociedade, sendo necessária uma integração das questões sociais na estratégia e nas operações do negócio, principalmente devido aos seus impactos sobre os elementos intangíveis de valor para uma organização, como imagem, lealdade dos clientes e licença para operar. Dessa forma, as empresas não estarão se desviando do objetivo principal de sua existência, que é a criação de valor para os seus acionistas, ao inserir as questões sociais nas suas estratégias e ações irão agregar mais confiabilidade e respeito junto à sociedade e o corpo fiscal do governo. A partir desses conceitos podemos concluir que a empresa Coca-Cola levantou ações que contribuem para um mundo melhor promovendo projetos que atendessem as necessidades específicas de cada localidade. Na África sua maior preocupação foi promover projetos voltados à produção de alimentos, ao acesso da população a água potável e projetos que reduzissem o consumo excessivo de água para agricultura. Na América Latina promoveu projetos voltados a reciclagem e apoio as cooperativas de catadores, contemplando dessa forma os pilares sociais e ambientais da sustentabilidade. Os motivos que levam a Coca-Cola a ser responsável socialmente é se enquadrar nos conceitos de sustentabilidade que gera a preocupação com o bem estar social por parte da empresa, promovendo condutas de responsabilidade social a serem adotadas por seus fornecedores, lançando vários projetos sociais que contribuam para o bem estar social. Com o lançamento da Água Mineral Crystal, a empresa quer convidar o consumidor a participar de ações que ajudem a aumentar reciclagem no País, estimulando atitudes
  12. 12. individuais e promovendo ações de mobilização que auxiliam na melhoria da qualidade de vida e na conservação ambiental. Desde o início de suas atividades, a Coca-Cola é reconhecida como uma empresa socialmente responsável, preocupada com o meio ambiente e a comunidade, onde a Responsabilidade Social é muito mais do que uma obrigação com a sociedade. É antes, uma forma de gestão que garante a integridade das operações, certifica a qualidade das bebidas e, acima de tudo, ratifica a responsabilidade por tudo o que fazem. Portanto, concluímos que a empresa Coca Cola é uma empresa sustentável e responsável socialmente. REFERÊNCIAS JACOBI, P. et al. (orgs.). Educação, meio ambiente e cidadania: reflexões e experiências. SãoPaulo: SMA, 1998. BELLEN, Hans Michael van. Indicadores de Sustentabilidade, editora FGV, 1ª edição, Rio de Janeiro, 2005. ELKINGTON, J. Cannibals with forks. Canada: New Society, 1999. CORAL, Elisa. Modelo de planejamento estratégico para a sustentabilidade empresarial. 2002. 282f. Tese (Doutorado em Engenharia da Produção). Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis – SC, 2002. MACIEL, C. V.; LAGIOIA, U. C. T.; LIBONATI, J. J.; RODRIGUES, R. N. Contabilidade ambiental: Um estudo exploratório sobre o conhecimento dos profissionais de Contabilidade. São Paulo: Anais do 8º Congresso USP de Contabilidade, 2008. Site Coca-Cola Brasil: http://www.cocacolabrasil.com.br/wp-content/uploads/2013/03/Brazil_2004- 05_Social_Responsibility_Report.pdf - Acessado em 20/05/2013 ás 15:30hrs. http://www.cocacolabrasil.com.br/viva-positivamente/razao-de-ser/- Acessado em 22/05/2013 ás 14:53hrs. Site Água Crystal http://www.aguamineralcrystal.com.br/ - Acessado em 15/05/2013 ás 16:20hrs. Site Universidade Federal de Viçosa http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/bitstream/handle/123456789/14/122980_c.pdf?sequence=2 – acessado em 15/05/2013 ás 16:50hrs.

×