Se ha denunciado esta presentación.
Utilizamos tu perfil de LinkedIn y tus datos de actividad para personalizar los anuncios y mostrarte publicidad más relevante. Puedes cambiar tus preferencias de publicidad en cualquier momento.
Bombando suas
conversões com
dados
In God we trust, all others must bring data.
William Edwards Deming
Cientista da Computação e mestre em Sistemas de Informação e
Gestão do Conhecimento pela Universidade FUMEC.
Experiência n...
Os Palestrantes
Especialista em marketing digital e web analytics com mais de 7 anos de
experiência no mercado de afiliado...
Growth Hacking
O termo Growth Hacking foi criado por Sean
Ellis, em 2010.
Descreve um novo processo de adquirir e
engajar ...
Tendência
Uma técnica simples
● Crie um sistema para convidar um amigo.
● Dependendo do seu nicho, fazer um cliente virar um
afiliad...
Saiba quem vê o seu conteúdo
Já pensou que legal saber EXATAMENTE quem
visita o seu site? Utilizando o LinkedIn é possível...
Growth Hacking
Uso de notificações no Facebook, para engajar e atrair o usuário de volta para seu site. Serviços como
Lead...
Growth Hacking
Bônus: Só para quem estava no evento :)
Social Lead Chief
Crie pesquisas, enquetes e quizzes direto na
sua timeline!
Social Lead Chief
Analytics
Analytics
O Google Analytics é uma ferramenta fascinante e você pode customizá-la, e ir
além do pageview!
Os eventos do GA...
Uso de variáveis customizadas
Você pode gravar informações específicas (ID do usuário, ID da transação,
etc) da visita do ...
Implementação
_setCustomVar(índice (1-5), nome da varíavel, valor da varíavel, escopo (1 -
visitante, 2-sessão, 3-página))...
ID do usuário
Para o tracking de usuários que estão logados no seu
sistema/área de membros, etc.
1. ga('create', 'UA-XXXX-...
Analytics
Identifique os seus KPI's e objetivos do seu site, com essas informações você pode criar
metas/conversões (Goals...
Analytics
Para atribuir perfil demográfico e perfil de interesse, o Google utiliza a
navegação do usuário em todos os site...
Para habilitar os dados demográficos e a criação de listas de remarketing para
Adwords no Google Analytics, é necessário f...
Analytics
Plugins de Analytics podem facilitar a sua vida. Eles irão capturar
automaticamente, cliques em links externos, ...
KISSMetrics e Mixpanel
● Tempo Real
● People Tracking
● Funis
● Eventos
CRO - Otimização da Conversão
Onde seus usuários estão clicando?
Como o seu usuário navega em seu website?
Visualizando o seu funil
Faça Testes A/B - Optimizely
Google Content Experiments
O que testar?
● Headlines
● Texto dos botões
● Campos de formulário
● Depoimentos
● Imagens
● Vídeos
● Call to actions
Pergunte aos seus usuários
Muito cuidado com o seu funil
Capturar e-mail com pop-ups?
Coloque duas opções no pop up, para assinar e não
assinar!
*Faça teste com o
CTA dos botões
h...
Cuidado ao dar escolhas
Usabilidade / User Experience
Tudo que é bonito traz uma boa experiência?
Usabilidade / User Experience
“eXperiência do Usuário (UX) é a qualidade da experiência que uma pessoa tem ao interagir co...
Usabilidade / User Experience
Uso de checklists de usabilidade podem ajudar a evitar erros de usabilidade na fase inicial ...
Remarketing - Google Analytics
Você sabia que pode criar listas de remarketing no Google Analytics e importar essas listas...
Remarketing - DCO & DRA
Remarketing dinâmico é a evolução do remarketing (Dynamic Creative Optimization ou Dynamic Remarke...
Remarketing - Adnetworks
Caso você queira atingir mais redes com o remarketing usando remarketing dinâmico além da Google
...
Remarketing - Facebook
Use o Audience Insights do Facebook para conhecer melhor o seu público e a segmentar melhor campanh...
Remarketing - Facebook
Lista de remarketing de visitantes de blog de passagens aéreas (recência de 180 dias):
Remarketing - Youtube
Você sabia que pode criar listas de remarketing no Google Adwords para quem interagiu com os seus
ví...
Mídia Programática
Mídia Programática é o futuro e ainda vamos ouvir falar muito nela. Você consegue comprar mídia através...
Mídia Programática
Quero testar mídia programática na minha empresa e nas minhas estratégias online! Já imaginou ter
toda ...
Exemplo de interface de DSP
O invetório
Não se esqueça de usar os postbacks e pixels de
conversão.
Sem mensurar a conversão, não há performance.
Dica: postback é ...
Exemplo de Postback
Utilize os sub_ids para controlar e mensurar
Onde inserir esse postback?
"Se você conhece o inimigo e conhece a si mesmo, não precisa temer o resultado de cem batalhas.
Se você se conhece mas não...
● Visitas e perfil demográfico do site concorrente: Alexa, Similarweb, Comscore,
Hitwise
● SEO: Semrush, Ahrefs, Majestic,...
Box of Ads - Espie a concorrência
Dúvidas
Alguma dúvida?
Muito obrigado pela atenção.
contato@williamrufino.com.br
https://www.facebook.com/williamhrs
viana007@gmail.com
https://w...
Próxima SlideShare
Cargando en…5
×

Bombando suas conversões com dados

1.712 visualizaciones

Publicado el

Palestra ministrada no Afiliados Brasil 2015, no dia 30 de maio.

William Rufino e Vinicius Viana

Publicado en: Datos y análisis
  • Sé el primero en comentar

Bombando suas conversões com dados

  1. 1. Bombando suas conversões com dados In God we trust, all others must bring data. William Edwards Deming
  2. 2. Cientista da Computação e mestre em Sistemas de Informação e Gestão do Conhecimento pela Universidade FUMEC. Experiência no mercado de marketing de afiliados a pelo menos 5 anos, com foco em SEO e compra de mídia. Os principais ganhos com adsense e programas de CPA, com a venda de infoprodutos ainda engatinhando. Top Afiliado: Importador 360, C2 CPA Network Os Palestrantes William Rufino
  3. 3. Os Palestrantes Especialista em marketing digital e web analytics com mais de 7 anos de experiência no mercado de afiliados e marketing digital, com vários de seus projetos espalhados pela internet. Já passando pelas áreas de desenvolvimento web, SEO, Links Patrocinados e Web Analytics. Atuo com diversos sites na internet e trabalho na agência Wunderman ajudando em estratégias de performance digital e análise de dados para grandes clientes como Vivo, TAM, Catho, Microsoft, Estácio entre outros. Recentemente, foi um dos Top Afiliados dos infoprodutos: Empreendedor sem Fronteiras, Fitoenergética, Metas e Objetivos 2.0 e Negócio de Palestras. Vinicius Viana
  4. 4. Growth Hacking O termo Growth Hacking foi criado por Sean Ellis, em 2010. Descreve um novo processo de adquirir e engajar novos usuários utilizando o marketing tradicional, habilidades analíticas e habilidades de desenvolvimento de produto.
  5. 5. Tendência
  6. 6. Uma técnica simples ● Crie um sistema para convidar um amigo. ● Dependendo do seu nicho, fazer um cliente virar um afiliado pode ser perigoso e desinteressante. ● Ofereça um bonus para cada amigo convidado.
  7. 7. Saiba quem vê o seu conteúdo Já pensou que legal saber EXATAMENTE quem visita o seu site? Utilizando o LinkedIn é possível. 1. Assine o plano Premium do LinkedIn 2. Coloque a imagem <img src="https://www.linkedin. com/profile/view?authToken=zRgB&authType=name&id=XXXXX" /> onde XXXXX é o seu ID. 3. Pronto, na seção "Who's viewed your profile" você verá todo mundo que entrar na sua landing page.
  8. 8. Growth Hacking Uso de notificações no Facebook, para engajar e atrair o usuário de volta para seu site. Serviços como LeadsZAPP, SOCLminer e FB Responder são bem acessíveis e permitem alta customização. Além disso, já pensou em usar notificações nativas (Web-push notifications) no navegador dos usuários, são bem semelhantes as notificações dos apps mobile. O serviço GoRoost permite 100 mil notificações grátis em 30 dias de teste.
  9. 9. Growth Hacking
  10. 10. Bônus: Só para quem estava no evento :)
  11. 11. Social Lead Chief Crie pesquisas, enquetes e quizzes direto na sua timeline!
  12. 12. Social Lead Chief
  13. 13. Analytics
  14. 14. Analytics O Google Analytics é uma ferramenta fascinante e você pode customizá-la, e ir além do pageview! Os eventos do GA servem para mensurar qualquer tipo de interação do usuário com a página. Como um clique, preenchimento de formulário, scroll do mouse, etc. Usuário Clicou no botão de cadastro: onmousedown="_gaq.push(['_trackEvent', 'cadastro', 'clique', 'botao_cadastre-se']);" onmousedown="ga('send', 'event', 'cadastro', 'clique', 'bota_cadastre-se');"
  15. 15. Uso de variáveis customizadas Você pode gravar informações específicas (ID do usuário, ID da transação, etc) da visita do usuário no Google Analytics, em até 3 níveis: por página ou evento (hit), por sessão ou por visitante. Com isso, você pode fazer cruzamentos mais avançados e saber realmente quais visitantes ou grupo de visitantes fizeram em seu site. No GA Clássico, você pode usar as Custom var (Google Analytics Clássico) e no Universal Analytics, as Custom dimensions e Custom Metrics. As contas gratuitas tem um limite de 5 Custom vars, 20 Custom Dimensions e 20 Custom Metrics.
  16. 16. Implementação _setCustomVar(índice (1-5), nome da varíavel, valor da varíavel, escopo (1 - visitante, 2-sessão, 3-página)) Usuário se logou em sua plataforma de membros ou e-commerce: _gaq.push(['_setCustomVar', 1, 'ID_Usuario', '12345', 1]);
  17. 17. ID do usuário Para o tracking de usuários que estão logados no seu sistema/área de membros, etc. 1. ga('create', 'UA-XXXX-Y', { 'userId': 'USER_ID' }); 2. ga('send', 'pageview');
  18. 18. Analytics Identifique os seus KPI's e objetivos do seu site, com essas informações você pode criar metas/conversões (Goals), baseados na visita de uma página específica, evento, tempo da sessão, número de páginas vistas. Lembrando que os Funis só funcionam baseados em metas de visitas a páginas (URL).
  19. 19. Analytics Para atribuir perfil demográfico e perfil de interesse, o Google utiliza a navegação do usuário em todos os sites com anúncios de display do Google (Doubleclick) e identificadores anônimos de apps mobile. Você consegue descobrir o sexo, idade e interesse dos usuários e criar listas de remarketing, direto dos seus relatórios do Google Analytics. Será que as ferramentas acertam seu perfil demográfico e interesse? ● Google - www.google.com/settings/ads ● Navegg - www.navegg.com/politica-de-privacidade/seu-perfil/
  20. 20. Para habilitar os dados demográficos e a criação de listas de remarketing para Adwords no Google Analytics, é necessário fazer uma pequena alteração no código do Google Analytics. Google Analytics: Substituir a linha: ga.src = ('https:' == document.location.protocol ? 'https://ssl' : 'http://www') + '.google-analytics.com/ga. js'; Para: ga.src = ('https:' == document.location.protocol ? 'https://' : 'http://') + 'stats.g.doubleclick.net/dc.js'; Universal Analytics: ga('create', 'UA-XXXXXX-XX', 'example.com'); ga('require', 'displayfeatures'); ga('send', 'pageview'); Analytics
  21. 21. Analytics Plugins de Analytics podem facilitar a sua vida. Eles irão capturar automaticamente, cliques em links externos, preenchimento de formulários, downloads de arquivos, plays e intervalo assistido de vídeos do Youtube e Vimeo, além do scroll do mouse, sem precisar saber a parte técnica. ● Google Analytics on Steroids (biblioteca Javascript com várias funções) ● GAS Injector (Plugin Wordpress) ● Universal Analytics Injector (Plugin Wordpress)
  22. 22. KISSMetrics e Mixpanel ● Tempo Real ● People Tracking ● Funis ● Eventos
  23. 23. CRO - Otimização da Conversão
  24. 24. Onde seus usuários estão clicando?
  25. 25. Como o seu usuário navega em seu website?
  26. 26. Visualizando o seu funil
  27. 27. Faça Testes A/B - Optimizely
  28. 28. Google Content Experiments
  29. 29. O que testar? ● Headlines ● Texto dos botões ● Campos de formulário ● Depoimentos ● Imagens ● Vídeos ● Call to actions
  30. 30. Pergunte aos seus usuários
  31. 31. Muito cuidado com o seu funil
  32. 32. Capturar e-mail com pop-ups? Coloque duas opções no pop up, para assinar e não assinar! *Faça teste com o CTA dos botões http://copyhackers.com/2015/05/choices-consequences-opt-in-boxes/
  33. 33. Cuidado ao dar escolhas
  34. 34. Usabilidade / User Experience Tudo que é bonito traz uma boa experiência?
  35. 35. Usabilidade / User Experience “eXperiência do Usuário (UX) é a qualidade da experiência que uma pessoa tem ao interagir com algo projetado.” uxnet.org Quer dar uma boa experiência para o usuário? Teste. Testes de usabilidade podem ser feitos: ● Chame alguns conhecidos que possam ser o público-alvo do seu site (amigos, parentes, etc) e peça para eles executarem alguma ação no seu site. Observe o comportamento deles. ● Use ferramentas como Hotjar e Clicktale que possuam Session Recording (Gravação da visita) ● Entrevistas e questionários ● Benchmarking, o que tem de bom no layout dos seus concorrentes ● Primeira impressão, peça para o usuário visitar a sua página e dizer qual a primeira impressão que passou. ● Teste dos 5 segundos - Mande o usuário visitar a páginar e analsá-la em apenas 5 segundos, pergunte para ele qual o objetivo do site e quais elementos chamaram mais atenção ● First clic test - Peça para o usuário executar uma tarefa e veja qual é o primeiro lugar que ele clica
  36. 36. Usabilidade / User Experience Uso de checklists de usabilidade podem ajudar a evitar erros de usabilidade na fase inicial e de desenvolvimento. 10 Heurísticas de Nielsen 1. Diálogos simples e naturais 2. Falar a linguagem do usuário 3. Controle do usuário e liberdade 4. Consistência e padrões 5. Feedback 6. Minimizar a sobrecarga de memoria do usuário 7. Atalhos 8. Boas mensagens de erro 9. Prevenir erros 10. Ajuda e documentação http://www.usabilidoido.com.br/as_10_heuristicas_de_nielsen_.html http://www.slideshare.net/agner/113-diretrizes-de-nielsen-para-homepages http://www.userfocus.co.uk/resources/guidelines.html http://www.labiutil.inf.ufsc.br/ergolist/check.htm http://leandrocosta.net/usabilidade/
  37. 37. Remarketing - Google Analytics Você sabia que pode criar listas de remarketing no Google Analytics e importar essas listas para o Google Adwords? Imagine as possibilidades, usuário que permaneceu mais de 30 segundos no site, clicou em um botão específico, segmentos em idade e gênero que converte mais, parou em uma etapa do funil, possui um ticket médio acima de 100 reais, usuários que compraram um produto específico, etc. Qualquer dado/interação que o usuário gerar na sua conta do Google Analytics, pode ser uma possibilidade de criação de lista de remarketing. Google Smart List é uma funcionalidade do Google que ele utiliza toda uma inteligência para criar uma lista de remarketing baseada no comportamento dos usuário que convertem mais.
  38. 38. Remarketing - DCO & DRA Remarketing dinâmico é a evolução do remarketing (Dynamic Creative Optimization ou Dynamic Remarketing Ads), já pensou em exibir uma comunicação específica se o usuário visitou um determinado produto ou serviço do seu site (ideal para e-commerces). O Google Adwords já possui essa funcionalidade específica para segmentos: E-commerce, Educação, Vôo, Viagens, Hotel, Empregos, Classificados, Mercado imobiliário, customizado. Se você já anuncia no Google Shopping esse processo fica ainda mais simples. É necessário alterar as tags de Adwords para receberem valores dinâmicos específicos e também é necessário subir um feed informativo com os produtos e serviços ofertados no seu site, será com essas informações que o Adwords irá cruzar as informações e exibir um banner específico pro usuário.
  39. 39. Remarketing - Adnetworks Caso você queira atingir mais redes com o remarketing usando remarketing dinâmico além da Google Display Network, existem serviços como Perfect Audience e Adroll, eles são os mais acessíveis e com melhor custo-benefício. Com eles você consegue impactar o seu público no Google (GDN) Facebook (FBX), Twitter Ads e muitas outras adnetworks.
  40. 40. Remarketing - Facebook Use o Audience Insights do Facebook para conhecer melhor o seu público e a segmentar melhor campanhas com foco em listas look-a-like (semelhantes). Através da tag de remarketing instalada no seu site, Página de Facebook (Fã Page) ou com alguma audiência de remarketing criada (via lista de e-mails ou ID´s) você consegue identificar oportunidades de público alvo para campanhas dentro do Facebook e fora do Facebook. Visite: https://www.facebook.com/ads/audience_insights/
  41. 41. Remarketing - Facebook Lista de remarketing de visitantes de blog de passagens aéreas (recência de 180 dias):
  42. 42. Remarketing - Youtube Você sabia que pode criar listas de remarketing no Google Adwords para quem interagiu com os seus vídeos no Youtube? ● Visitaram seu canal no Youtube ● Pessoas que se inscreveram e desinscreveram no seu canal ● Viram seus vídeos ● Pessoas que deram like e dislike no seu vídeo ● Pessoas que comentaram no vídeo ● Pessoas que compartilharam seu vídeo
  43. 43. Mídia Programática Mídia Programática é o futuro e ainda vamos ouvir falar muito nela. Você consegue comprar mídia através de plataformas (DSP), sem entrar em contato direto com portais e publishers, mas com uma complexidade bem maior, como podemos ver na imagem abaixo:
  44. 44. Mídia Programática Quero testar mídia programática na minha empresa e nas minhas estratégias online! Já imaginou ter toda a sua mídia online integrada em uma só ferramenta, com controle de frequência, remarketing, dados demográficos. A tecnologia ainda é recente e existem poucas plataformas mais acessíveis (baratas) para os usuários comuns, seguem algumas plataformas self-service de mídia programática: ● Sitescout - Investimento mínimo de $500 ● K8Media - Investimento mínimo de $200 ● Exact Drive - Sem investimento mínimo ● Bidable - Investimento mínimo de $500 ● Decisive (Somente Mobile - Investimento minimo de $100
  45. 45. Exemplo de interface de DSP
  46. 46. O invetório
  47. 47. Não se esqueça de usar os postbacks e pixels de conversão. Sem mensurar a conversão, não há performance. Dica: postback é melhor que pixel em precisão, porém não gera cookie, ou seja, não podemos fazer remarketing. Exemplo (Decisive.is): http://win.crwd.io/convert/{{{bidhash}}} Postback e Pixel de conversão
  48. 48. Exemplo de Postback
  49. 49. Utilize os sub_ids para controlar e mensurar Onde inserir esse postback?
  50. 50. "Se você conhece o inimigo e conhece a si mesmo, não precisa temer o resultado de cem batalhas. Se você se conhece mas não conhece o inimigo, para cada vitória ganha sofrerá também uma derrota. Se você não conhece nem o inimigo nem a si mesmo, perderá todas as batalhas..." Sun Tzu - A Arte da Guerra Análise da Concorrência
  51. 51. ● Visitas e perfil demográfico do site concorrente: Alexa, Similarweb, Comscore, Hitwise ● SEO: Semrush, Ahrefs, Majestic, Open Site Explorer (Moz) ● Anúncios e aonde seu concorrente anuncia: Whatsrunwhere, BoxofAds, Adbeat. Análise da Concorrência
  52. 52. Box of Ads - Espie a concorrência
  53. 53. Dúvidas Alguma dúvida?
  54. 54. Muito obrigado pela atenção. contato@williamrufino.com.br https://www.facebook.com/williamhrs viana007@gmail.com https://www.facebook.com/viniciusviana007 FIM

×