Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
PONTE DE LUZ – Associação Sociocultural Espírita de Cascais
...
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
2
I. “Justiça” no novo Testamento
II....
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
3
“Justiça”
no
Novo Testamento
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
4
“Justiça”
Parábola dos talentos
6. ...
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
5
Parábola dos talentos
6. (…) Passad...
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
6
Parábola dos talentos
6. (…) Veio e...
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
7
Será injustiça que um receba 5, out...
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
8
O jugo leve
2. Todos os sofrimentos...
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
9
O jugo leve
2. Entretanto, faz depe...
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
10
Mensagens
de
Emmanuel
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
11
Depois de dar cinco talentos a um,...
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
12
Não te percas, desse modo, na lame...
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
13
Mensagens de Emmanuel
O talento ce...
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
14
Mensagens de Emmanuel
O talento ce...
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
15
O talento celeste
O Céu para nós c...
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
16
Reflexões
de
Ermance Dufaux
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
17
ESTUDANDO A ARROGÂNCIA II
“Não pro...
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
18
“Reflexões de Ermance Dufaux”
ESTU...
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
19
ESTUDANDO A ARROGÂNCIA II
O orgulh...
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
20
ESTUDANDO A ARROGÂNCIA II
O que fa...
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
21
ESTUDANDO A ARROGÂNCIA II
“Ora, se...
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
22
ESTUDANDO A ARROGÂNCIA II
Quem se ...
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
23
ESTUDANDO A ARROGÂNCIA II
“(...) D...
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
24
ESTUDANDO A ARROGÂNCIA II
(…) Noss...
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
25
ESTUDANDO A ARROGÂNCIA II
(…) Por ...
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
26
ESTUDANDO A ARROGÂNCIA II
O sentim...
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
27
O diálogo
tom
Tadeu
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
28
Justiça
A mente de Tadeu “não cons...
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
29
Justiça
No final de tarde, após a ...
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
30
Justiça
Explicando que ninguém pod...
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
31
Justiça
Foi quando Jesus aproveito...
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
32
Justiça
- Quem se preocupa em dema...
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
33
Justiça
- Estendamos as mãos para ...
14 de novembro de 2018
CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS
- Justiça -- Justiça -
34
Será injustiça que um receba 5, ou...
“…predomina uma só receita para o aproveitamento dapredomina uma só receita para o aproveitamento da
oportunidade: o esfor...
Próximo SlideShare
Cargando en…5
×

de

Conversas com Jesus - Justiça Slide 1 Conversas com Jesus - Justiça Slide 2 Conversas com Jesus - Justiça Slide 3 Conversas com Jesus - Justiça Slide 4 Conversas com Jesus - Justiça Slide 5 Conversas com Jesus - Justiça Slide 6 Conversas com Jesus - Justiça Slide 7 Conversas com Jesus - Justiça Slide 8 Conversas com Jesus - Justiça Slide 9 Conversas com Jesus - Justiça Slide 10 Conversas com Jesus - Justiça Slide 11 Conversas com Jesus - Justiça Slide 12 Conversas com Jesus - Justiça Slide 13 Conversas com Jesus - Justiça Slide 14 Conversas com Jesus - Justiça Slide 15 Conversas com Jesus - Justiça Slide 16 Conversas com Jesus - Justiça Slide 17 Conversas com Jesus - Justiça Slide 18 Conversas com Jesus - Justiça Slide 19 Conversas com Jesus - Justiça Slide 20 Conversas com Jesus - Justiça Slide 21 Conversas com Jesus - Justiça Slide 22 Conversas com Jesus - Justiça Slide 23 Conversas com Jesus - Justiça Slide 24 Conversas com Jesus - Justiça Slide 25 Conversas com Jesus - Justiça Slide 26 Conversas com Jesus - Justiça Slide 27 Conversas com Jesus - Justiça Slide 28 Conversas com Jesus - Justiça Slide 29 Conversas com Jesus - Justiça Slide 30 Conversas com Jesus - Justiça Slide 31 Conversas com Jesus - Justiça Slide 32 Conversas com Jesus - Justiça Slide 33 Conversas com Jesus - Justiça Slide 34 Conversas com Jesus - Justiça Slide 35
Próximo SlideShare
What to Upload to SlideShare
Siguiente
Descargar para leer sin conexión y ver en pantalla completa.

0 recomendaciones

Compartir

Descargar para leer sin conexión

Conversas com Jesus - Justiça

Descargar para leer sin conexión

Conversas com Jesus - Justiça

Libros relacionados

Gratis con una prueba de 30 días de Scribd

Ver todo
  • Sé el primero en recomendar esto

Conversas com Jesus - Justiça

  1. 1. CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - PONTE DE LUZ – Associação Sociocultural Espírita de Cascais 14 de novembro de 2018
  2. 2. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 2 I. “Justiça” no novo Testamento II. Mensagens de Emmanuel III. Reflexões de Ermance Dufaux IV. O diálogo com Tadeu
  3. 3. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 3 “Justiça” no Novo Testamento
  4. 4. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 4 “Justiça” Parábola dos talentos 6. O Senhor age como um homem que, tendo de fazer longa viagem fora do seu país, chamou seus servidores e lhes entregou seus bens. - Depois de dar cinco talentos a um, dois a outro e um a outro, a cada um segundo a sua capacidade, partiu imediatamente. - Então, o que recebeu cinco talentos foi-se, negociou com aquele dinheiro e ganhou cinco outros. - O que recebera dois ganhou, do mesmo modo, outros tantos. Mas o que recebera um cavou um buraco na terra e aí escondeu o dinheiro de seu amo. (…) MATEUS, XXV: 14 a 30 Evangelho Segundo o Espiritismo; XVI: 6
  5. 5. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 5 Parábola dos talentos 6. (…) Passado longo tempo, o amo daqueles servidores voltou e os chamou a contas. -Senhor, entregaste-me cinco talentos; aqui estão, além desses, mais cinco que ganhei. - Respondeu-lhe o amo: Servidor bom e fiel; pois que foste fiel em pouca coisa, confiar-te-ei muitas outras. -Senhor, entregaste-me dois talentos; aqui estão, além desses, dois outros que ganhei. - O amo lhe respondeu: Bom e fiel servidor; pois que foste fiel em pouca coisa, confiar-te-ei muitas outras; MATEUS, XXV: 14 a 30 Evangelho Segundo o Espiritismo; VI: 1-2 “Justiça”
  6. 6. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 6 Parábola dos talentos 6. (…) Veio em seguida o que recebeu apenas um talento e disse: Senhor, sei que és homem severo, que ceifas onde não semeaste e colhes de onde nada puseste; - por isso, como te temia, escondi o teu talento na terra; aqui o tens: restituo o que te pertence. – O homem, porém, lhe respondeu: Servidor mau e preguiçoso; (…) Tirem-lhe, pois, o talento (…) e dêem-no ao que tem dez talentos; - porquanto, dar-se-á a todos os que já têm e esses ficarão cumulados de bens; quanto àquele que nada tem, tirar-se- lhe-á mesmo o que pareça ter; e seja esse servidor inútil lançado nas trevas exteriores, onde haverá prantos e ranger de dentes. MATEUS, XXV: 14 a 30 - E S E; VI: 1-2 “Justiça”
  7. 7. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 7 Será injustiça que um receba 5, outro 2 e outro apenas 1? Que regra comum deveria ter sido observada pelos servos? O que não deve ser feito pelo servo que quer ser fiel? O que fazer para nos tornarmos servos fiéis ao Cristo? “Justiça”
  8. 8. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 8 O jugo leve 2. Todos os sofrimentos: misérias, deceções, dores físicas, perda de seres amados, encontram consolação na fé no futuro, em a confiança na justiça de Deus, que o Cristo veio ensinar aos homens. Sobre aquele que, ao contrário, nada espera após esta vida, ou que simplesmente duvida, as aflições caem com todo o seu peso e nenhuma esperança lhe mitiga o amargor. Foi isso que levou Jesus a dizer: "Vinde a mim todos vós que estais fatigados, que eu vos aliviarei.“ Evangelho Segundo o Espiritismo; VI: 1-2 “Justiça”
  9. 9. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 9 O jugo leve 2. Entretanto, faz depender de uma condição a sua assistência e a felicidade que promete aos aflitos. Essa condição está na lei por ele ensinada. Seu jugo é a observância dessa lei; mas, esse jugo é leve e a lei é suave, pois que apenas impõe, como dever, o amor e a caridade. Evangelho Segundo o Espiritismo; VI: 1-2 “Justiça”
  10. 10. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 10 Mensagens de Emmanuel
  11. 11. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 11 Depois de dar cinco talentos a um, dois a outro e um a outro, a cada um segundo a sua capacidade, O jugo leve… Melhorar para progredir - eis a senha da evolução. Passa o rio dos dons divinos em todos os continentes da vida, contudo, cada ser lhe recolhe as águas, segundo o recipiente de que se faz portador. Não olvides que os talentos de Deus são iguais para todos, competindo a nós outros a solução do problema alusivo à capacidade de recebê-los. Palavras da Vida Eterna; VII - MELHORAR PARA PROGREDIR Mensagens de Emmanuel
  12. 12. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 12 Não te percas, desse modo, na lamentação indébita. (…) Muitos suspiram por tarefas de amor, confiando-se à aversão e à discórdia, enquanto que muitos outros sonham servir à luz, sustentando-se nas trevas da ociosidade e da ignorância. (…) não te afastes do trabalho que renova, do estudo que aperfeiçoa, do perdão que ilumina, do sacrifício que enobrece e da bondade que santifica... Lembra-te de que o Senhor nos concede tudo aquilo de que necessitamos para comungar-Lhe a glória divina, entretanto, não te esqueças de que as dádivas do Criador se fixam, nos seres da Criação, conforme a capacidade de cada um. Palavras da Vida Eterna; VII - MELHORAR PARA PROGREDIR Mensagens de Emmanuel
  13. 13. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 13 Mensagens de Emmanuel O talento celeste Nem sempre contamos com o dinheiro necessário ao socorro fraterno na luta material. Nem sempre dispomos de valores culturais suficientes para o acesso à solução dos mais altos enigmas da vida. Nem sempre possuímos recursos sociais avançados de modo a estender influências e cooperar, de imediato, em realizações de vulto. Nem sempre conseguimos entesourar bastante saúde física para mobilizar o corpo terrestre, no rumo dos serviços que desejaríamos executar sem detença. Mas ninguém vive deserdado da riqueza das horas para consagrar-se ao bem. Moradias de Luz: O talento celeste
  14. 14. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 14 Mensagens de Emmanuel O talento celeste Não desperdices o sagrado talento dos minutos, comprando com ele as amarguras da crueldade, os remorsos do crime, as aflições da maledicência ou as espinhosas sementes da leviandade... Muita gente exige do mundo valiosos cabedais de felicidade, aguardando castelos de abastança e de alegria, mas não se animam a gastar uma simples hora na construção dos alicerces indispensáveis à paz da própria existência. Não te demores na furna envenenada do tempo perdido... Moradias de Luz: O talento celeste
  15. 15. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 15 O talento celeste O Céu para nós começa na Terra. Iniciemo-nos na escalada Divina. Uma frase de compreensão, um sorriso afetuoso, uma prece ou um pensamento de auxílio podem ser os primeiros passos na direção do Paraíso que intentamos atingir. Não nos esqueçamos do dia que passa, porque neste minuto mesmo brilha o nosso sublime momento de começar a Luminosa Ascensão. Moradias de Luz: O talento celeste Mensagens de Emmanuel
  16. 16. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 16 Reflexões de Ermance Dufaux
  17. 17. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 17 ESTUDANDO A ARROGÂNCIA II “Não procureis, pois, na Terra, os primeiros lugares, nem vos colocar acima dos outros, se não quiserdes ser obrigados a descer. Buscai, ao contrário, o lugar mais humilde e mais modesto, porquanto Deus saberá dar-vos um mais elevado no Céu, se o merecerdes”. O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO: VII; 6 “E chegou a Cafarnaum e, entrando em casa, perguntou‐ lhes: Que estáveis vós discutindo pelo caminho? Mas eles calaram‐se; porque pelo caminho tinham disputado entre si qual era o maior” Marcos 9:33 e 34 ESCUTANDO SENTIMENTOS; CAP. 9 - Estudando a Arrogância II Ermance Dufaux “Reflexões de Ermance Dufaux”
  18. 18. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 18 “Reflexões de Ermance Dufaux” ESTUDANDO A ARROGÂNCIA II Esse cenário da época do Cristo ainda se repete entre nós até hoje. (…) O reflexo mais saliente do ato de arrogar é a disputa pela apropriação da Verdade. (…) De posse dessa sensação orgulhosa de possuir o “certo” em nosso ponto de vista, há milênios adotamos condutas que nos causam a agradável ilusão de possuirmos autoridade suficiente para julgar com precisão a vida alheia. (…) Na raiz desse mecanismo psicológico encontra‐se a neurótica necessidade de sentirmos superiores uns em relação aos outros, a disputa. ESCUTANDO SENTIMENTOS; CAP. 9 - Estudando a Arrogância II Ermance Dufaux
  19. 19. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 19 ESTUDANDO A ARROGÂNCIA II O orgulho é o sentimento de superioridade pessoal e a arrogância é a expressão doentia desse traço moral. [Embora] iluminados pela Doutrina Espírita, os reflexos mentais do orgulho ainda não nos permitem vencer o sentimento de importância pessoal. (…) Quase sempre somos assaltados por velhos ímpetos arquivados na bagagem da vida afetiva que nos inclinam a atitudes de invasão e desrespeito para com o semelhante. “Assim não deve ser entre vós; ao contrário, aquele que quiser tornar-se o maior, seja vosso servo”; ESCUTANDO SENTIMENTOS; CAP. 9 - Estudando a Arrogância II Ermance Dufaux “Reflexões de Ermance Dufaux”
  20. 20. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 20 ESTUDANDO A ARROGÂNCIA II O que faz uma pessoa importante é a sua capacidade de servir, realizar. O impulso para ser útil, edificar, superar limites, alcançar novos patamares de conquistas. É o mesmo princípio originário da arrogância. Entretanto, invertendo a ordem, desenvolvemos a destrutiva acomodação em ser servido. ESCUTANDO SENTIMENTOS; CAP. 9 - Estudando a Arrogância II Ermance Dufaux “Reflexões de Ermance Dufaux”
  21. 21. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 21 ESTUDANDO A ARROGÂNCIA II “Ora, se eu, Senhor e Mestre, vos lavei os pés, vós deveis também lavar os pés uns aos outros. Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também” João, XIII: 14 e 15 Jesus é o grande exemplo de servidor. Para Ele, lavar os pés dos discípulos não era diminuir, mas avançar. (…) Não sabemos quem somos e partimos para adotar referências para fora de nós. (…) E para que essa disputa seja “legítima”, criamos o hábito de julgar através da apropriação da verdade. Diminuindo o outro, sentimo‐nos maiores. Humildade é saber quem se é. Nem mais, nem menos. ESCUTANDO SENTIMENTOS; CAP. 9 - Estudando a Arrogância II Ermance Dufaux “Reflexões de Ermance Dufaux”
  22. 22. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 22 ESTUDANDO A ARROGÂNCIA II Quem se compara com o outro cria a tormenta e não descobriu sua singularidade, seu valor pessoal. Não se ama e, por isso mesmo, necessita compulsivamente estabelecer disputas, incendiando‐se de inveja e colecionando rótulos inspirados em irretorquíveis certezas pessoais. Quando nos abrimos para legitimar a humildade em nossas vidas, adotamo‐nos como somos, aceitamos nossas imperfeições. Aprendendo a gostar de nós, eliminamos a ansiedade de competir para denegrir ou excluir. ESCUTANDO SENTIMENTOS; CAP. 9 - Estudando a Arrogância II Ermance Dufaux “Reflexões de Ermance Dufaux”
  23. 23. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 23 ESTUDANDO A ARROGÂNCIA II “(...) Deus saberá dar‐vos um [lugar] mais elevado no Céu, se o merecerdes”. Tarefas maiores, à luz da mensagem do Cristo, não significam prerrogativas para adoção de privilégios ou garantia de autoridade. A expressividade da responsabilidade na Obra do Cristo obedece a dois fatores: necessidade de remissão perante a consciência e merecimento adquirido pela preparação. Em ambas as situações predomina uma só receita para o aproveitamento da oportunidade: o esforço, sacrifício, renúncia e humildade. ESCUTANDO SENTIMENTOS; CAP. 9 - Estudando a Arrogância II Ermance Dufaux “Reflexões de Ermance Dufaux”
  24. 24. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 24 ESTUDANDO A ARROGÂNCIA II (…) Nossa participação, por mais significativa, é como destaca Constantino, Espírito Protetor: “Bons espíritas, meus bem‐amados, sois todos obreiros da última hora” EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO XX: 2 (…) Deveremos periodicamente nos perguntar: que tenho feito dos bens celestes a mim confiados? Cargos, mediunidade, recursos financeiros, influência pelo verbo, a arte de escrever, o talento de administrar, a força física, a saúde, a inteligência... Estarei utilizando-os para o crescimento pessoal e de outros? Consigo perceber minha melhoria no uso desses recursos? ESCUTANDO SENTIMENTOS; CAP. 9 - Estudando a Arrogância II Ermance Dufaux “Reflexões de Ermance Dufaux”
  25. 25. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 25 ESTUDANDO A ARROGÂNCIA II (…) Por que estou sentindo o que estou sentindo? (…) Por qual razão alguém me causa o sentimento de inveja? Por que me sinto diminuído perante uma determinada criatura? A outra faceta da arrogância é a baixa autoestima. O desgaste das forças íntimas ao longo desse trajeto de ilusões na supervalorização de si trouxe como efeito o vazio existencial. “Pai, pequei contra o céu e perante ti; já não sou digno de ser chamado teu filho; faz‐me como um dos teus jornaleiros” Lucas 15:19 ESCUTANDO SENTIMENTOS; CAP. 9 - Estudando a Arrogância II Ermance Dufaux “Reflexões de Ermance Dufaux”
  26. 26. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 26 ESTUDANDO A ARROGÂNCIA II O sentimento de indignidade é o reverso da arrogância. O complexo de inferioridade é a resultante dos desvios clamorosos nesta longa caminhada evolutiva. Por essa razão aprender o autoamor é fundamental. “A educação, convenientemente entendida, constitui a chave do progresso moral. Quando se conhecer a arte de manejar os caracteres, como se conhece a de manejar as inteligências, conseguir‐se‐á corrigi‐los, do mesmo modo que se aprumam plantas novas. Essa arte, porém, exige muito tato, muita experiência e profunda observação.” LIVRO DOS ESPÍRITOS: 917 ESCUTANDO SENTIMENTOS; CAP. 9 - Estudando a Arrogância II Ermance Dufaux “Reflexões de Ermance Dufaux”
  27. 27. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 27 O diálogo tom Tadeu
  28. 28. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 28 Justiça A mente de Tadeu “não conseguia armazenar conhecimentos, nem extrair o saber que vinha envolvido nas parábolas. Era preciso a cooperação dos outros e, mesmo assim, o seu esforço se tornava desumano para sentir um pouco daquilo que era abundante para muitos dos discípulos. “O diálogo com Tadeu” Todavia, a vida premiou Tadeu com um corpo másculo. Mais parecia um gigante dos contos orientais, porte esbelto, mas de tendências grosseiras [de] coração simples e bom”. Avé Luz; CAP. 2 - Justiça Shaolin
  29. 29. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 29 Justiça No final de tarde, após a prece de João, Tadeu perguntou: “- Mestre, (…) mesmo não tendo o direito de acusar ninguém e nem intenção de julgar os atos de Deus, queria o teu pronunciamento acerca da Justiça, pois em vários momentos parece-me ver o contrário nos fatos diários. - Tadeu, se nos sentimos injustiçados nas ocorrências da vida, é por nos faltar capacidade de entendimento da vontade do Pai Celestial. (…) O que percebeste, como fenómeno da vida e das coisas, interpretando como injustiça (…) é a manifestação da Justiça perfeita, porquanto ninguém recebe o que não merece nem aquilo que não pode suportar o seu avanço espiritual.” Avé Luz; CAP. 2 – Justiça “O diálogo com Tadeu”
  30. 30. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 30 Justiça Explicando que ninguém poderia acusar Deus dos distúrbios íntimos de cada um ou dos do mundo, ainda que custem lágrimas e sangue a tantos, Jesus continuou: - [A Justiça somente é bem compreendida, quando analisada com sabedoria]. Do contrário, ficamos nos debatendo no ambiente agressivo da ignorância. (…) Quando somos dotados de força física, Tadeu, é justo saber como usar essa força.” Avé Luz; CAP. 2 - Justiça Shaolin “O diálogo com Tadeu”
  31. 31. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 31 Justiça Foi quando Jesus aproveitou para distinguir a Justiça dos Homens, da Justiça de Deus: - A Justiça aplicada pelas mãos humanas (…) tem interesse em anunciar uma valentia que está impulsionada pela vaidade e, para tanto, existem as leis criadas pelo Senhor que nunca se esquece daquilo que deve ser dado a cada criatura, atuando, também, como vigilante na defesa dos que são realmente inocentes. (…) Se existe cativeiro forçado, prisões infectas e carrascos sem coração, a revolta marca uns e outros, já que são águas da mesma fervura.” Avé Luz; CAP. 2 - Justiça Shaolin “O diálogo com Tadeu”
  32. 32. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 32 Justiça - Quem se preocupa em demasia com a Justiça não tem condições para fazer a benevolência, e quando intenta misturar a caridade com ela, a exigência empalidece o amor. A inveja, mesmo sendo tocada pelo clarão da boa vontade, carrega consigo o azinhavre da maledicência. Todo invejoso se esquece das suas próprias qualidades quem, por vezes, dormem, desperdiçando as forças que gasta, invejando. A cobiça não deixa que repares na carência de muitas qualidades do invejado e queres, com isso, tirar dele o que ele tem para suprir as tuas deficiências. Não é porventura, isso, a maior injustiça?” Avé Luz; CAP. 2 – Justiça; Shaolin “O diálogo com Tadeu”
  33. 33. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 33 Justiça - Estendamos as mãos para que o amor a Deus seja o primeiro entendimento entre os homens, a fim de que não falte o amor ao próximo. (…) De longe via-se Tadeu pela sua estatura helênica, protegendo a saída do Mestre que, de mansinho, tocava os homens e as mulheres que avançavam em direção a Ele pedindo misericórdia, curas, paz, pedindo tudo, como até hoje acontece, mas sem disposição para dar nada. Jesus abençoa a todos.” Avé Luz; CAP. 2 – Justiça; Shaolin “O diálogo com Tadeu”
  34. 34. 14 de novembro de 2018 CONVERSAS COM JESUSCONVERSAS COM JESUS - Justiça -- Justiça - 34 Será injustiça que um receba 5, outro 2 e outro apenas 1? Cada um colhe consoante as suas capacidades. Que regra comum deveria ter sido observada pelos servos? Observar a lei que Jesus ensinou: o amor e a caridade. O que não deve ser feito pelo servo que quer ser fiel? Entregar-se à ociosidade, ao tempo perdido, pois todos temos sempre algo para dar. O que fazer para nos tornarmos servos fiéis ao Cristo? … “Justiça”
  35. 35. “…predomina uma só receita para o aproveitamento dapredomina uma só receita para o aproveitamento da oportunidade: o esforço, sacrifício, renúncia e humildadeoportunidade: o esforço, sacrifício, renúncia e humildade.” Conversas com Jesus - Justiça 14 de novembro de 2018 PONTE DE LUZ – Associação Sociocultural Espírita de Cascais

Conversas com Jesus - Justiça

Vistas

Total de vistas

36

En Slideshare

0

De embebidos

0

Número de embebidos

0

Acciones

Descargas

1

Compartidos

0

Comentarios

0

Me gusta

0

×