Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.
O ESCRAVISMO
Seminário de Sociologia
Tema: Escravismo´(Modo de Produção Escravista).
Pesquisa e Montagem: Patrícia Ventura
É um modo de produção
onde o trabalhador é escravo,
torna-se propriedade de outra
pessoa. Suas vontades,
desejos, aspiraçõ...
Os escravos quando
chegavam ao seu destino
eram novamente trancafiados
como prisioneiros em
condições sub humanas até
sere...
SOCIEDADE ESCRAVISTA
Houve predominância na Antiguidade, espalhou-se por diversos
países, porém, no Brasil os escravos per...
Os escravos eram obrigados
a trabalhar em situações
degradantes, vivendo de forma
precária, sendo punidos com
violência ca...
CONCLUSÃO
“Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor
de sua pele, por sua origem ou ainda por sua
religião. Para odiar, ...
BIBLIOGRAFIA
http://educacao.uol.com.br/disciplinas/historia/escravismo-
no-brasil-a-resistencia-de-africanos-e-descendent...
Próxima SlideShare
Cargando en…5
×

O escravismo pdf

  • Sé el primero en comentar

O escravismo pdf

  1. 1. O ESCRAVISMO Seminário de Sociologia Tema: Escravismo´(Modo de Produção Escravista). Pesquisa e Montagem: Patrícia Ventura
  2. 2. É um modo de produção onde o trabalhador é escravo, torna-se propriedade de outra pessoa. Suas vontades, desejos, aspirações de nada valiam porque estes escravos eram tratados como coisa ou objetos, ferramentas de trabalho. (Relação de Domínio e de Sujeição) MODO DE PRODUÇAO ESCRAVISTA
  3. 3. Os escravos quando chegavam ao seu destino eram novamente trancafiados como prisioneiros em condições sub humanas até serem comprados por outros senhores, os quais, passavam ser seus donos. (Relação de Domínio e de Sujeição). RELAÇÕES DE PRODUÇÃO DO MODO ESCRAVISTA
  4. 4. SOCIEDADE ESCRAVISTA Houve predominância na Antiguidade, espalhou-se por diversos países, porém, no Brasil os escravos perdiam o direito de usarem seus verdadeiros nomes e assumiam nomes de origem portuguesa por conta do povo que nos colonizou. Assumiam a religião católica que era dos portugueses e assim as origens foram se perdendo, não havendo registros. Havia o ESTADO, com leis que protegiam os senhores.
  5. 5. Os escravos eram obrigados a trabalhar em situações degradantes, vivendo de forma precária, sendo punidos com violência caso não cumprissem as ordens que recebiam. (As terras, os escravos, os instrumentos eram tudo de propriedade dos senhores). MEIOS DE PRODUÇÃO
  6. 6. CONCLUSÃO “Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender, e se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar.” (Nelson Mandela)
  7. 7. BIBLIOGRAFIA http://educacao.uol.com.br/disciplinas/historia/escravismo- no-brasil-a-resistencia-de-africanos-e-descendentes.htm http://www.coladaweb.com/economia/modos-de-producao

×