Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.
VACINA
TETRAVALENTE (DTP
+ HIB)
 Tetravalente é uma vacina combinada do tipo injetável e vai imunizar
a criança de.
 Difteria;
 Tétano;
 Coqueluche;
...
 Vacina contra Difteria, Tétano, Coqueluche e Meningite causada por
Haemophilus (Vacina Tetravalente).
 Combinação da va...
 Sua administração é feita na Intramuscular (IM), vasto lateral
da coxa, do Recém nascido ou da Criança.
 Dose: 0,5 ml. ...
 Aos dois, (02 meses);
 Quatro, (04 meses);
 Seis (06 meses);
 Aos quinze (15 meses)
 É necessária uma dose de reforç...
 Depois da aplicação pode ocorrer febre baixa. Caso a febre ultrapasse 38
graus, recomenda-se uso de antitérmico.
 Pode ...
 Proteção contra:
 Difteria;
 Tétano;
 Coqueluche;
 Haemophilus influenzae do tipo B, que causa um tipo de
meningite....
Próxima SlideShare
Cargando en…5
×

Vacina tetravalente

Vacinas

Audiolibros relacionados

Gratis con una prueba de 30 días de Scribd

Ver todo
  • Sé el primero en comentar

  • Sé el primero en recomendar esto

Vacina tetravalente

  1. 1. VACINA TETRAVALENTE (DTP + HIB)
  2. 2.  Tetravalente é uma vacina combinada do tipo injetável e vai imunizar a criança de.  Difteria;  Tétano;  Coqueluche;  Meningite;  Outras infecções causadas pelo Haemophilus influenzae tipo B. O QUE É ?
  3. 3.  Vacina contra Difteria, Tétano, Coqueluche e Meningite causada por Haemophilus (Vacina Tetravalente).  Combinação da vacina contra difteria, tétano e coqueluche (DTP), feita com:  Bactérias mortas;  Produtos de bactérias (toxinas);  Com a vacina contra Haemophilus influenzae tipo B (Hib), produzida com substâncias da parede da bactéria. SUA COMBINAÇÃO.
  4. 4.  Sua administração é feita na Intramuscular (IM), vasto lateral da coxa, do Recém nascido ou da Criança.  Dose: 0,5 ml. Agulha 20 x 5,5  Em três doses, com intervalo de sessenta dias entre cada uma. ADMINISTRAÇÃO.
  5. 5.  Aos dois, (02 meses);  Quatro, (04 meses);  Seis (06 meses);  Aos quinze (15 meses)  É necessária uma dose de reforço só com a DTP e um segundo reforço também só com a DTP dos 4 aos 6 anos. QUANDO ADMINISTRAR.
  6. 6.  Depois da aplicação pode ocorrer febre baixa. Caso a febre ultrapasse 38 graus, recomenda-se uso de antitérmico.  Pode ocorrer reação anafilática sistêmica grave ou convulsões após 72 hs.  Caso ocorra levar imediatamente a criança para um Pronto-Socorro mais perto. EFEITOS ADVERSOS
  7. 7.  Proteção contra:  Difteria;  Tétano;  Coqueluche;  Haemophilus influenzae do tipo B, que causa um tipo de meningite. QUAIS OS BENEFÍCIOS DA VACINA

×