Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.

Hgp correção teste 2

635 visualizaciones

Publicado el

Hgp correção teste 2

Publicado en: Educación
  • Sé el primero en comentar

Hgp correção teste 2

  1. 1. A Revolução Francesa acabou com que tipo de monarquia? A Monarquia Absoluta Quem está representado no documento B? Napoleão Bonaparte, imperador dos franceses. Em que consistiu o Bloqueio Continental? O Bloqueio Continental consistiu no encerramento dos portos europeus, para impedir a Inglaterra de comprar ou vender produtos.
  2. 2. Como reagiu Portugal perante o Bloqueio Continental? Portugal hesitou em obedecer ao Bloqueio Continental. O que fez a família real portuguesa quando Portugal foi invadido pelos franceses? O príncipe regente D. João partiu para o Brasil, acompanhado da família real e de muitos elementos da nobreza. Deixou o governo do reino entregue a um grupo de ministros.
  3. 3. 1. Observa os mapas e lê os textos com atenção. Doc. A – Bloqueio Continental. Doc. B “Vejo que, pelo interior do meu Reino, marcham tropas do imperador dos Franceses [Napoleão Bonaparte], sabendo eu que elas se dirigem em particular contra a minha pessoa tenho resolvido passar com a Rainha e com toda a Família Real para o Brasil e estabelecer-me na cidade do Rio de Janeiro até à paz geral.” Carta do príncipe regente D. João, 26 de novembro de 1807 (adaptado). Doc. C – Mapa das Invasões Francesas (1807-1811).
  4. 4. 1.1. Refere: a) o que está representado no documento A. O Bloqueio Continental. b) quem o ordenou. Napoleão Bonaparte. c) qual o reino que não obedeceu ao Bloqueio. Portugal. d) qual o documento que mostra a principal consequência dessa desobediência. O documento C.
  5. 5. e) quantas vezes Portugal foi invadido. Três vezes. f) em qual das invasões os franceses ocuparam a cidade de Lisboa. Na primeira. g) o que fez a família real. A família real foi para o Brasil. h) onde foram definitivamente vencidos os exércitos franceses. Os exércitos franceses foram definitivamente vencidos nas Linhas de Torres.
  6. 6. 2. Lê o documento com atenção. Doc. D – O descontentamento dos portugueses. “O nosso exército era um exército inglês (…) Governava-nos um general inglês (…) Um tratado infeliz colocara o nosso comércio a reboque do comércio inglês e a nossa indústria tinha sido absolutamente sacrificada à indústria inglesa..” Alexandre Herculano, Um Homem e uma Ideologia, Lisboa, 1978 (adaptado). 2.2. Como explicas o domínio dos ingleses em Portugal, após as invasões francesas? Após as invasões francesas, a família real não regressou a Portugal e permaneceu no Brasil. A governação de Portugal ficou entregue aos militares ingleses, que nos tinham ajudado nas batalhas contra os franceses. 2.1. Identifica três das razões do descontentamento dos portugueses. O nosso exército ser comandado por ingleses. Sermos governados pelos ingleses. A abertura dos portos do Brasil aos ingleses.
  7. 7. 3. Risca a palavra errada em cada uma das seguintes afirmações. a) Em 1817, o general Gomes Freire de Andrade foi acusado de liderar uma revolta contra a Monarquia Absoluta/Liberal. b) Em 1818, um grupo de burgueses liberais criaram o Tribunal da Inquisição/Sinédrio. Eram liderados por Manuel Fernandes Tomás/D. José I. c) Em 1820, teve início no Porto a independência do Brasil / Revolução Liberal.
  8. 8. 4. Observa a imagem e lê o texto com atenção. Doc. E – Manuel Fernandes Tomás discursa nas Cortes Constituintes, em 1822. Doc. F – Constituição de 1822 (artigos adaptados). “Artigo 9º – A lei é igual para todos (…). Artigo 29º – O Governo da Nação Portuguesa é a Monarquia Constitucional (…). Artigo 30º – Estes poderes são: legislativo, executivo e judicial (…). O primeiro reside nas Cortes (…). O segundo está no rei e nos ministros (…). O terceiro está nos juízes (…).”
  9. 9. 4.1. Completa o texto com as seguintes palavras ou expressões: 1820 Constituição Cortes Constituintes deputados D. João VI 1822 executivo igualdade judicial privilegiados juízes Monarquia Constitucional legislativo privilegiados rei Após a Revolução de a)_________, o Governo Provisório organizou eleições. Nessas eleições, os portugueses escolheram os seus b)_______________, que passaram a reunir-se nas c)_________________________. Em d)________, as Cortes aprovaram a primeira e) ______________ portuguesa, que foi depois assinada pelo rei f) ____________. Portugal passou a ter uma g) ___________________________. Ao contrário da Monarquia Absoluta, na Monarquia Liberal ou Constitucional, os poderes estão separados: as Cortes têm o poder h) ____________; nos tribunais, os i) ________, o poder j) ___________; o poder k) ____________ continuou a pertencer ao l) ______. A m)_______________ de todos os cidadãos perante a lei acabou com a divisão da sociedade em n) __________________ e não o) _____________________. 1820 deputados Cortes Constituintes 1822 Constituição D. João VI Monarquia Constitucional legislativo juízes judicial executivo rei igualdade privilegiados privilegiados
  10. 10. 5. Observa a imagem seguinte. Doc. G – Independência ou Morte, óleo sobre tela de Pedro Américo, 1888. 5.1. Assinala com um V as afirmações verdadeiras e com F as falsas. Corrige as afirmações falsas.
  11. 11. a) A presença da corte no Brasil permitiu um grande desenvolvimento de Portugal. b) Quando D. João VI regressou a Portugal, o seu filho D. Pedro permaneceu no Brasil. c) As Cortes Constituintes exigiram que D. Pedro nunca mais regressasse a Portugal. d) As Cortes também exigiram que Portugal voltasse a ser uma colónia do Brasil. e) D. Pedro não aceitou as exigências das Cortes e declarou a independência do Brasil em 1822. V A presença da corte no Brasil permitiu um grande desenvolvimento desse território (ou do Brasil). F F As Cortes Constituintes exigiram que D. Pedro regressasse a Portugal. F As Cortes também exigiram que o Brasil voltasse a ser uma colónia de Portugal. V
  12. 12. 7.1. Refere: 7.1.1. os “grupos” que se enfrentaram na guerra civil. Os liberais e os absolutistas (ou miguelistas). 7.1.2. os líderes desses “grupos” e o que defendiam. O líder dos liberais era D. Pedro, que defendia a Monarquia Liberal, e o dos absolutistas era D. Miguel, que defendia a Monarquia Absolutista. 7.1.3. quem venceu a guerra civil. Foram os liberais. 7.2. Explica o que é uma guerra civil Uma guerra civil é um conflito travado entre cidadãos do mesmo país.
  13. 13. Revolução Liberal. 7. Ordena cronologicamente, do mais antigo para o mais recente, os seguintes acontecimentos, numerando-os de 1 a 6: Independência do Brasil. Revolução Francesa. Invasões francesas. Guerra Civil. Constituição de 1822. 1 2 6 5 4 3 FIM

×