Se ha denunciado esta presentación.
Se está descargando tu SlideShare. ×

Trabalho de filosofia- argumento cosmologico .docx

Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Anuncio
Próximo SlideShare
rgmnt d cs prmr
rgmnt d cs prmr
Cargando en…3
×

Eche un vistazo a continuación

1 de 1 Anuncio

Más Contenido Relacionado

Similares a Trabalho de filosofia- argumento cosmologico .docx (20)

Más reciente (20)

Anuncio

Trabalho de filosofia- argumento cosmologico .docx

  1. 1. Trabalho de filosofia- argumento cosmológico A existência ou não existência de um ser superior ou de um deus é um tema bastante debatido na filosofia desde o início dos tempos. Ao longo dos seculos vários filósofos defenderam a existência de um deus e vários refutaram esta ideia. Um dos filósofos que apresentou argumentos a favor foi tomas de Aquino um frade italiano e o argumento de decidimos falar é o argumento cosmológico O argumento cosmológico ou argumento da causa primeira diz que “toda a coisa, e tudo o que acontece, tem uma causa ou origem”, ou seja, por exemplo uma pessoa esta cansada porque foi correr, ela foi correr porque o faz todas as manhas e vai correr todas as manhas porque o seu medico recomendou-lhe e por aí fora. Se pensarmos em todas as coisas que alguma vez aconteceram e fizermos este exercício de andar para trás nesta cadeia de causas chegamos à origem do universo. Perante estas conclusões Tomas de Aquino questionou qual seria a causa impulsionadora da origem do universo e uma vez que uma coisa não se causa a si mesma aquilo que deu origem ao universo foi um ser superior, deus. Deus é a causa da cadeia de causas, portanto, e segundo o argumento cosmológico “deus existe porque tem de haver uma causa primeira para todas as coisas que alguma vez aconteceram desde o início dos tempos”. Uma objeção a este argumento é o facto de ele por vezes ser contraditório, ou seja, tomas de Aquino começa por dizer que toda a coisa tem uma causa e conclui o argumento a dizer que há uma coisa que não tem causa, deus, no entanto, se há uma coisa sem causa, como podemos dizer que tudo tem uma causa? Outra objeção foi feita por Hume que afirma que não há provas concretas para uma relação de causa efeito em tudo no universo afirmando que a lei da casualidade não é uma certeza no mundo da filosofia. Por fim, a última objeção é que mesmo que o argumento cosmológico prove a necessidade de uma causa primeira não prova que esta seja o deus teísta. A causa primeira pode ser uma divindade teísta ou não ser sequer sua divindade, logo não provou a existência de deus.

×