Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.
Próximo SlideShare
What to Upload to SlideShare
What to Upload to SlideShare
Cargando en…3
×
1 de 41

As experiências do Grupo de Scole

1

Compartir

Descargar para leer sin conexión

As experiências do Grupo de Scole

Libros relacionados

Gratis con una prueba de 30 días de Scribd

Ver todo

As experiências do Grupo de Scole

  1. 1. AS EXPERIÊNCIAS DO GRUPO DE SCOLE 1
  2. 2. FONTES: 2
  3. 3. OS ALICERCES DO ESPIRITISMO 3
  4. 4. ESPIRITISMO - DOUTRINA DE BASE FENOMENOLÓGICA 4
  5. 5. INVASÃO ORGANIZADA 5
  6. 6. O CODIFICADOR DA DOUTRINA ESPÍRITA 6
  7. 7. O GRUPO DE SCOLE 7
  8. 8. CARACTERIZAÇÃO GERAL DO TRABALHO 8
  9. 9. PORQUÊ A ESCURIDÃO? 9
  10. 10. ESFERAS DE LUZ 10
  11. 11. A EQUIPA ESPIRITUAL 11
  12. 12. EXPERIENCIA COM FOTOGRAFIA 12 • 1
  13. 13. KINGSLEE FAIRBRIDGE 13
  14. 14. OBTENÇÃO DE IMAGENS SEM CAMARA   14
  15. 15. OBTENÇÃO DE IMAGENS SEM CAMARA 15
  16. 16. CIENTISTAS CONVIDADOS 16 DR RUPERT SHELDRAKE SPR HISTORIAN MONTAGUE KEEN PROFESSOR DAVID FONTANA
  17. 17. A Sociedade de Pesquisas Psíquicas de Londres 17
  18. 18. MEDIDAS DE CONTROLO CIENTIFICO 18
  19. 19.   Depoimento testemunhal - Denzil Fairbairn: “Eu era cem por cento céptico (…). Para mim, tudo parecia mais fantasioso e um tanto exagerado. Antes de ir ao porão para a sessão, pediram-me, segundo uma indicação especial da Equipa Espiritual, para escolher um entre uma dúzia de caixas de filmes Plaroid novos, preto e branco, virgens e selados de fábrica, e ser responsável por ele. Então, pediram-me para tirar o recipenete plástico contendo o filme da caixa fechada e para o identificar com a minha assinatura. O filme não saiu do meu poder até ser colocado sobre a grande mesas central no porão, onde ele ficou à minha vista até as luzes serem apagadas. Devo mencionar aqui que o filme foi colocado no lado oposto da mesa onde os nossos anfitriões estavam sentados (…) 19
  20. 20. • Portanto, na minha opinião, seria impossível que eles pudessem mexer no filme, até porque todos estavam marcados com braçadeiras luminosas, que indicavam, no escuros, e a todo o tempo, onde os mesmos se encontravam e o que faziam. • (…) • Em seguida, fomos advertidos de que a equipa fotográfica espiritual podia ter conseguido fazer uma gravação no filme virgem e, de novo, me pediram para tomar conta do filme depois do final da sessão e até ao momento da revelação. • O rolo do filme foi colocado na máquina portátil de revelação fornecida pela própria Polaroid Ltd. E todos esperámos ansiosos pelas imagens. Ficamos encantados ao descobrir que dois dos quase doze negativos tinham algo impressionante. Num das fotografias via-se uma mensagem gravada em latim (…) escrita como se se encontrasse reflectida num espelho. • Essa mensagem era: Reflexionis, Lucis in Terra, et in Planetis (Da reflexão da luz sobre a Terra e os planetas” (figura) (…) (“O experimento Scole” – Pág. 111 a 113) •
  21. 21. FRAUDE? • “Os integrantes teria de, em primeiro lugar, tirar ou obscurecer as próprias braçadeiras luminosas para pegar no tubo, retirar o sele sem fazer ruído e sem o estragar, abrir a embalagem sem serem ouvidos, trocar o filme por outro, fechar a embalagem em silêncio, tornar a colocar o sele de papel e, por fim, colocar o tubo na sua posição original”. (Idem). •   • 21
  22. 22. A REDOMA DE VIDRO 22
  23. 23. PSICOFONIA
  24. 24. PROFESSOR ARCHIE ROY Astrónomo, especializado no movimento de corpos celestes
  25. 25. MATERIALIZAÇÕES DE OBJECTOS
  26. 26. FRAUDE?
  27. 27. UM JORNAL AUTÊNTICO DOS ANOS 40
  28. 28. VERIFICAÇÃO DE AUTENTICIDADE
  29. 29. MATERIALIZAÇÕES DE CORPOS HUMANOS
  30. 30. UMA CAIXA DE SEGURANÇA
  31. 31. MENSAGENS
  32. 32. IVOR NOVELLO
  33. 33. PROJECTO ALICE https://youtu.be/nxDMqzD7STM
  34. 34. EXPERIÊNCIAS COM A LUZ ACESA “não há, em absoluto, nenhuma hipótese de que o filme tenha sido previamente preparado e alterado, porque eu próprio escolhi uma das fitas, que estava na sua embalagem original , que eu abri, e coloquei pessoalmente na câmara. Depois disse ninguém lhe tocou, em momento algum, quer na câmara, quer no filme.” Dr. Hans Sherr
  35. 35. VOZ DIRECTA E TRANSCOMUNICAÇÃO INSTRUMENTAL Este é o Grupo Experimental de Scole? Sim é o grupo experimental de Scole experimentando um equipamento Audio. Este é um momento histórico… è mesmo um momento histórico!”.
  36. 36. THOMAS EDISON – O PROJECTO PROMETIDO • .
  37. 37. UM MÁGICO PROFISSIONAL James Webster 38
  38. 38. EXPERIÊNCIA COM UM CRISTAL • http://www.newforestcentre.info/scole-experiment.html •
  39. 39. RELATÓRIO SCOLE
  40. 40. 1998 - O FIM DOS TRABALHOS

×