Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.

Atenção farmacêutica ao paciente com hipertireoidismo

  • Inicia sesión para ver los comentarios

Atenção farmacêutica ao paciente com hipertireoidismo

  1. 1. Guilherme WahrendorffATENÇÃO FARMACÊUTICA AO PACIENTE COM HIPERTIREOIDISMORESUMOO presente trabalho de conclusão de curso destaca a importância enecessidade de se desenvolverem programas de Atenção Farmacêutica, voltadosà educação, orientação, monitorização e adesão de pacientes com hipertireoidismoe outras patologias ao tratamento farmacológico e não farmacológico. Por ser umapatologia pouco freqüente, o hipertireoidismo quando não tratado causatranstornos desagradáveis que acabam afetando a qualidade de vida. Desta formapromoveu-se Atenção Farmacêutica baseado no Método Dader com auxílio doprograma O Pharmaceutico a uma paciente diagnosticada com a patologiahipertireoidismo na sua residência na localidade centro no município de Santa Cruzdo Sul, Rio Grande do Sul/Brasil. A paciente, além de sofrer de hipertireoidismo,apresenta também o transtorno do pânico. Através dos cinco encontros, detectou-se que a paciente não tratava o hipertireoidismo com medicamentos devido adivergências médicas e por vontade própria, assim constatou-se o PRM 1: Opaciente sofre um problema de saúde conseqüência de não receber umamedicação que necessita. No decorrer dos encontros, a paciente sempre foiincentivada pelo acadêmico a consultar o seu médico, ter hábitos saudáveis devida e principalmente, fazer uso do medicamento Metimazol. Quando a pacienteconsultou o seu médico, foi solicitado pelo acadêmico que a mesma entrega-se umrelatório atual de seu estado de saúde elaborado pelo estudante (ANEXO D), ondecontinha o PRM detectado e as IF sugeridas, as quais foram aceitas pelo médico epela paciente. Com a adesão da paciente ao programa de AF e ao tratamento,resolveu-se o PRM1 e assim foi possível até o momento obter uma significativamelhora relatada pela paciente quanto aos sintomas que a acometiam relativos aohipertireoidismo, já que a mesma passou a fazer uso do medicamento metimazolde forma contínua.Palavras-chave: Hipertireoidismo, Atenção Farmacêutica, Método Dader.

×