Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.

ESTA É AOAB QUE EU QUERO - FERNANDO OROTAVO NETO

112 visualizaciones

Publicado el

LEIA AS PROPOSTAS INOVADORAS DO CANDIDATO A PRESIDENTE DA OAB RJ

Publicado en: Derecho
  • Sé el primero en comentar

  • Sé el primero en recomendar esto

ESTA É AOAB QUE EU QUERO - FERNANDO OROTAVO NETO

  1. 1. Presidente: Fernando Onorato Neto Vice-presidente: Renata Mansur Presidente da CAARJ: José Teixeira FERNANDO OROTAVO NETO A OAB que eu quero Estou lutando por uma OAB suprapartidária e independente, mas meus concorrentes têm dinheiro; têm a máquina administrativa nas mãos, e eu sou apenas um advogado como você, que sofre com a inadimplência dos clientes, sofre com o descaso dos serventuários, sofre com juiz que não atende advogado, em suma e em síntese, sofre com o caos que foi implementado no Brasil. Mas não adianta mudar só os políticos: temos que renovar o comando das instituições da sociedade civil que os fiscalizam. E sendo a OAB a mais importante delas, haja vista ter por lei o dever institucional de defender a ordem jurídica do Estado Democrático de Direito, temos que RENOVAR O COMANDO DA OAB-RJ. Se você, como eu, quer ver mudanças vote em quem é oposição de verdade! Vote em Fernando Orotavo Neto, para Presidente da OAB-RJ. Vote na Chapa A OAB QUE EU QUERO, e deixa a nossa OAB-RJ RENASCER! Conheça mais sobre minhas propostas: TRANSPARÊNCIA TOTAL O diretor-tesoureiro da OAB-RJ anunciou, numa sessão ordinária do Conselho Pleno, a criação de um sítio na rede mundial de computadores, que concentraria informações abertas aos advogados sobre todos os gastos da Ordem fluminense, nos moldes da mesma plataforma eletrônica utilizada pelo Ministério Público, informando, naquela mesma ocasião, que o Portal da Transparência seria lançado em 2017. “Considero uma obrigação nossa tomar essa atitude, já que transparência é o que mais exigimos do Poder Judiciário e das instituições públicas em geral”. Foram essas as palavras do Dr. Luciano Bandeira. A pergunta que não quer calar: por que não implementaram o portal nos últimos 12 anos, nem Wadih Damous, nem Felipe Santa Cruz, nem Luciano bandeira, o diretor-tesoureiro? Entretanto, mais de um ano e meio após o pronunciamento, o Portal da Transparência ainda é promessa, e advogado nenhum sabe como é gasto ou onde é empregado o dinheiro das anuidades
  2. 2. Presidente: Fernando Onorato Neto Vice-presidente: Renata Mansur Presidente da CAARJ: José Teixeira e o dinheiro que é repassado à OAB-RJ, oriundo das custas judiciais. Eles vão prometer novamente, mas você vai acreditar de novo? EU QUERO SABER QUEM PAGOU O ENVIO DE AGENDAS E BRINDES PARA O PARÁ,como denunciou Álvaro Quintão, que hoje integrará a chapa da situação como Secretário-Geral; EU QUERO SABER QUANTO É GASTO NOS CARTÕES CORPORATIVOS. VOCÊNÃO QUER? EU VOU INSTALAR o Portal da Transparência, para que cada advogado saiba e acompanhe onde é gasto cada centavo das centenas de milhões de reais que são arrecadados pela Seccional. Eu tenho o direito de saber, cada advogado tem o direito de saber. A OAB-RJ não é fiscalizada pelo TCU nem por ninguém, mas tem que ser fiscalizada por nós advogados. AUTONOMIA FINANCEIRA PARA AS SUBSEÇÕES Essa dependência econômico-financeira que as subseções mantêm com a Seccional tem que acabar. Essa política do “pires na mão” só se presta a criar uma subserviência política entre os Presidentes de Subseção e o Presidente da Seccional. As subseções não tem que ser utilizadas como instrumento político pelo Presidente da Seccional. Elas têm que cumprir a sua finalidade, que é dar auxílio aos advogados do interior para que TODOS tenham melhores condições de exercer a advocacia, além de salvaguardar seus direitos e prerrogativas, no dia-a-dia. Comigo, essa dependência odiosa e covarde imposta às subseções vai acabar! EU VOU CONCEDER TOTAL AUTONOMIA FINANCEIRA ÀS SUBSEÇÕES. Pagos os gastos e despesas da Seccional, a sobra da arrecadação será dividida igualmente entre as subseções, na proporção do número de advogados inscritos em cada uma delas. E vou fiscalizar os gastos. Os Presidentes das subseções terão que prestar contas ao Conselho Pleno, anualmente.
  3. 3. Presidente: Fernando Onorato Neto Vice-presidente: Renata Mansur Presidente da CAARJ: José Teixeira ABRINDO A CAIXA PRETA DA CAARJ A gestão Wadih Damous vendeu a CAARJ para a UNIMED e até hoje ninguém sabe como se deu essa negociação. Na 38ª Sessão Ordinária do Conselho Pleno, ocorrida em 9.8.2018, o Procurador- Geral, Dr. Fabio Nogueira, lendo um relatório realizado pela auditoria independente contratada pela própria CAARJ, anunciou que: (a) 15 milhões de reais tinham sido gastos sem comprovação efetiva; (b) a CAARJ tinha um passivo circulante de 5 milhões de reais; um passivo não-circulante de 40 milhões de reais; um passivo a descoberto de 22 milhões de reais, contra um ativo imobilizado de apenas 21 milhões de reais, ou seja,ESTAVA CONTABILMENTE QUEBRADA. NO ENTANTO, AGORA, A CHAPA DA SITUAÇÃO (lUCIANO BANDEIRA) FEZ UM ACORDO COM MARCELLO OLIVEIRA, PRESIDENTE DA CAARJ, PARA QUE ELE SEJA DIRETOR-TESOUREITRO DA OAB-RJ. Você, advogado, quer mesmo que essa gestão se repita na OAB-R; quer mesmo que o Marcello Oliveira, Presidente da CAARJ, seja os eu diretor-tesoureiro. Eu passo... EU VOU ABRIR A CAIXA PRETA DA CAARJ E SANEAR A ADMINISTRAÇÃO, colocando lá administradores competentes, ao invés dos que hoje conduzem a Caixa de Assistência dos Advogados. ABRINDO A CAIXA PRETA DA OABPREV-RJ O Vice-Presidente da CAARJ, Dr. Frederico Mendes, que embora tenha participado da gestão nos últimos 3 anos se recusou a assinar a prestação de contas da Caixa de Assistência, é o Presidente do Conselho Deliberativo da OABPREV-RJ; e o Dr. Renan Aguiar, Diretor-Tesoureiro da CAARJ, é o diretor-financeiro da OABPREV- RJ. Ambos foram nomeados OAB-RJ e pela CAARJ. Não admira, portanto, que a OABPREV-RJ nos últimos 4 anos tenha experimentado rentabilidade inferior ao da sua meta atuarial, abaixo das aplicações em CDB’s. Essa mesma gestão comprou quase 6 milhões em debêntures emitidas por uma empresa de papel (Holding), sediada em Barueri, cujo capital social era de apenas 2.5 milhões, fundada em setembro de 2016 e que embora nunca tivesse emitido debêntures,
  4. 4. Presidente: Fernando Onorato Neto Vice-presidente: Renata Mansur Presidente da CAARJ: José Teixeira resolveu emitir 80 milhões, apenas 3 meses após a sua constituição, sem registrar as debêntures na CVM (esforços restritos), com carência de um ano para pagamento, que foi renovado por mais 1ano, recebendo como garantia a fiança do sócio da empresa. Você, advogado, compraria um título desses, nessas condições? Nem eu, mas a OABPREV-RJ comprou. Além disso, até 05.3.2018, só investiu o dinheiro da OABPREV-RJ em CDBS emitidos por bancos de terceira linha (BANCO INDUSTRIAL, BANCO PARANÁ BANCO e BANCO DAYCOVAL). Nenhum CDB do ITAU, BRADESCO ou SANTANDER até 05.03.2018. Aplicou 160 milhões em mais de 30 FUNDOS DE INVESTIMENTOS administrados pelo BNY MELLON e pela ORLA DTVM, pagando inúmeras taxas de performance, de administração e de gestão, para comprar ativos de altíssimo risco. Ativos esses que o Conselho Deliberativo e a Diretoria Financeira se recusaram a identificar, nada fazendo a OAB-RJ e a CAARJ, instituidoras da OABPREV-RJ, para investigar a regularidade ou a anômala administração desses investimentos. EU VOU ABRIR A CAIXA PRETA DA OABPREV-RJ; vou fazer a auditoria independente que já requeri, mas que a OABRJ deferiu “para inglês ver” e não deu andamento; vou pedir a intervenção da PREVIC na OABPREV-RJ; vou remeter os documentos que possuo para o MPF e para a CVM, a fim de que eles promovam a verificação da regularidade das operações. E VOU PEDIR A APURAÇÃO DA RESPONSABILIDADE CIVIL E PENAL DOS GESTORES E ADMINISTRADORES. ADVOCACIA ALGEMADA, PRERROGATIVAS VIOLADAS Embora a Comissão de Prerrogativas tenha feito um bom trabalho, a atuação pode melhorar e muito. Hoje temos 1.700 delegados de prerrogativas distribuídos aleatoriamente no Estado do Rio de Janeiro.
  5. 5. Presidente: Fernando Onorato Neto Vice-presidente: Renata Mansur Presidente da CAARJ: José Teixeira Eu vou alocar os delegados nos fóruns, nos presídios e nas delegacias, para que a atuação deles seja mais efetiva e concreta. Quem quiser ter carteira de delegado de prerrogativa vai ter que trabalhar, como trabalham os conselheiros, e ter de dedicar um horário fixo para a advocacia. 6 horas semanais, pelo menos, para honrar a carteira. De nada adianta uma advogada ser algemada e o Delegado da prerrogativa chegar ao local depois que ela foi detida e conduzida à delegacia, como aconteceu recentemente no fórum de Duque de Caxias. Notas de repúdio e desagravos são respostas frouxas à violação das prerrogativas, e constituem atuação tíbia e fraca da OAB-RJ. Advocacia não é profissão de covarde. Juiz ou serventuário que violar prerrogativa de advogado vai responder no CNJ, civil e penalmente. Vai ter que contratar advogado para se defender e, assim, aprender a respeitar a profissão. “O Rei fraco torna fraca a forte gente”. Na minha gestão, a lei vai ser cumprida, doa a quem doer. Só assim, nos dando ao respeito, seremos respeitados. Só assim, a OAB-RJ renascerá com a força que sempre teve, mas que a subserviência aos políticos de ocasião dela retirou. As prerrogativas dos advogados tem que ser defendidas com sangue nos olhos, de forma combativa e com destemor. Não transigirei com a violação das prerrogativas e tudo farei para que elas não aconteçam, atuando ex facto, ao invés de atuar post factum, através de notas de repúdio e de desagravo. Meu sonho é tornar as notas de repúdio e os desagravos obsoletos. Advocacia respeitada não precisa disso. OAB-RJ SUPRAPARTIDÁRIA, INDEPENDENTE E NÃO-SUBSERVIENTE Quando Sergio Cabral fazia a sua “farra dos guardanapos” em Paris, na Place Vêndome, em frente ao Ritz, com fornecedores do Estado, a OAB-RJ olhava tudo de modo complacente e omisso.
  6. 6. Presidente: Fernando Onorato Neto Vice-presidente: Renata Mansur Presidente da CAARJ: José Teixeira Nenhuma ação de improbidade administrativa foi proposta; nenhum pedido de impeachment foi encaminhado à ALERJ. Era a subserviência da OAB-RJ ao então PMDB e ao PT. Na minha gestão isso não acontecerá. Todos são livres para ter a ideologia política que lhes convier, mas a OAB-RJ não abrirá mão de cumprir a sua função institucional, de defender a ordem jurídica do Estado Democrático de Direito, preservando a moralidade administrativa, e usando dos meios legais e constitucionais postos à sua disposição na defesa da sociedade civil. PROCURADORES DA OAB-RJ SERÃO ESCOLHIDOS POR CONCURSO PÚBLICO À exceção do Procurador-Geral, todos os demais procuradores da OAB-RJ serão escolhidos através de concurso público, a ser coordenado pela FGV. Meritocracia e gente que faz a diferença, em substituição às nomeações feitas em função “dos belos olhos”. Pouco importa se o Procurador é do meu grupo político ou do grupo político contrário. Somos todos advogados, somos todos OAB. Terão mandato de 3 anos, para que haja oxigenação do quadro de Procuradores. PROPOSTA DE LEI FEDERAL PARA TORNAR NULA A PRISÃO DE ADVOGADO FEITA SEM A PRESENÇA DE DELEGADO DAS PRERROGATIVAS O Delegado de Prerrogativas da OAB-RJ é um defensor das prerrogativas de toda à classe dos advogados. Encaminharemos proposta de Lei Federal ao Conselho Federal da OAB-RJ, para que insira na Lei 8.906/94 um artigo de lei que torne nula a prisão de advogado feita na ausência de um delegado de prerrogativas da OAB-RJ, sujeitando à multa pecuniária o agente que violar o comando normativo. Quando dói no bolso, a ilegalidade, se não cessar, pelo menos diminui.
  7. 7. Presidente: Fernando Onorato Neto Vice-presidente: Renata Mansur Presidente da CAARJ: José Teixeira TED PARA OS ADVOGADOS Na minha gestão nenhum advogado será suspenso preventivamente antes de formalizada a sua culpa, pelo Poder Judiciário, com a observância do devido processo legal. Não se pune um advogado que está a lutar pelos seus direitos porque ele foi notícia em Jornal. Advogado preso não precisa ser suspenso preventivamente do exercício da advocacia, pois não conheço nenhum cliente que contrate um advogado preso. Não há periculum in mora que justifique a suspensão preventiva. A credibilidade da advocacia não reside em antecipar pena de suspensão, pois não somos justiceiros, e sim arautos da Justiça, que é a virtude por excelência. Já os culpados, com culpa formada, serão excluídos da OAB-RJ, também com a observância do devido processo legal, para preservação da dignidade da advocacia, que se garante obedecendo a Lei. Liberdade não é anarquia e desordem. A liberdade consiste em fazer o que as leis permitem e a não fazer o que elas proíbem. Vamos investir em programas de computador que nos ajudem a evitar que os processos disciplinares prescrevam antes do julgamento. Minha gestão condenará os advogados culpados e absolverá os inocentes, sem compadrios de qualquer espécie, sejam os advogados humildes ou célebres. Todos serão tratados igualmente. Serei PRESIDENTE DE TODOS OS ADVOGADOS, e não apenas daqueles que votarem em mim. ACESSO AO QUINTO CONSTITUCIONAL Na minha gestão, além de cumprir as regras emanadas do CFOAB para acesso ao Quinto Constitucional, como a comprovação do exercício profissional por 10 anos ininterruptos, os candidatos terão que se submeter a uma prova escrita e oral, para que se afira efetiva e concretamente a capacidade jurídica do candidato. Se nós colocamos candidatos incompetentes na lista sêxtupla, não podemos depois reclamar do nível dos operadores do direito.
  8. 8. Presidente: Fernando Onorato Neto Vice-presidente: Renata Mansur Presidente da CAARJ: José Teixeira A votação da lista sêxtupla se dará sem a interferência de políticos ou de pessoas estranhas ao quadro de advogados. O Governador terá que nomear um advogado competente que esteja na lista sêxtupla e esse é o modo de fazermos o check and balance da nomeação do Governador, pois se o candidato não estiver na lista sêxtupla não será nomeado. CONSELHEIRO QUE NÃO TRABALHAR PERDERÁ O CARGO Na última gestão, mais de 100 conselheiros da OAB-RJ não compareciam à sessão do Conselho Pleno, impedindo que os processos de exclusão, que tem quorum qualificado (2/3),fossem julgados. Uma vergonha! Na minha gestão será aplicada a norma do art. 29, letra “e” do Regimento Interno da OABRJ: conselheiro que faltar 3 sessões consecutivas sem justificativa perderá o mandato. Tem conselheiro que doa dinheiro para a campanha e acha que por isso não precisa comparecer às sessões. Na minha gestão isso acabará. Conselheiro tem que honrar o cargo que ocupa e honrar o voto dos advogados que o elegeram. NÃO SE CONTENTANDO COM MIGALHAS A OAB-RJ administra centenas de milhões de reais e quando se inaugura uma Casa Celso Fontenelle o advogado, iludido, acha que estão fazendo muito por ele. A se considerar a receita da OAB-RJ deveria existir uma Casa Celso Fontenelle em cada subseção do Estado. Porco selvagem é que é caçado com milho. ADVOGADO QUE SE CONTENTA COM MIGALHAS NÃO SABE A FORÇA QUE TEM.PROJETO CONSELHEIRO POR UM DIA Antes de punir o advogado por falta ética é necessário que ele conheça na prática como funciona a OAB-RJ, que, para muitos, é apenas uma entidade arrecadadora de anuidades. Eu e o Conselheiro Claudio Fonseca aprovamos, por aclamação, no Conselho Pleno o projeto “Conselheiro por um dia”, em parceria com a Universidade Estácio de Sá, que consiste na edição de uma
  9. 9. Presidente: Fernando Onorato Neto Vice-presidente: Renata Mansur Presidente da CAARJ: José Teixeira sessão do Conselho simulada, para que os formandos verifiquem na prática a conduta ética que deles se espera no exercício da profissão. A última gestão aprovou mas não implementou. Eu vou implementar. EDUCAR ANTES, PARA PUNIR DEPOIS! ESA NAS SUBSEÇÕES Os cursos de formação e aperfeiçoamento dos advogados não podem se circunscrever à capital. A ESA tem que ir até o advogado do interior e criar módulos nas subseções para que a informação e o conhecimento jurídico sejam compartilhados com os advogados do interior. EDUCAÇÃO GERA CREDIBILIDADE E RESPEITO PROFISSIONAL. EDUCAÇÃO SERÁ PRIORIDADE NA MINHA GESTÃO. OAB-RJ VAI À ESCOLA E ÀS UNIVERSIDADES A OAB-RJ fez um convênio com a ELEVA, escola de elite na capital do Rio de Janeiro, para que os seus alunos tenham conhecimentos básicos de direito. Boa inciativa e que mereceu os meus aplausos. Mas porque só com a ELEVA? Porque não estender o mesmo convênio às escolas públicas e às do interior? A EDUCAÇÃO é direito de todos e dever do ESTADO, mas podemos fazer a nossa parte, até mesmo encaminhando projeto de lei federal que torne obrigatório nas escolas o ensino da cadeira de introdução ao estudo do direito, onde se ministre noções básicas de direito constitucional, penal e do consumidor, aos alunos do ensino fundamental. UM CIDADÃO CIENTE DOS SEUS DIREITOS CONSTRÓI UMA SOCIEDADE PLURAL E CIVILIZADA. E,O QUE É MELHOR, APRENDE A RESPEITAR O DIREITO ALHEIO. ANUIDADE E JUSTIÇA CONTRIBUTIVA Há advogados ricos e bem sucedidos, que patrocinam milhares de processos, e há também advogados iniciantes, em começo de carreira, que patrocinam poucas causas. No entanto, ambos pagam a mesma anuidade para a OAB-RJ. Isso é justo? Penso que não. Na
  10. 10. Presidente: Fernando Onorato Neto Vice-presidente: Renata Mansur Presidente da CAARJ: José Teixeira minha gestão, a anuidade será cobrada tendo em vista a capacidade contributiva do advogado, aferida pelos números de processos que ele patrocina e pelo tempo de efetivo exercício da advocacia, de sorte a tratar os desiguais de forma desigual, pois entendo que nisso reside o princípio da isonomia. Quem tem mais estrada e mais processos tem que contribuir mais, enquanto os iniciantes tem que ter reais chances de ascender e se desenvolver profissionalmente sem que o pagamento da anuidade sobrevenha em prejuízo do seu sustento e do sustento da sua família. NA MINHA GESTÃO HAVERÁ JUSTIÇA CONTRIBUTIVA. VOU REDUZIR DRASTICAMENTE A ANUIDADE, QUE HOJE É UMA DAS MAIORES DO BRASIL. OAB-RJ PLURAL E PARTICIPATIVA Advogado é advogado, não importando a origem, a raça, o sexo, a cor, a idade, a posição social, e quaisquer outras formas de discriminação. MINHA LUTA É PELA IGUALDADE. E A LUTA POR UM BRASIL MELHOR COMEÇA POR AQUI, por nós advogados, que somos a voz do cidadão, porque é através de nós advogados que os princípios constitucionais do acesso à justiça, da ampla defesa, do contraditório e da dignidade da pessoa humana se tornam concretos e efetivos. ADVOGADO CRIMINALISTA NÃO É CRIMINOSO! Todo cidadão merece defesa, até mesmo os que não merecem absolvição. O compromisso da minha gestão é colocar os advogados penalistas no colo, proteger as prerrogativas deles como uma leoa protege os seus filhotes, pois eles estão no front da defesa do bem mais valioso que um homem pode possuir: a liberdade. Os que confundem o advogado penalista com os seus clientes não sabem o significado do conceito de “ampla defesa”. Na minha gestão a Comissão de Direitos Humanos será presidida por um advogado penalista e a Comissão de Prerrogativas também.
  11. 11. Presidente: Fernando Onorato Neto Vice-presidente: Renata Mansur Presidente da CAARJ: José Teixeira Vamos acabar com essa história de defender a advocacia criminal apenas em ano de eleição, POIS PALAVRAS O VENTO LEVA... FISCAIS DA JUSTIÇA! Há juízes que não vão trabalhar na sexta-feira, há juízes que trabalham de casa e não atendem advogados. Na minha gestão, vou criar a comissão da Justiça para que cada advogado fiscalize o trabalho dos juízes, COMO “OS FISCAIS DO SARNEY NO Plano Cruzado”. A certidão é um direito potestativo do advogado, e se todo advogado que for despachar e não encontrar o juiz no seu gabinete pedir uma certidão que comprove essa situação, a minha gestão tomará providências efetivas junto ao CNJ. Vamos tornar a justiça eficiente e fiscalizar o Poder Judiciário com os fiscais da Justiça! Seja um fiscal da Justiça você também! Se você advogado não sabe a força que tem, EU SEI E VOU FAZER PREVALECER A NOSSA FORÇA! NÃO À EXECUÇÃO DE ANUIDADE! Advogado com dificuldade financeira não é caloteiro! O cliente não te paga e ainda assim ou você paga a anuidade mais cara do Brasil ou é executado pela OAB-RJ. Na minha gestão vai ter conversa, diálogo, mediação, e não execução. Vou criar condições para que você advogado pague seus compromissos com a classe sem ser processado por quem deveria ser o primeiro a te defender. EXTINÇÃO DOS CARTÕES CORPORATIVOS! Quem quer ser respeitado tem que dar o exemplo. Na minha administração vou extinguir o cartão corporativo do Presidente e da Diretoria. OAB-RJ não é empresa nem cabide de emprego, para os diretores terem cartão corporativo. OAB-RJ é lugar de advogado militante, e não de profissional de OAB. EXTINÇÃO DA CARTEIRA DE CONSELHEIRO O Conselheiro da OAB-RJ é um advogado igual a você. Por que ele usa uma carteira marrom diferente da sua? Você é um advogado de segunda classe e os conselheiros são advogados de primeira classe? Não, mil vezes não! Na minha gestão todos portarão uma única carteira profissional, igual para todos: a vermelhinha, que nos dá tanto orgulho!
  12. 12. Presidente: Fernando Onorato Neto Vice-presidente: Renata Mansur Presidente da CAARJ: José Teixeira ESSA É A OAB QUE EU QUERO... Há 12 anos a OAB-RJ é dirigida pelas mesmas pessoas. Wadih Damous (Presidente), Felipe Santa Cruz (Presidente da CAARJ e da OAB-RJ), Alvaro Quintão (Conselheiro até 1 ano e meio atrás), Marcelo Oliveira (Presidente da CAARJ), Renan Aguiar (Diretor Tesoureiro da CAARJ e Financeiro da OABPREV-RJ), Frederico Mendes (Presidente do Conselho deliberativo da OABPREV e Vice- Presidente da CAARJ, ex-Presidente da ADVCRED-RJ) e Luciano Bandeira (Presidente da BARRA e Diretor-Tesoureiro). Vejam as fotos abaixo: Se você quer que a OAB-RJ continue do jeito que está, vote em LUCIANO BANDEIRA (Wadih Damous, Alvaro Quintão, Marcelo Oliveira e Felipe Santa Cruz), ou seja, vote nos mesmos, mas sabendo o que está fazendo, pois, como dizia Albert Einstein, “insanidade é fazer sempre a mesma coisa e esperar um resultado diferente”. Mas se você quer mudanças, vote em quem é oposição de verdade, VOTE EM FERNANDO OROTAVO NETO, para Presidente da OAB-RJ. Vote na chapa [A OAB QUE EU QUERO], e deixa a nossa OAB-RJ RENASCER! EU SOU ADVOGADO COMO VOCÊ!

×