Se ha denunciado esta presentación.

Valores e Supra-sentido

10

Compartir

Cargando en…3
×
1 de 12
1 de 12

Más Contenido Relacionado

Libros relacionados

Gratis con una prueba de 14 días de Scribd

Ver todo

Audiolibros relacionados

Gratis con una prueba de 14 días de Scribd

Ver todo

Valores e Supra-sentido

  1. 1. Logoterapia e Logoteoria UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIENCIAS BIOLOGICAS E DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA DOCENTE: Gilvan Melo Rayanne Chagas Out. 2011
  2. 2. Os valores: criativos, vivenciais e atitudinais "Quem tem um porquê enfrenta qualquer como" (Victor Frankl/Nietzsche)
  3. 3. Sentido e valores • Em sua busca pelo sentido, o homem é orientado por sua consciência, a qual Frankl (1992) chama de órgão do sentido. • O caminho concreto para a realização de sentido são os valores. Valores são abstratos universais-de- sentido que se apresentam como possibilidades no horizonte humano.
  4. 4. • Langue (1992, apud Roche, 2005) afirma que a questão do sentido adquire relevância a partir de três experiências básicas do ser humano: 1. o livre-arbítrio, que permite fazer escolhas entre as possibilidades; 2. o sentimento de que não é indiferente aquilo que escolho: tomo decisões sobre valores; 3. A inconstância das situações, que mudam continuamente.
  5. 5. “Nós que vivemos nos campos de concentração podemos lembrar de homens”. Que andavam pelos alojamentos confortando a outros, dando o seu último pedaço de pão. Eles devem ter sido poucos em número, mas ofereceram prova suficiente que tudo pode ser tirado do homem, menos uma coisa: a última das liberdades humanas - escolher sua atitude em qualquer circunstância, escolher o próprio caminho.” (Viktor Frankl)
  6. 6. “Assim, uma vida a partir da consciência é sempre uma vida absolutamente pessoal, dirigida a uma situação absolutamente concreta” (Frankl, 2007, apud, Breintenbach, 2009)
  7. 7. O supra-sentido Nas palavras de Boere (2011): “No obstante, al final, estos valores actitudinales, experenciales y creativos, som meras manifestações superficiales de algo mucho más fundamental, el suprasentido.”
  8. 8. • A auto-realização é conseqüência da autotranscendência. • Aqui podemos perceber a faceta mais religiosa de Frankl: o supra sentido é a idéia que, de certo, existe um sentido ultimo na vida; sentido que não depende de outros, nem de nossos projetos ou mesmo nossa identidade. É uma clara referencia a Deus e ao sentido espiritual.
  9. 9. • Para Viktor Frankl, o homem religioso é aquele que foi capaz de completar a sua dinâmica ontológica. É responsável e consciente, vive sua vida como uma missão a ser cumprida; • Sartre: suportar a falta de sentido. • Frankl: necessidade de aprender a suportar nossa incapacidade para compreender a totalidade o grande sentido último.
  10. 10. “A segurança e a ancoragem na transcendência, no Absoluto” (Frankl, 1946/1989a, p.297)
  11. 11. rayannechagas@yahoo.com.br Obrigada! (: “Ser homem significa ... ser para além de si mesmo. ... Ser humano significa ordenar-se em direção a algo ou a alguém: entregar- se ... a uma obra a que se dedica, a uma pessoa que ama, ou a Deus, a quem serve” (Frankl)

×